Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

4. O que é oração verdadeira?

Palavras de Deus relevantes:

O que significa orar verdadeiramente? Significa falar a Deus as palavras que estão dentro do seu coração e comungar com Deus, tendo compreendido Sua vontade e com base em Suas palavras; significa sentir-se particularmente próximo de Deus, sentir que Ele está diante de ti e que você tem algo a dizer a Ele; e significa estar com o coração especialmente radiante e sentir que Deus é especialmente gracioso. Você se sentirá especialmente inspirado, e, após ouvirem suas palavras, seus irmãos e irmãs se sentirão gratificados; eles sentirão que as palavras ditas por você são as palavras que estão em seus corações, as palavras que eles desejam dizer, e que o que você diz representa o que eles querem dizer. Isso é o que significa orar verdadeiramente. Depois de ter orado verdadeiramente, você se sentirá em paz e gratificado em seu coração; a força para amar a Deus se elevará, e você sentirá que nada, em toda a sua vida, é mais digno ou significativo do que amar a Deus — e tudo isso provará que as suas orações foram eficazes.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

O padrão mais baixo que Deus exige das pessoas é que elas sejam capazes de abrir seus corações para Ele. Quando o homem oferece seu verdadeiro coração a Deus e diz a Deus o que realmente está dentro de seu coração, então Deus está disposto a operar no homem; Deus não quer o coração distorcido do homem, mas seu coração puro e honesto. Quando o homem não fala verdadeiramente com Deus o que está em seu coração, então Deus não toca no coração do homem nem opera nele. Portanto, o ponto mais crucial na oração é falar com Deus as palavras do seu verdadeiro coração, contando a Deus suas falhas, ou caráter rebelde, e se abrindo completamente a Deus. Somente então Deus estará interessado nas suas orações; caso contrário, então Deus ocultará Sua face de você.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Às vezes, confiar em Deus não significa pedir a Deus que faça algo usando palavras específicas, nem pedir Sua orientação ou proteção específicas. Ao contrário, é quando encontram algum problema que as pessoas são capazes de invocá-Lo sinceramente. Então, o que Deus está fazendo ali quando as pessoas o invocam? Quando o coração da pessoa se agita e ela pensa: “Ó Deus, não consigo fazer isso sozinha, não sei como fazer e me sinto fraca e negativa”, Deus sabe disso? Quando esses pensamentos surgem, o coração das pessoas é sincero? Quando elas invocam Deus sinceramente dessa maneira, Deus concorda em ajudá-las? Apesar do fato de poderem não ter dito uma palavra, elas mostram sinceridade, e assim Deus concorda em ajudá-las. Quando alguém encontra uma dificuldade especialmente espinhosa, quando não tem ninguém a quem recorrer e se sente particularmente impotente, coloca sua única esperança em Deus. Como são suas orações? Qual é o seu estado de espírito? Ele é sincero? Existe alguma adulteração nesse momento? Só quando confia em Deus como se Ele fosse a última gota a que você se agarra para salvar sua vida, esperando que Ele o ajude, é que seu coração é sincero. Embora você possa não ter dito muito, seu coração já se mexeu. Isto é, você dá o seu coração sincero a Deus e Deus ouve. Quando vir suas dificuldades, Deus irá esclarecer você, guiar você e ajudar você.

de ‘Primeiro, os crentes precisam discernir as tendências malignas do mundo’ em “Registros das falas de Cristo”

Orar não consiste em passar por formalidades ou seguir um procedimento, nem recitar as palavras de Deus, o que quer dizer que a oração não significa repetir palavras como um papagaio e copiar outras. Na oração, você tem de entregar seu coração a Deus, compartilhando com Deus as palavras que estão em seu coração para que seja tocado por Deus. Se quiser que as suas orações sejam eficazes, então elas têm de se basear na leitura que você faz das palavras de Deus. Somente orando em meio às palavras de Deus é que você será capaz de receber mais esclarecimento e iluminação. Uma oração verdadeira se revela por ter um coração que anseia pelas exigências estabelecidas por Deus e por sua disposição em cumprir essas exigências; você será capaz de odiar tudo o que Deus odeia, de cuja base você terá conhecimento, e saberá e terá clareza sobre as verdades explicadas por Deus. Ter a resolução, a fé e o conhecimento, e um caminho pelo qual praticar após orar — somente isso é orar verdadeiramente, e somente orações assim podem ser eficazes. No entanto, a oração tem de ser construída sobre as bases do deleite das palavras de Deus e da comunhão com Deus em Suas palavras, com seu coração sendo capaz de buscar a Deus e estar em paz perante Deus. Tal oração já atingiu o ponto de verdadeira comunhão com Deus.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Espero que os irmãos e irmãs sejam capazes de orar verdadeiramente em todo e cada dia. Contudo, não se trata de adesão à doutrina, mas um efeito que tem de ser alcançado. Você está disposto a se privar de um pouco de sono e gratificação, recitando orações pela manhã, ao amanhecer, para depois apreciar as palavras de Deus? Se você orar e comer e beber as palavras de Deus desse modo, com um coração puro, então será mais aceito por Deus. Se fizer a prática de cada dia, entregando seu coração a Deus todos os dias e comungando com Deus, então seu conhecimento sobre Deus certamente aumentará, e você será melhor capaz de compreender a vontade de Deus. Você deve dizer: “Ó, Deus! Eu desejo cumprir meu dever. Para que Tu sejas glorificado em nós e para que possas deleitar-se com o nosso testemunho, deste grupo de pessoas, tão somente posso devotar todo o meu ser a Ti. Suplico que operes em nós, para que eu possa verdadeiramente amar e satisfazer a Ti, e fazer de Ti o objetivo que busco”. Quando tiver se apoderado desse fardo, Deus certamente o tornará perfeito; você não deve orar somente em prol de si mesmo, mas também em prol de fazer a vontade de Deus e em prol de O amar. Esse é o tipo mais verdadeiro de oração.

de ‘Acerca da prática da oração’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Há vários resultados que uma comunhão verdadeira com Deus deve produzir: primeiro, ao comungar com Deus, passamos a conhecer a verdade sobre nossa corrupção e a essência de nossa natureza, alcançando assim o resultado de conhecer a nós mesmos. Na presença de Deus, devemos refletir frequentemente sobre as coisas que temos feito para ver se elas se conformam ou não com a vontade Dele e para saber do que temos dependido para viver. Se tivermos vivido pela palavra de Deus, então esse é o testemunho para a entrada na vida. Se tivermos vivido pela filosofia de Satanás, essa é uma expressão da natureza dele, que é considerada uma transgressão. Segundo, ao termos comunhão com Deus, nós não somente alcançamos o conhecimento verdadeiro de nós mesmos, mas também alcançamos o conhecimento verdadeiro Dele, que é o resultado da comunhão com Ele. Após alcançar o conhecimento verdadeiro de Deus, surgirá em nosso coração o desejo de reverenciar a Deus, de obedecer a Ele e de amá-Lo, o que acabará gerando em nós a resolução de servir a Deus. Esse é um resultado alcançado por conhecer a Deus, e também é o resultado alcançado por se ter comunhão com Ele. Se não alcançarmos esses resultados em nossa comunhão com Deus, isso é suficiente para provar que não entramos na trilha certa em nossas orações e que não tivemos comunhão de fato com Ele. Algumas pessoas dizem: “Bem, eu tenho orado por muitos anos, então isso significa que estou em comunhão com Ele em oração?” Então você tem de medir conforme esses resultados. Você alcançou o resultado de conhecer a si mesmo em suas orações? Você alcançou o resultado de buscar a vontade de Deus e a verdade? Você alcançou o resultado de obedecer a Deus? Você alcançou o resultado de reverenciar a Deus? Você alcançou o resultado de amar a Deus? Se você não alcançou nenhum desses resultados, então suas orações são vazias, são sem significado e você simplesmente não está em comunhão verdadeira com Deus.

de ‘O objetivo e o significado da comunhão com Deus em oração’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (V)”

Anterior:Como se deve experimentar o julgamento e castigo de Deus a fim de obter salvação?

Próximo:Como se pode estabelecer um relacionamento adequado com Deus?

Conteúdo Relacionado