Palavras diárias de Deus | "Acerca da prática da oração" | Trecho 416

Vocês não prestam atenção à oração em sua vida diária. As pessoas sempre negligenciaram a oração. As orações costumavam ser superficiais, com o homem simplesmente fazendo as coisas diante de Deus, sem se envolver. Nem um jamais ofereceu seu coração completamente diante de Deus e orou verdadeiramente a Deus. As pessoas oram a Deus somente quando algo lhes acontece. Durante todo esse tempo, você alguma vez orou verdadeiramente a Deus? Você já derramou lágrimas de dor diante de Deus? Você alguma vez chegou a conhecer a si próprio diante de Deus? Alguma vez já fez uma oração de coração para coração com Deus? A oração vem pela prática: se você normalmente não ora em casa, então não terá como orar na igreja; e se você normalmente não ora durante os encontros pequenos, então será incapaz de orar durante as grandes reuniões. Se você normalmente não se aproxima de Deus ou reflete sobre as palavras de Deus, então não terá nada a dizer quando chegar o momento de orar — e mesmo que você, de fato, ore, você estará apenas falando da boca para fora; não estará orando verdadeiramente.

O que significa orar verdadeiramente? Significa falar a Deus as palavras que estão dentro do seu coração e comungar com Deus, tendo compreendido Sua vontade e com base em Suas palavras; significa sentir-se particularmente próximo de Deus, sentir que Ele está diante de ti e que você tem algo a dizer a Ele; e significa estar com o coração especialmente radiante e sentir que Deus é especialmente gracioso. Você se sentirá especialmente inspirado, e, após ouvirem suas palavras, seus irmãos e irmãs se sentirão gratificados; eles sentirão que as palavras ditas por você são as palavras que estão em seus corações, as palavras que eles desejam dizer, e que o que você diz representa o que eles querem dizer. Isso é o que significa orar verdadeiramente. Depois de ter orado verdadeiramente, você se sentirá em paz e gratificado em seu coração; a força para amar a Deus se elevará, e você sentirá que nada, em toda a sua vida, é mais digno ou significativo do que amar a Deus — e tudo isso provará que as suas orações foram eficazes. Você alguma vez já orou de tal maneira?

E quanto ao conteúdo das orações? Você deve orar, etapa por etapa, de acordo com o seu verdadeiro estado, e isso deve se dar pelo Espírito Santo; você deve comungar com Deus guardando a vontade de Deus e o que Ele exige do homem. Quando começar a praticar suas orações, primeiro entregue seu coração a Deus. Não tente compreender a vontade de Deus; apenas tente falar a Deus as palavras que estão dentro do seu coração. Quando se puser diante de Deus, fale assim: “Ó, Deus! Somente hoje percebo, de fato, que eu costumava desobedecer a Ti. Eu sou verdadeiramente corrompido e desprezível. Antes, estava perdendo meu tempo; a partir de hoje, viverei para Ti, viverei uma vida de significado e satisfarei à Tua vontade. Que Teu Espírito sempre opere em mim e sempre me ilumine e me esclareça, para que eu possa dar um forte e retumbante testemunho perante a Ti, permitindo que Satanás veja Tua glória, Teu testemunho e a prova de Teu triunfo em nós”. Quando orar dessa forma, seu coração será completamente libertado; tendo orado dessa maneira, seu coração estará mais próximo de Deus; e, ao orar frequentemente dessa forma, o Espírito Santo inevitavelmente irá operar dentro de você. Se sempre clamar a Deus dessa maneira e fizer sua resolução perante Deus, chegará o dia em que a sua resolução poderá ser aceita perante Deus, quando o seu coração e todo o seu ser serão recebidos por Deus, e você será, enfim, tornado perfeito perante Deus. A oração é da maior importância para vocês. Quando ora, você recebe a obra do Espírito Santo, seu coração é, então, tocado por Deus, e a força do amor por Deus dentro de você aflora. Se não orar com seu coração, se não abrir seu coração para comungar com Deus, então Deus não terá como operar em você. Se, tendo orado, você tiver falado todas as palavras de dentro do seu coração, mas o Espírito de Deus não operou, se você não se sentir inspirado por dentro, então isso mostra que o seu coração não está fervoroso, que suas palavras não são verdadeiras, mas permanecem impuras. Se, tendo orado, você se sentir gratificado, então as suas orações foram aceitas por Deus, e o Espírito de Deus operou em você. Como alguém que serve a Deus, você não pode ficar sem orações. Se você realmente enxerga a comunhão com Deus como algo significativo e valioso, como poderia renunciar à oração? Ninguém pode ficar sem a comunhão com Deus. Sem oração, você vive na carne, vive na escravidão de Satanás; sem a verdadeira oração, você vive sob a influência das trevas. Espero que os irmãos e irmãs sejam capazes de orar verdadeiramente em todo e cada dia. Contudo, não se trata de adesão à doutrina, mas um efeito que tem de ser alcançado. Você está disposto a se privar de um pouco de sono e gratificação, recitando orações pela manhã, ao amanhecer, para depois apreciar as palavras de Deus? Se você orar com um coração puro e comer e beber as palavras de Deus desse modo, você será mais aceitável a Ele. Se fizer assim toda manhã, se cada dia você praticar entregar seu coração a Deus, comunicando-se e se engajando com Ele, então seu conhecimento sobre Deus certamente aumentará, e você será melhor capaz de compreender a vontade de Deus. Você deve dizer: “Ó, Deus! Eu desejo cumprir meu dever. Para que Tu sejas glorificado em nós e para que possas deleitar-se com o nosso testemunho, deste grupo de pessoas, tão somente posso devotar todo o meu ser a Ti. Suplico que operes em nós, para que eu possa verdadeiramente amar e satisfazer a Ti, e fazer de Ti o objetivo que busco”. Quando tiver se apoderado desse fardo, Deus certamente o tornará perfeito; você não deve orar somente em prol de si mesmo, mas também em prol de fazer a vontade de Deus e em prol de O amar. Esse é o tipo mais verdadeiro de oração. Você ora a fim de fazer a vontade de Deus?

Antes, vocês não sabiam como orar e negligenciavam a oração; hoje, vocês devem dar seu melhor para se treinarem na oração. Se você for incapaz de convocar a força que existe dentro de você para amar a Deus, então como conseguir orar? Você deve dizer: “Ó, Deus! Meu coração é incapaz de amar a Ti verdadeiramente, eu desejo amar a Ti, mas me falta a força. O que eu devo fazer? Desejo que abras os olhos do meu espírito, desejo que o Teu Espírito toque meu coração, de modo que, perante a Ti, eu seja despojado de todos os estados passivos e desconstrangido por qualquer pessoa, questão ou coisa; desnudo meu coração completamente diante de Ti, de tal modo que todo o meu ser seja devotado perante a Ti, e que Tu possas testar-me de qualquer modo que desejares. Agora, não penso em minhas perspectivas, nem sou contido pela morte. Usando meu coração, que ama a Ti, desejo buscar o caminho da vida. Todas as coisas e eventos estão em Tuas mãos, meu destino está em Tuas mãos e, além do mais, minha vida é controlada por Tuas mãos. Agora, eu busco amá-Lo e, independentemente de me deixares amar a Ti, independentemente de como Satanás interfira, estou determinado a amar a Ti”. Quando se deparar com tais coisas, ore dessa maneira. Se fizer isso todos os dias, a força para amar a Deus se elevará gradualmente.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado