2. Antes, os pastores pregavam frequentemente que, quando o Senhor viesse, nós seríamos arrebatados para o céu antes dos desastres, mas agora vemos todo tipo de desastre grande assolando a terra, e nós não fomos arrebatados. Os pastores dizem que o fato de não termos sido arrebatados significa que o Senhor ainda não voltou, que o Senhor aparecerá para nós em meio aos desastres e que nós seremos arrebatados para o céu durante os desastres. Eu não entendo: nós seremos arrebatados antes ou durante os desastres?

Resposta:

Quanto à pergunta referente ao arrebatamento dos crentes quando o Senhor voltar, muitos pastores e comentaristas bíblicos determinaram que o Senhor virá e os crentes serão arrebatados antes da chegada dos desastres. Hoje, porém, os grandes desastres chegaram, e as pessoas do mundo religioso não foram arrebatadas; isso têm deixado muitas pessoas confusas, e os pastores religiosos dizem sobre essa questão: “O fato de não termos sido arrebatados antes dos desastres mostra que o Senhor não veio antes dos desastres. Afirmamos que o Senhor certamente aparecerá para nós durante os desastres, assim esperamos ser arrebatados durante os desastres”. Esse é o argumento mais comum da religião. Tais visões são corretas? Elas têm uma base nas palavras de Deus? Seria possível que, já que as pessoas do mundo religioso não foram arrebatadas antes dos desastres e não viram o Senhor descer numa nuvem branca, isso prova que o Senhor ainda não veio? Quando o Senhor Jesus apareceu e realizou Sua obra, os sumos sacerdotes, escribas e fariseus do judaísmo não O reconheceram e negaram Sua aparição e obra; eles não acolheram o Messias, assim disseram que Ele ainda não tinha chegado. Esses pastores religiosos não estão cometendo o mesmo erro dos fariseus tantos anos atrás? Eles não interpretam errado a Bíblia quando determinam, por capricho, quando o Senhor virá com base em um ou dois versículos das Escrituras? Hoje, visto que os desastres já chegaram, o Senhor de fato não veio abertamente numa nuvem branca – isso é um fato. No entanto, vimos que, no Oriente, há pessoas que testificam da aparição e obra de Deus Todo-Poderoso, que dão testemunho e espalham todas as verdades expressas por Deus Todo-Poderoso e que, como uma grande luz, elas se espalharam rapidamente do Oriente para todo o Ocidente, provocando a repressão e perseguição violenta pelo regime do PC Chinês e causando ondas sísmicas pelo mundo inteiro. Será que não existe ninguém no mundo religioso que enxergue esse fato? Isso cumpre precisamente a profecia do Senhor Jesus: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mateus 24:27).

Não há dúvida de que o Senhor aparece e realiza Sua obra antes dos desastres. O livro de Apocalipse afirma: “Ao anjo da igreja em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre: Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a Minha palavra e não negaste o Meu nome. Eis que farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não o são, mas mentem, - eis que farei que venham, e adorem prostrados aos teus pés, e saibam que Eu te amo. Porquanto guardaste a palavra da Minha perseverança, também Eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para pôr à prova os que habitam sobre a terra. Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. A quem vencer, Eu o farei coluna no templo do Meu Deus, donde jamais sairá; e escreverei sobre ele o nome do Meu Deus, e o nome da cidade do Meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do Meu Deus, e também o Meu novo nome” (Apocalipse 3:7-12). Todas essas palavras se cumpriram. Durante os últimos dias, a igreja em Filadélfia é a igreja que é arrebatada antes dos desastres, e todos que são arrebatados são aqueles que retornam para diante de Deus porque leram muitas das declarações de Deus Todo-Poderoso e ouviram a voz de Deus. Isso cumpre estas palavras de Deus: “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” (Mateus 25:6). “As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem” (João 10:27). “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo” (Apocalipse 3:20). Essas pessoas que aceitam Deus Todo-Poderoso comem e bebem as palavras de Deus todos os dias e participam do banquete nupcial do Cordeiro. Todos aqueles que amam e buscam a verdade experimentaram o julgamento, o castigo, as provações e o refinamento de Deus e foram transformados em vencedores – eles são as virgens sábias que acolhem o Senhor. Aqueles, por sua vez, que se recusam a aceitar Deus Todo-Poderoso são as virgens tolas; eles não reconhecem a voz de Deus, desperdiçaram sua chance de acolher a vinda do Senhor e, assim, são abandonados e lançados nos desastres. Mas desde que os grandes desastres começaram a acontecer, algumas pessoas ouvem a voz de Deus em meio aos desastres, elas contemplam o testemunho da aparição e obra de Deus Todo-Poderoso e aceitam Deus Todo-Poderoso. Hoje, muitas pessoas religiosas estão investigando a obra de Deus Todo-Poderoso, reconhecem que as palavras de Deus Todo-Poderoso são a voz de Deus, e um número cada vez maior de pessoas está aceitando Deus Todo-Poderoso. Essas pessoas são as que são arrebatadas durante os desastres.

Anterior: 1. A Bíblia diz: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Nós cremos que, uma vez que o Senhor chegue, nós seremos arrebatados diretamente para as nuvens no céu para encontrá-Lo. Você testifica que o Senhor voltou, então por que não fomos arrebatados?

Próximo: 1. Você diz que devemos aceitar a obra de julgamento de Deus dos últimos dias, pois somente então nossos caracteres satânicos corruptos serão purificados e mudados e somente então entraremos no reino de Deus. Assim, como o Senhor exige, somos humildes e tolerantes, amamos nossos inimigos, carregamos nossa cruz, disciplinamos nosso corpo, renunciamos às coisas mundanas, trabalhamos e pregamos para o Senhor e assim por diante. Essas não são todas mudanças que ocorreram em nós? Você está dizendo que isso ainda não é suficiente para entrarmos no reino celestial? Eu creio que, contanto que continuemos a nos empenhar dessa forma, nós nos tornaremos santos e entraremos no reino celestial.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

1. Se “ser arrebatado” realmente significa ser levado para o ar ou o céu, e se o reino celestial está na terra ou no céu

Quando a humanidade tiver sido restaurada à sua imagem original, quando a humanidade puder cumprir com suas respectivas obrigações, manter seu próprio lugar e obedecer a todos os arranjos de Deus, Deus terá obtido um grupo de pessoas na terra que O adora, e Ele também terá instituído um reino na terra que O adora. Ele terá a vitória eterna na terra, e aqueles que se opõem a Ele irão perecer por toda a eternidade. Isso irá restaurar Sua intenção original ao criar o homem; isso irá restaurar Sua intenção ao criar todas as coisas, e isso também irá restaurar Sua autoridade sobre a terra, Sua autoridade perante todas as coisas e Sua autoridade perante Seus inimigos. Esses são os símbolos de Sua vitória total. Daí em diante, a humanidade entrará no descanso e entrará numa vida que segue pela trilha certa. Deus também entrará em eterno descanso com o homem e entrará na vida eterna compartilhada por Ele e o homem. A imundície e a desobediência na terra irão desaparecer, assim como os lamentos sobre a terra. Tudo na terra que se opõe a Deus não mais existirá. Somente Deus e aquelas pessoas que Ele salvou permanecerão; somente Sua criação permanecerá.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro