528 Cumprir o dever significa fazer tudo o que é possível

O dever do homem, de fato, é

completar o que lhe é inerente,

tudo que lhe é possível,

assim seu dever se cumpre.

I

Os defeitos do homem durante o serviço

reduzem com a prática

e o processo de ser julgado,

e não impedem seu dever.

Os que deixam de servir, ou cedem

e recuam por medo de defeitos

que possam existir no serviço

são os mais covardes de todos.

O dever do homem, de fato, é

completar o que lhe é inerente,

tudo que lhe é possível,

assim seu dever se cumpre.

O dever do homem, de fato, é

completar o que lhe é inerente,

tudo que lhe é possível,

assim seu dever se cumpre.

II

Se o homem não diz o que deve

durante seu serviço a Deus,

nem alcança o que lhe é possível

e se engana, age sem se envolver,

ele perdeu sua função humana.

Este tipo de homem é tido por

medíocre. Será que ele pode

ser chamado de um ser criado?

Será que não brilha por fora

enquanto por dentro é podridão?

O dever do homem, de fato, é

completar o que lhe é inerente,

tudo que lhe é possível,

assim seu dever se cumpre.

O dever do homem, de fato, é

completar o que lhe é inerente,

tudo que lhe é possível,

assim seu dever se cumpre (seu dever se cumpre).


Adaptado de ‘A diferença entre o ministério do Deus encarnado e o dever do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 527 A dor das provações é uma bênção de Deus

Próximo: 529 Praticar a verdade é a chave para a fé em Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro