Em sua fé em Deus você deve obedecer a Deus

Por que você crê em Deus? A maioria das pessoas fica confusa com essa pergunta. Elas sempre têm dois pontos de vista completamente diferentes sobre o Deus prático e o Deus no Céu, o que mostra que acreditam em Deus, não para obedecê-Lo, mas para receber certos benefícios ou para escapar do sofrimento causado por um desastre. Somente então elas se tornam um pouco obedientes. A sua obediência é condicional; é para o bem das suas próprias perspectivas pessoais e lhes é imposta. Então, por que você crê em Deus? Se for somente para o bem de suas próprias perspectivas e seu destino, então é melhor não crer. Uma crença como essa é enganação própria, autoafirmação e autoadmiração. Se sua fé não está edificada sobre a fundação da obediência a Deus, então, por fim, você será punido por se opor a Deus. Todos os que não buscam obediência a Deus em sua fé se opõem a Deus. Deus pede que as pessoas busquem a verdade, que tenham sede de Suas palavras, que as comam e bebam e as coloquem em prática para que alcancem a obediência a Deus. Se essas forem suas intenções verdadeiras, então Deus certamente o levantará e o agraciará. Isso é indubitável e inalterável. Se sua intençãonão for obedecer a Deus e você tiver outros objetivos, tudo que você diz e faz — suas orações diante de Deus e até mesmo cada uma de suas ações — serão contrárias a Ele. Você pode ter uma fala mansa e ser brando, cada um de seus atos e expressões podem parecer corretos, e você pode parecer uma pessoa que obedece, mas quando se trata de suas intenções e de seus pontos de vista sobre a fé em Deus, tudo que você faz é em oposição a Deus; tudo que faz é maligno. As pessoas que aparentam ser obedientes como ovelhas, mas que abrigam más intenções em seu coração, são lobos em pele de ovelhas. Elas ofendem diretamente a Deus, e Deus não poupará nenhuma delas. O Espírito Santo revelará cada uma delas e mostrará a todos que aqueles que forem hipócritas serão, com certeza, detestados e rejeitados pelo Espírito Santo. Não se preocupe: Deus lidará e descartará cada uma delas à vez.

Se você não é capaz de aceitar a nova luz de Deus, não consegue entender tudo que Deus está realizando hoje e não O busca, ou então duvida disso, o julga, examina e analisa, então você não tem nenhuma intenção de obedecer a Deus. Se, quando a luz do aqui e agora aparecer, você ainda der valor à luz de ontem e se opuser à nova obra de Deus, então você nada mais é do que um insensato — você é um dos que deliberadamente se opõem a Deus. A chave para obedecer a Deus é compreender a nova luz e ser capaz de aceitá-la e colocá-la em prática. Somente isso é verdadeira obediência. Aqueles que carecem da vontade de ansiar por Deus são incapazes de de se submeter intencionalmente a Ele e só podem opor-se a Deus como resultado de sua satisfação com o status quo. Esse homem não pode obedecer a Deus porque está possuído pelo que veio antes. As coisas que vieram antes deram às pessoas todo tipo de noções e imaginações sobre Deus e se tornaram a imagem de Deus em sua mente. Portanto, elas creem em suas próprias noções e nos padrões de sua própria imaginação. Se você compara o Deus que faz a obra verdadeira hoje com o Deus de sua própria imaginação, então sua fé vem de Satanás e está contaminada com suas próprias preferências — Deus não quer esse tipo de fé. Independentemente de quão elevadas sejam suas credenciais e independentemente de sua dedicação — mesmo que tenham dedicado uma vida inteira de esforços à Sua obra e tenham se martirizado — Deus não aprova ninguém com uma fé igual a essa. Ele meramente lhes dá um pouco da graça e lhes permite desfrutá-la por um tempo. Pessoas assim são incapazes de colocar a verdade em prática. O Espírito Santo não opera dentro delas, e Deus eliminará cada uma à sua vez. Sejam velhos ou jovens, aqueles que não obedecem a Deus na sua fé e têm as intenções erradas são os que se opõem e interrompem, e tais pessoas serão indubitavelmente eliminadas por Deus. Aqueles que não têm o mínimo de obediência a Deus, que meramente reconhecem o nome de Deus e têm alguma percepção do carinho e da amabilidade de Deus, mas não acompanham os passos do Espírito Santo e não obedecem à obra atual e às palavras do Espírito Santo — tais pessoas vivem em meio à graça de Deus e não serão ganhas nem aperfeiçoadas por Deus. Deus aperfeiçoa as pessoas por meio da obediência delas, por meio do seu comer, beber e desfrute das palavras de Deus e por meio do sofrimento e refinamento em sua vida. Somente por meio de uma fé semelhante a essa o caráter das pessoas pode mudar e somente então podem possuir o verdadeiro conhecimento de Deus. Não se contentar com viver em meio à graça de Deus, e sim ativamente ansiar e buscar a verdade e buscar ser ganho por Deus — isso é o que significa conscientemente obedecer a Deus e é precisamente esse o tipo de fé que Ele quer. Pessoas que não fazem nada além de desfrutar da graça de Deus não podem ser aperfeiçoadas nem transformadas, e sua obediência, piedade, amor e paciência são, todos eles, superficiais. Aqueles que somente desfrutam a graça de Deus não podem verdadeiramente conhecer a Deus, e mesmo quando O conhecem, seu conhecimento é superficial, e eles dizem coisas como “Deus ama o homem” ou “Deus é compassivo para com o homem”. Isso não representa a vida do homem e não mostra que as pessoas realmente conhecem a Deus. Se, quando as palavras de Deus as refinam ou quando Suas provações caem sobre elas, as pessoas são incapazes de obedecer a Deus — se, em vez disso, elas se tornam duvidosas e caem — então não são nem um pouco obedientes. Dentro delas existem muitas regras e restrições sobre a fé em Deus, experiências antigas que são o resultado de muitos anos de fé ou de várias doutrinas baseadas na Bíblia. Poderiam tais pessoas obedecer a Deus? Essas pessoas são cheias de coisas humanas — como poderiam obedecer a Deus? Sua “obediência” é de acordo com sua preferência pessoal — será que Deus deseja obediência como essa? Isso não é obediência a Deus, mas adesão a doutrina; é autossatisfação e apaziguamento próprio. Se você diz que isso é obediência a Deus, não está blasfemando contra Ele? Você é um faraó egípcio. Você comete o mal e se engaja explicitamente ano trabalho de se opor a Deus — é assim que Deus quer que você sirva? É melhor você se apressar para se arrepender e tentar ganhar alguma autoconsciência. Caso contrário, seria melhor você ir ir embora: isso lhe traria mais benefício do que o seu serviço declarado a Deus. Você não interromperia nem perturbaria, saberia qual é o seu lugar e viveria bem — não seria melhor? E você não seria punido por se opor a Deus!

Anterior: O serviço religioso precisa ser purgado

Próximo: Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro