Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

581 O homem corrupto não pode representar Deus

1 Todas as ações e feitos de Satanás se manifestam no homem. Assim, todas as ações e feitos do homem são uma expressão de Satanás e, portanto, não podem representar Deus. O homem é a corporificação de Satanás, e o caráter do homem é incapaz de representar o caráter de Deus. Alguns homens têm bom caráter; Deus pode fazer alguma obra através do caráter desses homens, e a obra que eles realizam é dirigida pelo Espírito Santo. No entanto, seu caráter é incapaz de representar Deus. A obra realizada neles por Deus somente consiste em operar com e desenvolver o que já existe em seu interior. Sejam profetas ou homens usados por Deus desde tempos remotos, ninguém é capaz de representá-Lo diretamente.

2 Tudo o que vem diretamente de Deus é positivo. No entanto, o caráter do homem foi processado por Satanás e não pode representar Deus. Somente o Deus encarnado — Seu amor, Sua disposição para sofrer, Sua justiça, submissão, humildade e ocultabilidade — todas essas representam diretamente Deus. Isso porque, quando veio, Ele não tinha uma natureza pecaminosa e veio diretamente de Deus, sem ter sido processado por Satanás. Jesus apenas Se assemelha à carne pecaminosa e não representa o pecado; portanto, Suas ações, atos e palavras, até o período anterior à realização de Sua obra por meio da crucificação, são todos representativos de Deus diretamente.

3 O exemplo de Jesus é suficiente para provar que qualquer homem com uma natureza pecaminosa não pode representar Deus, e o pecado do homem representa Satanás. Ou seja, o pecado não representa Deus, e Deus é sem pecado. Mesmo a obra efetuada no homem pelo Espírito Santo só pode ser considerada como tendo sido dirigida pelo Espírito Santo, e não se pode dizer que foi realizada pelo homem em nome de Deus. Mas, no que diz respeito ao homem, nem o seu pecado, nem o seu caráter representam Deus.

Adaptado de ‘O homem corrupto é incapaz de representar Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:A identidade inerente do homem e seu valor

Próximo:As intenções desprezíveis por trás da crença do homem em Deus

Conteúdo Relacionado