Palavras diárias de Deus | "Obra e entrada (7)" | Trecho 311

De cima a baixo e do começo ao fim, Satanás tem interrompido a obra de Deus e agido em oposição a Ele. Toda essa discussão em torno da “herança cultural antiga”, da valorização do “conhecimento da cultura antiga”, dos “ensinamentos do taoísmo e do confucionismo”, e dos “clássicos do confucionismo e os ritos feudais” levou o homem ao Inferno. A ciência e a tecnologia avançadas dos dias de hoje, bem como a indústria, a agricultura e os negócios altamente desenvolvidos, não são vistos em lugar algum. Em vez disso, tudo que elas fazem é enfatizar os ritos feudais propagados pelos “macacos” do tempos antigos para deliberadamente interromper a obra de Deus, opor-se a ela e desmantelá-la. Não somente ele continuou a afligir o homem até hoje, como deseja até engolir o homem inteiro. A transmissão de ensinamentos éticos e morais do feudalismo e passar adiante o conhecimento da cultura antiga infectaram a humanidade há muito tempo, transformando-a em demônios maiores e menores. Poucos são os que receberiam Deus de bom grado, poucos os que receberiam jubilosos a Sua vinda. A face de toda a humanidade está repleta de intenção assassina, e em todo lugar, um hálito mortal impregna o ar. Ela busca expulsar Deus desta terra; com facas e espadas em punho, ela se organiza em formação de batalha para “aniquilar” a Deus. Por toda essa terra do diabo, onde se ensina constantemente ao homem que não há Deus, há ídolos espalhados, e o ar acima está impregnado com um odor nauseante de papel e incenso queimando tão denso que chega a ser sufocante. Parece com o fedor de lodo que se eleva com o retorcer da serpente venenosa, tanto que não consegue evitar o vômito. Além disso, é possível ouvir fracamente o som de demônios malignos recitando as escrituras, um som que parece vir de longe no Inferno, tanto que não se consegue impedir de tremer. Por toda parte nesta terra são instalados ídolos de todas as cores do arco-íris, transformando a terra em um mundo de prazeres sensuais, enquanto o rei dos diabos continua rindo maliciosamente, como se seu plano malicioso tivesse sido bem-sucedido. Entretanto, o homem permanece completamente alheio, nem tem a menor ideia de que o diabo já o corrompeu ao ponto em que se tornou insensato e cabisbaixo pela derrota. Ele deseja, com uma única varrida, apagar tudo sobre Deus e mais uma vez profaná-Lo e assassiná-Lo; sua intenção é derrubar e perturbar Sua obra. Como ele pode permitir que Deus seja de status igual? Como ele pode tolerar que Deus “interfira” na sua obra entre os homens na terra? Como ele pode permitir que Deus desmascare sua face hedionda? Como pode permitir que Deus ponha sua obra em desordem? Como pode esse diabo, apoplético de raiva, permitir que Deus tenha controle sobre sua corte imperial na terra? Como ele pode voluntariamente se curvar diante de Seu poder superior? Seu semblante hediondo foi revelado como realmente é, de modo que não se sabe se é para rir ou chorar, e do qual é verdadeiramente difícil falar. Essa não é a sua essência? Mesmo com uma alma feia, ele ainda acredita que é incrivelmente belo. Ah, essa gangue de cúmplices em crime! Eles descem para o domínio mortal para entregar-se aos prazeres e causar uma comoção, incitando tanto as coisas que o mundo se torna um lugar volúvel e inconstante e o coração do homem se enche de pânico e inquietação, e eles brincaram tanto com o homem que sua aparência se tornou a de uma besta desumana do campo, supremamente feia, e que perdeu o último traço do homem santo original. Além disso, eles desejam até assumir poder soberano na terra. Impedem tanto a obra de Deus que ela mal consegue se arrastar adiante e trancam o homem tão firmemente como paredes de bronze e aço. Depois de cometer tantos pecados graves e causar tantos desastres, eles ainda esperam outra coisa que não seja castigo? Os demônios e espíritos malignos têm corrido ensandecidamente na terra há algum tempo e isolaram a vontade e o esforço meticuloso de Deus de tal maneira que são impenetráveis. Verdadeiramente, isso é um pecado mortal! Como Deus pode não Se sentir ansioso? Como Deus pode não Se sentir furioso? Eles impediram a obra de Deus e se opuseram a ela gravemente: como são rebeldes! Mesmo os demônios maiores e menores se comportam como chacais nos calcanhares do leão e seguem a corrente maligna, inventando interrupções enquanto vão. Conhecem a verdade, mas deliberadamente se apõem a ela, esses filhos da rebelião! É como se, agora que seu rei do Inferno ascendeu ao trono real, eles tivessem se tornado presunçosos e complacentes, tratando todos os outros com desprezo. Quantos dentre eles buscam a verdade e seguem a justiça? São todos animais, em nada melhores do que porcos e cães, na liderança de uma gangue de moscas fedorentas, balançando a cabeça em autocongratulação presunçosa e incitando todo tipo de problema, no meio de um monte de esterco. Eles acreditam que seu rei do Inferno é o maior rei de todos, mal sabendo que eles mesmos não passam de moscas fedorentas. Mesmo assim, tiram vantagem do poder dos porcos e cachorros que têm como pais para difamar a existência de Deus. Como moscas diminutas, acreditam que seus pais são tão grandes quanto baleias dentadas. Pouco sabem que, enquanto elas mesmas são diminutas, seus pais são porcos e cães impuros centenas de milhões de vezes maiores que elas mesmas? Inconscientes da própria baixeza, dependem do fedor da putrefação que exsuda desses porcos e desses cães para correr desordenadamente, pensando, em vão, em procriar futuras gerações, alheios à vergonha. Com asas verdes nas costas (isso se refere a alegarem que acreditam em Deus), elas estão cheias de si e por toda parte se gabam da própria beleza e atração, enquanto secretamente arremessam as impurezas dos próprios corpos sobre o homem. Além disso, elas estão excessivamente satisfeitas consigo mesmas, como se pudessem usar um par de asas com as cores do arco-íris para esconder as próprias impurezas e, dessa maneira, aplicar sua opressão à existência do Deus verdadeiro (isso se refere ao que acontece nos bastidores do mundo religioso). Como saberia o homem que, apesar de encantadoramente belas como as asas da mosca possam ser, a mosca em si é, afinal de contas, nada mais que uma minúscula criatura, com uma barriga cheia de sujeira e um corpo coberto de germes? Com a força dos porcos e cães que têm como pais, elas correm ensandecidas pela terra (isso se refere à maneira como os oficiais religiosos que perseguem Deus confiam no apoio massivo do governo da nação para se rebelarem contra o verdadeiro Deus e a verdade), desenfreados em sua selvageria. É como se os fantasmas dos fariseus judaicos tivessem retornado com Deus à nação do grande dragão vermelho, de volta para seu antigo ninho. Eles iniciaram mais uma rodada de perseguição, retomando seu trabalho de vários milhares de anos atrás. Esse grupo de degenerados está condenado a perecer na terra, no fim! Parece que, depois de vários milênios, os espíritos impuros se tornaram ainda mais engenhosos e dissimulados. Eles sempre pensam em maneiras de sabotar a obra de Deus em segredo. Com truques e ardis em abundância, eles desejam reencenar em sua terra natal a mesma tragédia de vários milênios atrás, quase incitando Deus ao ponto de gritar. Ele mal consegue Se impedir de voltar ao terceiro céu e aniquilá-los. Para que ame a Deus, o homem precisa compreender Sua vontade, conhecer Suas alegrias e tristezas e entender o que é que Ele abomina. Fazer isso encorajará ainda mais a entrada do homem. Quanto mais rápida for a entrada do homem, mais cedo a vontade de Deus se satisfará; mais claro o homem enxergará o rei dos diabos, e mais ele se aproximará de Deus, para que o Seu desejo seja levado à fruição.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp