Já que crê em Deus, você deve viver para a verdade

O problema comum que existe em todas as pessoas é que elas entendem a verdade, mas não a colocam em prática. Isso é porque, por um lado, elas não estão dispostas a pagar o preço e, por outro, porque seu discernimento é inadequado demais; elas são incapazes de ver muitas das dificuldades do dia a dia pelo que são e não sabem como praticar adequadamente. Porque as experiências das pessoas são superficiais demais, seu calibre é pobre demais, e o grau em que compreendem a verdade é limitado, elas não têm como resolver as dificuldades que encontram em sua vida diária. Elas acreditam em Deus apenas em palavra e são incapazes de trazer Deus para o seu dia a dia. Isto é, Deus é Deus, vida é vida, e é como se as pessoas não tivessem relação alguma com Deus em sua vida. Isso é o que todo mundo pensa. Acreditando em Deus assim, as pessoas não serão, na verdade, ganhas nem aperfeiçoadas por Ele. Na verdade, não é que a palavra de Deus não obteve expressão completa, mas, sim, que a capacidade das pessoas de receber Sua palavra é simplesmente inadequada demais. Pode-se dizer que quase ninguém age de acordo com as intenções originais de Deus; antes, sua fé em Deus está de acordo com as próprias intenções, as noções religiosas que sustentavam no passado e o jeito próprio de fazer as coisas. Poucos são aqueles que passam por uma transformação após aceitarem a palavra de Deus e começam a agir de acordo com a Sua vontade. Em vez disso, persistem em suas crenças equivocadas. Quando as pessoas começam a acreditar em Deus, elas o fazem com base nas regras convencionais da religião e vivem e interagem com os outros baseando-se inteiramente em sua própria filosofia de vida. Pode-se dizer que esse é o caso de nove em cada dez pessoas. Há muito poucos que formulam outro plano e viram uma nova página depois que começam a acreditar em Deus. A humanidade não tem considerado a palavra de Deus como verdade, ou, tomando-a como verdade, não a tem colocado em prática.

Tome como exemplo a fé em Jesus. Não importa se as pessoas tinham acabado de começar a acreditar ou vinham acreditando por um bom tempo, todas simplesmente aplicavam quaisquer talentos que tinham e demonstravam quaisquer habilidades que possuíam. As pessoas simplesmente acrescentavam “fé em Deus”, essas três palavras, à sua vida usual, no entanto não faziam mudança alguma em seu caráter, e sua fé em Deus não crescia nem um pouco. Sua busca não era quente nem fria. Elas não diziam que iam desistir de sua fé, mas também não consagravam tudo a Deus. Nunca O amaram nem Lhe obedeceram verdadeiramente. Sua fé em Deus era uma mistura do genuíno e do fingido, elas a consideravam com um olho aberto e outro fechado e não eram sinceras ao praticar sua fé. Elas continuavam em tal estado de confusão e acabavam por sofrer uma morte confusa. Qual é o sentido de tudo isso? Hoje, para acreditar no Deus prático, você deve embarcar na trilha certa. Se você acredita em Deus, você não deve apenas buscar bênçãos, mas amar a Deus e conhecer Deus. Por meio de Seu esclarecimento, por meio de sua busca individual, você pode comer e beber Sua palavra, desenvolver uma verdadeira compreensão de Deus e ter um verdadeiro amor por Deus que venha do fundo do coração. Em outras palavras, quando seu amor por Deus é o mais genuíno e ninguém pode destruir nem obstruir o caminho de seu amor por Ele, nesse momento, você está na trilha certa em sua crença em Deus. Isso prova que você pertence a Deus, pois seu coração já é posse de Deus, e nada mais pode então tomar posse de você. Por meio de sua experiência, por meio do preço que você pagou, por meio da obra de Deus, você é capaz de desenvolver um amor espontâneo por Deus — e, quando fizer isso, você será liberto da influência de Satanás e viverá na luz da palavra de Deus. Somente quando você tiver se livrado da influência das trevas, poder-se-á dizer que você ganhou Deus. Em sua crença em Deus, você deve tentar buscar esse objetivo. Esse é o dever de cada um de vocês. Nenhum de vocês deveria estar satisfeito com o estado atual das coisas. Vocês não podem estar divididos em relação à obra de Deus, nem podem considerá-la levianamente. Vocês deveriam pensar em Deus em todos os aspectos e em todos os momentos e fazer todas as coisas em prol Dele. E toda vez que falarem ou agirem, vocês deveriam colocar os interesses da casa de Deus em primeiro lugar. Somente assim vocês podem ser segundo o coração de Deus.

Em sua fé em Deus, a maior falha das pessoas é que elas acreditam apenas com a boca, e Deus está totalmente ausente de seu cotidiano. Todas as pessoas, de fato, acreditam na existência de Deus, entretanto Deus não faz parte do seu dia a dia. As bocas das pessoas fazem muitas orações a Deus, mas Deus ocupa muito pouco espaço em seu coração, e assim Deus as prova repetidas vezes. É porque as pessoas são impuras que Deus não tem alternativa a não ser prová-las, para que venham a se sentir envergonhadas e venham a conhecer a si mesmas em meio a essas provações. Do contrário, a humanidade se tornaria a descendência do arcanjo e seria cada vez mais corrupta. No processo de sua fé em Deus, cada pessoa lança fora muitas de suas intenções e objetivos pessoais sob a limpeza incessante de Deus. Do contrário, Deus não teria como usar ninguém e não teria como fazer nas pessoas a obra que Ele deve fazer. Deus primeiro limpa as pessoas, e, por meio desse processo, elas vêm a conhecer a si mesmas, e Deus pode mudá-las. Somente então Deus opera Sua vida dentro delas, e somente assim seu coração pode ser completamente voltado para Deus. Por isso Eu digo que acreditar em Deus não é tão simples quanto as pessoas dizem. Na visão de Deus, se você só tem conhecimento, mas não tem a Sua palavra como vida, e se você é limitado apenas ao próprio conhecimento, mas não consegue praticar a verdade ou viver a palavra de Deus, então isso é prova ainda de que você não tem um coração que ama a Deus, e isso mostra que o seu coração não pertence a Deus. A pessoa pode vir a conhecer Deus acreditando Nele: esse é o objetivo final e o objetivo da busca do homem. Você deve se esforçar para viver as palavras de Deus para que elas possam se tornar realidade em sua prática. Se você tem apenas conhecimento doutrinário, então sua fé em Deus dará em nada. Somente se você também praticar e viver Sua palavra, sua fé poderá ser considerada completa e de acordo com a vontade de Deus. Nessa estrada, muitas pessoas podem falar de muito conhecimento, mas, na hora de sua morte, seus olhos se enchem de lágrimas, e elas se odeiam por terem desperdiçado uma vida inteira e vivido até a velhice por nada. Elas apenas entendem doutrinas, mas não conseguem colocar a verdade em prática nem dar testemunho de Deus; em vez disso, só correm para lá e para cá, ocupadas como uma abelha, e somente quando estão à beira da morte, elas finalmente veem que carecem de testemunho verdadeiro, que não conhecem Deus nem um pouco. E isso não é tarde demais? Por que você não aproveita o dia e busca a verdade que ama? Por que esperar até amanhã? Se, na vida, você não sofre pela verdade nem procura ganhá-la, será que é porque você deseja sentir arrependimento na hora da morte? Se for assim, então por que acreditar em Deus? Na verdade, há muitos assuntos nos quais as pessoas, quando empregam um mínimo de esforço, podem colocar a verdade em prática e, assim, satisfazer a Deus. É somente porque o coração das pessoas é constantemente possuído por demônios que elas não podem agir em prol de Deus e constantemente se ocupam em benefício de sua carne e não podem apresentar nenhum resultado no final. Por esse motivo, as pessoas são constantemente afligidas por problemas e dificuldades. Não são esses os tormentos de Satanás? Não é essa a corrupção da carne? Você não deveria tentar enganar a Deus apenas falando da boca para fora. Em vez disso, você deve tomar uma atitude palpável. Não se engane — qual seria o sentido disso? O que você pode ganhar vivendo em prol da sua carne e labutando por fama e fortuna?

Anterior: A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?

Próximo: O ressoar dos sete trovões: profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 38

Considerando os traços inerentes à humanidade, isto é, a verdadeira face da humanidade, ser capaz de continuar até agora não tem sido...

Obra e entrada (1)

Desde que as pessoas começaram a percorrer a trilha certa da crença em Deus, há várias coisas que ainda não estão claras para elas. Elas...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro