Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Como me voltei para Deus Todo-Poderoso

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Escapando do “covil do tigre”

Xiaoyou, China

Meu nome é Xiaoyou e, este ano, faço 26 anos. Originalmente, eu era católica. Quando pequena, eu ia com minha mãe à missa, recitava as escrituras, confessava e recebia a comunhão. Minha mãe era muito zelosa em sua fé. Ela costumava doar comida, roupas e dinheiro para a igreja. Os líderes e freiras da igreja gostavam muito da minha mãe. Quando a viam, eles a saudavam com sorrisos e demonstravam grande consideração por ela. Também costumavam telefonar para minha mãe para pedir-lhe que participasse de todos os tipos de atividades da igreja e que ajudasse em várias tarefas. Eu também era bastante participativa nas aulas que as freiras davam. Meus amigos da igreja e eu recitávamos juntos as escrituras. Naquela época, eu sentia a alegria e a paz que vem da proximidade com Deus. Eu estava sempre feliz. No entanto, com o passar do tempo, a fé dos meus amigos da igreja tornou-se cada vez mais fria. Meu espírito também enfraqueceu e não consegui mais seguir os ensinamentos de Deus. Eu sempre cometia pecados e confessava. Depois que me casei, fui com meu marido para outras partes do país para trabalhar.

De repente, já estava perto do Natal de 2013 e tive a sorte de encontrar uma das irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ela me disse que Senhor Jesus já havia voltado e que Ele estava realizando uma nova etapa de Sua obra. Quando ouvi isso, fiquei surpresa e disse com emoção: “É isso mesmo? O Senhor retornou! Quando o Senhor retornou? Onde Ele está agora? Irmã, diga-me agora!” A irmã comungou comigo, dizendo: “Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. Ele expressou milhões de palavras e está realizando a obra de julgamento dos últimos dias. Ele revelou todas as verdades sobre a purificação e salvação da raça humana, incluindo as três etapas da obra que Deus realizou para salvar a humanidade, o mistério da encarnação, o mistério da Bíblia, o significado do nome de Deus e o fim e o destino da humanidade, etc. Isso cumpre as seguintes palavras do Senhor Jesus: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras’ (João 16:12-13).” Ouvi sinceramente o que a irmã disse e pensei: “Nunca pensei que eu poderia dar as boas-vindas ao retorno do Senhor. Isso é fantástico”. Depois disso, a irmã testemunhou para mim as três etapas da obra de Deus e o significado do nome Dele. Com medo de que eu não entendesse, a irmã me deu exemplos e fez analogias. Ela comunicou essas coisas detalhadamente, para que eu compreendesse com clareza. Pelas comunicações dela, entendi muito da verdade que não havia compreendido até então. Também aprendi que Deus retornou para realizar a obra de purificação e aperfeiçoamento do homem, com julgamento e castigo. Senti que era bem possível que Deus Todo-Poderoso fosse o Senhor Jesus que retornou. Naquele momento, eu disse à irmã que estava disposta a investigar a obra de Deus nos últimos dias. Depois disso, participei de encontros com meus irmãos e irmãs, lendo a palavra de Deus, cantando hinos, dançando e louvando a Deus. Durante minhas leituras das palavras de Deus, quando eu encontrava coisas que não entendia muito bem, meus irmãos e irmãs me explicavam com muita paciência. As comunicações deles tinham o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo. Participar das reuniões com eles me permitiu experimentar mais uma vez o prazer da obra do Espírito Santo. Senti-me particularmente feliz. Nessa grande família da Igreja de Deus Todo-Poderoso, não havia distinções entre altos e baixos, entre ricos e pobres. Todos se abriam e falavam com o coração. Senti que era uma vida genuinamente feliz! Depois de mais de um mês de investigação, li muitas das palavras de Deus Todo-Poderoso e posso confirmar que Ele é o Senhor Jesus que retornou. Senti que tinha muita sorte. Ao mesmo tempo, eu queria contar a boa notícia para minha mãe e meus amigos da igreja.

Durante o Festival da Primavera, meu marido e eu retornamos para casa. Logo que cheguei, comecei a testemunhar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias para minha mãe. Contudo, por mais que eu explicasse, ela não aceitava. Fiquei um pouco desapontada e aturdida. Claramente, Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. Como ela podia não aceitar? Vendo que minha mãe não aceitaria, fui forçada a abandonar o assunto. Depois disso, voltei a trabalhar novamente. Participei de reuniões com meus irmãos e irmãs e pratiquei o cumprimento de deveres na igreja. Naquele período, senti muita alegria em meu espírito. Minha vida era também muito abundante com incomparável alegria e felicidade. Nas palavras de Deus, vi com Jó perdeu todas as suas posses, seus filhos e filhas e seu corpo ficou cheio de feridas. Durante essa grande provação, ele ainda foi capaz de louvar o nome de Deus e ter uma fé genuína Nele. Existiu também Abraão, que foi capaz de devolver seu próprio filho, Isaque, a Deus. Fiquei muito comovida pela fé e obediência que eles tinham a Deus. Também queria ser esse tipo de pessoa.

Justo quando eu estava sorvendo o calor do amor de Deus, um pesadelo começou a se abater sobre minha vida. Um dia, em agosto de 2014, minha mãe me ligou de repente para dizer que minha filha estava muito doente. As palavras de minha mãe atingiram meu coração de uma só vez. Minha filha era tão jovem, como ela poderia estar com uma doença séria? Fiquei muito preocupada com minha filha e me senti terrível. Então, coloquei-me diante de Deus e orei: “Deus, Tu permitiste que eu enfrentasse essa situação. A doença de minha filha está em Tuas mãos. Estou disposta a confiar minha filha a Ti. Por favor, dá-me uma fé genuína”. Depois de orar, eu me acalmei um pouco. Logo após, meu marido e eu voltamos rapidamente para casa. Quando chegamos lá, fiquei muito surpresa ao ver que minha filha dormia tranquilamente na cama. Eu queria acordá-la, mas minha mãe levantou a mão e disse com severidade: “Não a acorde. Ela está bem!” Foi quando descobri que muitos dos meus parentes estavam lá em casa. Então descobri que minha mãe me enganou para que eu fosse para casa para ela tentar me impedir de acreditar em Deus Todo-Poderoso. Eu pensei: “Hoje, Deus arranjou esse ambiente para mim. Deve ser algo que eu precise experimentar”. Assim, eu perguntei à minha mãe: “Mãe, minha filha está bem. Por que você me enganou para que eu viesse para casa?” Antes que eu pudesse terminar de falar, minha mãe ficou irada e gritou: “Eu fui à igreja e perguntei aos sacerdotes e aos líderes e eles disseram: ‘A Relâmpago do Oriente é perigosa. Você pode entrar, mas não pode sair’. Não acredite mais. Estou fazendo isso para seu próprio bem. Estou com medo de que você tenha tomado a senda errada”. Minha mãe também mencionou alguns rumores e calúnias do mundo religioso contra a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ouvindo minha mãe dizer essas coisas, pensei: “Minhas crenças não estão erradas. Eu estou seguindo a nova obra de Deus. Deus Todo-Poderoso, em quem acredito, é o Senhor Jesus que retornou, que, hoje em dia, está realizando a obra de julgar, castigar e purificar o homem. Acredito firmemente que esse é caminho verdadeiro. Por que eu renunciaria a isso? Quando os sacerdotes e líderes da igreja dizem: ‘Se você acredita na Relâmpago do Oriente, você pode entrar, mas não pode sair’, são apenas rumores e falácias destinadas a enganar as pessoas. Eu participo de encontros na Igreja de Deus Todo-Poderoso há mais de seis meses. Eu sei mais sobre isso do que vocês. A porta da Igreja de Deus Todo-Poderoso está sempre aberta. Entrar ou sair é uma decisão somente sua. Isso é absolutamente o contrário do que os sacerdotes e líderes disseram. Desde que meus irmão e irmãs confirmaram o verdadeiro caminho nas palavras de Deus, eles obtiveram o suprimento de vida e encontraram a fonte de água viva. É por isso que eles não querem sair. Pela leitura da palavra de Deus Todo-Poderoso, nosso espírito é nutrido. Quem estaria disposto a voltar para as igrejas desoladas que não oferecem nenhum suprimento espiritual? Os sacerdotes e líderes da igreja não investigaram nada da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Eles não leram as palavras de Deus Todo-Poderoso e, mais ainda, não participaram de reuniões da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Em que eles estão baseando suas palavras? Eles não estão inventando coisas do nada?” Quando minha mãe viu que eu não estava falando nada, ela veio em minha direção com raiva, e me bateu algumas vezes. Ela, inclusive, me forçou a dizer palavras de traição a Deus. Doeu muito vê-la daquele jeito. Pensei que se não fosse pelos rumores fabricados pelos sacerdotes e líderes da igreja, como minha mãe poderia me forçar a não acreditar em Deus Todo-Poderoso? Então, eu disse à minha mãe: “Deus Todo-Poderoso é o retorno do Senhor Jesus. Acreditar Nele é a lei do céu e o princípio da terra. Tenho que crer até o fim!” Quando minha mãe me ouviu dizer isso, seus olhos ficaram vermelho de raiva. Ela gritou bem alto comigo: “Sou sua mãe. Você tem que me ouvir!” Vendo o quanto ela estava sendo irracional, eu não disse mais nada. Nesse momento, meus parentes também começaram a me criticar. Eles disseram muitas coisas para me forçar a trair Deus. Eu pensei: “Já dei as boas-vindas ao Senhor Jesus. O Deus no qual acredito é real, assim como a senda que sigo. Não trairei a Deus de jeito nenhum!” Eu queria muito aconselhá-los a investigar a obra de Deus dos últimos dias e não ser enganados pelos rumores dos sacerdotes e líderes da igreja e levados a condenar e resistir a Deus Todo-Poderoso. Contudo, vendo que eles tinham uma atitude de ódio à verdade e a Deus, senti que eles eram pessoas que não aceitariam a verdade. Não faria diferença o que eu dissesse, portanto, eu não disse mais nada a eles. Depois de um tempo, minha mãe e meus parentes saíram juntos. No entanto, minha mãe não desistiu da situação. Ela mandou meu irmão mais novo ir morar comigo. Todos os dias, ele ficava de olho em mim, como se eu fosse uma condenada. Ele me seguia onde quer que eu fosse. Foi assim que perdi minha liberdade pessoal.

Dois dias mais tarde, quando minha família e eu jantávamos, minha mãe entrou de repente. Ela estava sorrindo de orelha a orelha e me disse em tom afetuoso: “Xiaoyou, veja quem está aqui!” A expressão e o tom de voz de minha mãe me fizeram pensar: “Quem será que chegou para fazer minha mãe ter essa reação toda? Isso não pode ser bom”. Nesse momento, a líder Liu e a amiga Wang da igreja entraram. Eu as cumprimentei pacificamente e pedi que sentassem. Depois que terminamos de comer, a líder Liu olhou para mim, sorriu e disse: “Xiaoyou! Não vamos usar meias palavras. De acordo com sua mãe, você está acreditando na Relâmpago do Oriente. Quero dizer a você que sua fé está equivocada. Você deve parar de crer neles. Sua família é católica há muitas gerações. Você não pode abandonar a Deus. Senão, Ele não vai querer você. Nós viemos hoje para persuadi-la. Se não nos ouvir, quando descer ao inferno, você não poderá nos culpar. Xiaoyou, estamos fazendo isso pelo seu próprio bem. Seu marido não teria melhorado se sua mãe e eu não tivéssemos orado a Deus todos os dias. Se você continuar a crer na Relâmpago do Oriente, a doença de seu marido retornará. Se isso acontecer, ninguém vai se importar”. Quando a ouvi dizer essas coisas, meu coração parou e senti medo. Pensei: “No passado, meu marido esteve extremamente doente e mesmo gastando muito dinheiro, ele não melhorava. Finalmente, ele só conseguiu melhorar por causa das orações que fazíamos todos os dias. Se as coisas acontecessem como ela estava dizendo, e a doença do meu marido retornasse, o que eu faria?” Justamente quando eu estava me sentindo atordoada, um versículo das palavras de Deus surgiu em minha mente: “Deus Todo-Poderoso é um médico onipotente!” (de ‘A sexta declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Quando pensei nesse versículo, acordei de repente. Estava certo. Eu creio em Deus Todo-Poderoso que é Deus que retornou. A volta ou não da doença de meu marido está nas mãos de Deus; não depende delas. Deus tem autoridade sobre tudo. Não há o que temer! Além disso, foi Deus quem curou a doença do meu marido. Não foram elas que fizeram isso. Nunca pensei que, para me fazer trair a Deus, usariam a doença do meu marido para me ameaçar. Elas queriam me fazer temer pelo bem-estar de minha família, para que eu negasse e traísse a Deus. Eram sinistras mesmo! Quando enxerguei seus motivos escusos, senti nojo delas. Não queria mais conversar com elas.

Quando o líder Liu viu que eu não queria mais falar, ela disse de forma peculiar: “Parece que você é muito insistente! Nós falamos muito para você. Diga-nos qual é a sua posição sobre este assunto!” Como eles tinham falado apenas da doença do meu marido, fiquei um pouco incomodada. Contudo, quando lembrei que Deus tem autoridade sobre todas as coisas, fiquei confiante. Não importa o que acontecesse, eu não trairia a Deus. Juntei um pouco de coragem e disse a eles: “Deixe-me dizer a vocês, eu acredito com firmeza em Deus Todo-Poderoso! Não vou abandonar minha fé em Deus!” Quando ouviu o que eu disse, minha mãe rugiu: “Vamos! Nós vamos para a igreja orar”. Depois que ela disse isso, eles saíram bufando de raiva. Vendo o quanto eles eram perversos, não pude evitar sentir um pouco de medo. Eles estão indo orar, vão orar para me amaldiçoar? O que posso fazer? Estando assim desamparada, coloquei-me diante de Deus e orei: “Deus Todo-Poderoso! Todos eles estão se colocando de um lado da linha de batalha e me sitiando! Sinto-me completamente sozinha, Deus! Não sei o que fazer. Estou muito assustada. Por favor, guia-me!” Depois que terminei de orar, lembrei-me de algumas palavras de Deus: “Você deve saber que todas as coisas no ambiente que o cerca existem por permissão Minha, Eu arranjo tudo isso. Veja claramente e satisfaça ao Meu coração no ambiente que Eu dei a você. Não tema, o Deus Todo-Poderoso das hostes certamente estará com você. Ele os defende e Ele é o escudo de vocês” (de ‘A vigésima sexta declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Com a iluminação e a orientação das palavras de Deus, meu coração ficou mais claro: “Sim! Deus é meu porto seguro. Com Ele ao meu lado, não tenho nada a temer. O líder e a amiga da igreja disseram essas coisas apenas para me deixar com medo de ir para o inferno, de minha família não ter paz e meu marido pegar uma doença, para que eu abandonasse Deus. Se eu ficasse tímida ou assustada, não teria sucumbido ao esquema de Satanás? A sorte, o destino final, os altos e baixos de meu marido e eu não dependem de ninguém, menos ainda dos sacerdotes e líderes da igreja. Eles estão nas mãos de Deus. É inútil para eles condenar e praguejar”. Quando pensei nisso, meu coração ficou em paz e não senti mais medo nenhum. Do fundo do meu coração, louvei e agradeci a Deus por me guiar com Suas palavras. Agradeci a Ele por me dar a fé e a força necessárias para perceber os esquemas de Satanás, para que eu não fosse perturbada nem enganada.

Uma tarde, quando eu estava prestes a tirar um cochilo do meio-dia com meu filho, a irmã Zhao e a irmã Zhang vieram me perturbar. Depois que a irmã Zhao fez algumas ameaças a mim, a irmã Zhang agiu como se estivesse muito séria e disse: “É verdade. Nós entramos em contato com as pessoas da Igreja de Deus Todo-Poderoso no passado. Nós quase fomos enganadas por eles”. Quando a ouvi dizer isso, fiquei furiosa. Eu sabia que meus irmãos e irmãs eram absolutamente incapazes de fazer algo assim. Elas estavam apenas espalhando boatos e calúnias. Então, eu as questionei: “Como eles enganaram vocês?” A irmã Zhang disse em um tom aparentemente sério: “Não há como você saber! Eles me deram um livro!” Continuei perguntando: “Diga-me, qual foi o livro que eles deram a você? Qual era o nome dele? Qual era o conteúdo do livro?” Elas me olharam com estranhamento e, depois de gaguejar um pouco, deram uma desculpa: “Eu esqueci”. Quando as ouvi dizer isso, pensei: “Vocês são freiras mesmo? Como ousam dar falso testemunho e incriminar os outros deliberadamente? Como podem ser tão desrespeitosas para com Deus? Vocês realmente creem Nele? Será que não têm medo de ser punidas por Ele?” Depois, a irmã Zhao me perguntou novamente: “Você vai trabalhar?” Eu respondi decidida: “Sim!” Ela me aconselhou com falsidade: “Não vá trabalhar. Ficar em casa e cuidar do seu filho é muito melhor!” Fiquei muito aborrecida com a hipocrisia delas. Então eu comecei a sair da sala e disse: “Cuidem da sua própria vida”. Vendo que não conseguiriam me perturbar, elas saíram desanimadas. Depois que saíram, fiquei incomodada e deprimida. Pensei que esse episódio recente, em que o líder da igreja e essas freiras vieram me perturbar, servia apenas para espalhar rumores, difamar e atacar Deus Todo-Poderoso e meus irmãos e irmãs ou espalhar mentiras. O objetivo deles era me ameaçar e enganar. Embora não tenha sido enganada pelas freiras e tenha, inclusive, refutado seus argumentos, eu fiquei muito agitada e não consegui me aquietar diante de Deus e ler Suas palavras depois que elas saíram. Meu irmão ainda estava me monitorando. Eu me sentia limitada enquanto orava, cantava hinos e lia a palavra de Deus. Fiquei particularmente constrangida. No meio do meu sofrimento, orei a Deus: “Deus Todo-Poderoso! Esse líder da igreja e essas freiras têm vindo me perturbar vez após outra. Estou muito incomodada e deprimida. Nesse momento, não sei como devo lidar com eles. Deus, ilumina-me e me guia!

Depois de orar, peguei meu aparelho de MP5 a tempo de ver um parágrafo da palavra de Deus. Ele dizia: “Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas e a recitam todos os dias, embora nenhum compreenda o propósito da obra de Deus. Ninguém é capaz de conhecer Deus; além disso, ninguém está alinhado com o coração de Deus. São homens indignos e fúteis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora clamem o nome Dele, opõem-se a Ele de modo deliberado. Embora se rotulem como crentes em Deus, são eles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Tais homens são diabos que devoram a alma do ser humano, demônios que atrapalham propositalmente quem quer trilhar o caminho certo e são pedras de tropeço atravessadas no caminho daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem ‘carne saudável’, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem contra Deus? Como podem saber que são demônios vivos que procuram principalmente almas para devorar?” (de ‘Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Ele’ em “A Palavra manifesta em carne”). Depois que terminei de ler as palavras de Deus, entendi imediatamente. Esses sacerdotes e líderes da igreja são os anticristos muito religiosos que Deus revelou. Eu ponderei que, embora creiam em Deus, eles não buscam a verdade nem têm um coração reverente a Deus. Eles não investigaram a obra de Deus dos últimos dias e, também, blasfemaram contra Ele, condenaram Sua nova obra e espalharam rumores para enganar minha mãe para que ela me batesse, repreendesse e me colocasse em prisão domiciliar. Depois, eles me perturbaram, enganaram e ameaçaram repetidas vezes. Felizmente, com as palavras de orientação de Deus, eu não sucumbi aos seus esquemas de modo a traí-Lo. Os fariseus do passado também usaram todos os tipos de métodos sinistros para impedir que o povo judeu comum aceitasse o evangelho do Senhor Jesus. Eles, inclusive, usaram rumores para enganar as pessoas. Disseram que a obra do Senhor Jesus extrapolava o Antigo Testamento e que Ele não era o Messias que havia retornado. Isso fez com que o povo judeu comum apoiasse os fariseus quando eles pregaram o Senhor Jesus, que não tinha pecados, na cruz. O Senhor Jesus os criticou, dizendo: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). Quanto às ações dos sacerdotes, líderes da igreja e freiras, pensei nas palavras que meus irmãos e irmãs me comunicaram no passado sobre como distinguir a essência dos fariseus. Eu vi claramente que esses sacerdotes e líderes da igreja são basicamente os fariseus do passado. A fim de proteger seu próprio status e sustento, eles usam todos os meios possíveis para me impedir de crer em Deus Todo-Poderoso. Eles temem que eu pregue a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias para minha mãe e toda a minha família. Isso reduziria o tamanho de seu rebanho e a quantidade de doações que recebem a cada mês diminuiria. Eles estão de fato roubando as ofertas de Deus e são os servos maus e anticristos que impedem as pessoas de entrar no reino dos céus! Vi com clareza a essência de anticristo deles e sabia como lidar com essas pessoas. Eles creem em Deus, mas resistem a Ele e são Seus inimigos. Como tal, devo abandoná-los. Mesmo sofrendo por causa da perturbação deles, eu tenho a orientação e o esclarecimento das palavras de Deus. A negatividade deles desenvolveu minha capacidade de distinguir e, além disso, permitiu-me ter alguma experiência prática em relação às palavras de Deus. Experimentei pessoalmente que as palavras de Deus são a verdade, o caminho e a vida. Além disso, tenho mais certeza de que Deus Todo-Poderoso é o verdadeiro Deus. Sinto-me mais feliz e firme em meu coração. Estou decidida em minha fé e, mesmo que Satanás me perturbe, não trairei a Deus. Estou determinada a testemunhar a Deus e a humilhar o diabo Satanás!

Nunca pensei que depois de apenas dois dias de paz, eu encontrasse novamente a perturbação e coerção de Satanás. Certa noite, minha mãe, alguns de meus tios e tias, assim como minha tia-avó, vieram para me impedir de acreditar em Deus Todo-Poderoso. Quando vi essa situação, fiquei muito brava. Pensei: “Eu só acredito no verdadeiro Deus. Isso é um erro? Por que eles não param de falar disso?” Nesse momento, minha tia-avó disse de forma peculiar: “Xiaoyou, vamos! Vamos para casa para ver sua avó”. Quando a ouvi dizer isso, fiquei surpresa: “Eles estão aqui para me levar para a casa da minha mãe. Eles querem me trancar com minha avó, que é clinicamente louca! Como eles podem ser meus parentes? Como podem ser tão insensíveis!” Nesse momento, minha mãe pegou uma corda e correu em minha direção. Ela se ajoelhou no chão e amarrou meus pés. Eu fiquei muito aflita. Empurrei suas mãos enquanto gritava: “O que você está fazendo? Por que está me amarrando?” Ao ver isso, dois dos meus tios se aproximaram e pressionaram meus ombros para que eu não resistisse. Naquele momento, eu estava sentada no sofá e não conseguia me levantar. Clamei com urgência a Deus em meu coração: “Deus! Eles estão tentando me prender. Se eles conseguirem, eu serei incapaz de acreditar em Ti e não poderei voltar para a igreja. Deus! Concede-me fé e força e mostra uma saída para mim!” Depois que terminei de orar, meu corpo parecia cheio de energia. Eu lutei e gritei ao mesmo tempo: “O que estão tentando fazer? Soltem-me!” Quando viram como eu estava resistindo ferozmente, eles me soltaram. Senti-me muito grata a Deus. Experimentei que se alguém confia mesmo em Deus, verá os feitos de Dele e também sentirá, de forma muito real, a presença Dele ao seu lado, protegendo-o e vigiando-o o tempo todo. Pensei: “Nesse ambiente, devo oferecer meu coração sincero a Deus e humilhar completamente Satanás”. Então, eu disse firmemente a eles: “Quando se tratar de outros assuntos, eu ouvirei vocês. No entanto, com relação à fé em Deus, ouvirei somente a Ele! Eu já acredito com firmeza que Deus Todo-Poderoso é o Senhor que retornou. Não importa o quanto me obriguem, não serei influenciada!” Depois que decidi seguir a Deus, testemunhei Seus atos mais uma vez. Uma das minhas tias disse: “Não a amarrem. É inútil. Eu posso ver que ela acredita firmemente”. Assim, eles partiram desanimados. Depois que saíram, meu corpo ficou fraco e senti que estava exausta física e mentalmente. Não me restou uma gota de força. Deitei na minha cama e adormeci. Na manhã seguinte, quando pensei no que aconteceu na noite anterior, minhas emoções foram muito fortes. Quando me lembrei da maneira como meus parentes estavam me tratando, não pude deixar de pensar: “Ai! Minha mãe e meus parentes foram enganados pelos rumores espalhados pelos sacerdotes e líderes da igreja. Eles tentam me coagir sem parar. Quando tudo isso vai acabar?” Então pensei nos momentos em que eu estava com meus irmãos e irmãs. Nós buscávamos juntos a verdade, cumpríamos os deveres e ajudávamos uns aos outros. Não havia ninguém me intimidando e eu não precisava ficar em guarda. Eu tinha total liberdade. Cada dia era abundante e pacífico. Por outro lado, quando estou confinada em minha casa, não tenho liberdade alguma e, a cada dia, sinto que estou no limite. Não sei quando meus parentes ou as pessoas da antiga igreja virão. Nos dias bons, eles me repreendem com leveza. Nos ruins, eles me ameaçam. Estou oprimida pela dor e a miséria. Quero muito voltar para a igreja e participar de reuniões, cantar hinos e louvar a Deus com meus irmãos e irmãs.

Imediatamente após esse incidente, aconteceu algo ainda mais inesperado. Um dia, meu marido e eu saímos para fazer compras. Depois que voltamos para casa, eu queria ler as palavras de Deus no meu aparelho MP5. No entanto, não consegui encontrá-lo. Fiquei tão ansiosa que andei de um lado para o outro na sala. Pensei: “Onde foi parar o meu MP5? Sem dúvidas, eu o deixei em casa. Por que não consigo encontrá-lo?” De repente, pensei que devia ter sido minha mãe quem o levou. Lembrei que houve um dia em que minha mãe entrou no meu quarto e me viu lendo a palavra de Deus no MP5. Depois disso, ela vinha à minha casa com frequência e procurava por coisas. Eu tinha certeza de que não podia encontrar meu MP5 porque ela o tinha levado. Fiquei muito brava quando pensei nisso. Fui para a casa da minha mãe em fúria. Quando entrei pela porta, vi que ela estava conversando com meu segundo tio-avô naquele momento. Fui até ela e disse: “Mãe, você pegou meu MP5? Ele é meu. Se você pegou, devolva imediatamente”. Nunca pensei que minha mãe negaria com severidade. Quando notei seu olhar de desdém, eu disse com raiva: “Deixei meu MP5 em casa. Ninguém tocaria nele. Você é a única pessoa que está sempre vasculhando minhas coisas. Com certeza, foi você quem pegou. Devolva-me!” Questionada por mim, minha mãe respondeu em um tom de voz áspero: “Eu não vou devolver. Você nunca vai conseguir ele de volta pelas minhas mãos!” Depois, não importava o quanto eu insistisse, ela não queria me devolver. Não tive escolha a não ser ir para casa de mãos vazias. No caminho de volta, senti-me muito infeliz. Pensei: “Eu não tenho mais o meu aparelho MP5. Não consigo mais ler as palavras de Deus. Antes, mesmo que minha mãe e outras pessoas me perturbassem, eu podia ler as palavras de Deus e ser orientada por elas. Assim, eu podia entender as intenções de Deus e ter fé e força para resistir aos ataques deles. Agora não tenho meu MP5. O que eu vou fazer? Sem as palavras de Deus, não é o meu fim?” Quanto mais pensava, mais sem direção eu me sentia e meu espírito se afundava no pessimismo. Eu estava muito infeliz. No meu momento de maior fraqueza e desânimo, as palavras de Deus me iluminaram. Uma canção das palavras de Deus flutuou no oceano da minha mente: “Hoje, a maioria das pessoas não tem esse conhecimento. Elas acreditam que o sofrimento é sem valor, que foram renunciadas pelo mundo, que sua vida familiar tem problemas, que não são amadas por Deus e sua perspectiva é sombria. O sofrimento de algumas pessoas atinge um certo ponto e seus pensamentos se transformam em morte. Esse não é o verdadeiro amor de Deus; tais pessoas são covardes, não têm perseverança, são fracas e impotentes! […] Assim, durante estes últimos dias vocês devem dar testemunho de Deus. Não importa quão grande seja o sofrimento de vocês, devem continuar até o fim, não importa quão grande seja o sofrimento de vocês, devem continuar até o fim e, mesmo em seus últimos suspiros, ainda assim vocês devem ser fieis a Deus e ficar à mercê de Deus; só isso é realmente amar a Deus e apenas isso é o testemunho forte e retumbante. Apenas isso é o testemunho forte e retumbante” (de ‘Não importa quão grande seja seu sofrimento, você deve buscar amar a Deus’ em “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). Com a orientação das palavras de Deus, entendi que Ele esperava que eu O testemunhasse sob tais circunstâncias. Mesmo que as coisas ficassem muito difíceis, eu tinha que ser fiel a Deus até o fim e não perder a fé Nele. Quando pensei em toda a coerção que havia enfrentado, percebi: cada incidente é uma batalha no mundo espiritual. Satanás estava usando todos os tipos de métodos para me derrubar aos poucos. No momento, ele tirou de mim minha “vida e nutrição espiritual”. Ele não quer engolir minha alma? Satanás é mesmo uma besta. Não devo sucumbir aos seus esquemas. Mesmo que meu MP5 tenha sumido, ainda tenho Deus. Ele ainda me iluminará e me guiará. Acredito que se eu confiar em Deus em cada momento, Ele me ajudará a superar todas as dificuldades e privações. Independentemente de quais circunstâncias eu enfrentar no futuro, enquanto houver fôlego em meu corpo, devo ser testemunha de Deus. As palavras Dele me guiaram mais uma vez e me deram a fé que eu precisava para seguir adiante.

Experimentando esses episódios de coerção e dificuldades, vi o poder e a autoridade das palavras de Deus. Sempre que fiquei muito pessimista, fraca, confusa e perplexa, as palavras de Deus me deram a fé e força que eu precisava ver enxergar os esquemas de Satanás e dar testemunho de Deus. Também pude ver que Deus estava ao meu lado o tempo todo. Ele foi meu sustento e abriu o caminho para mim. Minha fé em Deus aumentou pouco a pouco. Da mesma forma, meu desejo de deixar minha família tornou-se cada vez mais intenso. Preciso me apressar para escapar desse “covil do tigre” e voltar para a igreja e meus irmãos e irmãs. Assim, orei a Deus e a Ele confiei esse assunto. Eu pedi a Deus para me guiar. Depois de alguns dias, esquivei-me da vigilância do meu irmão e consegui escapar de casa. Mais uma vez, voltei para a Igreja de Deus Todo-Poderoso para viver uma vida de igreja e cumprir deveres doando o melhor de minhas habilidades. Finalmente, aquele mais de um mês de dificuldades havia chegado ao fim. A depressão e a inquietude em meu coração desapareceram como fumaça ao vento. Agradeço a Deus por me guiar para me libertar da influência obscura de Satanás e escapar do “covil do tigre” e, mais uma vez, retornar à família de Deus.

Essa experiência permanece fresca na minha memória. Nela, enxerguei claramente o amor de Deus, a salvação, e vi que Ele estava ao meu lado me protegendo a cada momento, evitando que eu fosse enganada e engolida por Satanás. Ao mesmo tempo, essa experiência especial também me permitiu aprender a distinguir os sacerdotes, os líderes da igreja e outros. Eles condenaram e blasfemaram freneticamente contra Deus Todo-Poderoso, iniciaram rumores e deram falso testemunho para me enganar. Usaram todos os tipos de truques para me impedir de seguir Deus Todo-Poderoso. Eles são pedras de tropeço que nos atrapalham a aceitar a obra de Deus dos últimos dias, receber Sua salvação e ser ganho por Ele. São demônios satânicos que estão aqui para devorar a alma do homem! Foi nessa época que finalmente entendi o verdadeiro significado das seguintes palavras que Deus Todo Poderoso proferiu: “Crédulos e incrédulos não são compatíveis, ao contrário, se opõem uns aos outros” (de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Compreendi que, embora os sacerdotes, os líderes, as freiras, os membros da igreja e minha mãe creiam em Deus superficialmente, eles não entendem Sua voz e não O reconhecem. Recusam-se a aceitar a obra de Deus que retornou. Da mesma forma, Deus não reconhece a fé deles. Aos olhos De Deus, eles são incrédulos. São o joio revelado pela obra de Deus nos últimos dias. São, em essência, demônios e anticristos que se opõem a Deus. Além disso, também vi que a coerção dos membros da família e a perturbação das pessoas religiosas são ataques provenientes de Satanás. São intensas batalhas espirituais. Satanás quer usar essas coisas para me perturbar, para me fazer renunciar ao caminho verdadeiro, trair Deus, entrar em seu “abraço”, perder a chance de ser salva por Deus e ser destruída junto com ele no inferno. No entanto, a sabedoria de Deus se exerce com base nas tramas de Satanás. Quando Satanás ataca e me perturba, Deus ainda está me guiando e liderando a todo momento para que eu possa experimentar Suas palavras, aprender a distinguir e obter entendimento delas, e para que minha fé em Deus também pode ser aperfeiçoada. Assim minha fé será mais verdadeira e decidida. Agradeço a Deus por me guiar e me ajudar a entender parte da verdade no curto tempo de um mês. Agora eu sei o que é bom e o que é mal, o que é beleza e o que é feiura. Minha fé em Deus foi fortalecida e me aproximei mais Dele. A dor é verdadeiramente uma bênção de Deus! No futuro da minha vida de fé, estou disposta a experimentar ainda mais a obra de Deus Todo-Poderoso e a segui-Lo até o fim!

Anterior:Libertando-se da armadilha dos rumores

Próximo:As palavras de Deus me guiaram através das tentações de Satanás

Conteúdo Relacionado

  • Como vencer as tentações de Satanás (parte 1)

    Em nossa senda de crer em Deus, Satanás não quer que alcancemos a salvação de Deus e, por isso, frequentemente aplica seus esquemas enganosos contra nós numa tentativa de levar-nos a trair a Deus. Quando somos atacados pelas tentações de Satanás, como devemos lidar com elas?

  • A luz é quente quando passa pelo túnel

    Wang Yuping, China Assim como todos os outros irmãos e irmãs que têm sede pelo retorno do Senhor Jesus, eu também anseio continuamente que nosso Senho…

  • A estrada para a purificação (parte 1)

    Christopher, Filipinas Meu nome é Christopher e sou pastor de uma igreja doméstica nas Filipinas. Em 1987, fui batizado e retornei ao Senhor Jesus. Pe…

  • O reino dos céus realmente está na terra

    Um dia, fui à casa da minha irmã para ver nossa mãe. Antes de eu sair de lá, minha irmã me deu um livro, insistindo para que eu o lesse com cuidado. Pensei comigo mesma: “Este livro é com certeza uma obra espiritual. Meu espírito está muito seco hoje em dia, não parece que o Senhor está comigo e não me sinto iluminada ao ler a Bíblia. Quando eu voltar para casa, vou ler este livro com cuidado.