Palavras diárias de Deus |"Eles gostariam que os outros obedecessem apenas a eles, não à verdade nem a Deus (parte 2)"| Trecho 385

24 de Setembro de 2021

A única atitude que um ser criado deveria ter para com seu Criador é a de obediência, a de obediência incondicional. Isso é algo que algumas pessoas hoje podem ser incapazes de aceitar. Isso porque a estatura do homem é baixa demais, e ele não possui a verdade-realidade. Se isso descreve o seu estado, então você está longe de ser capaz de obedecer a Deus. Embora seja sustentado e regado pela palavra de Deus, o homem está, na verdade, se preparando para uma única coisa. O que essa coisa poderia ser? É definitivamente ser capaz de alcançar submissão incondicional e absoluta a Deus, ponto em que você, essa criação, terá alcançado o padrão exigido. Às vezes, Deus deliberadamente faz coisas que estão em desacordo com suas noções, que vão contra o que você quer ou que até parecem contrariar princípios ou sentimentos humanos, contrariar humanidade ou opiniões, deixando você incapaz de aceitá-las e incapaz de entender. Seja qual for a maneira como você enxerga, não lhe parece certo, você simplesmente não pode aceitar e sente que o que Ele fez é simplesmente irrazoável. Então, qual é o propósito de Deus ao fazer essas coisas? É testar você. Você não precisa discutir o como e o porquê do que Deus fez; tudo o que você precisa fazer é manter sua fé de que Ele é a verdade e reconhecer que Ele é seu Criador, que Ele é seu Deus. Isso é mais elevado do que toda verdade, mais elevado do que toda sabedoria mundana, do que as tais moralidade e ética do homem, o conhecimento, a educação, a filosofia ou a cultura tradicional do homem, e é até mais elevado do que a afeição ou a camaradagem ou o tal amor entre as pessoas — é mais elevado do que absolutamente qualquer outra coisa. Se você não consegue entender isso, então, mais cedo ou mais tarde, quando algo lhe acontecer, você ficará suscetível a se rebelar contra Deus e a se desviar antes de finalmente se arrepender e reconhecer a amabilidade de Deus, e reconhecer o significado da obra que Deus realiza em você ou, até pior, você pode tropeçar e cair por causa disso. Independentemente de quanto tempo uma pessoa creu em Deus, de quão longa é a estrada que trilhou, de quanto trabalho fez e de quantos deveres desempenhou, esse período todo a tem preparado para uma única coisa: para você definitivamente ser capaz de alcançar submissão incondicional e absoluta a Deus. Então o que significa “incondicional”? Significa ignorar suas justificativas pessoais, ignorar seu raciocínio objetivo e não discutir por qualquer coisa: você é um ser criado e não é digno. Quando discute com Deus, você está na posição errada; quando tenta se justificar a Deus, uma vez mais, você está na posição errada; quando argumenta com Deus, quando quer perguntar a razão das coisas, descobrir o que está realmente acontecendo, se você não pode obedecer sem entender primeiro e só se submeterá uma vez que tudo estiver claro para você, você está novamente na posição errada. Quando a posição em que você está é errada, sua obediência a Deus é absoluta? Você está tratando Deus como Deus deveria ser tratado? Você O adora como o Senhor de toda a criação? Não, você não está; sendo assim, Deus não o reconhece. Que coisas podem capacitá-lo a alcançar obediência absoluta e incondicional a Deus? Como isso pode ser experimentado? Por um lado, um pouco de consciência e senso de humanidade normal é necessário; por outro, ao cumprir seus deveres, cada um dos aspectos da verdade deve ser entendido para que você possa entender a vontade de Deus. Às vezes, o calibre do homem deixa a desejar e o homem não tem a força nem a energia para entender todas as verdades. Há uma coisa, contudo: independentemente do ambiente, das pessoas, dos eventos e das coisas que lhe sobrevêm e que Deus arranjou, você deve sempre ter uma atitude obediente e não perguntar o porquê das coisas. Se até essa atitude estiver além da sua compreensão e você for capaz até de chegar ao ponto de se proteger de Deus, especular acerca de Deus, ou então pensar consigo: “Tenho que considerar se o que Deus está fazendo é realmente justo. Dizem que Deus é amor; bem, vejamos se há amor no que Ele está fazendo comigo e se isso é realmente amor”, se você ficar sempre examinando se o que Deus está fazendo se conforma com as suas noções, analisando se o que Deus está fazendo é aquilo de que você gosta ou até se está em conformidade com o que você acredita ser a verdade, então sua posição está errada e isso lhe causará problemas, e é bem provável que você acabe ofendendo o caráter de Deus.

Extraído de “Registros das falas de Cristo”

Ver mais

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Compartilhar

Cancelar

Entre em contato conosco pelo Whatsapp