Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Declarações de Deus Todo-Poderoso (O caminho para conhecer a Deus)

Declarações de Deus Todo-Poderoso
Declarações de Deus Todo-Poderoso (O caminho para conhecer a Deus)

Categorias

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)
Declarações de Cristo dos Últimos Dias (Seleções)

A santidade de Deus II Parte 2

A respeito da santidade da substância de Deus, na última vez nós comunicamos um pouco sobre ela e isso serviu de inspiração para o conhecimento que as pessoas têm da santidade de Deus, mas isso não basta. Isso não consegue ajudar suficientemente as pessoas a conhecer de modo pleno a santidade de Deus nem pode ajudá-las suficientemente a entender que a santidade de Deus é única. Ademais, isso não consegue permitir de modo suficiente que as pessoas entendam o aspecto do sentido verdadeiro da santidade como está corporificada completamente em Deus. Por essa razão, é necessário que continuemos nossa comunicação sobre esse tema. Na última vez, nossa comunicação discutiu três tópicos, de modo que agora devemos discutir o quarto e começaremos lendo as escrituras.

A tentação de Satanás

Mateus 4:1-4 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.

Essas são as palavras com as quais o diabo começou a tentar o Senhor Jesus. Qual é o conteúdo do que o diabo disse? (“Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.”) O diabo disse essas palavras que foram bem simples, mas há algum problema com o conteúdo essencial dessas palavras? (Sim.) Qual é o problema? Ele disse: “Se tu és Filho de Deus”, mas em seu coração ele sabia que o Senhor Jesus era o Filho de Deus? Ele sabia que Ele era Cristo? (Sim.) Então por que ele disse “Se tu és”? (Ele estava procurando tentar Deus.) É claro, ele estava procurando tentar a Deus, mas qual foi seu propósito ao fazer isso? Ele disse: “Se tu és Filho de Deus”. Em seu coração ele sabia que o Senhor Jesus Cristo era o Filho de Deus, isso estava claro em seu coração, mas, a despeito disso, ele se submeteu a Ele ou prestou culto a Ele? (Não.) O que ele quis fazer? Ele quis fazer isso e dizer essas palavras para deixar o Senhor Jesus irritado e então atraí-Lo para morder a isca e ludibriar o Senhor Jesus a fazer coisas de acordo com a sua maneira de pensar e prendê-Lo no seu anzol. Não é isso que se quis fazer? No seu coração, Satanás claramente sabia que Aquele era o Senhor Jesus Cristo, mas ainda assim ele disse isso. Essa não é a natureza de Satanás? O que é a natureza de Satanás? (Ser astuto, mau e não ter reverência por Deus.) Ele não tem reverência por Deus. Qual é a coisa negativa que ele fez aqui? Ele não quis atacar Deus? Querendo usar esse método para atacar Deus, ele disse: “Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães”; essa não é a intenção maldosa de Satanás? (Sim.) O que ele realmente estava tentando fazer? Seu propósito é muito claro: ele estava tentando usar esse método para refutar a posição e a identidade do Senhor Jesus Cristo. Ele disse: “Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. Se não o fizeres, então não és o Filho de Deus e simplesmente não fazes essa obra”. É isso o que foi intencionado aqui? Ele quis usar esse método para atacar Deus, ele quis desmantelar e destruir a obra de Deus; essa é a malevolência de Satanás. Sua malevolência é expressão natural de sua natureza. Embora ele soubesse que Senhor Jesus Cristo era o Filho de Deus, a encarnação mesma do Próprio Deus, ele não pôde deixar de fazer esse tipo de coisa, seguindo Deus pelas costas e continuando a atacá-Lo e fazendo grandes esforços para perturbar e destruir a obra de Deus.

Analisemos, agora, esta frase usada por Satanás: “manda que estas pedras se tornem em pães”. Transformar pedras em pães – isso significa algo? Se há comida, por que não comê-la? Por que é necessário transformar pedras em comida? Isso faz sentido? (Não.) Embora estivesse jejuando naquele tempo, o Senhor Jesus certamente tinha comida para comer? Ele tinha comida? (Ele tinha.) Assim, vemos aqui a absurdidade do uso que Satanás fez dessa frase. Satanás faz uma quantidade de coisas; você vê sua natureza insidiosa e maliciosa e você o vê destruir a obra de Deus e isso é tão odioso e exasperador. Em contrapartida, porém, você consegue descobrir uma natureza infantil e absurda por trás de suas palavras e ações? (Sim.) Essa é uma revelação sobre a natureza de Satanás; ele tem esse tipo de natureza e ele fará esse tipo de coisa. Para as pessoas de hoje, a frase é absurda e risível. Porém, tais palavras de fato podem ser enunciadas por Satanás. Podemos dizer que ele é ignorante? Absurdo? A maldade de Satanás está em toda parte e está constantemente sendo revelada. E como responde o Senhor Jesus? (“Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus”.) Essas palavras têm algum poder? (Elas têm.) Por que dizemos que elas têm poder? (Elas são a verdade.) Correto. Essas palavras são a verdade. Ora, o homem vive só de pão? O Senhor Jesus jejuou por 40 dias e noites. Ele morreu de fome? (Não.) Ele não morreu de fome, de modo que Satanás se aproximou Dele, instando-O a transformar as pedras em comida ao dizer coisas deste tipo: “Se transformares as pedras em comida, não terás coisas para comer? Nesse caso, não precisarias jejuar, não precisarias ficar faminto?” Porém, o Senhor Jesus disse: “Nem só de pão viverá o homem”, significando que, embora o homem viva em um corpo físico, o que lhe concede vida, o que permite a seu corpo físico viver e respirar, não é a comida, mas todas as palavras declaradas pela boca de Deus. De um lado, o homem encara essas palavras como verdade. As palavras lhe dão fé, fazem-no sentir que pode confiar em Deus, que Deus é a verdade. De outro lado, há um aspecto prático nessas palavras? (Há.) Por quê? Porque o Senhor Jesus jejuou por 40 dias e noites e Ele ainda está ali de pé, ainda está vivo. Isso não é uma ilustração? Ele não comeu coisa alguma, nenhuma comida por 40 dias e noites. Ele ainda está vivo. Essa é a poderosa evidência por trás de Sua frase. A frase é simples, mas, no que concerne ao Senhor Jesus, essa frase veio do Seu coração, foi ensinada a Ele por alguma outra pessoa ou Ele pensou nela somente por causa do que Satanás dissera para Ele? Pensem nisso. Posto de outra maneira, Deus é verdade e Deus é vida, mas a verdade e a vida de Deus são um acréscimo posterior? Elas se originaram da experiência? (Não.) Não, são inatas em Deus, significando que verdade e vida são a substância de Deus. O que quer que Lhe suceda, o que Ele revela é verdade. Essa verdade, essa frase – quer seu conteúdo seja longo ou breve – pode deixar o homem viver, pode dar-lhe vida; ela pode capacitar o homem para encontrar, dentro de si, a verdade, clareza sobre a senda da vida humana e capacitá-lo a ter fé em Deus. Em outras palavras, a fonte do uso que Deus faz dessa frase é positiva. Então, podemos dizer que essa coisa positiva é santa? (Sim.) A frase de Satanás provém da natureza de Satanás. Satanás revela sua natureza má, sua natureza maliciosa, em todo lugar, constantemente. Ora, essas revelações são feitas por Satanás de modo natural? (Sim.) Alguém o incita? Alguém o ajuda? Alguém o força? (Não.) Ele emite todas elas por conta própria. Essa é a natureza má de Satanás. O que quer que Deus faça e como quer que Ele faça, Satanás O segue no encalço. A substância e as verdadeiras características dessas coisas que Satanás diz e faz são a substância de Satanás – substância má, substância maliciosa. Agora, continuando a leitura, que mais Satanás diz? Prossigamos a leitura abaixo.

Mateus 4:5-7 Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.

Falemos primeiro dessa frase de Satanás. Ele disse: “Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo” e, então, ele citou as Escrituras: “Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra”. Como vocês se sentem ao ouvir as palavras de Satanás? Elas não são muito infantis? Elas são infantis, absurdas e repugnantes. Por que Eu diria isso? Satanás está sempre pronto para fazer algo tolo, acreditando ser muito esperto; e com frequência ele cita as Escrituras – até a própria palavra de Deus –, tentando fazer com que essas palavras se voltem contra Deus para atacá-Lo e tentá-Lo. Seu propósito ao fazer isso é destruir o plano da obra de Deus. Não obstante, você percebe algo no que Satanás disse? (Há intenções más nisso.) Satanás sempre foi um tentador; ele não fala francamente, ele fala de modo enviesado, usando tentação, encanto e sedução. Satanás tenta Deus e homem de maneira igual: ele pensa que Deus e homem são muito ignorantes, tolos e incapazes de distinguir claramente as coisas como são. Satanás pensa que nem Deus nem o homem discernirão sua substância e que nem Deus nem o homem discernirão seu engano e sua intenção sinistra. Não é daí que Satanás obtém sua tolice? Ademais, Satanás abertamente cita as Escrituras; ele pensa que proceder assim lhe emprestará credibilidade e que você não será capaz de identificar nenhuma falha nisso nem de evitar ser iludido por isso. Não é aí que Satanás está sendo absurdo e infantil? (Sim.) Isso é exatamente como quando algumas pessoas disseminam o evangelho e dão testemunho de Deus, os não crentes não dirão algo similar ao que Satanás disse? Vocês ouviram pessoas dizer algo similar? (Sim.) Como você se sente quando ouve coisas como essa? Você sente repugnância? (Sim.) Quando você sente repugnância, você também sente repulsa e revolta? (Sim.) Quando você tem esses sentimentos, você é capaz de reconhecer que Satanás e o caráter corrupto que Satanás incute no homem são perversos? Alguma vez você teve em seu coração uma percepção como esta: “Deus jamais fala assim. As palavras de Satanás trazem ataques e tentação, suas palavras são absurdas, risíveis, infantis e repugnantes. No entanto, na fala de Deus e nas ações de Deus, Ele jamais usaria métodos como esse para falar ou realizar Sua obra e Ele nunca fez isso”? É claro que, nessa situação, as pessoas apenas têm um mínimo de sentimento para prosseguir e elas não têm uma percepção da santidade de Deus, certo? Com sua estatura atual, vocês estão meramente sentindo isto: “Tudo que Deus diz é verdade, é benéfico para nós e temos de aceitar”; independentemente de vocês serem ou não capazes de aceitar isso, sem exceção vocês dizem que a palavra de Deus é verdade e que Deus é verdade, mas vocês não sabem que a verdade é a santidade em si mesma e que Deus é santo.

Então, qual foi a resposta do Senhor Jesus às palavras de Satanás? (Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.) Há verdade nessa frase dita pelo Senhor Jesus? (Sim.) Há verdade nela. Na superfície, parece um mandamento para as pessoas seguirem, é uma frase muito simples, mas é uma que tanto o homem quanto Satanás violaram com frequência. Assim, o Senhor Jesus disse para ele: “Não tentarás o Senhor teu Deus”, porque isso é o que Satanás fez com frequência e ele fez todo o esforço para agir assim, você poderia até dizer que Satanás fez isso descaradamente. É da natureza essencial de Satanás não temer a Deus e não ter reverência por Deus em seu coração. Assim, mesmo quando Satanás estava ao lado de Deus e podia vê-Lo, ele não conseguiu deixar de tentar Deus. Por essa razão, o Senhor Jesus disse a Satanás: “Não tentarás o Senhor teu Deus”. Essa é uma frase que Deus disse com frequência para Satanás. Não é apropriado usar essa frase inclusive hoje? (Sim.) Por quê? (Porque nós também tentamos a Deus com frequência.) As pessoas com frequência tentam a Deus, mas por que as pessoas fazem isso com frequência? É porque as pessoas estão cheias de um caráter satânico corrupto? (Sim.) Assim, o que Satanás disse acima é algo que as pessoas dizem com frequência? (Sim.) Em que situações? Pode-se dizer que as pessoas têm dito coisas como essa independentemente de tempo e lugar. Isso prova que o caráter das pessoas é exatamente o mesmo que o caráter corrupto de Satanás. O Senhor Jesus disse uma frase simples, uma que representa a verdade e que as pessoas precisam. No entanto, nessa situação, o Senhor Jesus estava discutindo com Satanás? Houve alguma coisa confrontativa no que Ele disse a Satanás? (Não.) Como o Senhor Jesus viu a tentação de Satanás em Seu coração? Ele sentiu repugnância e repulsa? (Sim.) O Senhor Jesus sentiu repulsa e repugnância, mas Ele não discutiu com Satanás, muito menos falou a respeito de grandes princípios, não é certo? (Sim.) Por que isso? (O Senhor Jesus não quis reconhecer Satanás.) Por que Ele não quis reconhecer Satanás? (Porque Satanás é sempre assim, ele não pode mudar nunca.) Podemos dizer que Satanás é irracional? (Sim, podemos.) Satanás pode reconhecer que Deus é a verdade? Satanás jamais reconhecerá que Deus é a verdade e jamais admitirá que Deus é a verdade; essa é sua natureza. Ademais, há outra coisa sobre a natureza de Satanás que é repulsiva, o que é? Nas suas tentativas de tentar o Senhor Jesus, Satanás pensou que, mesmo se tentasse a Deus e não fosse bem-sucedido, ele faria a tentativa de qualquer modo. Mesmo que fosse punido, ele o faria de qualquer modo. Embora ele não conseguisse nada de bom fazendo isso, ele o faria de qualquer modo, e persistiria e se oporia a Deus até o fim. Que tipo de natureza é essa? Isso não é maligno? (Sim.) Aquele que fica furioso quando Deus é mencionado viu Deus? Aquele que fica zangado quando Deus é mencionado conhece a Deus? Ele não sabe quem é Deus, não crê Nele e Deus não falou com ele. Deus nunca o perturbou, então por que ele estaria zangado? Poderíamos dizer que essa pessoa é maligna? Seria alguém com uma natureza maligna? Quaisquer que sejam as tendências que sucedem no mundo, quer seja diversão, comida, pessoas famosas, pessoas bonitas, nada disso o incomodaria, mas uma menção da palavra “Deus” o deixa irritado; isso não seria um exemplo de natureza maligna? Isso serve como prova satisfatória da natureza maligna do homem. Agora, falando por vocês mesmos, há momentos em que a verdade é mencionada ou quando surgem os testes de Deus para a humanidade ou quando as palavras de julgamento de Deus contra o homem são mencionadas e vocês sentem irritação, repulsa e não querem ouvir falar disso? O coração de vocês pode pensar: como isso é a verdade? As pessoas todas não disseram que Deus é a verdade? Isso não é a verdade, isso são claramente apenas palavras de admoestação de Deus dirigidas ao homem! Algumas pessoas podem até sentir repugnância em seu coração: isso acontece todo dia, Seus testes conosco são sempre mencionados, como é o Seu julgamento; quando tudo isso terá fim? Quando receberemos a boa destinação? Não se sabe de onde vem essa raiva irracional. Que tipo de natureza é essa? (Natureza maligna.) Ela é provocada pela natureza maligna de Satanás. Quanto a Deus em relação à natureza maligna de Satanás e o caráter corrupto do homem, Ele jamais discute nem briga com pessoas e Ele jamais faz um escarcéu quando as pessoas agem por ignorância. Você não verá Deus sustentar opiniões similares sobre coisas que as pessoas têm e, ademais, você não O verá usar os pontos de vista humanos, seu conhecimento, sua ciência ou sua filosofia nem a imaginação do homem para tratar das coisas. Em vez disso, tudo que Deus faz e tudo que Ele revela está conectado com a verdade. Isto é, toda palavra que Ele disse e toda ação que Ele tomou concerne à verdade. Essa verdade e essas palavras não são nenhuma fantasia sem fundamento, mas, ao contrário, são expressas por Deus devido à substância de Deus e Sua vida. Porque essas palavras e a substância de tudo que Deus fez são a verdade, podemos dizer que a substância de Deus é santa. Em outras palavras, tudo que Deus diz e faz traz vitalidade e luz às pessoas; permite que as pessoas vejam coisas positivas e a realidade dessas coisas positivas e lhes permite trilhar a senda correta. Essas coisas são determinadas por causa da substância de Deus e são determinadas devido à substância de Sua santidade. Vocês viram isso, certo? Continuaremos com a leitura das Escrituras.

Mateus 4:8-11 Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram.

Satanás, o diabo, tendo falhado nos dois ardis anteriores, tentou mais outro: ele mostrou todos os reinos do mundo e a glória deles ao Senhor Jesus e pediu-Lhe para adorar o diabo. O que você vê sobre as verdadeiras características do diabo a partir dessa situação? Satanás, o diabo, não é absolutamente descarado? (Sim.) O quanto ele pode ser descarado? Tudo foi criado por Deus, mas Satanás inverte tudo e mostra para Deus dizendo: “Olha para a riqueza e a glória de todos esses reinos. Se me adorares, eu Te darei tudo isso”. Isso não é uma inversão de papéis? Satanás não é descarado? Deus fez tudo, mas foi para Sua satisfação? Deus deu tudo à humanidade, mas Satanás quis tomar tudo e depois ele disse: “Adora-me! Adora-me e eu Te darei tudo isso”. Essa é a face feia de Satanás; ele é absolutamente descarado, certo? Satanás nem mesmo conhece o sentido da palavra “vergonha” e esse é apenas outro exemplo de sua maldade. Ele nem sabe o que é vergonha. Satanás sabe claramente que Deus criou tudo e que Ele gerencia e tem domínio sobre tudo. Tudo pertence a Deus e não ao homem, muito menos a Satanás, mas Satanás, o diabo, despudoradamente disse que daria tudo para Deus. Satanás não está uma vez mais fazendo algo absurdo e descarado? Deus odeia Satanás ainda mais agora, certo? Contudo, não importa o que Satanás tentou fazer, o Senhor Jesus caiu na dele? (Não.) O que diz o Senhor Jesus? (“Ao Senhor teu Deus adorarás”) Essa frase tem algum sentido prático? (Sim.) Que tipo de sentido prático? Vemos a maldade e o descaramento de Satanás em sua fala. Assim, se o homem adorasse a Satanás, qual seria a conclusão? Ele receberia a riqueza e a glória de todos os reinos? (Não.) O que ele receberia? A humanidade se tornaria exatamente tão descarada e risível quanto Satanás? (Sim.) Nesse caso, ela não seria diferente de Satanás. Por essa razão, o Senhor Jesus disse esta frase que é importante para toda e qualquer pessoa: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás”, a qual afirma que, se você servir a outro que não seja o Senhor, que não seja o Próprio Deus, se adorar a Satanás, o diabo, você chafurdará na mesma imundície que Satanás. Nesse caso, você compartilharia o descaramento de Satanás e sua maldade e, exatamente como Satanás, você tentaria Deus e atacaria Deus. Qual seria, então, o seu fim? Você seria desprezado por Deus, derrubado por Deus e destruído por Deus, não é certo? Depois que Satanás tinha tentado o Senhor Jesus várias vezes sem sucesso, ele intentou de novo? Satanás não intentou mais e, então, foi embora. O que isso prova? Isso prova que a natureza maligna de Satanás, que sua malícia, absurdidade e despropósito não são dignas de menção diante de Deus. O Senhor Jesus derrotou Satanás em apenas três sentenças e depois ele fugiu com o rabo entre as pernas, demasiado envergonhado para mostrar sua face novamente e nunca mais tentou o Senhor Jesus. Já que o Senhor Jesus tinha derrotado essa tentação de Satanás, Ele pôde então facilmente continuar a obra que tinha para realizar e assumir as tarefas que estavam diante Dele. Isso tudo que o Senhor Jesus disse e fez nessa situação tem algum sentido prático para todos se for aplicado agora? (Sim.) Que tipo de sentido prático? Derrotar Satanás é coisa fácil de fazer? (Não.) O que seria então? As pessoas devem ter um entendimento claro da natureza maligna de Satanás? As pessoas devem ter um entendimento acurado das tentações de Satanás? (Sim.) Se você alguma vez experimentar as tentações de Satanás em sua própria vida e se for capaz de discernir a natureza maligna de Satanás, você será capaz de derrotá-lo? Se você conhecesse a absurdidade e o despropósito de Satanás, você ainda estaria com Satanás e atacaria Deus? (Não, não estaríamos.) Se você entendesse como a malícia e o descaramento de Satanás estão sendo revelados através de você – se você reconhecesse e conhecesse claramente essas coisas – você ainda atacaria e tentaria Deus desse modo? (Não, não faríamos isso.) O que vocês farão? (Nós nos rebelaremos contra Satanás e o abandonaremos.) Isso é coisa fácil de fazer? (Não.) Não é fácil, para fazer isso as pessoas têm de orar com frequência, elas devem se colocar com frequência diante de Deus e elas devem se examinar sempre. Elas devem se submeter à disciplina de Deus e ao Seu julgamento e castigo e só desse modo as pessoas se afastarão gradualmente da enganação e do controle de Satanás.

Podemos resumir as coisas que perfazem a substância de Satanás a partir dessas coisas que ele disse. Em primeiro lugar, pode-se dizer, em termos gerais, que a substância de Satanás é maligna, o que está em contraste com a santidade de Deus. Por que digo que a substância de Satanás é maligna? É preciso olhar para as consequências do que Satanás faz às pessoas para enxergar isso. Satanás corrompe e controla o homem e o homem age sob o caráter corrupto de Satanás e habita um mundo que foi corrompido por Satanás e vive em meio a pessoas corruptas. As massas são involuntariamente possuídas e assimiladas por Satanás; por isso, o homem tem o caráter corrupto de Satanás, que é a natureza de Satanás. Em tudo que Satanás disse e fez, vocês viram sua arrogância? Vocês viram seu engano e sua malícia? Como a arrogância de Satanás é demonstrada principalmente? Satanás sempre quer ocupar a posição de Deus? Satanás sempre quer desmantelar a obra de Deus e a posição de Deus e tomá-la para si, de modo que as pessoas sigam, apoiem e adorem a Satanás; essa é a natureza arrogante de Satanás. Quando corrompe as pessoas, Satanás lhes diz diretamente o que devem fazer? Quando tenta a Deus, Satanás vem e diz: “Eu estou tentando a Ti, eu vou Te atacar”? Não, em absoluto. Que método Satanás usa? Ele seduz, tenta, ataca e planta suas armadilhas e até mediante a citação das Escrituras. Satanás fala e age de várias maneiras para alcançar seus motivos sinistros. Depois que Satanás fez isso, o que se pode ver a partir daquilo que é manifestado no homem? As pessoas não são arrogantes? O homem sofreu a corrupção de Satanás por milhares de anos e, assim, o homem se tornou arrogante, enganador, malicioso e irracional. Todas essas coisas surgiram devido à natureza de Satanás. Dado que a natureza de Satanás é maligna, ele deu ao homem essa natureza maligna e trouxe ao homem o caráter corrupto maligno. Por essa razão, o homem vive sob o caráter satânico corrupto e, como Satanás, ele se volta contra Deus, ataca Deus e O tenta, a tal ponto que o homem não adora a Deus e não O reverencia em seu coração.

0Busca por x resultados