Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

66. O Senhor Jesus disse que irá retornar; de que maneira então se dará esse Seu retorno?

A resposta da palavra de Deus:

Há milhares de anos, o homem tem desejado poder testemunhar a chegada do Salvador. O homem tem desejado contemplar Jesus, o Salvador, sobre uma nuvem branca descendo, pessoalmente, entre aqueles que anelam e anseiam por Ele há milhares de anos. O homem tem desejado que o Salvador retorne e seja reunido ao povo, isto é, que Jesus, o Salvador, volte para o povo de quem Ele tem estado separado por milhares de anos. E o homem espera que Ele realize novamente a obra redentora que realizou entre os judeus, seja compassivo e amoroso para com o homem, perdoe os pecados do homem, leve os pecados do homem e até mesmo leve todas as transgressões do homem e liberte o homem do pecado. Eles desejam que Jesus, o Salvador, seja o mesmo que antes: um Salvador amável, afável e venerável, que jamais se ire contra o homem e que jamais o repreenda. Este Salvador perdoa e leva todos os pecados do homem, e até mesmo morre na cruz pelo homem mais uma vez. Desde que Jesus partiu, os discípulos que O seguiram e todos os santos que foram salvos graças a Seu nome, têm ansiado e aguardado desesperadamente por Ele. Todos aqueles que foram salvos pela graça de Jesus Cristo durante a Era da Graça têm ansiado por esse alegre dia durante os últimos tempos, em que Jesus, o Salvador, chegue em uma nuvem branca e apareça entre os homens. Evidentemente, este também é o desejo coletivo de todos aqueles que aceitam o nome de Jesus, o Salvador, hoje. Em todo o universo, todos aqueles que conhecem a salvação de Jesus, o Salvador, têm desesperadamente ansiado pela súbita chegada de Jesus Cristo, para que se cumpram as palavras Dele quando estava na terra: “Eu virei assim como parti”. O homem crê que, após a crucificação e a ressurreição, Jesus voltou aos céus sobre uma nuvem branca e tomou o Seu lugar à destra do Altíssimo. Semelhantemente, o homem imagina que Jesus irá descer, novamente sobre uma nuvem branca (esta nuvem se refere à nuvem sobre a qual Jesus voltou para os céus), em meio àqueles que têm desesperadamente ansiado por Ele há milhares de anos, e que Ele terá a imagem e as roupas dos judeus. Depois de aparecer aos homens, Ele lhes concederá alimentos, fará com que água viva jorre do interior deles e habitará entre eles, cheio de graça e amor, vivo e real. E assim por diante. Mas Jesus, o Salvador, não o fez; Ele fez o oposto do que o homem imaginou. Ele não chegou entre aqueles que haviam ansiado por Sua volta e não apareceu sobre a nuvem branca a todos os homens. Ele já chegou, mas o homem não O conhece, e permanece ignorante de Sua chegada. O homem está apenas aguardando, sem propósito, que Ele venha, inconsciente de que Ele já desceu sobre uma nuvem branca (a nuvem que é o Seu Espírito, as Suas palavras e Seu caráter todo e tudo o que Ele é), e está agora entre um grupo de vencedores que Ele irá formar durante os últimos dias. O homem não sabe disto: embora o santo Salvador Jesus esteja repleto de afeição e amor pelo homem, como Ele poderia operar em “templos” habitados por imundície e espíritos impuros? Apesar de o homem estar aguardando a Sua volta, como Ele poderia aparecer àqueles que comem a carne do injusto, tomam o sangue do injusto, usam as roupas do injusto, que creem Nele, mas não O conhecem, e que constantemente O extorquem? O homem sabe apenas que Jesus, o Salvador, é cheio de amor e compaixão, e é a oferta pelo pecado repleta de redenção. Mas o homem não faz ideia de que Ele também seja o Próprio Deus, que transborda de justiça, majestade, ira e juízo, e que possui autoridade e é pleno de dignidade. Então, mesmo que o homem anseie ardentemente e deseje a volta do Redentor, e mesmo que os Céus sejam movidos pelas orações do homem, Jesus, o Salvador, não aparece àqueles que creem Nele, mas não O conhecem.

de ‘O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca”’ em “A Palavra manifesta em carne”

Deus está encarnado no continente chinês, aquilo que os compatriotas de Hong Kong e Taiwan chamam de interior. Quando Deus veio de cima para a terra, ninguém no céu e na terra sabia disso, pois esse é o verdadeiro significado de Deus retornar de maneira oculta. Ele está na carne, trabalhando e vivendo há muito tempo, mas ninguém sabe disso. Até hoje ninguém reconhece isso. Talvez isso continue sendo um enigma eterno. Deus entrar na carne desta vez não é algo de que qualquer um possa estar ciente. Não importa o quão grande e poderosa seja a obra do Espírito, Deus sempre permanece sereno e nunca Se entrega. Pode-se dizer que é como se este estágio de Sua obra estivesse ocorrendo no reino celestial. Mesmo que seja perfeitamente óbvio para todos, ninguém reconhece isso. Quando Deus concluir este estágio de Sua obra, todos despertarão de seu longo sonho e reverterão sua atitude passada.[1] […] Ao resgatar o homem da cruz, Jesus estava apenas concluindo a obra da redenção; Ele não estava fazendo a obra da perfeição. Assim, apenas metade da obra de Deus estava sendo feita, e terminar a obra da redenção era apenas metade de todo o Seu plano. Quando a nova era estava prestes a iniciar e a antiga a retroceder, Deus Pai começou a contemplar a segunda parte de Sua obra e começou a Se preparar para ela. No passado, esta encarnação nos últimos dias pode não ter sido profetizada e, portanto, isso estabeleceu um fundamento para o crescente sigilo em torno da vinda de Deus à carne desta vez. Ao romper da aurora, sem que ninguém soubesse, Deus veio à terra e começou Sua vida na carne. As pessoas não tinham conhecimento desse momento. Talvez estivessem todos dormindo, talvez muitos que estavam atentamente acordados estivessem esperando, e talvez muitos estivessem orando silenciosamente para Deus no céu. No entanto, entre todas essas pessoas, ninguém sabia que Deus já havia chegado à terra. Deus trabalhou dessa maneira para executar Sua obra sem problemas, alcançar resultados melhores e para evitar mais tentações. Quando o sono de primavera do homem for interrompido, a obra de Deus terá terminado há muito tempo e Ele partirá, encerrando Sua vida de vagar e peregrinar na terra. Porque a obra de Deus requer que Deus aja e fale pessoalmente, e porque não há como o homem ajudar, Deus tem sofrido dor extrema para vir à terra para fazer a obra por Si mesmo. O homem é incapaz de substituí-Lo na Sua obra. Portanto, Deus arriscou perigos milhares de vezes maiores do que aqueles que enfrentou durante a Era da Graça para descer até onde o grande dragão vermelho habita para fazer Sua própria obra, para colocar todo o Seu pensamento e cuidado em redimir esse grupo de pessoas empobrecidas, redimindo esse grupo de pessoas atoladas em um monte de esterco.

de ‘Obra e entrada (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Agora a nova obra de Deus teve início, e ela é também o início de uma nova era. Deus traz para a Sua casa os redimidos para começar Sua nova obra de salvação. Desta vez, a obra de salvação é mais profunda do que em épocas passadas. Não será feita pelo Espírito Santo operando no homem para permitir que ele mude por si mesmo, nem por meio do corpo de Jesus aparecendo entre os homens, menos ainda de qualquer outra maneira. Antes, a obra será feita e conduzida pelo Próprio Deus encarnado. E isto é feito a fim de levar o homem à nova obra. Não é grandioso isso? Deus não faz esta obra por meio de uma parte dos homens, tampouco por meio de profecias, mas por Si mesmo. […]

Desta vez, Deus vem para fazer a obra não em um corpo espiritual, mas em um corpo muito comum. Trata-se não somente do corpo da segunda encarnação de Deus, como também do corpo em que Deus retorna. É uma carne muito comum. Nele você não consegue ver nada de diferente dos outros, mas pode receber Dele as verdades que jamais ouviu. Esta carne insignificante é a incorporação de todas as palavras da verdade de Deus, aquela que assume a obra de Deus nos últimos dias e expressão de todo o caráter de Deus para que o homem venha a conhecer. Você não desejava imensamente ver o Deus dos céus? Não desejava imensamente entender o Deus dos céus? Não desejava imensamente ver o destino da humanidade? Ele lhe contará todos esses segredos que nenhum homem tem sido capaz de contar-lhe, e Ele lhe contará até as verdades que você não entende. Ele é a sua porta para o reino e seu guia rumo à nova era. Uma carne tão comum, mas que comporta tantos mistérios insondáveis. Seus feitos podem ser inescrutáveis para você, mas o objetivo de toda a Sua obra basta para que você veja que Ele não é uma simples carne como o homem acredita, pois Ele representa a vontade de Deus, bem como o cuidado demonstrado por Deus em relação à humanidade nos últimos dias. Embora você possa não ouvir as palavras que Ele diz, as quais parecem abalar céus e terra, nem ver os Seus olhos como chamas flamejantes, e, embora não consiga sentir a disciplina de Seu cetro de ferro, você pode ouvir de Suas palavras a fúria de Deus e saber que Deus mostra compaixão pela humanidade; você pode ver o caráter justo de Deus e Sua sabedoria. Mais ainda: perceber a preocupação e o cuidado que Deus tem com toda a humanidade. A obra de Deus nos últimos dias é permitir que o homem veja o Deus dos céus vivo entre os homens na terra e possibilitar que ele venha a conhecer, obedecer, reverenciar e amar a Deus. É por isso que Ele voltou em carne pela segunda vez.

de ‘Deus fez algo grandioso entre os homens, você sabia?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nota de rodapé:

1. “Reverter sua atitude passada” refere-se a como as concepções e pontos de vista das pessoas sobre Deus mudam quando conhecem a Deus.

Anterior:Com relação ao retorno do Senhor, a Bíblia muito claramente registra que: “Quanto, porém, ao dia e à hora, ninguém sabe, nem os anjos no céu nem o Filho, senão o Pai” (Marcos 13:32). Se vocês estão dizendo que o Senhor Jesus já retornou, como saberiam disso?

Próximo:Por que o retorno do Senhor envolve a encarnação – descendo em segredo –, e descendo publicamente das nuvens?

Coisas que talvez lhe interessem