Palavras diárias de Deus | "Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará" | Trecho 18

O ponto inicial para temer a Deus é tratá-Lo como Deus

Uma pessoa acabou de levantar uma questão: como é que nós conhecemos mais de Deus do que Jó conheceu, mas ainda assim não conseguimos temer a Deus? Nós tocamos um pouco nesse assunto anteriormente, certo? Na realidade, a essência dessa questão também foi discutida antes que, embora Jó não conhecesse a Deus na época, ele O tratava como Deus e O considerava como o Mestre de todas as coisas no Céu e na terra. Jó não considerava Deus um inimigo. Pelo contrário, ele O adorava como o Criador de todas as coisas. Por que é que as pessoas hoje em dia resistem tanto a Deus? Por que elas não conseguem temer a Deus? Uma razão é que elas foram profundamente corrompidas por Satanás. Com a natureza satânica arraigada profundamente, as pessoas se tornam um inimigo de Deus. Portanto, mesmo que acreditem em Deus e reconheçam a Deus, elas ainda podem resistir a Deus e se colocarem em oposição a Ele. Isso é determinado pela natureza humana. A outra razão é que, embora as pessoas acreditem em Deus, elas simplesmente não O tratam como Deus. Pelo contrário, elas consideram Deus como sendo oposto ao homem, considerando-O como inimigo do homem e elas são irreconciliáveis com Deus. É simples assim. Essa questão não foi levantada durante a sessão anterior? Reflitam sobre ela: essa é a razão? Embora você tenha um pouco de conhecimento de Deus, exatamente o que é esse conhecimento? Não é isso o que todos estão falando a respeito? Não é isso o que Deus lhe disse? Você só conhece os aspectos teóricos e doutrinários; você já experimentou o aspecto real de Deus? Você tem conhecimento subjetivo? Você tem conhecimento prático e experiência? Se Deus não contasse a você, você poderia saber disso? O seu conhecimento da teoria não representa o conhecimento real. Em suma, não importa o quanto você saiba e o como passou a conhecer isso, antes de alcançar um entendimento real de Deus, Deus é o seu inimigo e, antes de você realmente tratar Deus como tal, Ele é colocado em oposição a você, pois você é uma incorporação de Satanás.

Quando você estiver junto com Cristo, talvez, você possa servir a Ele três refeições ao dia, talvez Lhe sirva chá, cuide das necessidades de Sua vida, aparentemente tratando Cristo como Deus. Sempre que alguma coisa acontece, os pontos de vista das pessoas são sempre contrários aos de Deus. Elas sempre falham em entender o ponto de vista de Deus, falham em aceitá-lo. Embora as pessoas possam estar com Deus de forma superficial, isso não significa que elas sejam compatíveis com Ele. Assim que alguma coisa acontece, a verdade da desobediência do homem emerge, confirmando a hostilidade que existe entre o homem e Deus. Essa hostilidade não é Deus se opondo ao homem; não é Deus querendo ser hostil com o homem e não é Deus colocando o homem em oposição e tratando o homem de tal forma. Pelo contrário, é um caso dessa essência opositora para com Deus à espreita na vontade subjetiva do homem e na mente subconsciente do homem. Uma vez que o homem considera tudo aquilo que vem de Deus como objeto de sua pesquisa, sua resposta em relação àquilo que vem de Deus e que envolve Deus é, acima de tudo, adivinhar e duvidar e, então, adotar rapidamente uma atitude que conflite com Deus e opor-se a Deus. Depois disso, o homem pegará esses humores passivos e disputará com Deus ou contestará a Deus, até o ponto onde ele duvidará se esse tipo de Deus é ou não digno de ser seguido por ele. Apesar do fato da racionalidade do homem lhe dizer que ele não deve proceder assim, ele ainda escolherá fazê-lo a despeito de si mesmo, de modo que ele procederá sem hesitação até o fim. Por exemplo, qual é a primeira reação de algumas pessoas quando elas ouvem algum rumor ou difamação sobre Deus? A primeira reação é: eu não sei se esse rumor é verdadeiro ou não, se ele existe ou não, então, eu esperarei e verei. Depois, elas começam a ponderar: não há como verificar isso; isso existe? Esse rumor é verdadeiro ou não? Embora essa pessoa não esteja demonstrando isso na superfície, o coração delas já começou a duvidar, já começou a negar a Deus. Qual é a essência desse tipo de atitude, desse tipo de ponto de vista? Não é traição? Antes de ela se deparar com a questão, você não consegue ver o qual é o ponto de vista dessa pessoa — parece que ela não conflita com Deus, que ela não considera Deus como um inimigo. Todavia, assim que ela se depara com a questão, de imediato, ela fica ao lado de Satanás e se opõe a Deus. O que isso sugere? Sugere que o homem e Deus são opostos! Não é que Deus considere o homem como um inimigo, mas que a essência exata do homem em si é hostil para com Deus. Independentemente de há quanto tempo alguém segue a Deus, quanto ele paga; independentemente de como uma pessoa louva a Deus, como ela impede a si mesma de resistir a Deus, mesmo se estimulando para amar a Deus, ela nunca consegue tratar Deus como Deus. Isso não é determinado pela essência do homem? Se você O trata como Deus, se você acredita verdadeiramente que Ele é Deus, você ainda consegue ter alguma dúvida em relação a Ele? Ainda é possível haver alguns pontos de interrogação concernentes a Ele em seu coração? Não pode. As tendências deste mundo são tão más, essa raça humana é tão má — como é que você não tem quaisquer concepções a respeito delas? Você mesmo é tão ímpio — como é que você não tem quaisquer concepções a respeito disso? No entanto, apenas alguns rumores, algumas difamações, podem produzir concepções tão grandes sobre Deus, podem produzir muitas ideias, o que mostra exatamente o quão imatura é a sua estatura. Apenas o “zumbido” de alguns mosquitos, algumas moscas repulsivas, isso é tudo o que se necessita para enganar você? Que tipo de pessoa é essa? Você sabe o que Deus pensa sobre esse tipo de pessoa? A atitude de Deus é, na verdade, muito clara sobre como Ele trata essas pessoas. É apenas que o tratamento de Deus para essas pessoas é ignorá-las — Sua atitude é não prestar atenção nelas e não ser sério com essas pessoas ignorantes. Por que isso? Porque, em Seu coração, Ele nunca planejou obter aquelas pessoas que se empenharam em ser hostis para com Ele até o fim e que nunca planejaram buscar o caminho da compatibilidade com Ele. Talvez, essas palavras que Eu falei machuquem algumas pessoas. Bem, vocês estão dispostas a Me deixarem sempre machucar vocês dessa forma? Independentemente se vocês estão ou não dispostas, tudo que Eu disse é a verdade! Se Eu sempre machucar vocês assim, sempre expuser suas cicatrizes, isso afetará a imagem grandiosa de Deus em seu coração? (Não afetará.) Eu concordo que não afetará. Porque simplesmente não há Deus em seu coração. O Deus grandioso que habita o seu coração, aquele que vocês defendem com força e protegem simplesmente não é Deus. Pelo contrário, é uma invenção da imaginação do homem; ele simplesmente não existe. Então, é muito melhor que Eu exponha a resposta a esse enigma. Essa não é toda a verdade? O Deus real não é as imaginações do homem. Eu espero que todos vocês possam encarar essa realidade, e isso ajudará o seu conhecimento de Deus.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado