17 O significado da aparição de Deus

I

A aparição de Deus se refere à Sua vinda

em pessoa à terra para Sua obra fazer.

Com Sua própria identidade e Seu caráter,

e de um modo todo Seu,

Ele desce entre os homens

para uma era ter início e outra fim.

Tal aparição não é um sinal ou imagem.

Não é um tipo de cerimônia.

Não, não é um milagre nem uma grande visão.

Também não é um ato religioso qualquer.

É um fato tão real que se pode ver e tocar,

um fato que se pode ver e tocar.

Tal aparição não é para um processo cumprir,

nem para a um resultado imediato chegar;

é só para cumprir uma etapa

da obra do plano de gestão de Deus.

II

A aparição de Deus é cheia de sentido

e sempre relacionada ao Seu plano de gestão,

relacionada ao Seu plano de gestão.

Essa aparição é totalmente diferente

da aparição de Deus ao homem guiar,

guiando ou iluminando o homem,

guiando ou iluminando o homem.

Deus faz um estágio de grande obra

sempre que Se revela.

Essa obra é diferente da de qualquer outra era,

inimaginável ao homem,

nunca vivida por ele, nunca vivida por ele.

É uma obra que inicia uma era e finda outra,

uma nova e melhor obra para salvação da humanidade

e uma obra pra trazer a humanidade a essa nova era.

É o sentido da aparição de Deus.

É o sentido da aparição de Deus.

Adaptado de ‘A aparição de Deus inaugurou uma nova era’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 16 O tabernáculo de Deus veio ao mundo

Próximo: 18 Quando a saudação ao reino soar

O alarme dos últimos dias já tocou e grandes desastres já começaram. Você quer dar as boas-vindas ao retorno do Senhor e ter a chance de receber a proteção de Deus com sua família?

Conteúdo relacionado

16. Por trás do silêncio

Por Lizhi, GréciaNão sou uma pessoa de muitas palavras e não é frequente que eu me abra e fale de coração. Sempre achei que isso acontecia...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Conecte-se conosco no Messenger