21. O que é seguir a Deus?

Palavras de Deus relevantes:

De suma importância ao seguir a Deus é que tudo esteja de acordo com as palavras de Deus hoje: quer você busque a entrada na vida ou o cumprimento da vontade de Deus, tudo deve estar centrado em torno das palavras de Deus hoje. Se aquilo que você comunga e busca não está centrado em torno das atuais palavras de Deus, você é um estranho às palavras de Deus e totalmente privado da obra do Espírito Santo. O que Deus quer são pessoas que sigam Seus passos. Não importa quão maravilhoso e puro seja aquilo que você compreendeu antes, Deus não o quer, e se você não for capaz de pôr tais coisas de lado, elas serão um enorme obstáculo para a sua entrada no futuro. Todos aqueles que são capazes de seguir a luz atual do Espírito Santo são abençoados. As pessoas de eras passadas também seguiram os passos de Deus, mas não puderam seguir até hoje; essa é a bênção das pessoas dos últimos dias.

Extraído de ‘Conheça a mais nova obra de Deus e siga os Seus passos’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra do Espírito Santo muda dia a dia, elevando-se mais a cada passo; a revelação de amanhã é ainda mais elevada que a de hoje, passo a passo escalando cada vez mais alto. Essa é a obra pela qual Deus aperfeiçoa o homem. Se o homem não conseguir manter o ritmo, ele poderá ser deixado para trás a qualquer momento. Se não tiver um coração obediente, ele não conseguirá prosseguir até o fim. A era anterior passou; esta é uma nova era. E, em uma nova era, uma nova obra precisa ser feita. Especialmente na era final, em que o homem será aperfeiçoado, Deus realizará uma nova obra cada vez mais rápido. Portanto, sem obediência em seu coração, o homem terá dificuldade em seguir os passos de Deus. Deus não acata nenhuma regra, nem trata nenhuma etapa de Sua obra como imutável. Em vez disso, a obra que Ele faz é sempre mais nova e mais elevada. Sua obra se torna cada vez mais prática a cada passo, cada vez mais de acordo com as reais necessidades do homem. Só depois que o homem experimentar esse tipo de obra, é que ele poderá alcançar a transformação final de seu caráter. […] A obra feita por Deus difere em cada período. Se você demonstrar obediência em uma fase e, na próxima, demonstra pouca ou nenhuma obediência, então Deus abandonará você. Se você acompanha Deus enquanto Ele galga essa etapa, então precisa continuar a acompanhá-Lo quando Ele galgar a próxima. Só então você será uma pessoa obediente ao Espírito Santo. Como você acredita em Deus, precisa permanecer constante em sua obediência. Você não pode simplesmente obedecer quando está disposto e desobedecer quando não está. Esse tipo de obediência não tem a aprovação de Deus. Se você não consegue acompanhar a nova obra que Eu comunico, e continua a se apegar aos dizeres antigos, como pode haver progresso em sua vida? A obra de Deus é suprir para você por meio de Suas palavras. Quando você obedecer e aceitar as palavras Dele, então o Espírito Santo seguramente operará em você. O Espírito Santo opera exatamente da maneira que Eu digo. Faça como Eu disse, e o Espírito Santo prontamente operará em você.

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você sabe o que é seguir a Deus? Sem visões, que senda você seguiria? Na obra de hoje, se você não tiver visões, você não será capaz de ser completado de maneira alguma. Em quem você acredita? Por que você acredita Nele? Por que você segue a Ele? Você crê como um tipo de jogo? Você está tratando a sua vida como uma espécie de brinquedo? O Deus de hoje é a maior visão. Quanto Dele você conhece? Quanto Dele você já viu? Tendo visto o Deus de hoje, o fundamento da sua crença em Deus está seguro? Você acha que, enquanto seguir dessa maneira tão confusa, alcançará a salvação? Você acha que pode pescar em águas turvas? É tão simples assim? Quantas das suas noções sobre o que o Deus de hoje está dizendo você já abandonou? Você tem uma visão do Deus de hoje? Onde está a sua compreensão sobre o Deus de hoje? Você sempre acredita que pode obtê-Lo[a] só por segui-Lo, ou simplesmente por vê-Lo, e que ninguém será capaz de se livrar de você. Não pense que seguir Deus é tão fácil. A chave é que você deve conhecê-Lo, deve conhecer a Sua obra, e deve ter a vontade de suportar dificuldades por Ele, ter a vontade de sacrificar a sua vida por Ele, e ter a vontade de ser aperfeiçoado por Ele. Essa é a visão que você deveria ter. Não basta se você estiver sempre pensando em desfrutar da graça. Não suponha que Deus está ali apenas para o desfrute das pessoas e para conceder graça às pessoas. Você pensou errado! Se alguém não pode arriscar sua vida para seguir, se alguém não pode abandonar todas as posses mundanas para seguir, então essa pessoa não será capaz, em absoluto, de seguir até o fim!

Extraído de ‘Vocês devem entender a obra: não sigam confusamente!’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pedro seguiu Jesus por vários anos e viu muito Nele que não havia nas outras pessoas. Após segui-Lo por um ano, Pedro foi escolhido por Jesus de entre os doze discípulos. (Claro que Jesus não falou isso em voz alta, e as outras pessoas não estavam absolutamente conscientes disso.) Na vida, Pedro se avaliava segundo tudo o que Jesus fazia. Mais notavelmente, as mensagens que Jesus pregava ficaram gravadas em seu coração. Ele era completamente dedicado e leal a Jesus, e ele nunca falou nenhuma queixa contra Ele. Como resultado, ele se tornou o fiel companheiro de Jesus em todos os lugares aonde Ele ia. Pedro observou os ensinamentos de Jesus, Suas gentis palavras, o que Ele tomava como Seu alimento, Suas roupas, Seu abrigo e como Ele viajava. Ele emulava Jesus em todo respeito. Ele nunca era hipócrita, mas rejeitou tudo que era antiquado, seguindo o exemplo de Jesus tanto em palavra como em ações. Foi então que Pedro sentiu que os céus e a terra e todas as coisas estavam nas mãos do Todo-Poderoso e que, por essa razão, ele não tinha escolha própria. Pedro também assimilou tudo o que Jesus era e usou isso como um exemplo. A vida de Jesus mostrou que Ele não era hipócrita no que fazia; em vez de Se gabar de Si Mesmo, Ele comovia as pessoas com amor. Várias coisas mostraram o que Jesus era e, por essa razão, Pedro emulava tudo a respeito Dele.

Extraído de ‘Sobre a vida de Pedro’ das Interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Pedro sentia-se incomodado com qualquer coisa em sua vida que não satisfizesse o desejo de Deus. Se algo não satisfazia o desejo de Deus, ele sentia-se arrependido e procurava uma maneira adequada pela qual pudesse se empenhar para satisfazer o coração de Deus. Mesmo nos menores e mais e inconsequentes aspectos de sua vida, ele ainda exigia de si mesmo a satisfação do desejo de Deus. E não era menos rigoroso no que dizia respeito ao seu antigo caráter, sempre rígido ao exigir de si mesmo progresso mais profundo na verdade. […] Na sua crença em Deus, Pedro procurou satisfazer Deus em tudo, e procurou obedecer a tudo o que viesse de Deus. Sem a mais ligeira queixa, ele pôde aceitar castigo e julgamento, bem como refinamento, tribulação e escassez em sua vida, e nada disso conseguiu mudar seu amor a Deus. Não era esse o máximo amor a Deus? Não é esse o cumprimento do dever de uma criatura de Deus? Quer no castigo, no julgamento ou na tribulação; você é sempre capaz de alcançar a obediência até a morte, e isso é o que uma criatura de Deus deve alcançar, esta é a pureza do amor a Deus.

Extraído de ‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Seguir a Deus se refere primariamente a seguir a obra atual de Deus, praticar e submeter-se às palavras atuais de Deus, ser capaz de guardar os mandamentos de Deus, buscar a vontade de Deus em todas as questões, praticar de acordo com a palavra de Deus e submeter-se absolutamente à obra e orientação do Espírito Santo. Por fim, refere-se a tornar-se uma pessoa que pratica a verdade e segue a vontade de Deus. Apenas esse tipo de pessoa é um seguidor de Deus, uma pessoa que ganha a salvação de Deus. Se, em nossa fé, confiarmos e exaltarmos externamente a Bíblia, enquanto, na realidade, nossa prática e experiência são de acordo com as palavras e os ensinamentos dos humanos na Bíblia, em vez de nos submetermos e praticarmos a palavra de Deus a partir da Bíblia, e se não entendermos as intenções de Deus e, em vez disso, nos agarrarmos apenas a cerimônias e regras religiosas, isso é seguir o homem. Se seguirmos e praticarmos as palavras das pessoas da Bíblia como se fossem as palavras de Deus, mas vermos o Senhor Jesus como mera figura de proa, ignorando as Suas palavras e fazendo nada para seguir Seus mandamentos, então certamente seremos desdenhados e amaldiçoados pelo Senhor Jesus, como aconteceu com os fariseus hipócritas. Existem muitas pessoas que têm fé no Senhor, mas adoram cegamente celebridades espirituais ou pastores e presbíteros — elas veneram os fariseus hipócritas. Não importa o que as atinja, elas correm para os pastores e presbíteros para buscar orientação e fazem o mesmo quando se trata de investigar o caminho verdadeiro. Como resultado, elas são enganadas e iludidas pelos fariseus hipócritas e líderes religiosos e passam a seguir a senda de resistir a Deus — esses são os fins e as consequências de seguir o homem no lugar de Deus. A única maneira de verdadeiramente seguir a Deus é basear nossa fé exclusivamente em seguir a obra do Espírito Santo, em seguir as palavras atuais de Deus, em seguir os passos da obra do Espírito Santo e esforçar-nos ao máximo para cumprir nossos deveres. Especialmente durante a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, o mundo religioso perdeu a obra do Espírito Santo e ficou desolado. Quando somos compelidos a buscar o caminho verdadeiro, devemos voltar nossa atenção ainda mais para buscar as palavras do Espírito Santo para as igrejas; devemos buscar as palavras e declarações de Deus e a obra do Espírito Santo. Se não buscarmos as palavras e a obra do Espírito Santo, se formos incapazes de ouvir a voz de Deus e de ganhar o sustento das palavras atuais de Deus, seremos eliminados, deixados de lado durante a obra de Deus nos últimos dias, tropeçando pela escuridão com choro e ranger de dentes. Pessoas que realmente seguem e se submetem a Deus jamais serão abandonadas por Ele. Aqueles que adoram pastores e presbíteros religiosos estão se submetendo ao homem e são seguidores do homem. Essas pessoas serão expostas pela obra de Deus — serão eliminadas e deixadas de lado.

Mesmo que, com nossa boca, gritemos que cremos em Deus e que deveríamos seguir apenas a Deus e submeter-nos a Ele, isso não é o que acontece na realidade. Podemos ver isso claramente na maneira como as pessoas de fé judaica na Era da Graça trataram o Senhor Jesus, ao contrário de como fizeram Pedro, João e outros. O Senhor Jesus realizou Sua nova obra, professou a verdade e trouxe o caminho do arrependimento, mas a maioria do povo judeu daquele tempo só ouvia os ensinamentos dos sumos sacerdotes e dos fariseus. Os judeus não aceitaram a obra e as palavras do Senhor Jesus e, como resultado, perderam a salvação do Senhor Jesus. Acreditavam nominalmente em Deus, mas, na realidade, acreditavam nos sumos sacerdotes, escribas e fariseus. No entanto, Pedro, João, Mateus, Filipe e outros viram que a obra e as palavras do Senhor Jesus tinham autoridade e poder e que eram a verdade. Viram que a obra e as palavras do Senhor Jesus vinham de Deus, por isso O seguiram de perto. Não estavam sujeitos ao controle dos fariseus e foram aqueles que realmente seguiram e obedeceram a Deus. Nos últimos dias, a única maneira de seguir e de se submeter de verdade a Deus é aceitar e se submeter à obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso, e isso cumpre a profecia encontrada no livro de Apocalipse: “Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá” (Apocalipse 14:4).

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

O que significa seguir a Deus? E como você põe isso em prática? Seguir a Deus não envolve somente orar a Deus e louvá-Lo; o mais importante é comer e beber as palavras de Deus e viver de acordo com elas, agir de acordo com a verdade, encontrar o caminho para viver na palavra de Deus, encontrar uma senda de experiência de vida nas palavras de Deus, aceitar a comissão de Deus, cumprir cada um de seus deveres corretamente e seguir a senda à sua frente conforme guiado pelo Espírito Santo. Em especial, em encruzilhadas críticas, quando grandes problemas o afligirem, existe uma necessidade ainda maior de buscar as intenções de Deus, de estar atento às tentativas de ser enganado pelas doutrinas do homem e de não ser controlado por ninguém. “Ao que vem de Deus eu obedeço e sigo, mas se vier da vontade do homem eu firmemente o rejeito; quando o que é pregado pelos líderes ou colaboradores está em conflito com os arranjos de Deus, eu absolutamente sigo a Deus e rejeito as pessoas. Se estiver em completo acordo com os arranjos e com a vontade de Deus, então eu dou ouvidos.” As pessoas que praticam dessa maneira são aquelas que seguem a Deus.

Extraído da comunhão do alto

Nota de rodapé:

a. O texto original não contém a palavra “-Lo”.

Anterior: 20. O que é um incrédulo?

Próximo: 22. O que é seguir ao homem?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

6. Como se deve abordar e usar a Bíblia de uma maneira que esteja de acordo com a vontade de Deus? Qual é o valor inerente da Bíblia?

A explicação de Deus para a essência, a construção e as falhas da Bíblia não é absolutamente para negar sua existência, nem a condena. Em vez disso, é para fornecer uma explicação razoável e apropriada, para restaurar a imagem original da Bíblia e para corrigir os desentendimentos que as pessoas têm da Bíblia, de modo que todos tenham a visão correta a respeito dela, não mais a adorem e não fiquem mais perdidas; as pessoas erroneamente tomam sua fé cega na Bíblia como a crença e a adoração de Deus, e nem ousam encarar seu verdadeiro pano de fundo e seus pontos fracos. Depois que todos tiverem um entendimento puro da Bíblia, serão capazes de deixá-la de lado sem hesitação e corajosamente aceitar as novas palavras de Deus. Esse é o objetivo de Deus nesses vários capítulos. A verdade que Deus quer contar às pessoas aqui é que nenhuma teoria ou fato pode substituir a presente obra ou as palavras atuais de Deus, e que não existe nada que possa substituir a posição de Deus. Se as pessoas não conseguem se desvencilhar das malhas da Bíblia, elas nunca serão capazes de chegar diante de Deus. Se querem ficar diante de Deus, elas primeiro devem esvaziar seu coração de tudo que possa substituí-Lo; desse modo, Deus ficará satisfeito.

2. Por que se pode dizer que a Trindade é a declaração mais absurda?

Se algum entre vocês disser que a Trindade realmente existe, então explique exatamente o que é este único Deus em três pessoas. O que é o Pai Santo? O que é o Filho? O que é o Espírito Santo? Jeová é o Pai Santo? Jesus é o Filho? E o Espírito Santo? Não é o Pai um Espírito? Não é a substância do Filho também um Espírito? A obra de Jesus não foi a obra do Espírito Santo? Não foi a obra de Jeová realizada na época por um Espírito igual ao de Jesus? Quantos Espíritos Deus pode ter? De acordo com a sua explicação, as três pessoas do Pai, do Filho e do Espírito Santo são uma; se assim for, existem três Espíritos, mas ter três Espíritos significa que há três Deuses. Isso significa que não há um único Deus verdadeiro; como esse tipo de Deus ainda pode ter a substância inerente de Deus? Se você aceita que há somente um Deus, então como Ele pode ter um filho e ser pai? Tudo isso não são simplesmente suas noções?

1. A Bíblia é apenas um registro dos dois estágios da obra de Deus na Era da Lei e na Era da Graça; não é um registro da totalidade da obra de Deus

Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Paulo; eles não são registros históricos?

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro