Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

4. Qual é a diferença entre o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso?

O cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso creem no mesmo Deus. As pessoas que entendem a história da religião sabem que o judaísmo em Israel nasceu da obra que Deus Jeová realizou na Era da Lei. Cristianismo, catolicismo e a Igreja Ortodoxa do Oriente foram as igrejas que surgiram depois que o Senhor Jesus encarnado realizou a obra de redenção. A Igreja de Deus Todo-Poderoso surgiu quando Deus Se fez carne durante os últimos dias para realizar a obra de julgamento. Os cristãos na Era da Graça leem o Antigo e o Novo Testamento, e os cristãos da Igreja do Deus Todo Poderoso na Era do Reino estão lendo A Palavra manifesta em carne, a qual foi dita pessoalmente por Deus nos últimos dias. O cristianismo cumpre a obra da redenção que o Senhor Jesus realizou na Era da Graça, e a Igreja de Deus Todo-Poderoso aceita a obra de julgamento dos últimos dias do Senhor Jesus, Deus Todo-Poderoso. A diferença entre o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso é que o cristianismo cumpre a obra que Deus realizou durante a Era da Lei e a Era da Graça, enquanto que a Igreja de Deus Todo-Poderoso cumpre a obra de julgamento que inicia na casa de Deus que Ele realizou nos últimos dias. As diferenças entre o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso são semelhantes às diferenças entre o cristianismo e o judaísmo: durante a Era da Graça, o Senhor Jesus realizou a obra da redenção da humanidade sobre o fundamento da obra da Era da Lei do Antigo Testamento. Mas os principais sacerdotes, escribas e fariseus do judaísmo não reconheceram que o Senhor Jesus era a encarnação de Jeová, o Messias que eles esperavam. Eles se apegaram teimosamente às leis e mandamentos do Antigo Testamento proclamados por Deus Jeová. Também crucificaram o misericordioso Senhor Jesus, que salvou a humanidade, ofendendo o caráter de Deus. Por sua vez, Ele descartou o judaísmo que se apegou às leis do Antigo Testamento e entregou a Sua salvação para os gentios, que, depois de aceitarem e seguirem ao Senhor Jesus, formaram as igrejas do Novo Testamento, que também eram chamadas cristãs. Enquanto isso, os judeus, que só se apegavam à obra de Deus Jeová da Era da Lei do Velho Testamento e rejeitaram a obra da redenção do Senhor Jesus, formaram o que é chamado de judaísmo. A partir disso, pode-se ver que o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso creem no mesmo Deus – o Senhor que criou os céus, a terra e todas as coisas. Isso se dá porque o nome e a obra de Deus que as pessoas se apegam são diferentes: a Igreja de Deus Todo-Poderoso respeita o novo nome de Deus durante a Era do Reino e aceita a nova obra realizada por Ele durante os últimos dias, enquanto que o cristianismo mantém o nome de Deus durante a Era da Graça e aceita a antiga obra que Deus realizou durante as eras anteriores. Esta é a diferença mais importante entre o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso. O Deus em quem ambos acreditam, porém, é o mesmo: o único Deus verdadeiro que criou os céus e a terra e todas as coisas. Este é um fato que ninguém pode distorcer ou negar!

Muitos cristãos creem que eles só precisam aceitar a obra de redenção do Senhor Jesus para entrarem no reino dos céus e não precisam aceitar a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Essas concepções estão totalmente erradas. Durante a Era da Graça, o Senhor Jesus realizou a obra de redenção. Pessoas foram salvas por causa da sua fé e não foram mais condenadas pela lei e mortas por causa das suas transgressões. No entanto, o Senhor Jesus apenas perdoou os pecados do homem e não perdoou ou resolveu a natureza pecaminosa do homem. Os caracteres satânicos dentro das pessoas – arrogância e presunção, egoísmo e ganância, desonestidade e falsidade, rebeldia e oposição a Deus – ainda existia. As pessoas ainda precisavam ser totalmente purificadas, salvas e ganhas por Deus. Assim, o Senhor Jesus disse muitas vezes que Ele deve retornar. Em muitas passagens bíblicas é profetizado que Deus retornará e executará o julgamento, levando os santos para o reino dos céus. Deus Todo-Poderoso encarnado dos últimos dias expressou todas as verdades para a purificação e salvação da humanidade, e realizou a nova obra de julgamento, iniciando pela casa de Deus sobre o fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus. Isto se dá para resolver a natureza pecaminosa da humanidade e permitir que ela se liberte totalmente da escravidão e das restrições do pecado, viver a semelhança do homem verdadeiro e ser ganha por Deus, e entrar no belo destino preparado para ela por Ele. Pode-se dizer que a obra de redenção realizada pelo Senhor Jesus é o fundamento da obra da salvação de Deus dos últimos dias, enquanto que a obra de julgamento dos últimos dias é o centro e o foco da obra de salvação de Deus. Esta é a mais crucial e importante etapa da obra para a salvação da humanidade. Somente os que aceitam a obra de julgamento dos últimos dias de Deus Todo-Poderoso terão a chance de serem salvos e entrarem no reino dos céus e se tornarem os que foram arrebatados por Ele. Atualmente, algumas pessoas dentro de várias denominações do mundo religioso viram que Deus Todo-Poderoso é o retorno do Senhor Jesus durante os últimos dias, por isto, aceitaram e começaram a seguir a Deus Todo-Poderoso. Alguns incrédulos também aceitaram Deus Todo-Poderoso por causa das verdades expressas por Ele. As pessoas que creem em Deus Todo-Poderoso formam a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Sob a orientação e pastoreio de Cristo dos últimos dias, Deus Todo-Poderoso, os cristãos da Igreja do Deus-Todo Poderoso, através da experiência e ao colocarem em prática as palavras Dele, gradualmente, passaram a entender muitas verdades e viram claramente a fonte e essência da corrupção da humanidade. Sob o julgamento e castigo das palavras de Deus, as pessoas provaram realmente e de fato o caráter justo e inofendível de Deus. Por conhecê-Lo, gradualmente, passaram a temê-Lo, a evitarem o mal e a viverem de acordo com Suas palavras. Com o seu entendimento da verdade, o conhecimento das pessoas sobre Deus tem se aprofundado gradualmente, a obediência a Ele se tornou cada vez maior e elas colocam mais e mais verdades em prática. Sem perceber, terão se libertado totalmente do pecado e alcançado a santidade. Os cristãos que não aceitam a nova obra de Deus Todo-Poderoso, entretanto, ainda creem no cristianismo. Eles se apegam ao nome do Senhor Jesus, obedecem aos ensinamentos da Bíblia e há muito tempo foram lançados nas trevas por Deus, perdendo Seu cuidado e proteção. Este é um fato reconhecido. Se as pessoas insistirem em não se arrependerem, condenarem e se oporem cegamente ao Senhor Jesus que retornou durante os últimos dias, Deus Todo-Poderoso, e se recusarem a aceitar a obra de julgamento dos últimos dias de Deus Todo-Poderoso, serão eliminadas pela obra de Deus.

Anterior:Deus Todo-Poderoso e o Senhor Jesus são um só Deus?

Próximo:Quais são os objetivos da Igreja de Deus Todo-Poderoso?