Capítulo 100

Abomino todos os que não foram predestinados e escolhidos por Mim. Devo, portanto, tirar essas pessoas da Minha casa, uma a uma, assim tornando o Meu templo santo e imaculado, a Minha casa sempre nova e nunca velha, o Meu santo nome capaz de se espalhar eternamente e o Meu povo santo capaz de se tornar os Meus amados. Esse tipo de cena, esse tipo de casa, esse tipo de reino é o Meu objetivo e a Minha morada; essa é a base da Minha criação de todas as coisas. Ninguém pode influenciar nem mudar isso. Só haverá Eu e Meus filhos amados vivendo juntos dentro dela, e ninguém será autorizado a esmagá-la sob os pés, nada poderá ocupá-la, e menos ainda poderá qualquer coisa desagradável ter permissão para acontecer. Tudo será louvor e aclamação e tudo será uma cena inimaginável para o homem. Eu desejo apenas que vocês ofereçam toda a sua força para Mim, de todo coração e mente, e no máximo da capacidade de vocês. Seja hoje ou amanhã, sejam vocês alguém que presta serviço a Mim ou alguém que ganha bênçãos, devem todos empregar a sua medida de força para o Meu reino. Essa é uma obrigação que todo ser criado deve assumir, e isso deve ser feito e implementado dessa maneira. Mobilizarei todas as coisas a prestar serviço para que a beleza do Meu reino se torne sempre nova e para que a Minha casa se torne harmoniosa e unida. Ninguém tem permissão para Me desafiar, e quem quer que o faça deve sofrer julgamento e ser amaldiçoado. Agora as Minhas maldições começam a recair sobre todas as nações e todos os povos, e Minhas maldições são ainda mais severas que o Meu julgamento. Agora é hora de começar a condenar todas as pessoas, por isso se diz maldições. Isso acontece porque agora é a era final, e não é o tempo da criação. Assim como as eras mudaram, o ritmo da Minha obra agora é bem diferente. Devido às necessidades da Minha obra, as pessoas de que preciso são também diferentes; as que deveriam ser abandonadas serão abandonadas, as que deveriam ser excluídas serão excluídas, as que deveriam ser mortas serão mortas e as que deveriam ser deixadas devem ser deixadas. Essa é uma tendência inevitável que independe da vontade do homem e homem nenhum pode mudá-la. Deve ser feita segundo a Minha vontade! Eu abandono aqueles que quero abandonar e elimino aqueles que quero eliminar; ninguém agirá arbitrariamente. Deixo os que desejo deixar e amo os que desejo amar; isso deve ser feito segundo a Minha vontade! Eu não ajo por emoções; Comigo só existe justiça, julgamento e ira — não há emoção alguma. Não há o menor traço do humano em Mim, pois Eu sou o Próprio Deus, a pessoa de Deus. Porque todas as pessoas veem o Meu aspecto que é a Minha humanidade e não viram o aspecto que é a Minha divindade. Verdadeiramente, elas são cegas e confusas!

Vocês devem guardar no coração o que lhes digo, devem entender Meu coração por intermédio das Minhas palavras e mostrar consideração para com Meu fardo. Então, vocês chegarão a conhecer a Minha onipotência e ver a Minha pessoa. Pois as Minhas palavras são de sabedoria e ninguém consegue compreender os princípios ou as leis subjacentes às Minhas palavras. As pessoas pensam que Eu pratico o engano e a desonestidade e não Me conhecem por intermédio das Minhas palavras, mas, ao contrário, blasfemam contra Mim. São tão cegas e ignorantes! Falta-lhes até o mínimo discernimento. Cada frase que declaro carrega autoridade e julgamento, e ninguém pode mudar Minhas palavras. Quando as Minhas palavras forem emitidas, é certo que as coisas serão realizadas segundo as Minhas palavras; esse é o Meu caráter. Minhas palavras são autoridade e todos que as alteram ofendem o Meu castigo e devo abatê-los. Em casos graves, trazem ruína para a própria vida e vão para o Hades ou para dentro do poço do abismo. Esse é o único modo de Eu lidar com a humanidade e o homem não tem como mudá-lo — esse é o Meu decreto administrativo. Lembrem-se disso! Ninguém tem permissão para ofender o Meu decreto; as coisas devem ser feitas segundo a Minha vontade! No passado, lhes fui muito afável e vocês só encontraram as Minhas palavras. As palavras que falei sobre abater as pessoas ainda não chegaram a acontecer. Mas, a partir de hoje, todos os desastres (os relacionados aos Meus decretos administrativos) virão um após o outro para punir todos aqueles que não são conformes à Minha vontade. Haverá o advento dos fatos — senão as pessoas não seriam capazes de ver a Minha ira, mas se perverteriam repetidamente. Esse é um passo do Meu plano de gestão e é o modo como executo o próximo passo da Minha obra. Digo-lhes isso de antemão para que vocês possam evitar cometer ofensa e sofrer perdição para sempre. Isso quer dizer que, de hoje em diante, farei com que todas as pessoas, exceto os Meus filhos primogênitos, ocupem os devidos lugares segundo a Minha vontade e Eu as castigarei, uma por uma. Não vou deixar nem uma delas escapar. Apenas ousem ser debochados outra vez! Apenas ousem ser rebeldes outra vez! Tenho dito que sou justo para com todos, que não tenho um fiapo de sentimento, e isso serve para mostrar que o Meu caráter não deve ser ofendido. Essa é a Minha pessoa. Ninguém pode mudar isso. Todas as pessoas ouvem as Minhas palavras e todas as pessoas veem o Meu semblante glorioso. Todas as pessoas devem obedecer a Mim completa e absolutamente — esse é o Meu decreto administrativo. Todas as pessoas por todo o universo e nos confins da terra deveriam Me louvar e Me glorificar, pois Eu sou o Próprio Deus único, pois Eu sou a pessoa de Deus. Ninguém pode mudar Minhas palavras e declarações, Meu discurso e procedimento, pois essas são questões para Mim apenas, e essas coisas são coisas que possuo desde os tempos mais antigos e que existirão para sempre.

As pessoas abrigam a intenção de Me testar e querem encontrar algo em Minhas palavras que possam usar contra Mim, de modo a Me caluniar. Devo ser caluniado por você? Devo ser julgado à vontade? Meus assuntos devem ser discutidos casualmente? De fato, vocês são um bando que não sabe o que é bom para vocês! Não Me conhecem de jeito nenhum! O que é o Monte Sião? O que é a Minha morada? O que é a boa terra de Canaã? O que é a base da criação? Por que, nos últimos dias, tenho mencionado essas palavras? O Monte Sião, a Minha morada, a boa terra de Canaã, a base da criação — todos esses são falados em referência à Minha pessoa (em referência ao corpo). As pessoas todas pensam que esses são lugares que existem fisicamente. Minha pessoa é o Monte Sião; ele é a Minha morada. Quem entrar no mundo espiritual, subirá o Monte Sião e entrará em Minha morada. Criei todas as coisas dentro da Minha pessoa; ou seja, todas as coisas foram criadas dentro do corpo, portanto essa é a base. Por que digo que vocês retornarão ao corpo Comigo? Nisso se encontra o significado original. Assim como a denominação “Deus”, esses nomes não têm significados em si mesmos nem por si mesmos, antes, são nomes diferentes que dou a diferentes lugares. Portanto, não deem tanta atenção a seus significados literais, concentrem-se apenas em ouvir as Minhas palavras. Vocês devem vê-las desse modo e então serão capazes de compreender a Minha vontade. Por que lhes lembro repetidamente que há sabedoria em Minhas palavras? Quantos de vocês tentaram entender o significado por trás disso? Vocês estão todos analisando cegamente e sendo irracionais!

Vocês ainda não entendem a maioria das coisas que Eu disse no passado. Vocês permanecem em um estado de dúvida e não podem satisfazer Meu coração. Na hora em que se tornarem seguros de cada sentença que Eu declaro, esse será o momento em que a vida de vocês amadurece. Para Mim, um dia é como mil anos e mil anos como um dia; como vocês pensam sobre o tempo de que falo? Como vocês o explicariam? Vocês o interpretam mal! E, ademais, a maioria das pessoas ainda Me incomodam desnecessariamente por causa disso, desejando encontrar algo para usar contra Mim — vocês não sabem o que é bom para vocês! Tome cuidado, senão, vou abater você! Quando chegar o dia em que tudo ficar claro, vocês entenderão completamente. Por ora, Eu ainda não lhes digo (agora é o tempo de expor as pessoas e todos devem ser cuidadosos e cautelosos para serem capazes de satisfazer a Minha vontade). Eu vou expor todas as pessoas por intermédio das Minhas palavras e suas formas originais serão reveladas para mostrar se elas são verdadeiras ou não. Se alguém for uma prostituta ou uma jezabel, Eu devo expô-la. Eu já disse que faço coisas sem levantar um dedo e que uso apenas as Minhas palavras para expor as pessoas. Não temo disfarce; uma vez que as Minhas palavras sejam declaradas, você precisa revelar a sua forma original, e não importa o quão bem você se disfarce, Eu certamente o discernirei. Esse é o princípio dos Meus feitos — usar apenas declarações e não despender força alguma. As pessoas se estressam quanto a se Minhas palavras serão cumpridas ou não, e ficam ansiosas por Minha causa e preocupadas Comigo, mas esses esforços não são de fato necessários; são um preço que não precisa ser pago. Você se preocupa Comigo, mas a sua vida amadureceu? E quanto a seu destino? Questione-se frequentemente e não seja relaxado. As pessoas deviam todas levar a Minha obra em consideração e — através dos Meus feitos e das Minhas palavras — ver a Minha pessoa, ter um conhecimento maior de Mim, conhecer a Minha onipotência, conhecer a Minha sabedoria e conhecer os meios e métodos pelos quais Eu criei todas as coisas, e, portanto, dar-Me louvor interminável. Farei com que todas as pessoas vejam sobre quem Eu imponho as mãos dos Meus decretos administrativos, em quem Eu opero, o que é que quero fazer e o que é que quero completar. Isso é algo que toda e qualquer pessoa deve alcançar, pois esse é o Meu decreto administrativo. Vou executar o que digo. Ninguém deve analisar as Minhas palavras casualmente; todos devem ver os princípios subjacentes aos Meus feitos através das Minhas palavras, e das Minhas palavras saber o que a Minha ira é, o que a Minha maldição é e o que o Meu julgamento é. Todas essas coisas repousam nas Minhas palavras e são coisas que devem ser vistas por toda e qualquer pessoa em cada uma das Minhas palavras.

Anterior: Capítulo 99

Próximo: Capítulo 101

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 6

A humanidade ficou muda diante das declarações de Deus ao perceber que Deus operou um grande feito no reino do espírito, algo de que o...

O Próprio Deus, o Único II

O caráter justo de DeusAgora que vocês ouviram a comunicação anterior sobre a autoridade de Deus, estou confiante de que estão equipados...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro