Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

Ninguém que seja da carne pode fugir do dia da ira

Velocidade

`

Ninguém que seja da carne pode fugir do dia da ira

Hoje Eu lhes admoesto assim para o bem de sua própria sobrevivência, para que a Minha obra progrida com suavidade e para que a Minha obra inaugural por todo o universo possa se conduzida de maneira mais apropriada e perfeita, revelando as Minhas palavras, a Minha autoridade, a Minha majestade e o Meu julgamento às pessoas de todos os países e nações. A obra que Eu realizo entre vocês é o início da Minha obra por todo o universo. Apesar de agora já ser os últimos dias, saibam que “últimos dias” não passa de um nome para uma era: da mesma maneira que a Era da Lei e a Era da Graça, se refere a uma era e indica uma era inteira, não apenas os poucos anos ou meses finais. No entanto, os últimos dias são bem diferentes da Era da Graça e da Era da Lei. A obra dos últimos dias não é executada em Israel, mas sim entre os gentios; é a conquista perante o Meu trono das pessoas de todas as nações e de todas as tribos fora de Israel, de modo que a Minha glória por todo o universo possa preencher todo o cosmo. Também é assim para que Eu possa adquirir maior glória, de modo que todas as criaturas da terra possam transmitir a Minha glória para todas as nações, para sempre, de geração em geração, e para que todas as criaturas no céu e na terra possam ver toda a glória que Eu adquiri na terra. A obra conduzida durante os últimos dias é a obra da conquista. Não é a orientação da vida de todas as pessoas na terra, mas a conclusão da vida de sofrimento imperecível e milenar da humanidade na terra. Como consequência, a obra dos últimos dias não pode ser como os vários milhares de anos de obra em Israel, nem como a década de obra na Judeia que depois continuou durante vários milhares de anos até a segunda encarnação de Deus. O povo dos últimos dias depara-se apenas com o reaparecimento do Redentor na carne e recebe a obra pessoal e as palavras de Deus. Não vai demorar dois mil anos até que os últimos dias cheguem ao fim; eles são breves, como a época em que Jesus desempenhou a obra da Era da Graça na Judeia. Isso é porque os últimos dias são a conclusão de toda a era. Eles são cumprimento e o fim do plano de gestão de seis mil anos de Deus e concluem a jornada de vida de sofrimento da humanidade. Não levam a totalidade da humanidade para uma nova era nem permitem que a vida da humanidade continue. Isso não teria significado para o Meu plano de gestão ou para a existência do homem. Se a humanidade continuasse assim, então cedo ou tarde seria completamente devorada pelo diabo, e as almas que pertencem a Mim seriam no final perdidas por causa dele. A Minha obra só dura seis mil anos, e Eu prometi que o controle do maligno sobre toda a humanidade também não duraria mais do que seis mil anos. E, assim, o tempo acabou. Eu não vou nem continuar nem me demorar mais: durante os últimos dias, Eu vou derrotar Satanás, vou retomar toda a Minha glória e vou recuperar todas as almas que pertencem a Mim na terra para que essas almas perturbadas possam fugir do mar de sofrimento e assim será concluída toda a Minha obra na terra. Desse dia em diante, Eu nunca mais vou Me tornar carne na terra e nunca mais o Meu Espírito que tudo controla vai executar sua obra na terra. Eu farei apenas uma coisa na terra: vou refazer a humanidade, uma humanidade que é sagrada e que é a Minha cidade fiel na terra. Mas saibam que Eu não vou aniquilar o mundo inteiro nem vou aniquilar a humanidade inteira. Vou manter o um terço restante – o terço que Me ama e que foi totalmente conquistado por Mim, e farei com que esse terço seja produtivo e se multiplique na terra da mesma maneira que os israelitas se multiplicaram sob a lei, alimentando-os com grandes quantidades de cordeiros e de gado e de todas as riquezas da terra. Essa humanidade vai permanecer Comigo para sempre, no entanto, não é a humanidade deplorável e imunda de hoje, mas uma humanidade que é a assembleia de todos aqueles que foram ganhos por Mim. Tal humanidade não será prejudicada, incomodada ou cercada por Satanás e será a única humanidade que existirá na terra depois que Eu triunfar sobre Satanás. É a humanidade que foi hoje conquistada por Mim e recebeu a Minha promessa. E, assim, a humanidade que foi conquistada durante os últimos dias também é a humanidade que será poupada e vai receber Minhas bênçãos eterna. Essa será a única evidência do Meu triunfo sobre Satanás e o único espólio da Minha batalha contra Satanás. Esses espólios de guerra são salvos por Mim do império de Satanás e são a única cristalização e fruto do Meu plano de gestão de seis mil anos. Eles vêm de todas as nações e de todas as denominações e de todos os lugares e de todos os países do universo. São de raças diferentes, têm línguas, costumes e cor da pele diferentes e estão espalhados por todas as nações e todas as denominações do globo e por todos os cantos do mundo. No final, vão se juntar para formar uma humanidade completa, uma assembleia de homens que é inalcançável pelas forças de Satanás. Aqueles entre a humanidade que não foram salvos e conquistados por Mim vão afundar em silêncio nas profundezas do mar e serão queimados pelas Minhas chamas ardentes por toda a eternidade. Eu vou aniquilar esta humanidade velha e supremamente imunda da mesma maneira que Eu aniquilei os primogênitos e o gado do Egito, deixando apenas os israelitas que comiam carne de cordeiro, bebiam sangue de cordeiro e marcavam o batente de suas portas com sangue de cordeiro. As pessoas que foram conquistadas por Mim e que são da Minha família por acaso não são também as pessoas que comem a carne de Mim, o Cordeiro, e que bebem o sangue de Mim, o Cordeiro, e foram redimidas por Mim e Me louvam? Essas pessoas não estão sempre acompanhadas pela Minha glória? Aqueles que estão sem a Minha carne, do Cordeiro, já não se afundaram em silêncio nas profundezas do mar? Hoje elas se opõem a Mim, e hoje as Minhas palavras são iguais às proferidas por Jeová aos filhos e aos netos de Israel. No entanto, a dureza nas profundezas do coração de vocês está armazenando a Minha ira, trazendo mais sofrimento por sobre a sua carne, mais julgamento por sobre os seus pecados e mais ira por sobre a sua injustiça. Quem pode ser poupado do Meu dia de ira, quando vocês Me tratam assim hoje? A injustiça de quem poderia escapar dos Meus olhos de castigo? Os pecados de quem poderiam fugir das Minhas mãos, do Todo-Poderoso? A rebeldia de quem poderia receber o julgamento que pertence a Mim, o Todo-Poderoso? Eu, Jeová, falo dessa maneira para com vocês, os descendentes da família de gentios, e as palavras que Eu profiro a vocês ultrapassam tudo que foi dito na Era da Lei e na Era da Graça, no entanto vocês são mais duros do que todo o povo do Egito. Vocês não armazenam Minha ira enquanto Eu faço a Minha obra repousadamente? Como podem escapar ilesos do dia que pertence a Mim, o Todo-Poderoso?

Eu operei e falei dessa maneira entre vocês, despendi tanta energia e esforço, no entanto, quando foi que vocês escutaram o que Eu lhes digo claramente? Onde foi que vocês se curvaram a Mim, o Todo-Poderoso? Por que Me tratam assim? Por que tudo que vocês dizem e fazem provoca a Minha raiva? Por que o coração de vocês é tão duro? Alguma vez Eu já os derrubei? Por que não fazem nada além de Me deixar magoado e ansioso? Estão esperando pelo dia de fúria que Eu, Jeová, farei recair sobre vocês? Estão esperando que Eu envie a raiva provocada por sua desobediência? Tudo que Eu faço não é por vocês? No entanto, vocês sempre trataram a Mim, Jeová, desta maneira: roubando os Meus sacrifícios, levando as oferendas do Meu altar para casa para alimentar os filhotes e os filhotes dos filhotes na toca do lobo; as pessoas brigam umas contra as outras, enfrentando umas às outras com olhares raivosos e espadas e lanças, jogando as palavras que pertencem a Mim, o Todo-Poderoso, na latrina para que se tornem tão imundas quanto excremento. Onde está a sua integridade? A sua humanidade se tornou animalidade! O seu coração há muito tempo se transformou em pedra. Vocês não sabem que quando o Meu dia de ira chegar, será quando Eu julgarei a maldade que vocês cometem contra Mim, o Todo-Poderoso, hoje? Acham que, ao Me enganar dessa maneira, ao lançar Minhas palavras à lama sem escutá-las – acham que ao agir assim pelas Minhas costas podem fugir ao Meu olhar irado? Não sabem que já foram vistos pelos olhos que pertencem a Mim, Jeová, quando roubaram os Meus sacrifícios e cobiçaram as Minhas posses? Não sabem que quando roubaram os Meus sacrifícios, foi perante o altar ao qual os sacrifícios são oferecidos? Como poderiam se achar inteligentes o suficiente para Me enganar dessa maneira? Como poderia a Minha ira se separar dos seus pecados odiosos? Como poderia a Minha fúria extrema ignorar seus atos malignos? A maldade que vocês cometem hoje não abre caminho para vocês, mas sim armazena castigo para o seu amanhã; provoca o Meu castigo, do Todo-Poderoso, para vocês. Como os seus atos e palavras malignas poderiam fugir ao Meu castigo? Como as suas orações poderiam chegar aos Meus ouvidos? Como Eu poderia abrir um caminho de saída para suas injustiças? Como Eu poderia deixar de lado as suas ações malignas ao Me desafiar? Como Eu poderia não cortar a língua de vocês, tão venenosa quanto a de uma serpente? Vocês não apelam a Mim para o bem de sua justiça, mas, em vez disso, armazenam Minha ira como resultado da sua injustiça. Como Eu poderia perdoá-los? Aos Meus olhos, do Todo-Poderoso, as suas palavras e ações são imundas. Os Meus olhos, do Todo-Poderoso, enxergam as suas injustiças como um castigo incansável. Como poderia o Meu castigo e julgamento justo se afastar de vocês? Porque vocês fazem isso Comigo, fazendo com que Eu fique triste e irado, como Eu poderia permitir que vocês escapassem das Minhas mãos e se separassem do dia em que Eu, Jeová, castigarei e amaldiçoarei vocês? Vocês não sabem que todas as suas palavras e falas malignas já chegaram aos Meus ouvidos? Não sabem que a sua injustiça já maculou a Minha veste sagrada de justiça? Não sabem que a sua desobediência já provocou a Minha raiva veemente? Não sabem que já há muito tempo Me deixaram fervendo e há muito tempo já colocaram a Minha paciência à prova? Não sabem que já prejudicaram a Minha carne até se tornar farrapos? Eu aguentei até agora, de modo que libero a Minha ira, não mais tolerante para com vocês. Não sabem que as suas ações malignas já chegaram aos Meus olhos e que os Meus gritos já chegaram aos ouvidos do Meu Pai? Como é que Ele poderia permitir que vocês Me tratem assim? Acham que alguma parte da obra que Eu executo não é para o seu bem? No entanto, quem entre vocês passou a ser mais amoroso pela obra executada por Mim, Jeová? Eu poderia ser infiel à vontade do Meu Pai porque sou fraco e por causa da angústia que sofri? Vocês não compreendem o Meu coração? Eu falo com vocês como Jeová falou; não abri mão de tanta coisa por vocês? Apesar de Eu estar disposto a suportar todo esse sofrimento em nome da obra do Meu Pai, como vocês poderiam ser libertados do castigo que Eu lanço sobre vocês como resultado do Meu sofrimento? Não aproveitaram tanto de Mim? Hoje, Eu fui dado a vocês por Meu pai; não sabem que têm muito mais a aproveitar do que as Minhas palavras generosas? Não sabem que a Minha vida foi trocada pela sua vida e as coisas de que vocês gostam? Não sabem que o Meu Pai usou a Minha vida para lutar contra Satanás e que Ele também deu a Minha vida para vocês, fazendo com que recebam cem vezes e permitindo que evitem tantas tentações? Não sabem que é apenas por meio do Meu trabalho que vocês foram poupados de tantas tentações e de tantos castigos ardentes? Não sabem que é apenas por causa de Mim que o Meu Pai permitiu que vocês aproveitassem até agora? Como poderia o coração de vocês permanecer duro hoje, como se tivesse ficado calejado? Como o mal que vocês cometem hoje poderia fugir ao dia de ira que vai se seguir à Minha partida da terra? Como Eu poderia permitir que aqueles que têm o coração tão endurecido escapassem da raiva de Jeová?

Lembrem do passado: quando foi que o Meu coração se irritou e a Minha voz foi dura para com vocês? Quando foi que Eu discuti ninharias com vocês? Quando foi que Eu os repreendi sem razão? Quando foi que Eu os repreendi na sua cara? Não é pelo bem da Minha obra que Eu peço ao Meu Pai para mantê-los afastados de todas as tentações? Por que Me tratam assim? Alguma vez Eu usei a Minha autoridade para golpear a sua carne? Por que Me retribuem assim? Depois de alternarem entre quentes e frios para Comigo, vocês não são nem quentes nem frios, e depois agem querendo Me enganar e escondem coisas de Mim, e sua boca está cheia da saliva do injusto. Acham que a sua língua é capaz de trair o Meu Espírito? Acham que a sua língua pode fugir da Minha ira? Acham que a sua língua pode julgar os atos executados por Mim, Jeová, com bem entende? Por acaso Eu sou o Deus a quem o homem julga? Será que Eu poderia permitir que um pequeno verme Me blasfemasse assim? Como Eu poderia considerar tais filhos da desobediência entre as Minhas bênçãos eternas? As suas palavras e ações há muito tempo os expuseram e os condenaram. Quando Eu estendi os céus e criei todas as coisas, não permiti que nenhuma criatura participasse como bem entendesse, muito menos permiti que qualquer coisa perturbasse a Minha obra e a Minha gestão como bem entendesse. Não tolerei nenhum homem ou objeto; como poderia poupar aqueles que são cruéis e desumanos para Comigo? Como Eu poderia perdoar aqueles que se rebelam contra as Minhas palavras? Como Eu poderia poupar aqueles que Me desobedecem? O destino do homem não está nas mãos que pertencem a Mim, o Todo-Poderoso? Como Eu poderia considerar a sua injustiça e desobediência sagrada? Como os seus pecados poderiam macular a Minha santidade? Eu não sou maculado pela impureza dos injustos, nem aproveito as oferendas dos injustos. Se você fosse leal para Comigo, Jeová, poderia tomar para si os sacrifícios no Meu altar? Poderia usar a sua língua venenosa para blasfemar o Meu nome? Poderia se rebelar contra as Minhas palavras desta maneira? Poderiam tratar a Minha glória e o Meu nome santo como um instrumento com o qual servir Satanás, o maligno? A minha vida é fornecida para o prazer dos santos. Como Eu poderia permitir que você brincasse com a Minha vida da maneira que bem entendesse e a usasse como instrumento de conflito entre vocês? Como puderam ser tão cruéis, tão carentes do caminho do bem, na maneira como agem para Comigo? Não sabem que Eu já escrevi seus atos diabólicos nestas palavras da vida? Como poderiam escapar do dia da ira quando Eu castigar o Egito? Como Eu poderia ser antagonizado e desafiado dessa maneira por vocês, vez após outra? Eu lhes digo de modo direto, quando o dia chegar, o seu castigo será mais insuportável do que o do Egito! Como podem fugir do Meu dia da ira? Eu lhes digo de verdade: a Minha resistência estava preparada para os seus atos malignos e existe para o seu castigo naquele dia. Por acaso vocês não são aqueles que vão sofrer o julgamento irado quando Eu chegar ao fim da Minha resistência? Por acaso as coisas não estão nas mãos que pertencem a Mim, o Todo-Poderoso? Como Eu poderia permitir que vocês Me desobedecessem assim sob os céus? A sua vida será muito difícil porque vocês encontraram o Messias, de quem se disse que viria, mas que nunca veio. Vocês não são os inimigos Dele? Jesus foi seu amigo, no entanto, vocês são os inimigos do Messias. Não sabem que, apesar de serem amigos de Jesus, seus atos diabólicos encheram os vasos daqueles que são detestáveis? Apesar de vocês serem muito próximos de Jeová, por acaso não sabem que as suas palavras malignas chegaram aos ouvidos de Jeová e provocaram Sua ira? Como Ele poderia estar próximo de você, e como poderia não queimar esses seus vasos cheios de atos malignos? Como Ele poderia não ser o seu inimigo?

Anterior:Quando as folhas que caem retornarem a suas raízes, você lamentará todo o mal que fez

Próximo:O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca”

Coisas que talvez lhe interessem