Pergunta 6: A Bíblia diz que, depois que o Senhor Jesus foi batizado, o céu se abriu, o Espírito Santo desceu sobre o Senhor Jesus em forma de pomba, e uma voz disse: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:17). E todos nós crentes reconhecemos que o Senhor Jesus é Cristo, o Filho de Deus. Vocês já testemunharam que o Cristo encarnado é a manifestação de Deus, que o Senhor Jesus é o próprio Deus e Deus Todo-Poderoso também é o Próprio Deus. Isso difere do nosso entendimento anterior. O Cristo encarnado é o Próprio Deus ou o Filho de Deus? As duas situações parecem razoáveis e estão de acordo com a Bíblia. Portanto, qual entendimento está correto?

Resposta: Isto é precisamente a pergunta que a maioria dos crentes tem dificuldade em entender. Quando o Senhor Jesus encarnado veio realizar a obra de redenção da humanidade, Deus tornou-se o Filho do homem, aparecendo-se e realizando a obra entre os homens. Ele não apenas abriu a Era da Graça, mas iniciou uma obra nova era na qual Deus veio pessoalmente ao mundo humano para viver entre os homens. Com grande adoração, o homem chamou o Senhor Jesus de Cristo, o Filho de Deus. Naquele tempo, o Espírito Santo também testemunhou que o Senhor Jesus é o Filho amado de Deus, e o Senhor Jesus chamou Deus de Pai celestial. Assim sendo, o homem acreditou que o Senhor Jesus era o Filho de Deus. Dessa forma, a noção dessa relação Pai e Filho se formou. Vamos pensar por um momento. Deus diz em algum momento em Gênesis que Ele tinha um filho? Durante a Era da Lei, Deus Jeová disse que tinha um filho? Ele não disse! Isso prova que existe apenas um Deus, não há que se falar em relação Pai e Filho. Alguns podem pensar: durante a Era da Graça, por que o Senhor Jesus disse que era o Filho de Deus? O Senhor Jesus era o Filho de Deus, ou o Próprio Deus? Vocês podem dizer que é uma questão que nós crentes debatemos a séculos. As pessoas sentem a contradição inerente do assunto, mas não sabem como explicar. O Senhor Jesus é Deus, mas também Filho de Deus. Então, existe também um Deus Pai? As pessoas são ainda menos capazes de explicar essa questão. Nos últimos dois mil anos, poucos reconheceram que o Senhor Jesus é o Próprio Deus, a manifestação de Deus. Na verdade, há um registro claro disso na Bíblia. Em João 14:8, Felipe perguntou ao Senhor Jesus: “Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta”. Como o Senhor Jesus respondeu a Felipe naquela época? O Senhor Jesus disse a Felipe: “Há tanto tempo que estou convosco, e ainda não me conheces, Felipe? Quem me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras. Crede-me que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras” (João 14:9-11). Aqui o Senhor Jesus disse claramente: “Quem me viu a mim, viu o Pai.” Como podem ver, o Senhor Jesus é a manifestação do Próprio Deus. O Senhor Jesus não disse que Ele e Deus têm uma relação de Pai e Filho. Ele disse apenas: “Eu estou no Pai, e que o Pai está em mim”, “Eu e o Pai somos um” (João 10:30) Portanto, de acordo com as palavras do Senhor Jesus, não podemos confirmar Que Ele é o Próprio Deus? Que há apenas um Deus e que não existe relação de “Pai e Filho”?

Extraído do roteiro do filme O mistério da divindade: a continuação

Anterior: Pergunta 5: Na Era da Graça, Deus encarnou para se tornar a oferenda e assumir o fardo do pecado do homem. Isso faz sentido. O Senhor Jesus foi concebido pelo Espírito Santo e tornou-se o Filho do homem para redimir a humanidade em Seu corpo sem pecado. Assim, Satanás foi humilhado. Nos últimos dias, Deus encarnou como Filho do homem novamente para ralizar a obra de julgamento. Nós vimos que isso é fato. Quero perguntar uma coisa. As duas encarnações de Deus são um pouco diferentes: a primeira foi na Judeia e a segunda é na China. Por que Deus teve que encarnar duas vezes para realizar a obra de salvar a humanidade? Qual o verdadeiro significado das duas encarnações de Deus?

Próximo: Pergunta 7: Se o Senhor Jesus é o Próprio Deus, por que o Senhor Jesus ora? Por que roga ao Deus Pai? Há um mistério aqui para desvendar. Por favor, comungue conosco.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo Whatsapp