Palavras diárias de Deus | "O propósito de gerenciar a humanidade" | Trecho 208

Se as pessoas pudessem verdadeiramente ver com clareza a senda certa da vida humana, bem como o propósito da gestão da humanidade por Deus, elas não guardariam seu futuro e destino individuais como um tesouro em seu coração. Elas então não estariam mais interessadas em servir seus pais, que são piores que porcos e cães. O futuro e o destino do homem não são precisamente os chamados “pais” de Pedro dos dias atuais? São como carne e osso do homem. O que serão o destino e o futuro da carne exatamente? Serão ver Deus enquanto ainda estiver vivo, ou a alma se encontrar com Deus após a morte? A carne acabará amanhã em uma grande fornalha de tribulações, ou em conflagração? Perguntas tais como essas não estão preocupadas com se a carne do homem suportará infortúnio ou sofrerá notícias de maior importância com as quais qualquer um nesta corrente que tenha um cérebro e seja sensível esteja mais preocupado? (Aqui, sofrer refere-se a receber bênçãos; significa que provações futuras são benéficas para o destino do homem. Infortúnio refere-se a ser incapaz de se manter firme ou a ser enganado, ou significa que alguém deparará com situações desafortunadas e perderá a vida em meio a desastre, e que não há um destino adequado para a alma.) Embora os humanos tenham uma boa razão, talvez o que pensam não corresponda inteiramente àquilo com o qual sua razão deveria estar equipada. Isso ocorre porque todos eles estão bastante confusos e seguem as coisas cegamente. Eles todos devem ter uma compreensão completa daquilo em que devem entrar e, em particular, devem resolver no que se deve entrar durante a tribulação (isto é, durante o refinamento na fornalha), bem como com o que eles devem estar equipados durante as provações de fogo. Nem sempre sirvam seus pais (ou seja, a carne), que são como porcos e cães e são ainda piores que formigas e insetos. Para que agonizar sobre isso, pensar tanto e quebrar a cabeça? A carne não pertence a você, mas está nas mãos de Deus, que não só controla você, mas também comanda Satanás. (Isso significa que a carne originalmente pertence a Satanás. Por Satanás também estar nas mãos de Deus, só pode ser expressado dessa forma. É por isso que é mais persuasivo dizê-lo dessa maneira; sugere que os homens não estão inteiramente sob o império de Satanás, mas estão nas mãos de Deus.) Você está vivendo sob o tormento da carne — mas a carne pertence a você? Está sob seu controle? Por que se incomodar em quebrar a cabeça com isso? Por que se incomodar obsessivamente com súplicas a Deus para o bem da sua carne pútrida, que há muito foi condenada, amaldiçoada e profanada pelos espíritos impuros? Que necessidade há de sempre manter os associados de Satanás tão perto do seu coração? Você não receia que a carne poderia arruinar seu futuro atual, suas esperanças maravilhosas e o verdadeiro destino da sua vida?

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado