Palavras diárias de Deus | "Aqueles que não aprendem e não sabem nada: eles não são bestas?" | Trecho 331

Há muito tempo, vocês relegaram Meus repetidos ensinamentos ao fundo de sua mente. Vocês até os tratam como brinquedos para o seu tempo livre e sempre os consideram seu próprio “amuleto guardião”. Quando acusados por Satanás, vocês oram; quando negativos, cochilam; quando felizes, correm por aí; quando Eu os repreendo, vocês são excessivamente submissos; e quando Me deixam, riem maniacamente. Numa multidão, não há ninguém mais elevado do que você, mas você nunca se vê como o mais arrogante de todos. Vocês são sempre indescritivelmente altivos, complacentes e arrogantes. Como tais “jovens cavaleiros e moças” e “senhores e senhoras” que não sabem de nada e nunca aprendem poderiam tratar Minhas palavras como um tesouro precioso? Agora continuarei a questioná-lo: O que, exatamente, você tem aprendido com as Minhas palavras e obra ao longo de tanto tempo? Você não se tornou mais astuto em sua enganação? Mais sofisticado em sua carne? Mais casual em sua atitude para Comigo? Eu lhe digo francamente: tenho feito tanta obra, mas isso tem aumentado sua coragem, uma coragem que costumava ser como a de um rato. Sua trepidação em relação a Mim diminui a cada dia, pois sou bondoso demais e nunca penalizei sua carne usando violência; talvez você ache que estou apenas fazendo observações rudes — mas, na maioria das vezes, Eu lhe dou um sorriso e quase nunca censuro você diretamente. Além do mais, sempre perdoo sua fraqueza, e é apenas por causa disso que você Me trata como a cobra trata o bom fazendeiro. Como Eu admiro sua habilidade, a realização dos poderes observacionais do homem! Para dizer-lhe a verdade, hoje não importa se seu coração é ou não sem reverência. Não estou ansioso nem preocupado. Mas devo dizer-lhe isto: Você, “pessoa de talento”, ignorante como é e sem vontade de aprender, no fim, será derrubado por sua esperteza convencida e insignificante — você será aquele que sofre e é castigado. Eu não seria estúpido a ponto de acompanhar você enquanto você continua a sofrer no inferno, pois não sou da mesma espécie que você. Não esqueça que você é um ser criado amaldiçoado por Mim e, mesmo assim, instruído e salvo por Mim. Você não tem nada para Mim do qual Eu não quisesse Me desfazer. Sempre que opero, sou irrestrito por qualquer pessoa, ocorrência ou objeto. Minhas atitudes e opiniões em relação à humanidade sempre permaneceram iguais: Eu não gosto muito de você, pois você é um apêndice da Minha gestão, e não há nada melhor em você do que em qualquer outra coisa. Este é Meu conselho para você: lembre-se sempre de que você não é nada mais do que uma criatura de Deus! Você pode viver Comigo, mas você deveria conhecer sua identidade; não tenha uma opinião muito elevada de si mesmo. Mesmo que Eu não repreenda você ou lide com você e encare você com um sorriso, isso não prova que você é da mesma espécie que Eu; você deveria saber que é um daqueles que buscam a verdade, não a verdade em si! Você nunca deveria parar de mudar concomitantemente às Minhas palavras. Você não pode escapar disso. Eu aconselho você a tentar e aprender algo durante esse tempo maravilhoso, quando essa oportunidade rara chegar. Não Me engane; Eu não preciso que você use de bajulações para tentar Me enganar. Quando você Me busca, isso tudo não é para o Meu, mas para o seu próprio bem!

Extraído de “A Palavra manifesta em carne

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado