Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Palavras Diárias de Deus

Palavras Diárias de Deus
Palavras Diárias de Deus

Categorias

Declarações de Deus Todo-Poderoso
Declarações de Deus Todo-Poderoso (O caminho para conhecer a Deus)
Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)
Declarações de Cristo dos Últimos Dias (Seleções)

Cada um deve examinar novamente sua vida de fé em Deus para ver se, na busca de Deus, você realmente entendeu, verdadeiramente compreendeu e verdadeiramente chegou a conhecer Deus, se você realmente sabe que atitude Deus tem para com os vários tipos de seres humanos e se você realmente entende o que Deus está operando em você e como Ele define cada ato seu. Esse Deus que está ao seu lado, guiando a direção de seu progresso, ordenando seu destino e suprindo suas necessidades – em última análise, quanto você entende e quanto você realmente sabe sobre Ele? Você sabe o que Ele opera em você a cada dia? Você sabe os princípios e propósitos sobre os quais Ele baseia cada uma de Suas ações? Você sabe como Ele guia você? Sabe o meio pelo qual Ele provê para você? Conhece os métodos pelos quais Ele guia você? Sabe o que Ele deseja obter de você e o que Ele deseja alcançar em você? Você sabe que atitude Ele toma em relação às diversas formas como você se comporta? Sabe se você é uma pessoa amada por Ele? Sabe a origem de Sua alegria, ira, sofrimento e prazer, os pensamentos e ideias por trás deles e Sua essência? Sabe, afinal, que tipo de Deus é esse no qual você acredita? Essas e outras questões desse tipo são algo que você nunca entendeu ou em que você nunca pensou? Ao buscar sua crença em Deus, através da real apreciação e experiência das palavras de Deus, você esclareceu seus mal-entendidos sobre Ele? Depois de receber a disciplina e repreensão de Deus, você chegou a uma verdadeira submissão e genuíno cuidado? No meio do castigo e julgamento de Deus, você chegou a conhecer a natureza rebelde e satânica do homem e obteve um módico entendimento da santidade de Deus? Sob a direção e esclarecimento das palavras de Deus, você começou a ter uma nova perspectiva de vida? No meio da provação enviada por Deus, você sentiu Sua intolerância para com as ofensas do homem, assim como o que Ele requer de você e como Ele o está salvando? Se você não sabe o que é entender Deus mal ou como esclarecer esse mal-entendido, então pode-se dizer que você nunca entrou em verdadeira comunhão com Deus e nunca entendeu Deus ou, pelo menos, pode-se dizer que você nunca desejou entendê-Lo. Se você não sabe o que são a disciplina e o castigo de Deus, então certamente não sabe o que são submissão e cuidado ou, pelo menos, você nunca realmente cuidou de Deus nem se submeteu a Deus. Se você nunca experimentou o castigo e o julgamento de Deus, então certamente não saberá o que é a Sua santidade e você entenderá menos ainda o que é a rebelião do homem. Se você nunca teve realmente uma perspectiva correta da vida, ou uma meta correta na vida, mas ainda está num estado de perplexidade e indecisão sobre a sua futura senda na vida, até ao ponto de estar hesitante em seguir adiante, então é certo que você nunca recebeu realmente o esclarecimento e a direção de Deus, e pode-se também dizer que você nunca foi realmente suprido ou abundantemente provido pelas palavras de Deus. Se você ainda não se submeteu à provação de Deus, é desnecessário dizer que você certamente não saberá o que é a intolerância de Deus às ofensas do homem, nem compreenderia afinal o que Deus requer de você e, menos ainda, Sua obra de gerenciamento e salvação do homem. Não importa há quantos anos uma pessoa crê em Deus, se ela nunca experimentou ou nunca percebeu nada nas palavras de Deus, então com certeza ela não está trilhando a senda para a salvação, sua fé em Deus certamente não tem conteúdo real, seu conhecimento de Deus com segurança também é zero e, não é necessário dizer, ela não tem a menor ideia do que é reverenciar Deus.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

O caminho necessário para temer a Deus e evitar o mal

I

Temer a Deus não significa medo indescritível, fuga, idolatria ou superstição. Não, temer a Deus significa admirar, confiar, estimar, compreender, cuidar, obedecer. É consagração, amor, adoração absoluta, retribuir, entregar-se sem reclamar.

II

Sem o conhecimento genuíno de Deus, o homem não pode admirar ou confiar, entender, nem se importar ou obedecer, mas se encheria de pavor e inquietação de dúvidas, confusões, propenso a fugir e a evitar. Sem conhecimento genuíno de Deus, não há consagração e retribuição, e a humanidade não faria adoração nem se renderia de modo real, seria só idolatria cega, nada mais que superstição morta.

III

Sem conhecimento genuíno de Deus, o homem não pode trilhar Seus caminhos, temer a Ele, evitar o mal. Em vez disso, tudo o que fizer será cheio de rebelião e desafio, cheio de imputações caluniosas, julgamentos imprecisos sobre Ele, e com má conduta oposta à verdade, ao significado das palavras de Deus. Mas confiando mesmo em Deus, ele seguiria e dependeria Dele. Só então o homem compreenderia e se importaria com Deus.

IV

Só se importando mesmo com Deus, o homem obedece de verdade. E da obediência fluirá a consagração genuína a Deus, e de tal consagração real, a retribuição incondicional. Só assim o homem conhece a essência de Deus, Seu caráter, quem Ele é. Quando conhecer o Criador, virá a verdadeira adoração e entrega. Só quando isso existir, o homem vai deixar seus hábitos vis.

V

E essas coisas constituem todo o processo de “temer a Deus e evitar o mal” e também dão conteúdo pleno a “temer a Deus e evitar o mal”. É também o caminho a percorrer para virar alguém que teme a Deus e evita o mal.

de Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos

Palavras Diárias de Deus

A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho VI) O Próprio Deus, o Único I (Trecho V) O Próprio Deus, o Único I (Trecho X) O Próprio Deus, o Único IX (Trecho III) O Próprio Deus, o Único V (Trecho II) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho XII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XVIII) O Próprio Deus, o Único VII (Trecho I) O Próprio Deus, o Único I (Trecho VI) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho II) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho V) O Próprio Deus, o Único I (Trecho XI) O Próprio Deus, o Único II (Trecho IX) O Próprio Deus, o Único VI (Trecho V) O Próprio Deus, o Único III (Trecho II) O Próprio Deus, o Único III (Trecho I) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XIII) O Próprio Deus, o Único I (Trecho VII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho IV) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho VIII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XIV) O Próprio Deus, o Único III (Trecho VII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho VII) O Próprio Deus, o Único I (Trecho I) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XVI) O Próprio Deus, o Único II (Trecho V) O Próprio Deus, o Único IX (Trecho I) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XV) O Próprio Deus, o Único I (Trecho VIII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XI) O Próprio Deus, o Único V (Trecho I) O Próprio Deus, o Único X (Trecho II) O Próprio Deus, o Único X (Trecho III) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho VIII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho XI) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho XVII) O Próprio Deus, o Único II (Trecho X) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho V) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho I) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho IV) O Próprio Deus, o Único I (Trecho XIV) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho X) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho IX) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III (Trecho III) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho XV) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II (Trecho III) Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra (Trecho VII) Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra (Trecho VI) Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra (Trecho V) Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra (Trecho IV) Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra (Trecho II) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho VII) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho IV) A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I (Trecho I) Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal (Trecho III) Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal (Trecho II) Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal (Trecho I)

0Busca por x resultados