177 Dedicando minha vida para dar testemunho de Deus

1 Na China, cidadela de demônios, onde Satanás detém poder, direitos humanos não existem. Enquanto espalhava o evangelho e testificava das palavras de Deus, fui preso pelo PCCh. A polícia brutal e maligna, usando métodos duros e mansos, tentou me obrigar a trair a Deus. Tortura cruel e espancamentos brutais mutilaram meu corpo. Entre vida e morte, tive de fazer uma escolha difícil: permanecer fiel ou ceder? Minha mente estava fraca; implorei pela proteção de Deus, que Ele me desse fé.

2 Esclarecido pelas palavras de Deus, lá no fundo, entendi: vida e morte estão nas mãos de Deus. Como criatura de Deus que desfruta do Seu amor, eu deveria ser leal a Ele. Preservar a própria carne e ser egoísta e ignóbil e me transformaria num judas vergonhoso. Se eu me rendesse a Satanás para salvar minha vida, certamente seria punido por Deus. Sofrendo pela justiça, não tenho queixas; só quero glorificar a Deus. Imitarei Pedro, me submeterei à morte e darei testemunho retumbante.

3 Deus é tão sábio; Ele criou este ambiente para me testar e aperfeiçoar. As palavras de Deus produzem fé verdadeira, e a morte não me assusta. Decido amar a Deus sem queixa nem remorso, meu coração não vacila. Dou minha vida, me submeto às orquestrações de Deus e busco primeiro a Sua satisfação. A senda para o reino celestial é longa, cada passo é perigoso, mas dedico minha vida a seguir a Deus. Envergonharei Satanás, glorificarei a Deus e não viverei em vão.

Anterior: 176 Dias sob monitoramento

Próximo: 178 Quando nos despedimos

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo Whatsapp