Capítulo 105

Por causa dos princípios por trás das Minhas palavras e, por causa da maneira em que opero, as pessoas Me negam; esse é o propósito por trás de Eu falar por tanto tempo (isso se dirige a todos os descendentes do grande dragão vermelho). Esse o método sábio da Minha obra; é o Meu julgamento do grande dragão vermelho. Essa é a Minha estratégia, e nem uma pessoa sequer pode entendê-la plenamente. A cada ponto de virada — isto é, em cada fase de transição do Meu plano de gerenciamento — algumas pessoas devem ser eliminadas; elas são eliminadas de acordo com a sequência da Minha obra. Esse, e apenas esse, é a maneira em que todo o Meu plano de gerenciamento funciona. Após expulsar, uma a uma, as pessoas que quero eliminar, Eu então inicio o passo seguinte da Minha obra. No entanto, essa é a última vez em que essa eliminação será feita (e isso significa dentro das igrejas na China) e é também o momento em que o maior número de pessoas terá sido eliminado em uma fase de transição desde a criação do mundo. Ao longo da história, sempre que pessoas foram eliminadas, sobrou uma porção para prestar serviço para a obra posterior. No entanto, esta vez não é igual a vezes anteriores; ela é limpa e eficaz. Essa é a mais crítica e a mais abrangente de todas as vezes. Embora a maioria das pessoas, após lerem as Minhas palavras, tente expurgar a dúvida de sua mente, no fim, não conseguem superá-la e, no fim, acabam por cair em suas lutas. Isso não cabe a elas decidir, porque aqueles que predestinei não podem escapar e aqueles que não predestinei Eu só posso desprezar. As únicas pessoas que eu amo são aquelas a quem olho favoravelmente; caso contrário, nem uma única pessoa pode sair e entrar livremente em Meu reino. Essa é a Minha vara de ferro, e só isso é o testemunho poderoso e a manifestação plena de executar os Meus decretos administrativos. É certo que essa não é uma questão de simplesmente ser vivaz. Por que Eu disse que Satanás tem sido impotente contra a queda? No início, ele tinha força, mas está em Minhas mãos; se Eu lhe pedir para se deitar, ele deve se deitar, e se Eu lhe pedir que se levante para prestar serviço a Mim, ele deve se levantar e prestar serviço a Mim e fazê-lo bem. Não é que Satanás esteja disposto a fazer isso; é que Minha vara de ferro governa Satanás, e só dessa forma ele é convencido no coração e na palavra. Meus decretos administrativos o governam, e Eu tenho o Meu poder, de modo que Satanás não pode deixar de ser totalmente convencido; ele deve ser pisado sob o Meu escabelo, sem um traço de resistência. No passado, quando estava prestando serviço aos Meus filhos, ele foi audacioso ao extremo e intimidou Meus filhos de propósito, esperando com isso Me envergonhar, alegando que Eu era incapaz. Que cego! Eu o pisotearei até a morte! Vá em frente; Eu o desafio a ser selvagem mais uma vez! Eu o desafio tratar Meus filhos com fria indiferença mais uma vez! Quanto mais honestas as pessoas são e quanto mais elas ouvem as Minhas palavras e se submetem a Mim, mais você as intimida e isola (aqui estou me referindo a você reunir seus cúmplices para formar uma facção). Agora seus dias de selvageria estão chegando ao fim, e, pouco a pouco, estou acertando as contas com você; não permitirei que você se safe nem mesmo com um pingo daquilo que fez. Agora não é você — Satanás — que tomou o poder; ao contrário, Eu tomei esse poder de volta, e a hora de chamar Meus filhos para lidar com você chegou. Você deve ser obediente e não resistir nem um pouco. Não importa o quanto tenha sido bem-comportado quando diante de Mim no passado, isso não o ajudará hoje. Se você não é um daqueles que amo, então Eu não quero você. Um a mais é inaceitável, precisa ser o número que Eu predeterminei; um a menos que isso é ainda pior. Satanás, não seja perturbador! Será que em Meu coração Eu não tenho clareza de quem amo e quem odeio? Preciso que você me lembre? Satanás poderia dar à luz Meus filhos? Todos são absurdos! Todos são miseráveis! Descartarei inteira e completamente todos. Nem mesmo um só é desejado; todos devem sair! O plano de gerenciamento de seis mil anos está chegando ao fim, Minha obra está feita, e Eu devo expurgar esse bando de bestas e brutos!

Os que creem em Minhas palavras e as executam devem ser aqueles a quem Eu amo; Eu não abandonarei um único deles, e não deixarei um único ir embora. Então, aqueles que são os filhos primogênitos não precisam se preocupar. Já que lhes é concedido por Mim, ninguém pode tirá-lo e estou resolvido a concedê-lo àqueles a quem abençoo. Aqueles a quem aprovo (antes da criação do mundo) Eu abençoo (hoje). Esse é o modo como Eu opero, e é também o princípio principal por trás de cada cláusula dos Meus decretos administrativos, e ninguém pode mudá-lo; nenhuma palavra pode ser acrescentada, nem uma única palavra ou frase pode ser omitida. No passado, Eu disse muitas vezes que a Minha pessoa aparece a vocês. O que, então, é a Minha “pessoa” e como ela aparece? Isso se refere simplesmente à pessoa que Eu sou? Significa simplesmente cada sentença que digo? Esses dois aspectos, embora indispensáveis, representam apenas uma pequena parte; eles não abarcam uma explicação completa da Minha pessoa. A Minha pessoa inclui Meu eu carnal, Minhas palavras e também Meus feitos, mas a explicação mais exata é que Meus filhos primogênitos e Eu somos a Minha pessoa. Isto é, um grupo de homens cristãos corporativos, que reina e detém o poder, é a Minha pessoa. Por isso, cada um dos filhos primogênitos é indispensável e faz parte da Minha pessoa e, portanto, enfatizo que o número de pessoas não pode ter nem um a mais (trazendo assim humilhação ao Meu nome), nem, o que é mais crucial ainda, um a menos (sendo assim incapaz de Me manifestar plenamente). Além disso, ressalto incansavelmente que os filhos primogênitos são os Meus mais queridos, Meus tesouros e a cristalização do Meu plano de gerenciamento de seis mil anos; só os filhos primogênitos podem representar a Minha manifestação perfeita e plena. Eu Mesmo só posso ser uma manifestação plena da Minha pessoa; somente em conjunto com os filhos primogênitos, pode-se dizer que Eu sou uma manifestação perfeita e plena. Assim, Eu imponho exigências estritas aos Meus filhos primogênitos, sem ignorar coisa alguma, e incansavelmente corto e mato todos aqueles que não são parte dos Meus filhos primogênitos; essa é a raiz de tudo que tenho dito e é o objetivo supremo de tudo que tenho dito. Além disso, enfatizo repetidas vezes que eles devem ser as pessoas que foram aprovadas por Mim, aquelas que Eu pessoalmente escolhi desde a criação do mundo. Como, então, pode-se explicar a palavra “aparecer”? Trata-se do momento em que se entra no mundo espiritual? A maioria das pessoas acredita que é o momento em que Meu eu carnal foi ungido ou o momento em que elas viram Meu eu carnal; mas tudo isso é falso; não chega nem perto. “Aparecer”, segundo seu significado original, não é de forma alguma difícil de entender, mas entendê-lo segundo a Minha intenção é bem mais difícil. Pode ser dito da seguinte maneira: quando Eu criei a humanidade, Eu estava colocando a Minha qualidade nesse grupo de pessoas que Eu amava, e esse grupo de pessoas era a Minha pessoa. Para colocar de outra forma, a Minha pessoa já havia aparecido àquela altura. Não é que a Minha pessoa tenha aparecido após receber esse nome; foi que apareceu depois que Eu predestinei esse grupo de pessoas, porque elas continham a Minha qualidade (a natureza delas não muda, e elas ainda são uma parte da Minha pessoa). Assim, a Minha pessoa, desde a criação do mundo até o presente dia, sempre apareceu. A maioria das pessoas acredita na noção de que Meu eu carnal é Minha pessoa, o que de forma alguma é assim; essa ideia só tem origem nos seus pensamentos e noções. Se só Meu eu carnal fosse a Minha pessoa, então isso não bastaria para envergonhar Satanás. Isso não poderia glorificar o Meu nome e, de fato, teria um efeito contrário, trazendo vergonha ao Meu nome, e se tornaria uma marca da vergonha que Satanás traria ao Meu nome ao longo das eras. Eu sou o Próprio Deus sábio e jamais faria tal tolice.

A Minha obra precisa ter resultados e, mais ainda, Eu devo falar palavras com métodos; todas as Minhas palavras e declarações são ditas juntamente com o Meu Espírito, e Eu falo de acordo com tudo que o Meu Espírito faz. Portanto, todos deviam, por meio das Minhas palavras, sentir o Meu Espírito, ver o que é que o Meu Espírito está fazendo; deviam ver o que é exatamente o que quero fazer, deviam ver com base nas Minhas palavras o método com que opero e ver o que são os princípios do Meu plano de gerenciamento inteiro. Eu observo a cena inteira do universo: cada pessoa, cada evento e cada lugar, tudo está sob o Meu comando. Não há ninguém que ouse violar o Meu plano; todos avançam passo a passo na ordem que prescrevi. Esse é o Meu poder; isso é onde se encontra a sabedoria de gerenciar o Meu plano inteiro. Ninguém pode entender completamente nem falar claramente; tudo é feito pessoalmente por Mim e controlado por Mim apenas.

Anterior: Capítulo 104

Próximo: Capítulo 106

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

O Reino Milenar chegou

Vocês viram que obra Deus realizará nesse grupo de pessoas? Deus certa vez disse que, mesmo no Reino Milenar, as pessoas ainda devem seguir...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro