Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

10. O que é cumprir o seu dever?

Palavras de Deus relevantes:

O homem cumprir seu dever é, na verdade, a realização de tudo o que é inerente ao homem, isto é, do que lhe é possível. É aí que o seu dever é cumprido. Os defeitos do homem, durante seu serviço, são reduzidos gradualmente por meio da experiência progressiva e do processo da sua experiência de julgamento; eles não impedem nem afetam o dever do homem. Os que param de servir ou cedem e retrocedem, com medo dos defeitos que possam existir no serviço, são os mais covardes de todos os homens. Se o homem não pode expressar o que deve expressar durante o serviço, nem alcançar o que lhe é inerentemente possível, e, em vez disso, se engana e age sem se envolver, ele perdeu a função que um ser criado deveria ter. Esse tipo de homem é considerado uma nulidade medíocre e um inútil desperdício de espaço; como pode alguém assim ser dignificado com o título de um ser criado? Não é uma entidade de corrupção que brilha por fora, mas está podre por dentro? […] Não há correlação entre o dever do homem e se ele é abençoado ou amaldiçoado. O dever é o que o homem deve cumprir; é seu dever obrigatório e não deve depender de recompensas, condições ou razões. Só então é que ele está fazendo o seu dever. Um homem que é abençoado goza de bondade ao ser aperfeiçoado após o julgamento. Um homem que é amaldiçoado recebe punição quando seu caráter permanece inalterado depois do castigo e do julgamento, ou seja, ele não foi aperfeiçoado. Como um ser criado, o homem deve cumprir seu dever, fazer o que deve fazer e fazer o que for capaz de fazer, independentemente de ser abençoado ou amaldiçoado. Essa é a condição básica do homem, como alguém que busca a Deus. Você não deve fazer o seu dever apenas para ser abençoado, e você não deve se recusar a agir por medo de ser amaldiçoado. Deixe-Me dizer-lhes uma coisa: se o homem é capaz de cumprir o seu dever, isso significa que ele realiza o que deve fazer. Se o homem é incapaz de cumprir seu dever, isso mostra a rebeldia do homem.

de ‘A diferença entre o ministério do Deus Encarnado e o dever do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

6. Você deve fazer aquilo que deve ser feito pelo homem, cumprindo suas obrigações, dando conta de suas responsabilidades, atendo-se ao seu dever. Como você crê em Deus, deve dar sua contribuição à obra de Deus; se não o fizer, você não está apto a comer e beber as palavras de Deus, e não está apto a viver na casa de Deus.

de ‘Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido por Deus na Era do Reino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Como uma criatura de Deus, se você deseja cumprir o dever de uma criatura de Deus e entender a vontade de Deus, você deve entender a obra de Deus, deve entender a vontade de Deus para as criaturas, deve entender seu plano de gestão e deve entender todo o significado da obra que Ele faz. Aqueles que não entendem isso não estão qualificados para serem criaturas de Deus! Como uma criatura de Deus, se você não entende de onde veio, não entende a história da humanidade e toda a obra feita por Deus e, além disso, não entende como a humanidade se desenvolveu até hoje, não entende quem comanda toda a humanidade, então você é incapaz de cumprir o seu dever.

de ‘Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando se fala de obra, o homem acredita que a obra é correr para lá e para cá para Deus, pregar em todos os lugares e gastar por Deus. Embora esta crença esteja correta, ela é unilateral demais; o que Deus pede ao homem não é apenas que se faça a jornada para lá e para cá para Deus; é mais ministério e o suprimento dentro do espírito. […] A obra não se refere a correr para lá e para cá por Deus; refere-se a se a vida do homem e o que o homem vive são para o deleite de Deus. A obra se refere ao homem utilizar a fidelidade que tem a Deus e o conhecimento que tem de Deus para testemunhar a Deus e ministrar ao homem. Esta é a responsabilidade do homem, e o que todo homem deve realizar. Em outras palavras, sua entrada é sua obra; vocês estão procurando entrar durante o curso de sua obra para Deus. Vivenciar Deus não é apenas poder comer e beber de Sua palavra; mais importante do que isso, vocês devem ser capazes de testemunhar a Deus, de servir a Deus e de ministrar para e suprir o homem. Essa é a obra e também sua entrada; é isso que todo homem deve realizar. Há muitos que focam apenas em viajar para lá e para cá para Deus e em pregar em todos os lugares, mas ignoram sua experiência pessoal e negligenciam sua entrada na vida espiritual. É isso que faz com que aqueles que servem a Deus se tornem aqueles que resistem a Deus.

de ‘Obra e entrada (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

E o que se quer dizer com cumprir nosso dever? Deus confia algo a todos e tem exigências para todos. Desde o dia em que você nasceu, Deus atribuiu dons e habilidades a você que você colocaria em ação após entrar na família Dele. É uma incumbência, e é seu dever. Se você não buscar a verdade nem se importar com a vontade de Deus, se você não tiver se esforçado, então essa sua existência terá fracassado. Você fracassou em ser uma pessoa, você não concluiu seu dever nem aquele que Deus confiou a você, e essa sua encarnação tem sido vã. Se essa existência não cumpriu propósito algum, você não veio em vão? Sua vida não tem sido vã?

de “A comunhão do alto”

As pessoas têm muitos deveres. Pode-se dizer que qualquer coisa que as pessoas deveriam fazer, colocar em prática, buscar e possuir são seus deveres. E ainda mais, o dever das pessoas é o que Deus confia a elas e o que elas devem completar.

de ‘Praticar a verdade e os seus deveres’ em “Coleção de sermões: provisão para a vida”

Algumas pessoas dirão: “Cumprir seus deveres é assumir as responsabilidades que você deveria assumir e cumprir as obrigações que você deveria cumprir na vida da igreja, tais como disseminar o evangelho e receber os irmãos e as irmãs; estes são os deveres a serem cumpridos.” Você acha que essa afirmação está correta? É muito superficial, não toca a substância da questão. Então, o que significa de fato cumprir seus deveres? Colocando de maneira precisa, cumprir seus deveres é experimentar a palavra de Deus e entrar na realidade da verdade. Cumprir seus deveres é viver diante de Deus praticando a verdade. Aquele que cumpre corretamente os próprios deveres diante de Deus é alguém que se conforma com a vontade Dele. É alguém que vive dentro da palavra de Deus, alguém que vive diante de Deus. Se depois de crer em Deus por muitos anos a pessoa ainda não for capaz de cumprir regularmente seus deveres, estaria ela vivendo diante Dele de fato? No mínimo, se não estiver cumprindo seus deveres, isso significa então que ela não está praticando a verdade nem está praticando a palavra de Deus, portanto, não é alguém que busca a verdade. Qualquer um que não cumpre seus deveres não possui experiência de vida, então certamente não entrou na vida também. As pessoas que não cumprem seus deveres conseguem possuir a realidade da vida? Absolutamente! Então, está claro o que é realmente cumprir seus deveres. É comer e beber a palavra de Deus, praticá-la e experimentá-la, é praticar a verdade e entrar na realidade, e é viver diante de Deus. Isso é totalmente verdade. […] Você poderia dizer que todos os deveres que nós cumprimos são nossas responsabilidades e obrigações dentro da palavra de Deus, que os deveres são todos responsabilidades que assumimos para nós mesmos ao comer e beber a palavra de Deus e experimentar Sua palavra. Por exemplo, quando passo por uma experiência das palavras que li, então eu comungo a respeito disso, testemunhando por Deus seja qual for o conhecimento que eu tenha Dele. Eu testemunho seja qual for a graça que Deus tenha me dado, de modo que nossos irmãos e irmãs possam todos desfrutar, permitindo que eles recebam o serviço, o suprimento de vida e o apoio. Isso é dar testemunho por Deus, isso é exaltá-Lo, isso é cumprir nossos deveres. Além disso, todos têm as próprias responsabilidades que devem assumir dentro da igreja. Algumas pessoas servem como líderes, algumas pregam sermões, algumas servem como obreiras, algumas disseminam o evangelho e outras oferecem hospitalidade. Todas essas são responsabilidades às quais as pessoas estão atreladas pelo dever a ser cumprido. Você poderia dizer que as responsabilidades ou deveres que a pessoa deve assumir também são pré-determinados e coordenados por Deus. Nas palavras dos incrédulos, é a vontade do Céu ou a lei do Céu. Você não pode ir contra ela. Todos têm sua missão desde o nascimento, ou como dizem os incrédulos, seu destino, mas nós dizemos que todos têm sua missão. As responsabilidades que cada um de nós deveria assumir na igreja nos são confiadas por Deus. É nossa missão. Se você não cumprir seus deveres corretamente e não puder cumprir sua missão, isso seria então um pecado monstruoso. Quem são aquelas pessoas que nunca cumprem seus deveres dentro da igreja? Você poderia chamá-las de traidoras de Deus. Elas comem e bebem a palavra de Deus e desfrutam Sua graça, contudo, O traem. Há muitas pessoas que veem as bênçãos de Deus dentro dos deveres que cumprem. Elas veem a presença de Deus e a direção do Espírito Santo e, no final, sentem que quanto mais cumprem seus deveres, mais serão abençoadas por Deus, que quanto mais cumprem seus deveres, mais receberão a obra do Espírito Santo, que quanto mais cumprem seus deveres, mais podem ver suas vidas crescerem continuamente. Então, o que esses fatos ilustram? Que se uma pessoa for capaz de cumprir fielmente seus deveres dentro da casa de Deus, se for capaz de cumprir seus deveres apesar de todos os contratempos, então isso significa que ela tem consciência e tem senso, e que receberá a benção de Deus.

de ‘A relação entre cumprir o dever e ser salvo’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (V)”

Então, quais deveres cada pessoa deve cumprir? O dever que cada pessoa deve cumprir é a verdade que ela deveria praticar, e a verdade que você deveria praticar é o dever que você deveria cumprir, é a obrigação que você deveria cumprir. Se você praticar a verdade que conhece e deveria praticar, então terá cumprido corretamente o seu dever. Se não praticar a verdade, então você não está cumprindo o seu dever. Você está causando problemas, está enganando a Deus e está simplesmente sendo insincero com Ele. Portanto, o cumprimento de seus deveres deve necessariamente ser combinado com a verdade, deve estar intimamente ligado com a verdade. Você deve colocar em prática todas as verdades que entende e deve viver a realidade da verdade. Viver a realidade da verdade é uma representação da verdadeira imagem do homem. Quando Deus criou o homem, foi baseado nessa imagem, por isso, se viver a imagem da verdade, você satisfará a Deus. Deus ficará contente quando olhar para você, Ele abençoará você, dará a você a vida eterna, deixará que você viva para sempre. Porém, se você não viver a imagem da verdade, então não é digno de ser chamado de homem, e quando Deus olhar para você, Ele pensará que você não tem aura espiritual e que você não tem nada do sopro de vida que Ele concedeu a você. Ele dará ordens para que tal desperdício seja eliminado. Logo, cumprir deveres é propriamente praticar a verdade. Se não praticar a verdade enquanto cumpre seus deveres, então você não os estará cumprindo de fato. Estará apenas causando problemas, estará enganando a Deus e sendo insincero com Ele. Você estará apenas seguindo um procedimento. Por isso, se você crer em Deus, tem de experimentar e praticar a verdade que Ele outorgou à humanidade, e, no final, você deve viver a realidade da Sua palavra. Isso é cumprir seus deveres. […] Se a verdade não estiver envolvida enquanto você cumpre seus deveres, então é falso, é insincero, falso e enganador; você está apenas cumprindo formalidades, apenas seguindo o procedimento. Para cumprir verdadeiramente os deveres, você deve praticar a verdade enquanto os cumpre, esse é o único jeito de cumpri-los bem o bastante, é o único jeito de ser verdadeiramente um homem. Qualquer parte da obra que você esteja fazendo envolve a prática da verdade, e quando você está praticando a verdade, você está cumprindo suas responsabilidades. Essa é sua obrigação e seu dever, então você deve cumprir bem. Isso é o que queremos dizer com praticar a verdade. Então, qual é a verdadeira relação entre cumprir seus deveres e praticar a verdade? Eles são duas maneiras diferentes de interpretar a mesma coisa. De fora, parece um dever sendo cumprido, mas na essência, é a verdade sendo praticada. Então, se você não entender a verdade quando cumprir seus deveres, será capaz de executar corretamente a obra? Você não será. Primeiro de tudo, você não terá um entendimento claro do que significa cumprir seus deveres, ou de como cumpri-los corretamente. Você não terá um entendimento claro dessas coisas. Segundo, chegará o dia em que você terá de fato um entendimento claro, mas ainda falhará em cumprir corretamente os seus deveres. Eles ainda serão cheios de erros. Neste momento, você descobrirá que sua humanidade é falha, que você comete muitos erros nas coisas que faz, que você é cheio de corrupção. Neste momento, você começará a buscar a verdade a fim de se livrar da corrupção, e a partir do momento em que você se livrar dela, começará efetivamente a cumprir seus deveres. Assim que se livrar de sua corrupção e se conscientizar da verdade, neste momento você cumprirá seus deveres de modo certo e apropriado, não apenas de nome, mas na realidade. Se você possuir a verdade enquanto cumpre seu dever, se nem um simples pedacinho de corrupção for manifestado enquanto você o cumpre, então os resultados devidos serão alcançados no tal cumprimento. Você também terá praticado a verdade bem o bastante. Isso é totalmente verdadeiro. Por isso, sempre que estiver cumprindo seus deveres, o modo que você busca a verdade é muito importante. Se você não buscar a verdade, então é certo que o cumprimento de seus deveres não será suficiente o bastante.

de ‘É preciso praticar a verdade no cumprimento do dever para obter a benção de Deus’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (V)”

Anterior:Como se deve praticar a entrada para ser uma pessoa honesta?

Próximo:Qual é a diferença entre cumprir o seu dever e prestar serviço?