Pergunta 1: Nós cremos que a volta do Senhor significa que os crentes serão diretamente elevados ao reino dos céus, pois está escrito na Bíblia: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Vocês testificam que o Senhor Jesus voltou, então por que estamos agora na terra e ainda não fomos arrebatados?

Resposta:

Devemos aguardar a volta do Senhor com base nas profecias que Ele Próprio falou. É o meio mais padronizado de esperar a volta Dele. As palavras de quem você está citando? As do Senhor ou as dos homens? “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares”, quem disse isso? São estas as palavras do Senhor Jesus? O Senhor Jesus nunca disse nada disso. O Espírito Santo também nunca disse isso. As palavras em que vocês acreditam e citam são as palavras de Paulo. As palavras de Paulo representam as palavras do Senhor Jesus? Ele pode representar Deus? Só Deus sabe a resposta para esse mistério. Se nós, humanos corrompidos, ousarmos fazer interpretações e julgamentos cegos como esse, isso é um problema sério. Paulo não era Cristo. Era apenas uma pessoa comum corrompida. Os escritos dele estão cheios de ideias e imaginações humanas. As palavras dele não são a verdade, então não podemos usá-las como prova. Todas as provas devem basear-se nas palavras de Deus na Bíblia. Isso está de acordo com a verdade. É errado investigar o arrebatamento e a entrada no reino dos céus com base nas palavras das pessoas da Bíblia, ainda mais nas de Paulo, e não se basear nas palavras do Senhor Jesus, porque só as palavras do Senhor Jesus são a verdade. Apenas Suas palavras têm autoridade. Só o Senhor Jesus é o Cristo, o Rei do reino dos céus. Por que vocês não buscam a verdade e a vontade de Deus nas palavras do Senhor Jesus? Por que vocês usam as palavras dos homens como base de sua busca? Isso está de acordo com a vontade do Senhor? Isso os deixa propensos a seguir o homem e percorrer seu próprio caminho. Deus criou a humanidade na terra a partir do barro. Ele a encarregou de cumprir com seus deveres na terra, que é gerenciar Suas outras criações. Ele exigiu que os homens Lhe obedecessem, O adorassem e O honrassem na terra, e decretou que o destino deles estava na terra e não no céu. Além disso, há muito tempo, Deus nos disse que pretende estabelecer Seu reino na terra. Ele habitará a terra junto com os humanos, e os reinos da terra se transformarão em reinos governados por Cristo. Assim, o reino de Deus finalmente se estabelecerá na terra e não no céu. Muitas pessoas estão sempre procurando ser levadas para o céu. São seus conceitos e imaginações, seus desejos extravagantes. Nada está de acordo com a verdade ou a realidade da obra de Deus.

Vamos ver o que disse o Senhor Jesus: “Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Teu nome; venha o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu” (Mateus 6:9-10). O Senhor Jesus nos disse claramente que o reino de Deus está na terra, e não no céu. A vontade de Deus será feita tanto na terra como no céu. Vamos ler em Apocalipse 21:2-3: “E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, […] Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o Seu povo, e Deus Mesmo estará com eles, e será o seu Deus”. Voltemos a Apocalipse 11:15: “O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos”. Estas profecias mencionadas “o tabernáculo de Deus está com os homens”, “…a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus”, “O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do Seu Cristo”. Isso prova que Deus edificará o reino Dele na terra, e habitará a terra junto com a humanidade. Os reinos do mundo vão se tornar reinos de Cristo e durarão para sempre. Se, conforme nossas concepções e imaginações, acreditarmos que o reino de Deus está no céu e que quando o Senhor vier, Ele nos levará ao céu, as palavras anteriores Dele não terão sido em vão? Na verdade, o resultado final do plano de gestão de Deus para salvar a humanidade é o estabelecimento do reino de Deus na terra. Deus Todo-Poderoso — Cristo dos últimos dias — realiza Sua obra de julgamento e purificação da humanidade para criar um grupo de vencedores na terra. Os que obtêm a salvação de Deus, que são aperfeiçoados e se tornam vencedores, são os que podem praticar as palavras de Deus e seguir o caminho Dele na terra. São as pessoas do reino de Deus. Depois que esses vencedores forem criados, será feita a vontade de Deus na terra. Então o reino de Cristo será estabelecido na terra, e Deus terá toda a glória. No final, Ele cumprirá as profecias do livro do Apocalipse. Será que esses fatos ainda não estão claros? Que lugar o Senhor Jesus nos preparou? Ele decretou que nascêssemos nos últimos dias e que O encontrássemos quando Ele voltasse; que aceitássemos a purificação de Deus, nos aperfeiçoássemos e nos tornássemos vencedores para realizar a vontade Dele e assim, todos os reinos da terra serão reinos de Cristo. É a vontade de Deus. Deus vem à terra, mas podemos tentar ascender ao céu. Ao fazer isso, não estamos indo contra a obra de Deus e a vontade Dele? Se Ele nos levar para o céu, lá não há comida, nem lugar para morarmos; como sobreviveremos? Será que não se trata apenas de nossas concepções e imaginações? O Senhor faria algo assim? Pensar assim mostra que somos realmente infantis. Agimos como se tivéssemos a cabeça nas nuvens!

O reino de Deus será construído na terra nos últimos dias. O destino final da humanidade será na terra, não no céu. Isso foi ordenado por Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Quando Deus e o homem entrarem no descanso juntos, vai significar que toda a humanidade foi salva e que Satanás foi destruído, que a obra de Deus no homem chegou plenamente ao fim. Deus não vai mais continuar a operar no homem e o homem não vão mais viver sob o império de Satanás. Por isso, Deus não vai mais estar ocupado e o homem não vai mais se apressar; Deus e o homem vão entrar no descanso ao mesmo tempo. Deus vai retornar à Sua posição original e cada pessoa vai voltar ao respectivo lugar. São esses os destinos em que Deus e o homem vão residir respectivamente após o término da gestão total de Deus. Deus tem o destino de Deus e o homem tem o destino do homem. Mesmo descansando, Deus continuará a guiar toda a humanidade em sua vida na terra. Estando na luz de Deus, o homem adorará o único Deus verdadeiro no céu. Deus não viverá mais entre a humanidade e o homem também não poderá viver com Deus no destino de Deus. Deus e o homem não podem viver dentro do mesmo reino, pois cada um tem a própria maneira de viver. Deus é Aquele que orienta toda a humanidade, enquanto a humanidade toda é a cristalização da obra de gerenciamento de Deus. É a humanidade que é guiada; quanto à essência, a humanidade não é similar a Deus. Descansar significa retornar ao lugar de origem. Assim, quando Deus entra no descanso, significa que retorna a Seu lugar de origem. Deus não viverá mais na terra nem compartilhará das alegrias e dos sofrimentos humanos enquanto estiver entre a humanidade. Quando a humanidade entra no descanso, significa que o homem se tornou uma criação verdadeira; a humanidade vai adorar Deus a partir da terra e terá uma vida humana normal. As pessoas não vão mais desobedecer nem resistir a Deus; elas vão retornar à vida original de Adão e Eva. Essa é a vida e o destino respectivamente de Deus e da humanidade quando ambos entram no descanso. A derrota de Satanás é uma tendência inevitável na guerra entre Deus e Satanás. Dessa forma, entrar no descanso de Deus após a conclusão de Sua obra de gerenciamento e completa salvação e entrar no descanso do homem também se tornam tendências inevitáveis. O local de descanso do homem é na terra e o local de descanso de Deus é no céu. Enquanto os humanos adoram a Deus em repouso, eles viverão na terra, e enquanto Deus liderar o resto da humanidade em repouso, Ele os conduzirá a partir do céu, não da terra” (‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Deus Todo-Poderoso nos disse claramente que quando a Sua obra de gestão se realizar, Deus e o homem descansarão. O lugar de descanso de Deus é o céu, enquanto que o local de descanso de nós, seres humanos, ainda é a terra. Este belo destino que Deus preparou para nós humanos é também o reino de Deus que se cumpriu na terra. Se cremos em Deus há tantos anos, mas ainda não conseguimos ver isso, não significa que não entendemos a verdade ou as palavras do Senhor?

Bem, o que é exatamente o arrebatamento? A maioria das pessoas não entende bem isso. O mistério do arrebatamento dos santos só foi revelado quando Deus Todo-Poderoso chegou. Deus Todo-Poderoso diz: “‘Ser apanhadonão é ser levado de um lugar baixo para um lugar alto, como as pessoas imaginam. Esse é um grande engano. ‘Ser apanhado’ se refere a Eu predestinar e depois selecionar. Tem como alvo todos aqueles a quem predestinei e escolhi. Aqueles que ganharam o status de filho primogênito, o status de filhos ou povo, são aqueles que foram apanhados. Isso é mais incompatível com as concepções das pessoas. Os que partilham da Minha casa no futuro são todos aqueles que foram apanhados diante de Mim. Essa é a verdade absoluta, imutável, que não pode ser refutada por ninguém. É o contra-ataque a Satanás. Qualquer um que predestinei será apanhado diante de Mim” (‘Capítulo 104’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus Todo-Poderoso são muito claras. “Ser arrebatado” não é o que pensamos — ser levado pela atmosfera da terra e encontrar o Senhor nas nuvens. Nem é ser levado ao céu. Isso significa que, quando Deus voltar à terra para proferir Suas palavras e realizar Sua obra, ouviremos Sua voz e poderemos segui-Lo e obedecer à Sua obra nos últimos dias. Esse é o verdadeiro significado de sermos levados diante do trono de Deus. Todos os que distinguem a voz do Senhor, que encontram a verdade nas palavras de Deus Todo-Poderoso, que aceitam a verdade e se voltam para Ele, são as virgens sábias. Eles são o ouro, a prata e as pedras preciosas que foram “furtadas” pelo Senhor e voltaram para Sua casa porque todos têm bom calibre, entendem e aceitam a verdade e reconhecem a voz de Deus. Eles são os que verdadeiramente receberam o arrebatamento. São os vencedores que serão criados quando Deus realizar Sua obra e descer secretamente à terra nos últimos dias. Desde que Deus Todo-Poderoso iniciou Sua obra dos últimos dias, cada vez mais pessoas, que realmente anseiam pela aparição de Deus, têm reconhecido Sua voz nas palavras de Deus Todo-Poderoso. Uma após outra, elas aceitaram a obra de julgamento de Deus nos últimos dias. Elas foram arrebatadas perante o trono de Deus para encontrá-Lo pessoalmente e aceitaram a rega e o sustento de Suas palavras. Elas ganharam o verdadeiro conhecimento de Deus. O caráter corrupto delas foi limpo e conseguiram viver a realidade da verdade nas palavras de Deus. Elas já obtiveram a grande salvação de Deus. Essas pessoas tornaram-se vencedoras antes da ocorrência das grandes catástrofes. Foram obtidas por Deus como as primícias. Os que mantêm seus conceitos e imaginações e esperam cegamente que o Senhor venha e os leve para o céu e que rejeitam a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, são as virgens néscias que serão abandonadas por Deus. Estão fadados a sofrer nos desastres; chorarão e rangerão os dentes. Isso é um fato.

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

Como devemos entender “arrebatamento”? Utilizamos arrebatamento para explicar como Deus salva o homem deste reino e sob este império e os coloca naquele reino e sob aquele império. No entanto, sempre que as pessoas pensam em “arrebatamento”, elas o imaginam como ser elevado para o ar. Isso não está errado? Se, por exemplo, você nasceu em uma vila atrasada e remota e, depois, foi designado para trabalhar em uma cidade grande, na linguagem da humanidade, descreveríamos isso como ser elevado de uma vila remota para trabalhar e viver em uma cidade grande. Não é este o significado de “ser elevado”? Essa elevação é diferente de ser elevado para o ar como imaginado pelo homem? Qual dessas elevações representa a realidade? “Arrebatamento” se refere a ser elevado de um tipo de reino para outro tipo de reino — isso é elevação! Essa elevação nada tem a ver com ser elevado acima do solo, ou ser elevado do chão para o espaço, não é esse o significado. Refere-se antes a ser elevado a um nível ainda mais alto, a uma posição ainda mais alta, um lugar ainda mais nobre. Isso é elevação. Por exemplo, no passado, éramos camponeses e trabalhadores do nível mais baixo da humanidade corrompida, sem posição social, éramos desprezados pelos outros, sofríamos supressão e exploração, sem o direito de falar, e agora, de repente, somos elevados como pessoas da Era do Reino — nossa posição não foi elevada? No passado, éramos seres humanos corrompidos, o nível mais baixo da humanidade no mundo sombrio e maligno; agora, repentinamente, somos elevados em arrebatamento para sermos o povo do reino de Deus, pessoas que são cidadãs da Era do Reino. Se formos elevados para sermos pessoas da Era do Reino, não seria isso arrebatamento? Esse é o verdadeiro arrebatamento. Bem, dirão alguns: “Ainda não moro lá? Ainda não estou fazendo esse trabalho? Aquilo que eu como e visto também não mudou em nada? Por que não me sinto como se estivesse no alto?” Se você foi arrebatado ou não não pode ser determinado com base em quão alto ou baixo você se sente. Quando chegar o dia em que esse fato for revelado, aqueles que acreditam estar no alto serão destruídos e, embora você pense que não obteve nada, você será um que permanece; como você explicará isso? Esse significado do povo do reino é verdadeiro. Virá um dia em que esse fato será validado. Naquele momento, você dirá: “Oh, realmente fui arrebatado, mas não estava ciente disso, a obra de Deus é tão maravilhosa”. Se elas não tiverem a verdade, as pessoas não terão consciência desse arrebatamento, elas viverão em bênçãos sem saber quão abençoadas são. Quando vêm os grandes desastres, Deus protege vocês, e nenhum desastre assolará vocês; isso não explica que agora vocês já foram elevados em arrebatamento, que vocês são as pessoas escolhidas por Deus, pessoas da Era do Reino? Isso não explica essa questão? Um dia vocês reconhecerão que “Esse é um fato, meu status certamente é diferente. Embora as pessoas no mundo ainda me considerem um trabalhador ou um camponês, aos olhos de Deus sou uma pessoa da Era do Reino; portanto, realmente fui arrebatado e já estou desfrutando da graça do arrebatamento”. Este é o significado prático do arrebatamento. Se vocês não entenderem aquilo que se chama arrebatamento e, ao confiarem em sua própria imaginação, acreditarem que arrebatamento é ser elevado no ar, bem, então que esperem ser elevados para o ar.

Extraído da comunhão do alto

Anterior: 2. O que é o verdadeiro arrebatamento?

Próximo: Pergunta 2: Vocês dão testemunho de que Deus Se tornou carne como o Filho do homem para realizar a obra de julgamento nos últimos dias, ainda assim, a maioria dos pastores e presbíteros religiosos mantém que o Senhor voltará em meio a nuvens. Eles baseiam isso principalmente nos seguintes versículos da Bíblia: “Esse Jesus, […] há de vir assim como para o céu O vistes ir” (Atos 1:11). “Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá” (Apocalipse 1:7). Além disso, os pastores e presbíteros religiosos também nos ensinam que qualquer Senhor Jesus que não venha em nuvens é falso e deve ser rejeitado. Portanto, não temos certeza se essa visão está ou não alinhada com a Bíblia; esse tipo de entendimento é correto ou não?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

1. O que é a igreja de Deus? O que é um grupo religioso?

Hoje, todos aqueles que seguem as palavras atuais de Deus estão na corrente do Espírito Santo; os que são estranhos às palavras atuais de Deus estão fora da corrente do Espírito Santo, e tais pessoas não são elogiadas por Deus. Um serviço divorciado das declarações atuais do Espírito Santo é um serviço que é da carne e de concepções, e é incapaz de estar de acordo com a vontade de Deus. Se as pessoas vivem entre concepções religiosas, elas não são capazes de fazer nada que é apto para a vontade de Deus e, embora sirvam a Deus, elas servem em meio à sua imaginação e concepções e são totalmente incapazes de servir conforme a vontade de Deus. Aqueles que são incapazes de seguir a obra do Espírito Santo não compreendem a vontade de Deus, e aquelas que não compreendem a vontade de Deus não podem servir a Deus. Deus quer serviço que seja segundo Seu coração; Ele não quer serviço que é de concepções e da carne. Se as pessoas são incapazes de seguir os passos da obra do Espírito Santo, elas vivem em meio a concepções. O serviço de tais pessoas interrompe e perturba e tal serviço vai contra Deus. Portanto, aqueles que são incapazes de seguir os passos de Deus são incapazes de servir a Deus; com toda certeza, aqueles que são incapazes de seguir os passos de Deus se opõem a Deus e não são capazes de ser compatíveis com Deus. “Seguir a obra do Espírito Santo” significa entender a vontade de Deus hoje, ser capaz de agir em conformidade com as atuais exigências de Deus, ser capaz de obedecer e seguir ao Deus de hoje e entrar em concordância com as declarações mais recentes de Deus. Só essa pessoa é alguém que segue a obra do Espírito Santo e está na corrente do Espírito Santo.

1. Ser arrebatado deve se basear nas palavras de Deus, não nas noções e imaginações do homem

Quando a humanidade tiver sido restaurada à sua imagem original, quando a humanidade puder cumprir com suas respectivas obrigações, manter seu próprio lugar e obedecer a todos os arranjos de Deus, Deus terá obtido um grupo de pessoas na terra que O adora, e Ele também terá instituído um reino na terra que O adora. Ele terá a vitória eterna na terra, e aqueles que se opõem a Ele irão perecer por toda a eternidade. Isso irá restaurar Sua intenção original ao criar o homem; isso irá restaurar Sua intenção ao criar todas as coisas, e isso também irá restaurar Sua autoridade sobre a terra, Sua autoridade perante todas as coisas e Sua autoridade perante Seus inimigos. Esses são os símbolos de Sua vitória total. Daí em diante, a humanidade entrará no descanso e entrará numa vida que segue pela trilha certa. Deus também entrará em eterno descanso com o homem e entrará na vida eterna compartilhada por Ele e o homem. A imundície e a desobediência na terra irão desaparecer, assim como os lamentos sobre a terra. Tudo na terra que se opõe a Deus não mais existirá. Somente Deus e aquelas pessoas que Ele salvou permanecerão; somente Sua criação permanecerá.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro