Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida” (João 3:36).

Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim” (João 14:6).

“Disse-lhe Felipe: Senhor, mostra-nos o Pai, […] Respondeu-lhe Jesus: […] Quem Me viu a Mim, viu o Pai; […] Eu estou no Pai, e que o Pai está em Mim” (João 14:9-10)

Eu e o Pai somos um” (João 10:30).

Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:12-13).

I. Para crer em Deus, é necessário reconhecer que Cristo é Deus que aparece na carne e que Ele é o Próprio Deus

Segundo o registro bíblico, o Espírito Santo deu testemunho de que o Senhor Jesus era o Filho amado de Deus e que também o Senhor Jesus chamou o Deus no céu de “Pai”. Assim, muitas pessoas acreditam que o Senhor Jesus é o Filho de Deus e que existe também Deus, o Pai, no céu. No entanto, o Senhor Jesus disse: “Quem Me viu a Mim, viu o Pai; […] Eu estou no Pai, e que o Pai está em Mim” (João 14:9-10) “Eu e o Pai somos um” (João 10:30). Pode-se ver, então, que existe apenas um Deus. Jesus Cristo era Deus Jeová encarnado na carne — Ele era o Próprio Deus.

Vídeos relacionados

Filme evangélico "O mistério da divindade" Trecho 3 – O mistério da encarnação de Deus

Filme evangélico "O mistério da divindade" Trecho 3 – O mistério da encarnação de Deus

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O mistério da divindade: a continuação" Trecho 6 – O Senhor Jesus é o Filho de Deus ou o Próprio Deus?

Filme evangélico "O mistério da divindade: a continuação" Trecho 6 – O Senhor Jesus é o Filho de Deus ou o Próprio Deus?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O mistério da divindade: a continuação" Trecho 2 – Como entender o Deus encarnado

Filme evangélico "O mistério da divindade: a continuação" Trecho 2 – Como entender o Deus encarnado

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O camimho para o reino dos céus é perigoso" Trecho 3 – Revelando o mistério da encarnação

Filme evangélico "O camimho para o reino dos céus é perigoso" Trecho 3 – Revelando o mistério da encarnação

Tipos de Trechos de Filmes
Melhor música gospel em português "A substância de Cristo é Deus"

Melhor música gospel em português "A substância de Cristo é Deus"

Vídeos de Hino
Melhor música gospel em português "Como conhecer a aparência e a obra de Cristo dos últimos dias"

Melhor música gospel em português "Como conhecer a aparência e a obra de Cristo dos últimos dias"

Vídeos de Hino

P&R sobre o Evangelho

RESPOSTA

II. Para acreditar em Deus, é preciso reconhecer que “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”

O Senhor Jesus disse: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:12-13). Nos últimos dias, o Senhor Jesus há muito tempo retornou na carne como a aparição do Filho do homem para fazer Sua obra e professar Suas palavras. Esse Filho do homem é Cristo dos últimos dias, o Espírito da verdade, e Ele expressa todas as verdades que julgam, purificam e salvam o homem. Essas verdades são, de fato, o caminho da vida eterna que Deus concede à humanidade, portanto, apenas aqueles que creem no Cristo que Se tornou carne nos últimos dias e aceitam o caminho da vida eterna que Ele dá ao homem obterão a vida eterna.

Palavras clássicas de Deus

Melhor música gospel em português "Um rio de água da vida"

Melhor música gospel em português "Um rio de água da vida"

Vídeos de Hino

TEXTO COMPLETO

Vídeos relacionados

Filme evangélico "Peguei o último trem" Trecho 5 – Deus Todo-Poderoso concede o caminho da vida eterna ao homem

Filme evangélico "Peguei o último trem" Trecho 5 – Deus Todo-Poderoso concede o caminho da vida eterna ao homem

Tipos de Trechos de Filmes

III. Acreditar no Senhor Jesus sem acreditar no Cristo dos últimos dias é uma crença verdadeira no Filho, e isso pode levar à vida eterna?

A Bíblia diz: “Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida” (João 3:36). A crença no Filho é uma crença no Cristo encarnado. Muitas pessoas podem perguntar: O Senhor Jesus é o Filho do homem, Ele é Cristo, e assim, acreditando no Senhor Jesus, deveríamos obter a vida eterna. Por que, então, devemos crer nas palavras e na obra de Cristo dos últimos dias antes de podermos obter a vida eterna?

Versos da Bíblia para referência

TEXTO COMPLETO

Palavras clássicas de Deus

Vídeos relacionados

Filme evangélico "Do trono flui a água da vida" Trecho 5 – Quem concede o caminho para a vida eterna ao homem?

Filme evangélico "Do trono flui a água da vida" Trecho 5 – Quem concede o caminho para a vida eterna ao homem?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "Memórias pungentes" Trecho 5 – A relação entre o julgamento nos últimos dias e a entrada no reino dos céus

Filme evangélico "Memórias pungentes" Trecho 5 – A relação entre o julgamento nos últimos dias e a entrada no reino dos céus

Tipos de Trechos de Filmes

P&R sobre o Evangelho

A palavra de Deus Todo-Poderoso diz: “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”. Eu me lembrei do que o Senhor Jesus disse uma vez: “Mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna” (João 4:14). Já sabemos que o Senhor Jesus é a fonte da água viva da vida e o caminho da vida eterna. Deus Todo-Poderoso e o Senhor Jesus seriam da mesma fonte? Suas obras e palavras são ambas do Espírito Santo? Suas obras são feitas pelo mesmo Deus?

Resposta

IV. Os fariseus judeus acreditavam apenas em Deus Jeová e não no Senhor Jesus. Eles também resistiram e condenaram o Senhor Jesus e, por isso, foram punidos e amaldiçoados por Deus. Que advertência isso nos dá?

01

Crer num Deus celestial vago e não no Cristo encarnado é fé verdadeira em Deus?

Como, exatamente, devemos acreditar em Deus? O Senhor Jesus disse: “Se não crerdes que Eu sou, morrereis em vossos pecados” (João 8:24). Lembrando os dias iniciais, os fariseus judeus acreditavam apenas num Deus celestial vago e, quando o Deus encarnado — Jesus Cristo — apareceu e realizou a Sua obra, eles não só não creram Nele, mas também resistiram a Ele e O condenaram. No fim, pregaram o Senhor Jesus na cruz e assim foram punidos e amaldiçoados por Deus. Nos últimos dias, Deus encarnou mais uma vez como a aparição do Filho do homem para realizar a Sua obra, e se as pessoas não crerem nesse Deus prático encarnado — Cristo dos últimos dias — e acreditarem apenas num Deus celestial vago, isso é fé verdadeira em Deus?

Palavras clássicas de Deus

Palavra de Deus Todo-Poderoso "Como conhecer o Deus na Terra"

Palavra de Deus Todo-Poderoso "Como conhecer o Deus na Terra"

Leituras das Palavras de Deus

TEXTO COMPLETO

Vídeos relacionados

Música cristã 2018 "A humanidade corrupta precisa da salvação do Deus encarnado"

Música cristã 2018 "A humanidade corrupta precisa da salvação do Deus encarnado"

Vídeos de Hino
Melhor música gospel "Deus em carne opera silenciosamente para salvar a humanidade"

Melhor música gospel "Deus em carne opera silenciosamente para salvar a humanidade"

Vídeos de Hino
02

Se alguém se ativer apenas às letras e regras da Bíblia em nossa crença e não buscar o caminho para ser compatível com Cristo, poderá obter a vida eterna?

Muitos crentes em Deus acreditam que a Bíblia representa Deus, que uma crença em Deus é uma crença na Bíblia e que, ao ater-se à Bíblia, eles podem obter a vida eterna. No entanto, o Senhor Jesus disse: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de Mim; mas não quereis vir a Mim para terdes vida” (João 5:39-40). Qual é o significado real dessas palavras ditas pelo Senhor Jesus? Se alguém se ativer apenas à Bíblia e não buscar o caminho para ser compatível com Cristo, poderá obter a vida eterna?

Palavras clássicas de Deus

TEXTO COMPLETO

Vídeos relacionados

Filme evangélico "Deixar a Bíblia" Trecho 2 – Podemos ganhar vida eterna nos apegando à Bíblia?

Filme evangélico "Deixar a Bíblia" Trecho 2 – Podemos ganhar vida eterna nos apegando à Bíblia?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "Divulgue o mistério da bíblia" Trecho 6 – Podemos obter vida crendo na Bíblia?

Filme evangélico "Divulgue o mistério da bíblia" Trecho 6 – Podemos obter vida crendo na Bíblia?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "Quem é meu Senhor" Trecho 5 – Cristo é a fonte da vida assim como o Senhor da Bíblia

Filme evangélico "Quem é meu Senhor" Trecho 5 – Cristo é a fonte da vida assim como o Senhor da Bíblia

Tipos de Trechos de Filmes

P&R sobre o Evangelho

A Bíblia é um testemunho da obra de Deus. Tem sido de benefício inestimável para a humanidade. Pela leitura da Bíblia, compreendemos que Deus é o Criador de todas as coisas e enxergamos as ações prodigiosas e poderosas e a onipotência de Deus. Visto que a Bíblia é um registro da palavra de Deus e testemunho do homem a Deus, não se pode receber a vida eterna pela leitura da Bíblia? Não há caminho da vida eterna na Bíblia?

Resposta
03

Quais serão as consequências se alguém se ativer apenas ao nome de Jeová e ao nome do Senhor Jesus em sua crença e não aceitar o novo nome do Senhor retornado?

Durante vários milênios, as pessoas que acreditavam em Deus acreditaram que o nome de Deus é imutável e entendiam que ater-se ao nome de Deus significa ter fé em Deus. Por que é, então, que os crentes no judaísmo se atêm apenas ao nome Jeová e não aceitam o nome do Senhor Jesus e, no entanto, são eliminados? A Bíblia profetizou que Deus teria um novo nome nos últimos dias: “E escreverei sobre ele o nome do Meu Deus, e o nome da cidade do Meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do Meu Deus, e também o Meu novo nome” (Apocalipse 3:12). Se nos ativermos apenas ao nome do Senhor Jesus e não aceitarmos o novo nome do Senhor retornado, quais serão as consequências de crermos em Deus dessa maneira?

Versos da Bíblia para referência

Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso” (Apocalipse 1:8).

Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas, e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos; e não têm descanso nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, e que é, e que há de vir” (Apocalipse 4:8).

Vídeos relacionados

Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 4 – Por que o Senhor retornado levou o nome de "Deus Todo-Poderoso"?

Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 4 – Por que o Senhor retornado levou o nome de "Deus Todo-Poderoso"?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 2 – O nome de Deus é realmente imutável?

Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 2 – O nome de Deus é realmente imutável?

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 3 – O significado do nome de Deus

Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 3 – O significado do nome de Deus

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 5 – Somente aceitando o novo nome de Deus é que se acompanha os passos do Cordeiro

Filme evangélico "O nome de Deus mudou?!" Trecho 5 – Somente aceitando o novo nome de Deus é que se acompanha os passos do Cordeiro

Tipos de Trechos de Filmes
Filme evangélico "Não se metam na minha vida" Trecho 2 – Aceitar o evangelho da segunda vinda do Senhor Jesus e ser arrebatado diante de Deus

Filme evangélico "Não se metam na minha vida" Trecho 2 – Aceitar o evangelho da segunda vinda do Senhor Jesus e ser arrebatado diante de Deus

Tipos de Trechos de Filmes

Mais conteúdos excelentes

Documentário Musical

Música gospel "Aquele que detém a soberania sobre tudo" Documentário coral gospel

Música gospel "Aquele que detém a soberania sobre tudo" Documentário coral gospel

Filmes Gospel

Filme gospel 2018 completo dublado "Fé em Deus" Revela o mistério da fé em Deus

Filme gospel 2018 completo dublado "Fé em Deus" Revela o mistério da fé em Deus

Filmes Gospel

Filme gospel completo dublado 2018 "Do trono flui a água da vida" Como obter o caminho para a vida eterna

Filme gospel completo dublado 2018 "Do trono flui a água da vida" Como obter o caminho para a vida eterna

Coral Gospel

Música gospel – Deus veio, Deus reinou "18ª apresentação do coral evangélico Chinês" Coral gospel

Música gospel – Deus veio, Deus reinou "18ª apresentação do coral evangélico Chinês" Coral gospel

Vídeos de Hino

Música gospel de 2019 "O Hino do Reino (II) Deus chegou, Deus é Rei"

Música gospel de 2019 "O Hino do Reino (II) Deus chegou, Deus é Rei"

Drama Musical

Teatro musical gospel "Toda nação adora a Deus Todo-Poderoso" Acolhendo alegremente o retorno do Senhor

Teatro musical gospel "Toda nação adora a Deus Todo-Poderoso" Acolhendo alegremente o retorno do Senhor

A Bíblia diz que, depois que o Senhor Jesus foi batizado, o céu se abriu, o Espírito Santo desceu sobre o Senhor Jesus em forma de pomba, e uma voz disse: “Este é o Meu Filho amado, em quem Me comprazo” (Mateus 3:17). E todos nós crentes reconhecemos que o Senhor Jesus é Cristo, o Filho de Deus. Vocês já testemunharam que o Cristo encarnado é a manifestação de Deus, que o Senhor Jesus é o Próprio Deus e Deus Todo-Poderoso também é o Próprio Deus. Isso difere do nosso entendimento anterior. O Cristo encarnado é o Próprio Deus ou o Filho de Deus? As duas situações parecem razoáveis e estão de acordo com a Bíblia. Portanto, qual entendimento está correto?

"Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. O Cristo real não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem.de “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”"Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. O Cristo real não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem."de “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”

"O Filho do homem encarnado expressou a divindade de Deus através de Sua humanidade e transmitiu a vontade de Deus para a humanidade. E através da expressão da vontade e do caráter de Deus, Ele também revelou às pessoas o Deus que não pode ser visto ou tocado no reino espiritual. O que as pessoas viram foi o Próprio Deus, tangível e em carne e osso. Assim, o Filho do homem encarnado tornou coisas como a identidade, o status, a imagem e o caráter do Próprio Deus e o que Ele tem e é concretas e humanizadas. Embora a aparência externa do Filho do homem tivesse algumas limitações em relação à imagem de Deus, Sua essência e o que Ele tem e é eram plenamente capazes de representar a identidade e o status do Próprio Deus — havia apenas algumas diferenças na forma de expressão."

"O caminho da vida não é algo que qualquer pessoa possa ter nem é fácil de ser obtido por todos. Isso é porque a vida só pode vir de Deus, o que quer dizer, somente o Próprio Deus possui a substância de vida, não há caminho de vida sem o Próprio Deus e assim só Deus é a fonte de vida e o manancial inesgotável de água viva da vida. Desde que criou o mundo, Deus tem feito muita obra envolvendo a vitalidade da vida, tem feito muita obra que traz vida ao homem e tem pagado um grande preço para o homem poder ganhar vida, pois o Próprio Deus é vida eterna e Ele é o caminho pelo qual o homem é ressuscitado. Deus nunca está ausente do coração do homem e vive em todos os momentos entre os homens. Ele tem sido a força impulsionadora da vida do homem, o fundamento da existência humana e um rico depósito para a existência do homem após o nascimento. Ele faz o homem renascer e o capacita a viver obstinadamente em cada um de seus papéis. Graças ao poder Dele e à Sua inextinguível força vital, o homem tem vivido geração após geração, ao longo das quais o poder de vida de Deus foi o esteio da existência humana e pelas quais Deus tem pagado um preço que nenhum homem comum jamais pagou. A força de vida de Deus pode prevalecer sobre qualquer poder; além do mais, ela ultrapassa qualquer poder. Sua vida é eterna; Seu poder, extraordinário, e Sua força vital não é facilmente vencida por qualquer ser criado ou força inimiga. A força de vida de Deus existe e fulgura em seu brilhante esplendor, independentemente de tempo ou lugar. A vida de Deus permanece eternamente inalterada durante as comoções do céu e da terra. Todas as coisas passam, mas a vida de Deus ainda permanece porque Deus é a fonte e a raiz da existência de todas as coisas. A vida do homem se origina de Deus, a existência do céu se deve a Deus, e a existência da terra provém do poder de vida de Deus. Nenhum objeto possuidor de vitalidade pode transcender a soberania de Deus, e coisa alguma com vigor pode se separar do âmbito da autoridade de Deus. Desse modo, todos, sejam quem forem, devem submeter-se ao domínio de Deus, todos devem viver sob o comando de Deus, e ninguém pode escapar do Seu controle."

"O Próprio Deus é vida e a verdade, e Sua vida e verdade coexistem. Aqueles que são incapazes de ganhar a verdade nunca ganharão vida. Sem a orientação, o apoio e provisão da verdade, você ganhará apenas letras e doutrinas e, além disso, morte. A vida de Deus está sempre presente, e Sua verdade e vida coexistem. Se você não pode achar a fonte de verdade, não ganhará o alimento de vida; se você não pode ganhar a provisão de vida, certamente não terá verdade alguma e, assim, para além de imaginações e concepções, a totalidade do seu corpo será nada além de carne, sua carne fétida. Saiba que as palavras de livros não contam como vida, os registros da história não podem ser celebrados como a verdade, e as doutrinas do passado não podem servir como relato das palavras faladas atualmente por Deus. Só o que é expressado por Deus quando Ele vem para a terra e vive entre os homens é a verdade, vida, vontade de Deus e Seu atual modo de operar. Se você aplica à atualidade os registros das palavras ditas por Deus nas eras passadas, você é um arqueólogo, e a melhor forma de descrevê-lo é como especialista em herança histórica. Isso porque você sempre acredita em vestígios da obra feita por Deus em tempos passados, acredita apenas na sombra que ficou de Deus quando Ele operou anteriormente entre os homens e só acredita no caminho que Deus deu aos Seus seguidores em tempos anteriores. Você não acredita na direção da obra de Deus hoje, não acredita no glorioso semblante de Deus hoje e não acredita no caminho de verdade atualmente expressado por Deus. E assim você é inegavelmente um sonhador que está completamente desconectado da realidade. Se agora você ainda se apega a palavras incapazes de levar vida ao homem, você é um galho seco inútil,[a] pois é conservador demais, intratável demais, excessivamente impermeável à razão!"

"Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela qual o homem ganhará vida e a única senda pela qual o homem há de conhecer Deus e ser aprovado por Deus. Se você não busca o caminho de vida providenciado por Cristo dos últimos dias, jamais ganhará a aprovação de Jesus e nunca estará qualificado para adentrar a porta do reino dos céus, pois é tanto um fantoche quanto um prisioneiro da história. As pessoas controladas por regulamentos, por letras, e agrilhoadas pela história jamais serão capazes de ganhar vida e de ganhar o caminho perpétuo de vida. Isso porque tudo o que elas têm é água suja à qual se agarraram por milhares de anos em vez da água de vida que flui do trono. Aqueles que não são abastecidos de água de vida continuarão a ser cadáveres para sempre, brinquedos de Satanás e filhos do inferno. Como, então, podem contemplar Deus? Se você só tenta se agarrar ao passado, se só tenta manter as coisas do jeito que estão ficando parado e não tenta mudar o status quo e descartar a história, não estará sempre contra Deus? Os passos da obra de Deus são vastos e poderosos, como vagalhões e trovões encapelados — ainda assim você senta e espera a destruição passivamente, persistindo na sua tolice e fazendo nada. Desse modo, como você pode ser considerado alguém que segue os passos do Cordeiro? Como você pode justificar o Deus ao qual você se apega como um Deus que é sempre novo e nunca velho? E como as palavras de seus livros amarelados podem transportá-lo para uma nova era? Como elas podem levá-lo a buscar os passos da obra de Deus? E como podem elevá-lo aos céus? O que você tem em suas mãos são as letras que só podem providenciar conforto passageiro, não as verdades capazes de dar vida. As escrituras que você lê são aquelas que só podem enriquecer sua língua, não palavras de sabedoria capazes de ajudar você a conhecer a vida humana, muito menos as sendas que podem levá-lo à perfeição. Essa discrepância não lhe dá motivo para reflexão? Ela não lhe permite compreender os mistérios contidos no interior? Você é capaz de, por si próprio, levar a si mesmo ao céu para encontrar Deus? Sem a vinda de Deus, você pode levar a si mesmo ao céu para desfrutar a felicidade de família com Ele? Você ainda está sonhando agora? Então, Eu sugiro que pare de sonhar e olhe para quem está operando agora, para quem está realizando a obra de salvar o homem nos últimos dias. Se não o fizer, você jamais ganhará a verdade e jamais ganhará a vida."de “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”

A palavra de Deus Todo-Poderoso diz: “Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna”. Eu me lembrei do que o Senhor Jesus disse uma vez: “Mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna” (João 4:14). Já sabemos que o Senhor Jesus é a fonte da água viva da vida e o caminho da vida eterna. Deus Todo-Poderoso e o Senhor Jesus seriam da mesma fonte? Suas obras e palavras são ambas do Espírito Santo? Suas obras são feitas pelo mesmo Deus?

E, se alguém ouvir as Minhas palavras, e não as guardar, Eu não o julgo; pois Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:47-48).

Porque o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o julgamento” (João 5:22).

"Embora Jesus tenha feito muita obra entre os homens, Ele apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelo pecado dos homens e não livrou o homem de todo o seu caráter corrupto. Salvar o homem plenamente da influência de Satanás não exigiu apenas que Jesus tomasse os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu que Deus fizesse uma obra maior para livrar o homem completamente de seu caráter, que foi corrompido por Satanás. E assim, depois que os pecados do homem foram perdoados, Deus voltou para a carne para guiar o homem até a nova era e começou a obra do castigo e julgamento, e essa obra tem trazido o homem a um reino superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio desfrutará de uma verdade maior e receberá bênçãos maiores. Eles viverão verdadeiramente na luz e ganharão a verdade, o caminho e a vida."de “Somente aquele que experimenta a obra de Deus verdadeiramente crê em Deus”

"A obra dos últimos dias é proferir palavras. Grandes mudanças podem ser efetuadas no homem por meio das palavras. As mudanças ora efetuadas nessas pessoas, na aceitação dessas palavras, são muito maiores do que as efetuadas nas pessoas na aceitação dos sinais e maravilhas da Era da Graça. Pois, na Era da Graça, os demônios eram expulsos do homem com a imposição das mãos e pela oração, mas os caracteres corruptos dentro do homem ainda permaneciam. O homem foi curado de sua doença e teve seus pecados perdoados, mas quanto a como exatamente o homem seria purificado dos caracteres satânicos corruptos dentro dele, essa obra ainda estava por ser feita. O homem foi apenas salvo e teve seus pecados perdoados por sua fé, mas a natureza pecaminosa do homem não foi extirpada e ainda permaneceu dentro dele. Os pecados do homem foram perdoados por meio da agência do Deus encarnado, mas isso não significa que o homem não tenha mais pecado dentro de si. Os pecados do homem podiam ser perdoados através da oferta pelo pecado, mas quanto a como exatamente se pode fazer o homem não pecar mais, e como sua natureza pecaminosa pode ser extirpada completamente e transformada, ele não tem como resolver esse problema. Os pecados do homem foram perdoados, e isso foi por causa da obra da crucificação de Deus, mas o homem continuou a viver no caráter satânico corrupto antigo. Sendo assim, o homem deve ser completamente salvo de seu caráter satânico corrupto para que a natureza pecaminosa do homem seja completamente extirpada para nunca mais se desenvolver, permitindo, assim, que o caráter do homem seja transformado. Isso requer que o homem entenda a senda do crescimento na vida, entenda o caminho da vida e entenda o caminho para mudar seu caráter. Além disso, requer que o homem aja de acordo com essa senda, para que o caráter do homem possa ser mudado paulatinamente e que ele possa viver sob o brilho da luz, para que tudo o que ele faça esteja de acordo com a vontade de Deus, para que ele possa eliminar o seu caráter satânico corrupto e para que possa libertar-se da influência das trevas de Satanás, emergindo, assim, completamente do pecado. Só então o homem receberá a salvação completa. Quando Jesus estava fazendo Sua obra, o conhecimento do homem sobre Ele ainda era vago e obscuro. O homem sempre acreditou que Ele era o filho de Davi e proclamou que Ele era um grande profeta, o benevolente Senhor que redimiu os pecados do homem. Alguns, na força de sua fé, foram curados só por tocar a borda de Suas vestes; o cego podia enxergar e até mesmo os mortos podiam ser trazidos de volta à vida. No entanto, o homem era incapaz de descobrir o caráter satânico corrupto profundamente enraizado dentro de si mesmo, nem sabia como eliminá-lo. O homem recebeu muita graça, tal como a paz e a felicidade da carne, a fé de um membro trazendo a bênção para toda uma família, a cura de doenças, e assim por diante. O restante foram as boas ações do homem e sua aparência piedosa; se o homem fosse capaz de viver baseado nisso, ele era considerado um crente aceitável. Somente crentes desse tipo poderiam entrar no Céu após a morte, o que significa que estavam salvos. Mas, durante o tempo de sua vida, não entenderam nada do caminho da vida. Tudo o que faziam era cometer pecados e então confessá-los em um ciclo constante, sem criar nenhuma senda para a mudança de seu caráter: tal era a condição do homem na Era da Graça. O homem recebeu a salvação completa? Não! Portanto, depois da conclusão desse estágio, ainda restava a obra de julgamento e castigo. Esse estágio é para tornar o homem puro por meio da palavra e, desse modo, dar ao homem uma senda para seguir. Esse estágio não seria frutífero ou significativo se continuasse com a expulsão de demônios, pois falharia em extirpar a natureza pecaminosa do homem, e o homem chegaria a uma paralização no perdão dos pecados. Através da oferta pelo pecado, o homem foi perdoado por seus pecados, pois a obra da crucificação já chegou ao fim e Deus prevaleceu sobre Satanás. Mas o caráter corrupto do homem ainda permanece dentro dele, o homem ainda pode pecar e resistir a Deus, e Deus não ganhou a humanidade. É por isso que neste estágio da obra, Deus utiliza a palavra para revelar o caráter corrupto do homem e fazer com que ele pratique de acordo com a senda correta. Este estágio é mais significativo do que o anterior e mais frutífero também, pois agora é a palavra que supre diretamente a vida do homem e permite que o caráter do homem seja completamente renovado; é uma etapa mais completa de obra. Portanto, a encarnação nos últimos dias completou o significado da encarnação de Deus e concluiu por completo o plano de gestão de Deus para a salvação do homem."de “O mistério da encarnação (4)”

"Aqueles que forem capazes de permanecer firmes durante a obra de julgamento e castigo por Deus ao longo dos últimos dias — quer dizer, durante a obra final de purificação — serão aqueles que entrarão no estado final de descanso junto com Deus. Portanto, os que entrarão no descanso terão, todos eles, se libertado da influência de Satanás e terão sido obtidos por Deus apenas depois de terem sido submetidos à Sua obra final de purificação. Essas pessoas que terão sido finalmente obtidas por Deus entrarão no descanso final. A essência da obra divina de castigo e julgamento é a purificação da humanidade e se destina ao dia do descanso final. Caso contrário, a humanidade como um todo não será capaz de seguir seus próprios semelhantes nem de entrar no descanso. Esta obra é o único caminho da humanidade para entrar no descanso. Somente a obra de depuração feita por Deus purificará a humanidade de sua iniquidade, e somente Sua obra de castigo e julgamento trará para a luz aquelas coisas desobedientes em meio à humanidade, separando, dessa maneira, os que podem ser salvos dos que não podem ser salvos, os que permanecerão dos que não permanecerão. Quando findar Sua obra, os que permanecerem serão purificados e desfrutarão de uma segunda vida humana mais maravilhosa sobre a terra, ao adentrarem um reino mais elevado de humanidade. Em outras palavras, entrarão no dia do descanso da humanidade e viverão junto com Deus."de “Deus e o homem entrarão em descanso juntos”

"A chegada do Deus encarnado dos últimos dias trouxe um fim à Era da Graça. Ele veio principalmente para proferir Suas palavras, para usar palavras para tornar o homem perfeito, iluminar e esclarecer o homem, e remover o lugar do Deus vago dentro do coração do homem. Esta não é a etapa da obra que Jesus realizou quando Ele veio. Quando Jesus veio, realizou muitos milagres, curou enfermos e expulsou demônios, e realizou a obra da redenção da crucificação. Como consequência, em suas concepções, o homem acredita que é assim que Deus deveria ser. Pois, quando Jesus veio, Ele não realizou a obra de remover a imagem do Deus vago do coração do homem; quando Ele veio, foi crucificado, curou os doentes e expulsou demônios, e difundiu o evangelho do reino dos céus. Em um aspecto, a encarnação de Deus nos últimos dias remove o lugar ocupado pelo Deus vago nas concepções do homem, de modo que não existe mais a imagem do Deus vago no coração do homem. Através de Suas palavras reais e obra real, Seu movimento por todas as terras e a obra excepcionalmente real e normal que Ele realiza entre os homens, Ele faz com que o homem conheça a realidade de Deus e remove o lugar do Deus vago no coração do homem. Em outro aspecto, Deus usa as palavras ditas por Sua carne para tornar o homem completo e realizar todas as coisas. Esta é a obra que Deus realizará nos últimos dias."de “Conhecer a obra de Deus hoje”

"Pois Deus não olha para trás na história! E assim, se você apenas entender a Bíblia e não entender nada da obra que Deus pretende realizar hoje, e se você acredita em Deus, mas não busca a obra do Espírito Santo, você não entende o que significa procurar Deus. Se você lê a Bíblia para estudar a história de Israel, para pesquisar a história da criação de Deus de todos os céus e da terra, então, você não acredita em Deus. Mas, hoje, uma vez que você acredita em Deus e persegue a vida, uma vez que você busca o conhecimento de Deus e não persegue letras e doutrinas mortas, nem um entendimento da história, você deve procurar tanto a vontade de Deus de hoje como a direção da obra do Espírito Santo. Se fosse um arqueólogo, você poderia ler a Bíblia — mas você não é, você é um daqueles que acreditam em Deus e seria melhor buscar a vontade de Deus de hoje."de “A respeito da Bíblia (4)”

"Eles não prestam atenção em Minha existência nem nas Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras e muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja previsto pelas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada às Escrituras. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia, e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Tais pessoas não são os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Antigo Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? "de"Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo"

"Tenho realizado muita obra entre os homens e as palavras que tenho expressado durante esse tempo foram inúmeras. Tais palavras são para o bem da salvação do homem e foram expressas para que o homem possa se tornar compatível Comigo. Porém, ganhei apenas algumas pessoas na terra que são compatíveis Comigo e assim digo que o homem não valoriza Minhas palavras, pois o homem não é compatível Comigo. Dessa forma, a obra que realizo não é simplesmente para que o homem possa Me adorar, mas é, acima de tudo, para que o homem possa ser compatível Comigo. As pessoas, que foram corrompidas, todas vivem na cilada de Satanás, vivem na carne, vivem em desejos egoístas, e não há uma delas sequer que seja compatível Comigo. Há aqueles que dizem ser compatíveis Comigo, mas todos adoram ídolos vagos. Embora reconheçam Meu nome como santo, eles trilham um caminho em direção contrária a Mim, e suas palavras são repletas de arrogância e autoconfiança, porque, em sua raiz, todos eles são contra Mim e incompatíveis Comigo. Todos os dias eles buscam vestígios de Mim na Bíblia e de forma aleatória encontram passagens “adequadas”, que leem incessantemente, que recitam como escrituras. Eles não sabem como ser compatíveis Comigo, nem sabem o que significa estar em inimizade Comigo e simplesmente leem as Escrituras às cegas. Eles limitam à Bíblia um Deus vago que nunca viram e que são incapazes de ver, de tirar dali para contemplar durante o tempo que têm livre. Eles acreditam em Minha existência apenas no escopo da Bíblia. Para eles, Sou o mesmo que a Bíblia; sem a Bíblia Eu não existo e sem Mim não há Bíblia. Eles não prestam atenção em Minha existência nem nas Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras e muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja previsto pelas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada às Escrituras. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia, e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Tais pessoas não são os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Antigo Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? Não era que eles não buscavam o caminho da compatibilidade com a verdade? Eram obcecados por toda e qualquer palavra das Escrituras, sem, no entanto, prestar atenção na Minha vontade, nas etapas e nos métodos da Minha obra. Eles não eram pessoas que buscavam a verdade, mas um povo que seguia rigorosamente as palavras das Escrituras; não eram pessoas que acreditavam em Deus, mas um povo que acreditava na Bíblia. Eram, em essência, os cães de guarda da Bíblia. A fim de salvaguardar os interesses da Bíblia, de preservar a dignidade e proteger a reputação da Bíblia, chegaram a ponto de pregar o misericordioso Jesus na cruz. Fizeram isso simplesmente para defender a Bíblia, para manter a posição de toda e qualquer palavra da Bíblia no coração das pessoas. Então, preferiram renunciar ao futuro e à oferta pelo pecado para condenar Jesus, que não Se adaptava à doutrina das Escrituras, à morte. Eles não eram lacaios de toda e qualquer palavra das Escrituras?E quanto às pessoas de hoje? Cristo veio para liberar a verdade, mas elas prefeririam expulsá-Lo de entre os homens a fim de ganhar a entrada no céu e receber a graça. Elas prefeririam negar completamente a vinda da verdade a fim de salvaguardar os interesses da Bíblia e prefeririam mais uma vez pregar na cruz o Cristo que retornou na carne a fim de assegurar a existência eterna da Bíblia. Como o homem pode receber a Minha salvação, quando o seu coração é tão malicioso e a sua natureza é tão antagônica a Mim? Vivo entre os homens, mas o homem não sabe da Minha existência. Quando faço brilhar Minha luz sobre o homem, ele ainda permanece ignorante da Minha existência. Quando Eu desencadeio a Minha ira sobre o homem, ele nega a Minha existência com ainda mais vigor. O homem busca compatibilidade com as palavras, com a Bíblia, porém nem uma só pessoa vem a Mim para buscar o caminho da compatibilidade com a verdade. O homem olha para Mim no céu e devota particular interesse pela Minha existência ali, porém ninguém se importa Comigo na carne, pois Eu, que vivo entre os homens, sou simplesmente insignificante demais. Aqueles que só buscam a compatibilidade com as palavras da Bíblia, que só buscam a compatibilidade com um Deus vago, são uma visão desprezível para Mim, pois o que eles adoram são palavras mortas e um Deus capaz de lhes dar tesouros incontáveis. O que eles adoram é um Deus que se coloca à mercê do homem e que não existe. O que, então, tais pessoas podem obter de Mim? O homem é simplesmente desprezível demais para se expressar em palavras. Aqueles que estão contra Mim, que Me fazem exigências sem limites, que não têm amor pela verdade, que são rebeldes em relação a Mim, como eles poderiam ser compatíveis Comigo?Aqueles que estão contra Mim são os que não são compatíveis Comigo. Assim também aqueles que não amam a verdade e os que se rebelam contra Mim são ainda mais contrários a Mim e incompatíveis Comigo. Todos aqueles que não são compatíveis Comigo Eu entrego nas mãos do maligno. Eu os abandono à corrupção do maligno, dou-lhes rédeas soltas para revelarem sua maleficência e por fim os lego ao maligno para serem devorados. Não Me importo com quantas pessoas Me adoram, isto é, não Me importo com quantas pessoas acreditam em Mim. Tudo que Me interessa são quantas pessoas compatíveis Comigo. Isso porque todos os que não são compatíveis Comigo são malignos que Me traem; eles são Meus inimigos e Eu não irei “consagrar” Meus inimigos em Minha casa. Aqueles que são compatíveis Comigo irão Me servir para sempre em Minha casa e aqueles que se colocam em inimizade Comigo irão sofrer a Minha punição para sempre. Aqueles que só se importam com as palavras da Bíblia, que não estão preocupados com a verdade ou em buscar Minhas pegadas, estes estão contra Mim, pois Me limitam de acordo com a Bíblia e Me limitam à Bíblia; portanto, são blasfemos ao extremo para Comigo. Como tais pessoas poderiam vir a Mim? Elas não prestam atenção nas Minhas obras, nem na Minha vontade, nem na verdade; ao contrário, são obsessivas em relação às palavras, palavras que matam. Como tais pessoas poderiam ser compatíveis Comigo?Tenho expressado muitas palavras e também expressado a Minha vontade e o Meu caráter; mesmo assim, as pessoas ainda são incapazes de Me conhecer e de acreditar em Mim. Ou se poderia dizer que elas ainda são incapazes de Me obedecer. Aqueles que vivem na Bíblia, aqueles que vivem em meio à lei, aqueles que vivem na cruz, aqueles que vivem de acordo com a doutrina, aqueles que vivem entre as obras que realizo hoje — quem deles é compatível Comigo? Vocês só pensam em receber bênçãos e recompensas e jamais dispensaram um pensamento sobre como ser compatíveis Comigo ou como evitar entrar em inimizade contra Mim. Estou muito desapontado com vocês, pois lhes dei tanto e ganhei tão pouco de vocês. Sua enganação, sua arrogância, sua ganância, suas vontades extravagantes, sua traição, sua desobediência — qual delas poderia passar despercebida a Mim? Vocês brincam Comigo, vocês Me tapeiam, Me insultam, Me enganam, Me coagem, Me extorquem por sacrifícios — como tal maleficência poderia escapar à Minha punição? Sua maldade é prova de sua inimizade contra Mim e é prova de sua incompatibilidade Comigo. Cada um de vocês acredita ser bem compatível Comigo, mas, se assim fosse, a quem tal evidência irrefutável se aplicaria? Vocês acreditam que possuem a máxima sinceridade e lealdade a Mim. Vocês pensam que são tão bondosos, tão compassivos e que devotaram tanto a Mim. Vocês acham que fizeram o suficiente por Mim. Mas vocês já compararam tais crenças com o próprio comportamento? Digo que vocês são muito arrogantes, muito gananciosos, muito superficiais; os truques com os quais vocês Me enganam são muito engenhosos, vocês têm muitas intenções e métodos desprezíveis. Sua lealdade é escassa demais, sua seriedade é irrisória demais e a sua consciência é ainda mais deficiente. Há malícia demais no coração de vocês e ninguém está isento dela, nem mesmo Eu. Vocês Me excluem por causa de seus filhos, ou do seu marido, ou da própria autopreservação. Em vez de se importarem Comigo, vocês se importam com a sua família, com os filhos, com o status, o futuro e a própria gratificação. Quando vocês já pensaram em Mim ao falar ou ao agir? Quando o tempo está frio, seus pensamentos se voltam para seus filhos, seu marido, sua esposa ou seus pais. Quando o tempo está quente, Eu também não tenho lugar em seus pensamentos. Ao cumprir o seu dever, você está pensando nos próprios interesses, na própria segurança pessoal, nos membros de sua família. O que você já fez que tenha sido para Mim? Quando você já pensou em Mim? Quando você já se devotou, a qualquer custo, a Mim e à Minha obra? Onde está a prova da sua compatibilidade Comigo? Onde está a realidade da sua lealdade a Mim? Onde está a realidade da sua obediência a Mim? Quando suas intenções não foram em prol de ganhar Minhas bênçãos? Vocês zombam de Mim e Me enganam, vocês brincam com a verdade, encobrem a existência da verdade e traem a substância da verdade. Vocês colocam a si mesmos em tal inimizade Comigo; então, o que os aguarda no futuro? Vocês buscam simplesmente a compatibilidade com um Deus vago, buscam simplesmente uma crença vaga, mas não são compatíveis com Cristo. A maleficência de vocês não irá receber a mesma retribuição que os perversos merecem? Naquele tempo, vocês irão perceber que ninguém que seja incompatível com Cristo pode escapar do dia da ira, vocês irão descobrir que espécie de retribuição será forjada àqueles que estiverem em inimizade com Cristo. Quando esse dia chegar, o sonho de serem abençoados por sua crença em Deus, de poderem entrar no céu, será todo despedaçado. No entanto, isso não ocorrerá com os que forem compatíveis com Cristo. Embora tenham perdido muito, embora tenham sofrido muita adversidade, eles irão receber toda a herança que Eu irei legar à humanidade. Por fim, vocês irão entender que somente Eu sou o Deus justo e que somente Eu sou capaz de levar a humanidade a seu lindo destino."

"A obra que Jesus fez representou o nome de Jesus e representou a Era da Graça; quanto à obra feita por Jeová, ela representava a Jeová e representava a Era da Lei. Sua obra foi a obra de um Espírito em duas eras diferentes. […] Embora fossem chamados por dois nomes diferentes, foi o mesmo Espírito que realizou ambos os estágios das obras, e a obra que foi feita foi contínua. Como o nome era diferente e o conteúdo da obra era diferente, a era era diferente. Quando Jeová chegou, aquela foi a era de Jeová, e quando Jesus veio, aquela foi a era de Jesus. Assim, a cada vinda, Deus é chamado por um nome, Ele representa uma era e Ele abre um novo caminho; e em cada novo caminho, Ele assume um novo nome, que mostra que Deus é sempre novo e nunca velho, e que Sua obra nunca deixa de progredir. A história está sempre seguindo em frente, e a obra de Deus está sempre seguindo em frente. Para que Seu plano de gestão de seis mil anos chegue ao fim, ele deve continuar avançando. Cada dia Ele deve fazer uma nova obra, a cada ano Ele deve fazer uma nova obra; Ele deve abrir novos caminhos, deve lançar novas eras, começar uma obra nova e maior e, junto com elas, trazer novos nomes e novas obras."de “A visão da obra de Deus (3)”

"Assim, quando a era final, a era dos últimos dias, chegar, Meu nome irá mudar novamente. Não serei chamado de Jeová, nem de Jesus, e menos ainda de Messias, mas serei chamado de o Próprio Deus Todo-Poderoso e forte, e sob tal nome porei fim a toda a era. Já fui conhecido como Jeová. Também já fui chamado de Messias, e as pessoas uma vez Me chamaram de Jesus, o Salvador, porque elas Me amavam e respeitavam. Mas hoje não sou o Jeová ou o Jesus que as pessoas conheceram nos tempos passados; sou o Deus que voltou nos últimos dias, o Deus que irá colocar fim a esta era. Sou o Próprio Deus que Se ergue nos confins da terra, repleto de todo o Meu caráter e pleno de autoridade, honra e glória. As pessoas nunca se envolveram Comigo, nunca Me conheceram e sempre foram ignorantes de Meu caráter. Desde a criação do mundo até hoje, nem uma só pessoa Me viu. Este é o Deus que aparece ao homem durante os últimos dias, mas que está oculto entre os homens. Ele reside entre os homens, verdadeiro e real, como o sol que arde e o fogo que flameja, cheio de poder e transbordante de autoridade. Não há uma única pessoa ou coisa que não vá ser julgada por Minhas palavras, e nem uma única pessoa ou coisa que não irá ser purificada pelo fogo ardente. Por fim, todas as nações serão abençoadas por causa de Minhas palavras, e também esmagadas em pedaços por causa de Minhas palavras. Assim, todas as pessoas durante os últimos dias irão ver que Eu sou o Salvador que voltou, Eu sou o Deus Todo-Poderoso que conquista toda a humanidade, e uma vez Eu fui a oferta pelo pecado para o homem, mas nos últimos dias, Eu também Me torno as chamas do sol que queima todas as coisas, bem como o Sol da justiça que revela todas as coisas. Tal é a Minha obra dos últimos dias. Eu assumi este nome e possuo deste caráter para que todas as pessoas possam ver que Eu sou um Deus justo, e sou o sol que arde e o fogo que flameja. Assim é para que todos possam Me adorar, o único Deus verdadeiro, e assim é para que possam ver Minha verdadeira face: não sou apenas o Deus dos israelitas e não sou apenas o Redentor; Eu sou o Deus de todas as criaturas no céu, na terra e no mar."de “O Salvador já voltou sobre uma ‘nuvem branca’”

"Se o homem crê em Deus, deve seguir de perto as pegadas de Deus, passo a passo; deve “seguir o Cordeiro aonde quer que Ele vá”. Somente essas pessoas buscam o caminho verdadeiro, somente elas conhecem a obra do Espírito Santo. As pessoas que obedecem servilmente a letras e doutrinas são aquelas que foram eliminadas pela obra do Espírito Santo. A cada nova era, Deus iniciará uma nova obra, e em cada era haverá um novo começo entre os homens. Se o homem simplesmente adere às verdades de que “Jeová é Deus” e “Jesus é Cristo”, que são verdades que se aplicam somente a uma única era, nunca conseguirá acompanhar a obra do Espírito Santo e será sempre incapaz de ganhar a obra do Espírito Santo. Seja com for que Deus realize Sua obra, o homem O segue sem a menor hesitação, e de perto. Desse modo, como pode o homem ser eliminado pelo Espírito Santo? Não importa o que Deus faça, contanto que o homem tenha certeza de que é a obra do Espírito Santo e colabore com a obra do Espírito Santo sem duvidar, e procure cumprir as exigências de Deus, como poderá ser punido? A obra de Deus nunca cessou, Seus passos nunca pararam, e antes da conclusão de Sua obra de gerenciamento Ele esteve sempre ocupado e nunca para. Mas o homem é diferente: tendo ganhado apenas uma ínfima parcela da obra do Espírito Santo, ele a trata como se nunca mais mudará; tendo adquirido um pouco de conhecimento, ele não segue os passos da obra mais atual de Deus; tendo visto apenas um pouco da obra de Deus, ele imediatamente determina que Deus é uma certa figura de madeira e crê que Deus permanecerá para sempre nessa forma que ele vê diante de si, que foi assim no passado e assim será para sempre; tendo adquirido um conhecimento apenas superficial, o homem se sente tão orgulhoso que perde o autocontrole e começa a proclamar arbitrariamente um caráter e essência de Deus que simplesmente não existem; e tendo se tornado certo sobre um estágio da obra do Espírito Santo, seja quem for que proclame a nova obra de Deus, o homem não a aceita. Essas são pessoas que não conseguem aceitar a nova obra do Espírito Santo; são conservadoras demais e incapazes de aceitar coisas novas. Tais pessoas creem em Deus, mas também rejeitam Deus. O homem acha que os israelitas estavam errados por “crer somente em Jeová e não crer em Jesus”, mas a maioria das pessoas desempenha um papel no qual “creem somente em Jeová e rejeitam Jesus” e “anseiam pelo retorno do Messias, mas se opõem ao Messias que se chama Jesus”. Assim, não é por menos que as pessoas ainda vivam sob o império de Satanás depois de aceitarem uma etapa da obra do Espírito Santo, e ainda não tenham recebido as bênçãos de Deus. Não é isso o resultado da rebeldia do homem? […] Somente aqueles que seguem as pegadas do Cordeiro até o fim podem ganhar a bênção final, ao passo que as “pessoas espertas”, que são incapazes de seguir até o fim e ainda assim creem que conquistaram tudo, são incapazes de testemunhar a aparição de Deus. Acreditam que são as pessoas mais espertas do mundo e interrompem o desenvolvimento constante da obra de Deus sem razão alguma, e parecem ter certeza absoluta de que Deus as levará para o céu, elas que “têm a máxima lealdade a Deus, seguem Deus e obedecem às palavras de Deus”. Embora tenham “máxima lealdade” às palavras ditas por Deus, ainda assim suas palavras e ações parecem repugnantes, pois elas se opõem à obra do Espírito Santo, são desonestas e cometem o mal. Aqueles que não seguem até o fim, que não acompanham a obra do Espírito Santo e se apegam à obra antiga não só fracassaram em sua lealdade a Deus, como, pelo contrário, se tornaram aqueles que se opõem a Deus, aqueles que são rejeitados pela nova era e que serão punidos. Há outros mais lamentáveis do que eles? Muitos até creem que todos que rejeitam a lei antiga e aceitam a nova obra não têm consciência. Essas pessoas, que falam apenas de “consciência” e não conhecem a obra do Espírito Santo, no fim das contas terão suas perspectivas interrompidas por suas próprias consciências. A obra de Deus não obedece a doutrinas, e embora a obra seja Sua, mesmo assim Deus não se apega a ela. O que deve ser negado é negado, o que deve ser eliminado é eliminado. No entanto, o homem assume uma posição de inimizade com Deus ao se apegar a apenas uma pequena parte da obra de gerenciamento de Deus. Isso não mostra o absurdo do homem? Não mostra a ignorância do homem? Quanto mais são tímidas e excessivamente cautelosas forem as pessoas por medo de não receber as bênçãos de Deus, mais incapazes são de ganhar bênçãos maiores e de receber a bênção final. Aqueles que obedecem servilmente à lei demonstram a máxima lealdade à lei, e quanto mais demonstram tal lealdade à lei, mais se tornam rebeldes que se opõem a Deus. Pois a era atual é a Era do Reino e não a Era da Lei e a obra de hoje não pode ser comparada à obra do passado, e a obra do passado não pode ser comparada à obra de hoje. A obra de Deus mudou e a prática do homem também; não consiste mais em se apegar à lei ou suportar a cruz. Assim, a lealdade à lei e à cruz não ganhará a aprovação de Deus."de “A obra de Deus e a prática do homem”