Palavras diárias de Deus | "O que deveria ser conhecido sobre transformar o caráter da pessoa" | Trecho 559

Palavras diárias de Deus | "O que deveria ser conhecido sobre transformar o caráter da pessoa" | Trecho 559

343 |30 de Outubro de 2020

Como você entende a natureza humana? Entender a sua natureza na verdade significa dissecar as profundezas de sua alma; envolve o que está em sua vida. É pela lógica de Satanás e pelos pontos de vista de Satanás que você tem vivido; isto é, é pela vida de Satanás que você tem vivido. Só ao desenterrar as profundezas de sua alma você pode entender a sua natureza. Como essas coisas podem ser desenterradas? Elas não podem ser desenterradas nem dissecadas através de um mero evento ou dois; muitas vezes, após ter terminado de fazer algo, você ainda não chegou a um entendimento. Pode levar três ou cinco anos até que você seja capaz de ganhar bem pouco mesmo de percepção e entendimento. Em muitas situações, você precisa refletir sobre si e chegar a se conhecer, e só quando praticar a escavação profunda você verá resultados. Conforme o seu entendimento da verdade se torna cada vez mais profundo, você gradualmente passa a conhecer a sua natureza e essência através da autorreflexão e do autoconhecimento. Para conhecer a sua natureza, você precisa realizar algumas coisas. Primeiro, você deve ter um claro entendimento daquilo que gosta. Isso não está relacionado com o que você gosta de comer ou de vestir, mas refere-se aos tipos de coisas que você desfruta, as coisas que você inveja, as coisas que você adora, as coisas que você busca e as coisas a que você presta atenção em seu coração. os tipos de pessoas com os quais você gosta de ter contato, o tipo de coisas que você gosta de fazer e os tipos de pessoas que você idolatra em seu coração. Por exemplo, a maioria gosta de pessoas de prestígio, de pessoas elegantes em seus discursos e condutas, ou de pessoas que falam com eloquente adulação ou daquelas que fazem cena. O que foi mencionado anteriormente se refere às pessoas com quem gostam de interagir. Quanto às coisas que as pessoas desfrutam, estas incluem ter disposição para fazer certas coisas que são fáceis de se fazer, desfrutar fazer coisas que os outros consideram boas e que fariam as pessoas cantarem louvores e fazerem elogios. Na natureza das pessoas, há uma característica comum das coisas de que elas gostam. Ou seja, elas gostam de pessoas, eventos e coisas dos quais as outras sintam inveja por causa de sua aparência exterior, elas gostam de pessoas, eventos e coisas que sejam belas e luxuosas, e elas gostam de pessoas, eventos e coisas que façam as outras as adorarem por causa das aparências. Essas coisas que as pessoas admiram são excelentes, deslumbrantes, lindas e grandiosas. As pessoas todas adoram essas coisas. Pode-se ver que as pessoas não têm nada da verdade, nem têm a semelhança de seres humanos genuínos. Não há o menor grau de significado em adorar essas coisas; mesmo assim, as pessoas gostam delas. Pode-se ver que as pessoas não têm coisa alguma da verdade e não possuem a semelhança de um homem real. Não há o mínimo grau de significância em adorar essas coisas, mas as pessoas gostam delas… Do que você gosta, no que você foca sua atenção, o que você adora, o que você inveja e o que você cogita em seu coração todo dia, tudo isso representa sua natureza. É suficiente para provar que sua natureza gosta da injustiça e, em situações sérias, sua natureza é maligna e incurável. Você deveria analisar sua natureza desse modo, isto é, olhar para o que você gosta e para o que você abandona em sua vida. Você poderia ser bom para alguém por um tempo, mas isso não prova que você gosta dele. Do que você gosta de verdade é precisamente aquilo que está em sua natureza; mesmo que seus ossos fossem quebrados, você ainda gostaria disso e jamais o abandonaria. Não é fácil mudar isso. Tome-se, por exemplo, encontrar um parceiro. Se uma mulher realmente se apaixonasse por alguém, então ninguém seria capaz de impedi-la. Mesmo se suas pernas fossem quebradas, ela ainda quereria estar com ele; ela quereria casar-se com ele mesmo se isso significasse ela ter de morrer. Como pode ser isso? É porque ninguém pode mudar o que as pessoas têm bem no fundo de si mesmas. Mesmo se a pessoa morresse, sua alma ainda gostaria das mesmas coisas; essas são as coisas da natureza humana e representam a essência da pessoa. As coisas de que as pessoas gostam contêm certa injustiça. Algumas são óbvias em sua afeição por essas coisas, enquanto outras não são; algumas têm uma preferência forte por elas, enquanto outras não têm; algumas pessoas têm autocontrole, enquanto outras não conseguem controlar a si mesmas. Algumas pessoas são suscetíveis a se afundar em coisas sombrias, o que prova que elas não possuem um pingo de vida. Se as pessoas são capazes de não se ocupar nem ser constrangidas por aquelas coisas, isso prova que seu caráter foi transformado um pouco e que elas têm um pouco de estatura. Algumas pessoas entendem algumas verdades e sentem que têm vida e que amam a Deus. De fato, ainda é muito cedo, e passar por transformação no caráter não é assunto simples. É fácil entender a natureza de uma pessoa? Mesmo que você a entendesse um pouco, não seria fácil mudá-la. Essa é uma área de dificuldade para as pessoas. Independentemente de como as pessoas, os assuntos ou as coisas em torno de você possam mudar e independentemente de como o mundo possa ser virado de cabeça para baixo, se a verdade estiver guiando você por dentro, se ela tiver criado raízes dentro de você e as palavras de Deus guiarem sua vida, suas preferências, suas experiências e sua existência, a essa altura, você terá sido verdadeiramente transformado. Agora, essa assim chamada transformação não passa de pessoas cooperando um pouco e tendo um pouco de entusiasmo e fé, mas isso não pode ser considerado transformação e não prova que as pessoas têm vida; são apenas as preferências das pessoas — nada mais.

Além de desenterrar as coisas de que as pessoas gostam em sua natureza, outros aspectos pertencentes à sua natureza também precisam ser desenterrados. Por exemplo, os pontos de vista das pessoas sobre coisas, os métodos e os objetivos das pessoas na vida, os valores, as visões da vida das pessoas, bem como as opiniões sobre todas as coisas relativas à verdade. Todas essas coisas estão no fundo da alma das pessoas e estão diretamente relacionadas à transformação do caráter. O que, então é a visão de vida da humanidade corrupta? Pode-se dizer que seja esta: “cada um por si e o demônio pega quem fica por último”. Todas as pessoas vivem para si mesmas; para usar termos mais distintos, elas vivem para a carne. Vivem apenas para colocar comida em sua boca. Como essa existência difere da existência dos animais? Não há valor nenhum e ainda menos sentido em viver assim. A visão de vida de uma pessoa trata daquilo em que você se confia para viver no mundo, aquilo para o qual você vive e como você vive — e tudo isso são coisas que têm a ver com a essência da natureza humana. Por meio da dissecção da natureza das pessoas, você verá que todas as pessoas resistem a Deus. Todas elas são diabos e não existe pessoa genuinamente boa. Somente pela dissecção da natureza das pessoas você poderá conhecer verdadeiramente a substância e a corrupção do homem e entender ao que as pessoas realmente pertencem, do que as pessoas verdadeiramente carecem, com o que elas devem ser equipadas e como elas deveriam viver uma semelhança humana. Não é fácil dissecar verdadeiramente a natureza de uma pessoa e não pode ser feito sem experimentar as palavras de Deus ou ter experiências verdadeiras.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Ver mais

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Compartilhar

Cancelar