3. Se aceitarmos a obra dos últimos dias de Deus Todo-Poderoso, o que, exatamente, devemos buscar a fim de ganhar o caminho da vida eterna?

Palavras de Deus relevantes:

Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não torna clara a natureza do homem simplesmente com algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda a longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo podem ser chamados de julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de revelar a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus. Se você não considera essas verdades como importantes e só pensa em evitá-las ou em encontrar um novo caminho que não seja por elas, então digo que você é um pecador atroz. Se você tem fé em Deus, mas não busca a verdade ou a vontade de Deus, nem ama o caminho que o leva para mais perto de Deus, digo que você é alguém que está tentando se esquivar do julgamento, um fantoche e um traidor que foge do grande trono branco. Deus não poupará nenhum rebelde que fuja de Sua vista. Tais homens irão receber punição ainda mais severa. Aqueles que comparecerem perante Deus para ser julgados, e que, além disso, tiverem sido purificados, viverão para sempre no reino de Deus. Evidentemente, isso é algo que pertence ao futuro.

Extraído de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra de conquista de hoje é recuperar todo o testemunho e toda a glória e ter todos os homens adorando a Deus, para que haja testemunho entre as criaturas; essa é a obra a ser feita neste estágio. Como, exatamente, a humanidade vai ser conquistada? Ao usar a obra das palavras deste estágio para convencer plenamente o homem; ao usar revelação, julgamento, castigo e maldição impiedosa para trazê-lo à submissão absoluta; ao revelar a rebeldia do homem e julgar sua resistência de modo que ele possa conhecer a injustiça e a imundície da humanidade, e assim usar essas coisas como um contraste para o caráter justo de Deus. É sobretudo através dessas palavras que o homem é conquistado e plenamente convencido. As palavras são os meios para a conquista final da humanidade, e todos que aceitarem a conquista de Deus devem aceitar o golpe e o julgamento de Suas palavras. O processo de falar hoje é precisamente o processo de conquistar. E exatamente como as pessoas deveriam cooperar? Ao saber como comer e beber essas palavras e alcançar um entendimento delas. Quanto a como as pessoas são conquistadas, isso não é algo que elas possam fazer por si mesmas. Tudo que você pode fazer é, por comer e beber essas palavras, passar a conhecer sua corrupção e imundície, sua rebeldia e sua injustiça e prostrar-se diante de Deus. Se, após captar a vontade de Deus, você for capaz de colocá-la em prática, e se tiver visões e for capaz de submeter-se completamente a essas palavras e não fazer quaisquer escolhas por si mesmo, então você terá sido conquistado — e o terá sido como um resultado dessas palavras.

Extraído de ‘A verdade interna da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quer as palavras proferidas por Deus sejam simples ou profundas na aparência exterior, todas elas são verdades indispensáveis ao homem quando ele entra na vida; elas são a fonte de águas vivas que permite ao homem sobreviver tanto em espírito como em carne. Elas fornecem o que o homem precisa para se manter vivo; os princípios e o credo para conduzir sua vida diária; a senda, a meta e a direção pela qual ele deve passar para receber a salvação; toda verdade que ele deve possuir como ser criado diante de Deus; e toda verdade sobre como o homem obedece e adora a Deus. Elas são a garantia que asseguram a sobrevivência do homem, elas são o pão diário do homem e, também, são o firme suporte que permite que o homem seja forte e se levante. Elas são ricas na verdade-realidade da humanidade normal como ela é vivida pela humanidade criada, ricas na verdade pela qual a humanidade se liberta da corrupção e se esquiva das armadilhas de Satanás, ricas no incansável ensino, exortação, encorajamento e consolo que o Criador dá à humanidade criada. Elas são o farol que guia e ilumina os homens para entenderem tudo o que é positivo, a garantia que assegura que os homens viverão e se apossarão de tudo que é justo e bom, o critério pelo qual as pessoas, eventos e objetos são medidos e também o marcador de navegação que leva os homens para a salvação e a senda da luz. Somente na experiência prática das palavras de Deus, o homem pode ser suprido com a verdade e a vida; somente aqui o homem pode vir a entender o que é a humanidade normal, o que é uma vida significativa, o que é um ser criado genuíno, o que é a verdadeira obediência a Deus; somente aqui o homem pode vir a compreender como ele deve se importar com Deus, como deve cumprir o dever de um ser criado e como possuir a semelhança de um homem real; somente aqui o homem pode compreender o que se entende por fé genuína e adoração genuína; somente aqui o homem pode vir a entender quem é o Governante dos céus e da terra e de todas as coisas; somente aqui o homem pode vir a entender os meios pelos quais Aquele que é o Mestre de toda a criação governa, conduz e provê para a criação; e somente aqui ele pode vir a entender e compreender os meios pelos quais Aquele que é o Mestre de toda a criação existe, Se manifesta e opera. Separado da experiência real das palavras de Deus, o homem não tem conhecimento nem percepção real das palavras e da verdade de Deus. Tal homem é um evidente cadáver vivo, uma concha consumada, e todo conhecimento relativo ao Criador não tem nada a ver com ele. Aos olhos de Deus, tal homem nunca acreditou Nele nem nunca O seguiu, e assim Deus não o reconhece nem como crente Seu nem como seguidor Seu, menos ainda como um ser criado genuíno.

Extraído de ‘Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal’ em “A Palavra manifesta em carne”

Ao buscar a vida, você deve estar atento a duas coisas: primeiro, compreender a verdade nas palavras de Deus; segundo, compreender a si mesmo nas palavras de Deus. Essas duas coisas são absolutamente fundamentais. Não há vida ou verdade fora das palavras de Deus. Se você não buscar a verdade nas Suas palavras, onde, então, poderá buscá-la? Onde há verdade no mundo? Todos os livros do mundo consistem nas teorias do diabo Satanás, não é assim? Eles não contêm um único pingo de verdade! As partes mais importantes de compreender a verdade na palavra de Deus são compreender a Deus em Suas palavras, compreender a vida humana em Suas palavras e compreender todos os aspectos da verdade em Suas palavras, tais como o entendimento verdadeiro de si mesmo, e descobrir o significado da existência humana nas palavras de Deus. Toda a verdade está nas palavras de Deus. Não se pode entrar na verdade senão por meio das palavras de Deus. O principal desfecho que você deve alcançar é saber o que significa possuir compreensão e entendimento reais das palavras de Deus. Com uma compreensão real das palavras de Deus, você poderá então compreender a verdade. Essa é a coisa mais fundamental.

Extraído de ‘Somente buscando a verdade pode-se alcançar uma mudança no caráter’ em “Registros das falas de Cristo”

A verdade que o homem precisa possuir se encontra na palavra de Deus e é uma verdade que é a mais benéfica e útil para a humanidade. É o tônico e o sustento de que o corpo de vocês necessita; algo que ajuda o homem a recuperar sua humanidade normal. É uma verdade com a qual o homem deveria estar equipado. Quanto mais vocês praticarem a palavra de Deus, mais rapidamente a vida de vocês se desenvolverá; e mais clara a verdade se tornará. À medida que crescerem em estatura, vocês verão as coisas do mundo espiritual mais nitidamente, e mais força terão para triunfar sobre Satanás. Grande parte da verdade que vocês não compreendem será esclarecida quando vocês praticarem a palavra de Deus. A maioria das pessoas está satisfeita com simplesmente entender o texto da palavra de Deus e se concentrar em equipar-se com doutrinas, em vez de aprofundar sua experiência na prática, mas esse não é o caminho dos fariseus? Então, como a expressão “A palavra de Deus é vida” pode ser real para elas? A vida de uma pessoa não pode crescer simplesmente por ler a palavra de Deus, mas somente quando Sua palavra é posta em prática. Se a sua crença é que entender a palavra de Deus é tudo o que é necessário para se ter vida e estatura, então sua compreensão está distorcida. A verdadeira compreensão da palavra de Deus ocorre quando você pratica a verdade, e você deve entender que “somente por praticar a verdade ela poderá alguma vez ser entendida”. Hoje, depois de ler a palavra de Deus, você pode dizer apenas que a conhece, mas não pode dizer que a entende. Alguns dizem que a única maneira de praticar a verdade é entendendo-a primeiro, mas isso é apenas parcialmente correto, e certamente não é totalmente exato. Antes de ter conhecimento sobre uma verdade, você não a experimentou. Sentir que você entende algo que ouve em um sermão não é entendimento verdadeiro — isso é simplesmente tomar posse das palavras literais da verdade e não é o mesmo que entender o verdadeiro significado ali contido. Só ter um conhecimento superficial da verdade não significa que você realmente a entende ou tem conhecimento sobre ela; o verdadeiro significado da verdade vem de tê-la experimentado. Portanto, somente quando experimenta a verdade é que você a pode entender, e somente então você consegue entender as partes ocultas dela. Aprofundar sua experiência é a única maneira de compreender as conotações e entender a essência da verdade. Portanto, você pode ir a qualquer lugar com a verdade, mas, se não há verdade em você, então não pense em tentar convencer nem os membros de sua família, menos ainda as pessoas religiosas. Sem a verdade, você é como flocos de neve flutuando; mas com a verdade, você pode ser feliz e livre, e ninguém pode atacá-lo. Não importa quão forte seja uma teoria, ela não pode vencer a verdade. Com a verdade, o próprio mundo pode ser abalado e montanhas e mares movidos, ao passo que a ausência dela pode fazer com que os fortes muros de uma cidade sejam reduzidos a escombros pelas larvas. Isso é um fato óbvio.

Extraído de ‘Quando compreender a verdade, você deve colocá-la em prática’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em suma, tomar a senda de Pedro na fé de alguém significa caminhar na senda da busca da verdade, a qual também é a senda de conseguir se conhecer verdadeiramente e mudar seu caráter. Só ao caminhar na senda de Pedro a pessoa estará na senda de ser aperfeiçoada por Deus. Deve-se estar certo de como, exatamente, caminhar na senda de Pedro e também de como colocá-la em prática. Primeiro, é preciso deixar de lado as próprias intenções da pessoa, as buscas inadequadas e até a família e todas as coisas da própria carne. É preciso ser devotado de todo o coração; isto é, é preciso devotar-se completamente à palavra de Deus, manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. Foi o que Pedro fez após ver Jesus e é somente praticando dessa maneira que alguém pode alcançar os melhores resultados. Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. Quando lia Suas palavras, Pedro não estava focado em entender as doutrinas, muito menos em obter conhecimento teológico; em vez disso, concentrava-se em compreender a verdade e captar a vontade de Deus, bem como alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus. Ao vivenciar as centenas de provações de Deus, Pedro examinou rigorosamente a si mesmo, comparando-se com cada palavra do julgamento de Deus em relação ao homem, com cada palavra da revelação de Deus ao homem, com cada palavra de Suas demandas ao homem, e se esforçou para sondar o significado daquelas palavras. Com determinação, ele tentou ponderar e memorizar cada palavra que Jesus lhe dissera e alcançou resultados muito bons. Através dessa maneira de praticar, ele foi capaz de alcançar um entendimento de si mesmo a partir das palavras de Deus, e não só veio a entender os vários estados corruptos do homem, como também veio a entender a essência, a natureza e as várias deficiências do homem. Isso é o que significa entender verdadeiramente a si mesmo. Das palavras de Deus, Pedro não só alcançou um entendimento verdadeiro de si mesmo, mas, das coisas expressas nas palavras de Deus — o caráter justo de Deus, o que Ele tem e é, a vontade de Deus para Sua obra, Suas exigências à humanidade —, dessas palavras, ele veio a conhecer Deus completamente. Ele veio a conhecer o caráter de Deus e a Sua essência; ele veio a conhecer e entender o que Deus tem e é, bem como a amabilidade de Deus e as exigências de Deus ao homem. Embora Deus não falasse tanto naquele tempo quanto fala hoje, resultados nesses aspectos, todavia, foram alcançados em Pedro. Isso foi algo raro e precioso. Pedro passou por centenas de provações, mas não sofreu em vão. Ele não só veio a entender a si mesmo a partir das palavras e da obra de Deus, como também veio a conhecer Deus. Além disso, ele se concentrou sobretudo nas exigências de Deus para com a humanidade sob Suas palavras. Em quaisquer que fossem os aspectos que o homem deveria satisfazer a Deus para estar alinhado com a Sua vontade, Pedro foi capaz de dedicar um grande esforço nesses aspectos e alcançar total clareza; isso foi extremamente benéfico em relação à sua entrada. Independentemente do que Deus falasse, contanto que aquelas palavras pudessem se tornar a sua vida e pertencessem à verdade, Pedro frequentemente era capaz de esculpi-las em seu coração para refletir sobre elas e apreciá-las. Após ouvir as palavras de Jesus, ele foi capaz de levá-las a sério, o que mostra que ele estava concentrado sobretudo nas palavras de Deus e verdadeiramente alcançou os resultados no fim. Ou seja, de livre vontade ele foi capaz de pôr as palavras de Deus em prática, de praticar a verdade e alinhar-se com a vontade de Deus perfeitamente, de agir inteiramente de acordo com a intenção de Deus e de desistir de suas opiniões e imaginações pessoais. Dessa forma, Pedro entrou na realidade das palavras de Deus.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”

Se alguém pode satisfazer a Deus ao cumprir seu dever, tem princípios em suas palavras e ações e pode entrar em todos os aspectos da verdade-realidade, então essa é uma pessoa que é aperfeiçoada por Deus. Pode-se dizer que a obra e as palavras de Deus foram totalmente eficazes para tal pessoa, que as palavras de Deus se tornaram sua vida, que ela obteve a verdade e é capaz de viver de acordo com as palavras de Deus. Depois disso, a natureza de sua carne — isto é, o próprio fundamento da sua existência original — irá se desestruturar e desmoronar. Após possuir as palavras de Deus como sua vida, a pessoa se tornará uma nova pessoa. Se as palavras de Deus se tornam a sua vida, se a visão da obra de Deus, Suas exigências à humanidade, Suas revelações aos humanos e os padrões para uma vida verdadeira que Deus exige que ela atenda tornam-se a sua vida, se ela vive de acordo com essas palavras e verdades, então ela é aperfeiçoada pelas palavras de Deus. Tal pessoa é renascida e tornada uma nova pessoa através das palavras de Deus. Esse é o caminho pelo qual Pedro buscava a verdade; é o caminho de ser aperfeiçoado, aperfeiçoado pelas palavras divinas e alcançar a vida por essas palavras. A verdade dita por Deus tornou-se a vida de Pedro e só então ele se tornou alguém que obteve a verdade.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 2. O Senhor Jesus e Deus Todo-Poderoso são um só Deus. Eles fazem obra diferente em eras diferentes. O Senhor Jesus fez a obra de redenção e pregou o caminho do arrependimento, e Deus Todo-Poderoso faz a obra de julgamento e purificação nos últimos dias e traz o caminho da vida eterna. Então qual, exatamente, é a diferença entre o caminho do arrependimento e o caminho da vida eterna?

Próximo: 1. O Senhor Jesus disse: “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz” (João 10:27). Quando o Senhor voltar, Ele fará Suas declarações e irá em busca de Suas ovelhas. Crucial para aguardar a volta do Senhor é buscar a voz de Deus, mas somos incapazes de distinguir entre a voz de Deus e a voz do homem. Por favor, comungue sobre isso conosco.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

3. As diferenças entre a vida da igreja na Era da Graça e na Era do Reino

Sempre que se congregam, essas pessoas religiosas perguntam: “Irmã, como tem passado esses dias?”. Ela responde: “Sinto-me em dívida com Deus e incapaz de satisfazer o desejo de Seu coração”. Outra diz: “Também eu estou em dívida com Deus e sou incapaz de satisfazê-Lo”. Essas poucas frases e palavras em si expressam as coisas vis que existem no fundo do coração dessas pessoas. São as palavras mais repulsivas, extremamente repugnantes. A natureza desses homens opõe-se a Deus. Aqueles que se concentram na realidade comunicam o que quer que tenham no coração e se abrem na comunicação. Não há um único exercício falso, nem cortesias nem cordialidades vazias. Eles são sempre francos e não observam regras terrenais.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro