Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

84. Por que Deus desceu secretamente à China para realizar a Sua obra dos últimos dias? Que significado há por trás disso?

A resposta da palavra de Deus:

Deus está encarnado no continente chinês, aquilo que os compatriotas de Hong Kong e Taiwan chamam de interior. Quando Deus veio de cima para a terra, ninguém no céu e na terra sabia disso, pois esse é o verdadeiro significado de Deus retornar de maneira oculta. Ele está na carne, trabalhando e vivendo há muito tempo, mas ninguém sabe disso. Até hoje ninguém reconhece isso. Talvez isso continue sendo um enigma eterno. Deus entrar na carne desta vez não é algo de que qualquer um possa estar ciente. Não importa o quão grande e poderosa seja a obra do Espírito, Deus sempre permanece sereno e nunca Se entrega. Pode-se dizer que é como se este estágio de Sua obra estivesse ocorrendo no reino celestial. Mesmo que seja perfeitamente óbvio para todos, ninguém reconhece isso. Quando Deus concluir este estágio de Sua obra, todos despertarão de seu longo sonho e reverterão sua atitude passada.[1] Lembro-Me de Deus uma vez dizer: “Entrar na carne desta vez é como cair na cova do tigre”. O que isso significa é que, porque esta rodada da obra de Deus tem Deus entrando na carne e nascendo na morada do grande dragão vermelho, Sua vinda à terra desta vez é ainda mais acompanhada de perigos extremos. O que Ele enfrenta são facas, armas e porretes; o que Ele enfrenta é a tentação; o que Ele enfrenta são multidões com olhares assassinos. Ele corre o risco de ser morto a qualquer momento. Deus veio com ira. No entanto, Ele veio para fazer a obra da perfeição, ou seja, para fazer a segunda parte de Sua obra que continua após a obra da redenção. Para o bem deste estágio de Sua obra, Deus dedicou o máximo de pensamento e cuidado e está utilizando todos os meios concebíveis para evitar as agressões da tentação, ocultando-Se humildemente e nunca exibindo Sua identidade. Ao resgatar o homem da cruz, Jesus estava apenas concluindo a obra da redenção; Ele não estava fazendo a obra da perfeição. Assim, apenas metade da obra de Deus estava sendo feita, e terminar a obra da redenção era apenas metade de todo o Seu plano. Quando a nova era estava prestes a iniciar e a antiga a retroceder, Deus Pai começou a contemplar a segunda parte de Sua obra e começou a Se preparar para ela. No passado, esta encarnação nos últimos dias pode não ter sido profetizada e, portanto, isso estabeleceu um fundamento para o crescente sigilo em torno da vinda de Deus à carne desta vez. Ao romper da aurora, sem que ninguém soubesse, Deus veio à terra e começou Sua vida na carne. As pessoas não tinham conhecimento desse momento. Talvez estivessem todos dormindo, talvez muitos que estavam atentamente acordados estivessem esperando, e talvez muitos estivessem orando silenciosamente para Deus no céu. No entanto, entre todas essas pessoas, ninguém sabia que Deus já havia chegado à terra. Deus trabalhou dessa maneira para executar Sua obra sem problemas, alcançar resultados melhores e para evitar mais tentações. Quando o sono de primavera do homem for interrompido, a obra de Deus terá terminado há muito tempo e Ele partirá, encerrando Sua vida de vagar e peregrinar na terra. Porque a obra de Deus requer que Deus aja e fale pessoalmente, e porque não há como o homem ajudar, Deus tem sofrido dor extrema para vir à terra para fazer a obra por Si mesmo. O homem é incapaz de substituí-Lo na Sua obra. Portanto, Deus arriscou perigos milhares de vezes maiores do que aqueles que enfrentou durante a Era da Graça para descer até onde o grande dragão vermelho habita para fazer Sua própria obra, para colocar todo o Seu pensamento e cuidado em redimir esse grupo de pessoas empobrecidas, redimindo esse grupo de pessoas atoladas em um monte de esterco. Mesmo que ninguém saiba da existência de Deus, Deus não está perturbado porque isso beneficia enormemente a obra de Deus. Todos são terrivelmente maus, então como alguém pode tolerar a existência de Deus? É por isso que na terra Deus está sempre em silêncio. Não importa o quão excessivamente cruel seja o homem, Deus não leva nada disso a sério, mas apenas continua fazendo a obra que Ele precisa fazer para cumprir a comissão maior que o Pai celestial Lhe deu.

de ‘Obra e entrada (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Naquela época, quando Jesus operou na Judeia, Ele fez isso abertamente, mas agora, Eu faço minha obra e falo entre vocês em segredo. Os incrédulos não têm conhecimento nenhum a respeito disso. Minha obra entre vocês é isolada das outras. Essas palavras, esses castigos e julgamentos, são conhecidos apenas por todos vocês, não por outros. Toda essa obra é realizada entre vocês e aberta somente a vocês; nenhum desses incrédulos sabe disso, pois a hora ainda não chegou. Esses homens estão perto de se tornarem completos depois de resistir aos castigos, mas os que estão do lado de fora nada sabem sobre isso. Essa obra está oculta demais! Para eles, Deus tornado carne é secreto, mas para aqueles que estão neste corrente, Ele pode ser considerado aberto. Embora em Deus tudo esteja aberto, tudo seja revelado e tudo seja liberado, isso só é verdade com aqueles que Nele creem, e nada é revelado a esses incrédulos. A obra que está sendo realizada aqui agora está rigidamente isolada para impedi-los de saber. Se eles tomarem conhecimento, tudo o que aguarda é condenação e perseguição. Eles não acreditarão. Operar na nação do grande dragão vermelho, o mais atrasado dos lugares, não é tarefa fácil. Se essa obra fosse divulgada, seria impossível continuar. Este estágio da obra simplesmente não pode progredir neste lugar. Como eles poderiam tolerar se tal obra fosse realizada abertamente? Isso não traria um risco ainda maior? Se esta obra não fosse ocultada e continuasse como no tempo de Jesus, quando Ele curava curou os enfermos e expulsava demônios espetacularmente, ela não teria há muito tempo sido “tomada” pelos diabos? Eles poderiam tolerar a existência de Deus? Se hoje Eu entrasse nos corredores para pregar e dar palestras ao homem, não teria Eu, há muito tempo, sido despedaçado? Nesse caso, como minha obra poderia continuar sendo realizada? A razão pela qual os sinais e maravilhas não se manifestam abertamente é em benefício da ocultação. Assim, Minha obra não pode ser vista, conhecida ou descoberta por incrédulos. Se esta etapa da obra fosse feita da mesma maneira que a de Jesus, na Era da Graça, ela não poderia ser tão firme. Assim, a obra a ser escondida dessa maneira é benéfico para vocês e para toda a obra. Quando a obra de Deus na terra chegar ao fim, isso é, quando esta obra em segredo terminar, esta etapa da obra será totalmente aberta. Todos saberão que há um grupo de vencedores na China; todos saberão que o Deus tornado carne está na China e que Sua obra chegou ao fim. Só então o homem entenderá: Por que a China ainda não demonstrou declínio ou colapso? Acontece que Deus está realizando Sua obra na China pessoalmente, e Ele aperfeiçoou um grupo de pessoas, tornando-as vencedoras.

de ‘O mistério da encarnação (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

No início, a obra de Deus foi realizada entre os escolhidos de Israel e ela foi o alvorecer de uma nova época no mais santo de todos os lugares. O último estágio da obra é realizado no mais impuro de todos os países, para julgar o mundo e acabar com a era. No primeiro estágio, a obra de Deus foi feita no mais brilhante de todos os lugares, enquanto o último estágio é realizado no mais escuro de todos os lugares, e essa escuridão será expulsa, a luz surgirá e todo o povo conquistado. Quando as pessoas desse lugar mais impuro e mais escuro de todos tiverem sido conquistadas e toda a população tiver reconhecido que existe um Deus, que é o verdadeiro Deus, quando cada pessoa tiver sido totalmente convencida, esse fato será utilizado para realizar a obra de conquista em todo o universo. Este estágio da obra é simbólico: uma vez concluída a obra desta era, a obra de seis mil anos de gestão chegará a um fim completo. Uma vez que aqueles que estão no mais escuro de todos os lugares tiverem sido conquistados, é evidente que também será assim em todos os outros lugares. Como tal, apenas a obra de conquista na China carrega um simbolismo significativo. A China incorpora todas as forças das trevas, e o povo da China representa todos aqueles que são da carne, de Satanás e de carne e sangue. O povo chinês foi o mais corrompido pelo grande dragão vermelho, que tem a mais forte oposição a Deus, cuja humanidade é mais baixa e impura e, por isso, ele é o arquétipo de toda a humanidade corrupta. […] Por que Eu sempre disse que vocês são um adjunto do Meu plano de gestão? É nas pessoas da China que a corrupção, a impureza, a injustiça, a oposição e a rebeldia se manifestam mais completamente e se revelam em todas as suas variadas formas. Por um lado, elas são de baixo calibre e, por outro, suas vidas e mentalidades são atrasadas, e seus hábitos, ambiente social, família de nascimento – todos são ruins e os mais atrasados. Seu status também é baixo. A obra é simbólica neste lugar, e após esta obra de teste ter sido realizada em sua totalidade, Sua obra subsequente será muito melhor. Se este estágio da obra puder ser concluído, então a obra subsequente, nem é preciso dizer. Uma vez que esta etapa da obra tiver sido realizada, muito sucesso terá sido alcançado com plenitude, e a obra de conquista terá chegado a um fim completo em todo o universo. De fato, assim que a obra entre vocês tiver sido bem-sucedida, isso será equivalente a um sucesso em todo o universo. Essa é a importância do porquê faço vocês servirem de modelos e exemplos. Rebelião, oposição, impureza, injustiça – tudo isso é encontrado nessas pessoas, e nelas está representada toda a rebeldia da humanidade. Elas são realmente demais. Assim, elas são apresentadas como o epítome da conquista e, uma vez conquistadas, se tornarão, naturalmente, exemplo e modelo para as outras pessoas.

de ‘A visão da obra de Deus (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Já que Deus deseja realizar a Sua obra entre a Sua criação, Ele certamente a realizará até completá-la com êxito; Ele irá operar entre essas pessoas que são benéficas à Sua obra. Portanto, Ele destrói todas as convenções ao operar entre as pessoas; para Ele, as palavras “amaldiçoado”, “castigado” e “abençoado” não fazem sentido! O povo judeu é bom o bastante e o povo escolhido de Israel também não é ruim; eles são pessoas de bons calibre e humanidade. Jeová lançou inicialmente a Sua obra entre eles e realizou a Sua obra inicial, mas não faria sentido se Ele fosse usá-los como destinatários de Sua obra de conquista agora. Embora eles também façam parte da criação e tenham muitos aspectos positivos, não faria sentido realizar esse estágio da obra entre eles. Ele seria incapaz de conquistar qualquer pessoa e também não seria capaz de convencer toda a criação. Esse é o significado da transferência de Sua obra para aquelas pessoas da nação do grande dragão vermelho. O significado mais profundo aqui está em Seu lançamento de uma era, em Sua destruição de todas as regras e de todas as concepções humanas e também em Seu encerramento da obra da Era da Graça inteira. Se a Sua obra atual fosse realizada entre os israelitas, quando o Seu plano de gestão de seis mil anos terminasse, todos acreditariam que Deus é somente o Deus dos israelitas, que somente os israelitas são o povo escolhido Dele e que somente os israelitas merecem herdar a bênção e a promessa Dele. Durante os últimos dias, Deus está encarnado na nação gentia do grande dragão vermelho; Ele realizou a obra de Deus como o Deus de toda a criação; Ele concluiu integralmente a Sua obra de gestão e Ele encerrará a parte central de Sua obra na nação do grande dragão vermelho. O cerne desses três estágios da obra é a salvação do homem – a saber, fazer com que toda a criação adore o Senhor da criação.

de ‘Deus é o Senhor de toda a criação’ em “A Palavra manifesta em carne”

Por que a obra dos últimos dias está sendo realizada na China, o mais escuro e atrasado dos lugares? É para revelar a santidade e justiça de Deus. Em suma, quanto mais escuro é um lugar, melhor a santidade Dele pode ser revelada. A verdade é que tudo isso é realizado em benefício da obra de Deus. Vocês só sabem agora que Deus no Céu desceu à terra e está em seu meio, e Ele Se destacou comparado à sua imundície e rebeldia, de modo que vocês começaram a ter uma compreensão de Deus – isso não é uma grande elevação?

de ‘Como a segunda etapa da obra de conquista dá frutos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Dada a grandeza da obra que Deus realizou na terra onde habita o grande dragão vermelho, tal obra, se deslocada para outro lugar, há muito tempo teria gerado grandes frutos e teria sido facilmente aceita pelo homem. Além disso, uma obra tal seria bem mais fácil de aceitar por aqueles clérigos do Ocidente que creem em Deus, pois a etapa da obra realizada por Jesus serve como precedente. É por isso que Ele é incapaz de realizar essa etapa da obra de glorificação em qualquer outro lugar; ou seja, como há suporte de todos os homens e reconhecimento de todas as nações, não há lugar para a glória de Deus se apoiar. E essa é precisamente a importância extraordinária que tal etapa da obra encerra nesta terra.

de ‘A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nota de rodapé:

1. “Reverter sua atitude passada” refere-se a como as concepções e pontos de vista das pessoas sobre Deus mudam quando conhecem a Deus.

Anterior:Por que essa salvação só é possível através da crença em Deus Todo-Poderoso e da aceitação da obra de Deus nos últimos dias?

Próximo:Por que a obra de Deus dos últimos dias é feita na China e não em Israel?

Coisas que talvez lhe interessem