Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta 2: Que os pastores e presbíteros são todos escolhidos e ordenados pelo Senhor, e que servem ao Senhor. Obedecer aos pastores e presbíteros é obedecer ao Senhor. Se resistirmos aos pastores e presbíteros e os condenarmos, estaremos resistindo ao Senhor. Apenas eles compreendem e interpretam a Bíblia. Apenas eles podem nos guiar. Além disso, contanto que o que os pastores e presbíteros dizem esteja em conformidade com a Bíblia e esteja baseado nela, devemos aceitar e obedecer. Contanto que o que os pastores e presbíteros dizem esteja em conformidade com a Bíblia, devemos aceitar e seguir. como isso pode estar errado?

Resposta: Na religião, alguns acham que os pastores e presbíteros são todos escolhidos e designados pelo Senhor e, portanto, que devem obedecer a eles. Essa visão é baseada na Bíblia? Ela tem evidência nas palavras do Senhor Jesus? Ela tem o testemunho do Espírito Santo e a confirmação da obra do Espírito Santo? Se não for a resposta a todas as perguntas, não significa então que a crença da maioria de que os pastores e presbíteros são todos escolhidos e designados pelo Senhor vem de suas noções e ideias? Pensem nisso. Na Era da Lei, Moisés foi escolhido e consagrado por Deus. Isso significa que todos os líderes judeus da Era da Lei foram escolhidos e preparados por Deus? Na Era da Graça, os 12 apóstolos do Senhor Jesus foram pessoalmente escolhidos e ungidos pelo próprio Senhor Jesus. Isso significa que todos os pastores e presbíteros da Era da Graça foram escolhidos e preparados pelo Senhor? Muitos seguem regras definidas e não abordam as coisas de acordo com os fatos. Como resultado, eles adoram e seguem cegamente outras pessoas. E qual é o problema nisso? Por que não conseguem distinguir entre essas coisas? Por que não buscam a verdade nessas coisas? Vemos pelo que está registrado na Bíblia que em cada era de Sua obra, Deus escolhe e unge algumas pessoas para coordenar Sua obra. E os ungidos e utilizados pelo Próprio Deus são confirmados por Sua palavra. Mesmo que não sejam, há pelo menos a confirmação da obra do Espírito Santo. Por exemplo, na Era da Lei, Deus ungiu Moisés para liderar os Israelitas. Isso é provado pelas palavras de Deus. Deus Jeová disse: “E agora, ei s que o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim; e também tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem. Agora, pois, vem e eu te enviarei a Faraó, para que tireis do Egito o meu povo, os filhos de Israel” (Êxodo 3:9-10). Na Era da Graça, o Senhor Jesus ungiu 12 apóstolos para guiar as igrejas. Isso também é uma evidência das palavras do Senhor. Exatamente como o Senhor Jesus disse quando ungiu Pedro: “Simão, filho de João, amas-me? […] Apascenta as minhas ovelhas” (João 21:17). “Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus” (Mateus 16:19). Vemos que os escolhidos e utilizados por Deus são confirmados pela Sua palavra, mesmo que não haja uma palavra de Deus como prova, deveria pelo menos haver a confirmação da obra do Espírito Santo. Toda a obra deles é apoiada por Deus. Obedecer à obra e liderança deles é obedecer a Deus. Quem de nós resistir a um ungido por Deus estará resistindo a Deus e será amaldiçoado e punido por Deus. Assim como na Era da Lei, Coré, Datã e seu povo resistiram a Moisés. O que aconteceu no final? Eles foram punidos diretamente por Deus. Deus fez a terra se abrir e os tragar. Na Era da Graça, os apóstolos, ungidos pelo Senhor Jesus, tiveram a confirmação da palavra do Senhor. Mas os pastores e presbíteros de hoje são ungidos pelo Senhor? Isso é evidenciado pela palavra do Senhor? A maioria deles foi educada por escolas teológicas e são formados em teologia, nos quais eles confiam para se tornar pastores, não porque o Espírito Santo pessoalmente prestou testemunho a eles e os usou. Não é verdade? Quem de nós viu o Espírito Santo prestar testemunho pessoalmente a um pastor ou ungi-lo? Isso nunca acontece! Se eles são de fato ungidos pelo Senhor, haveria o testemunho verdadeiro do Espírito Santo e muitos crentes como testemunhas. Portanto, os pastores e presbíteros não são ungidos pelo Senhor. Isso é certo! Eu soube que há pastores que creem que o Senhor Jesus não foi concebido pelo Espírito Santo. Não acreditam que a “concepção pelo Espírito Santo” tenha base científica. É ainda menos provável que eles admitiriam que Cristo é a manifestação de Deus. Se tais pastores existissem na época em que o Senhor Jesus serviu, eles não O teriam aceitado. Então, como eles tratariam a manifestação e a obra de Deus encarnado nos últimos dias? Eles teriam sido como os principais sacerdotes, escribas e fariseus, que furiosamente condenaram o Senhor Jesus e se opuseram a Ele. Então, esses pastores e presbíteros genuinamente obedecem a Deus? Eles nem mesmo creem no Deus encarnado e não reconhecem as verdades expressas por Ele. Essas pessoas não são anticristos? Portanto, a crença de que “pastores e presbíteros são todos ungidos e designados pelo Senhor” ainda é sustentável? Insistir que esses pastores e presbíteros são ungidos e escolhidos por Deus seria cometer calúnia e blasfêmia contra Deus? Esse ponto de vista não é absurdo, uma falácia? Não seria isso distorcer a verdade e confundir preto com branco? Deus ungiria e utilizaria esses descrentes e anticristos para liderar o povo escolhido de Deus? Certamente não! Todos os ungidos e utilizados por Deus são testemunhados pessoalmente por Ele e pelo menos têm a confirmação e os efeitos da obra do Espírito Santo e dão provisão ao povo escolhido de Deus por meio de verdadeira orientação. Porque Deus é justo e santo, então todos os ungidos e utilizados por Deus estão em sintonia com Sua vontade. Eles não serão fariseus hipócritas nem anticristos que odeiam a verdade e se opõem a Cristo.

Vamos então observar os pastores e líderes de hoje. A maioria deles vem de escolas teológicas e não foi ungida pessoalmente por Deus nem utilizada por Ele. Eles simplesmente estudam teologia e a Bíblia. A obra e a pregação deles se concentram apenas em falar sobre seu conhecimento da Bíblia, sobre teologia ou sobre personagens, histórias e contextos históricos bíblicos e assim por diante. E sua prática é apenas ensinar as pessoas a praticarem rituais religiosos e a seguir regras. Eles nunca se atentam a comunicar a verdade das palavras de Deus nem levam as pessoas a praticarem e vivenciarem as palavras de Deus ou a obedecerem aos mandamentos Dele. Eles nunca debatem sobre como conhecer a si mesmos e as experiências reais da entrada na vida, nunca debatem o conhecimento verdadeiro de Deus. Pode tal obra e pregação alcançar a obra do Espírito Santo? Tal serviço satisfaz as intenções de Deus? Nos leva a praticar a verdade e a entrar no caminho certo da crença em Deus? Ao explicarem a Bíblia dessa maneira, não estão eles seguindo seu próprio caminho e resistindo a Deus? Especialmente quando Deus Todo-Poderoso expressa verdades e realiza Seu julgamento dos últimos dias, esses líderes religiosos sabem claramente que as palavras de Deus Todo-Poderoso são todas verdadeiras e purificam e salvam as pessoas, mas ainda assim não as buscam nem aceitam. É ainda mais abominável que eles não permitam que os crentes leiam as palavras de Deus Todo-Poderoso ou que ouçam a voz de Deus. A fim de proteger seu status e sua sobrevivência, eles furiosamente caluniam e condenam Deus Todo-Poderoso, chegando até a coordenar com o Partido Comunista Chinês, o regime satânico, a prisão e perseguição de evangélicos. Existe alguma diferença entre as ações e a conduta desses pastores e presbíteros e as ações e a conduta dos fariseus que resistiram ao Senhor Jesus no passado? Não são eles pedras de tropeço nos impedindo de aceitar o caminho verdadeiro? Como podem essas pessoas que odeiam a verdade e se opõem a Deus ser ungidas de Deus e estar a serviço Dele? Deus escolheria essas pessoas que odeiam a verdade e que obstruem a vontade Dele para liderar o povo escolhido de Deus? Com certeza não. Isso é verdade!

do roteiro do filme Quebrar o feitiço

Anterior:Pergunta 1: Vocês testificaram que quando o Senhor retornar nos últimos dias, Ele primeiro se tornará carne e chegará em segredo e, após criar um grupo de vencedores, Ele descerá publicamente com as nuvens e aparecerá a todos. Esse ensinamento faz sentido. Mas, por dois mil anos, a maioria dos crentes no Senhor tem esperado vê-Lo descer com as nuvens. Pastores e presbíteros também dizem o mesmo. Como poderíamos estar errados ao aguardarmos de acordo com a profecia da Bíblia? Pastores e presbíteros servem ao Senhor. Eles esperam que o Senhor retorne dessa maneira. Não creio que o Senhor retornado abandonará todos esses pastores e presbíteros. Totalmente impossível.

Próximo:Pergunta 3: Paulo disse claramente na Bíblia: “Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, […]” (Atos 20:28). Isso prova que os pastores e presbíteros são ungidos pelo Espírito Santo. E ser ungido pelo Espírito Santo não significa ser ungido por Deus? Deus ungiu os pastores e presbíteros como cuidadores do rebanho. Isso não pode estar errado.