75 Prestem atenção ao destino da humanidade

I

Deus chama o povo de todas as etnias, de todas as culturas, países e atividades:

ouçam a Sua voz, contemplem as Suas obras; prestem atenção ao destino da humanidade;

façam de Deus o mais santo e honrado,

altíssimo, digno de ser adorado;

então que toda a humanidade

viva sob a bênção de Deus,

assim como os descendentes de Abraão viveram sob as promessas de Jeová,

assim como as criações de Deus, Adão e Eva, viveram no Jardim do Éden.

II

A obra de Deus é como ondas poderosas;

e não há quem possa pará-Lo ou detê-Lo.

Então é preciso ouvir Sua palavra e O buscar

seguindo assim Seus passos e a promessa receber.

Todos os demais verão total destruição e então receberão sua punição.

Deus chama o povo de todas as etnias, de todas as culturas, países e atividades:

ouçam a Sua voz, contemplem as Suas obras;

prestem atenção ao destino da humanidade.

Prestem atenção ao destino da humanidade.


Adaptado de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 74 Ninguém compreende o desejo sincero de Deus de salvar o homem

Próximo: 77 Preencha a sua vida com a palavra de Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

A quem você é leal?

Neste momento, cada dia que vocês vivem é crucial e é de suma importância para o seu destino e sua sina, assim, vocês devem apreciar tudo...

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro