Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

17. O que é um falso cristo?

Palavras de Deus relevantes:

Se um homem chama a si mesmo de Deus, mas não consegue expressar o ser divino, nem fazer a obra do Próprio Deus, nem representar Deus, sem dúvida alguma ele não é Deus, pois não tem a essência de Deus, e aquilo que Deus pode inerentemente alcançar não existe dentro dele.

de ‘A diferença entre o ministério do Deus Encarnado e o dever do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Exceto Cristo, aqueles que afirmam falsamente ser Cristo não têm Suas qualidades. Quando justaposto contra o caráter arrogante, que exalta a si mesmo, daqueles falsos cristos, torna-se evidente que tipo de carne é verdadeiramente a de Cristo. Quanto mais falsos, mais esses falsos cristos se exibem, e mais capazes são de realizar sinais e maravilhas para enganar o homem. Os falsos cristos não têm as qualidades de Deus; Cristo não está contaminado por qualquer elemento pertencente aos falsos cristos.

de ‘A substância de Cristo é obediência à vontade do Pai Celestial’ em “A Palavra manifesta em carne”

Há alguns que estão possuídos por espíritos malignos e clamam vociferantemente: “Eu sou Deus!”. Mas, no fim, eles são revelados, porque estão errados no que representam. Eles representam Satanás e o Espírito Santo não lhes presta atenção. Por mais alto que você se exalte ou por mais forte que você grite, você ainda é um ser criado que pertence a Satanás. Eu nunca grito: “Eu sou Deus, Eu sou o amado Filho de Deus!”. Mas a obra que Eu realizo é a obra de Deus. Preciso gritar? Não há necessidade de exaltação. Deus faz a Sua obra Ele Mesmo e não necessita que o homem Lhe confira um status ou título honorífico, e Sua obra é suficiente para representar Sua identidade e status. Antes de Seu batismo, Jesus não era o Próprio Deus? Não era o corpo encarnado de Deus? Não é certo que não se pode dizer que Ele só Se tornou o único Filho de Deus depois que testificaram Dele? Já não havia um homem com o nome de Jesus muito antes que Ele começasse a Sua obra? Você não pode gerar novas sendas ou representar o Espírito. Você não pode expressar a obra do Espírito ou as palavras que Ele profere. Você é incapaz de fazer a obra do Próprio Deus, e a do Espírito, também não. A sabedoria, a maravilha e a insondabilidade de Deus e a plenitude do caráter pelo qual Deus castiga o homem: todas essas estão além de sua capacidade de expressar. Portanto, seria inútil tentar afirmar ser Deus; você teria apenas o nome, mas nada da substância. O Próprio Deus veio, mas ninguém O reconhece, mesmo assim Ele continua em Sua obra e a faz representando o Espírito. Se você O chama de homem, Deus, o Senhor ou Cristo, ou O chama de irmã, não importa. Mas a obra que Ele faz é a do Espírito e representa a obra do Próprio Deus. Ele não Se importa com o nome pelo qual o homem O chama. Pode o nome determinar Sua obra? Independentemente do que você O chame, no que se refere a Deus, Ele é o corpo encarnado do Espírito de Deus; Ele representa o Espírito e é aprovado por Ele. Se você é incapaz de abrir caminho para uma nova era ou de fazer terminar a era antiga, ou de introduzir uma nova era ou de fazer uma nova obra, então você não pode ser chamado de Deus!

de ‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas e de expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria a fraude dos espíritos malignos e sua imitação de Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. A etapa da obra de Jesus já foi concluída e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. A obra de Deus é irreconciliável com as concepções do homem; por exemplo, o Antigo Testamento predisse a vinda de um Messias, mas ocorreu que Jesus veio, então seria errado que outro Messias viesse novamente. Jesus já veio uma vez e seria errado que Jesus viesse novamente desta vez. Existe um nome para cada era e cada nome é caracterizado pela era. Nas concepções do homem, Deus deve sempre mostrar sinais e maravilhas, deve sempre curar os doentes e expulsar os demônios, e deve ser sempre como Jesus, mas desta vez Deus não é nada assim. Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas, e ainda expulsasse demônios e curasse os doentes – se Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesus – então Deus estaria repetindo a mesma obra e a obra de Jesus não teria significado ou valor. Assim, Deus realiza uma etapa de obra em cada era. Uma vez que cada etapa de Sua obra foi concluída, logo é imitada por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus muda para um método diferente; uma vez que Deus completou uma etapa de Sua obra, ela é imitada por espíritos malignos. Essas coisas devem estar claras para vocês.

de ‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

Agora, você sabe o que é um falso cristo? Os falsos cristos são pessoas que fingem ser Cristo. Dizem que são Cristo, que foram enviados por Deus, que são Cristo, o Filho de Deus, que têm o Espírito de Deus dentro deles e que estão aqui agora para realizar uma nova obra. Fingem ser Cristo, mas, na verdade, não têm nenhuma substância da divindade e são falsos cristos.

de ‘Como ser uma testemunha em meio a desastres e provações’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (V)”

Todos nós que já vivenciamos o trabalho de Deus dos últimos dias, vimos um fato bem distinto: Todas as vezes que Deus inicia um novo estágio do trabalho, Satanás e vários outros espíritos malignos seguem Seus passos, imitando e falsificando o Seu trabalho para tentar cativar as pessoas. Jesus curou e expulsou demônios e para cativar as pessoas Satanás e os espíritos malignos, também curaram e expulsaram demônios; O Espírito Santo deu aos homens o dom de falar em línguas e, para cativar as pessoas, os espíritos malignos também o deram, fazendo com que as pessoas falem “em línguas” que ninguém entende. Ainda assim, apesar dos espíritos malignos fazerem várias coisas que satisfazem as necessidades dos homens e desempenharem alguns atos sobrenaturais para tentar cativá-los, e como nem Satanás e nem os espíritos malignos possuem a mínima verdade, eles jamais serão capazes de oferecê-la aos homens. Desta perspectiva é possível diferenciar entre o verdadeiro Cristo e os falsos cristos.

[…] Como foi manifestado na carne, o Espírito de Deus trabalha humilde e secretamente, experimentando todas as dores dos homens sem a menor reclamação. Assim como Cristo, Deus nunca ostentou nada ou Se gabou, muito menos assumiu Sua posição, nem teve uma atitude rígida, o que irradia completamente a honra e a glória de Deus. Isso demonstra a substância honrosa e suprema da vida de Deus, e mostra que Ele é a personificação do amor. O trabalho dos falsos cristos e dos espíritos malignos é exatamente o oposto do trabalho de Cristo: Antes de qualquer coisa, os espíritos malignos sempre clamam que eles são Cristo e, que se vocês não os ouvirem não poderão entrar no reino. Eles fazem tudo que podem para que as pessoas fiquem com eles, gabam, ostentam, vangloriam-se e até fazem alguns sinais e maravilhas para enganar as pessoas, e após estas pessoas serem enganadas e aceitarem seu trabalho, elas sucumbem sem dizem nada, porque já estavam afastadas da verdade por muito tempo. Existem muitos, mas muitos exemplos disso. Porque os falsos cristos não são o caminho, a verdade ou a vida, portanto não têm direção e mais cedo ou mais tarde aqueles que os seguem serão humilhados, mas até lá será tarde demais para voltar atrás. Portanto, é imperativo reconhecer que somente o Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Os falsos cristos e os espíritos malignos com certeza são destituídos da verdade. Não importa o quanto dizem ou quantos livros escrevem, nada disso contém o menor resquício de verdade. Isso é absoluto. Somente Cristo é capaz de expressar a verdade, e esta é a chave para identificarmos a diferença entre o verdadeiro Cristo e os falsos cristos. Além disso, Cristo nunca forçou as pessoas a aceitarem-No ou reconhecerem-No. Para aqueles que acreditam Nele, a verdade fica cada vez mais clara e a maneira de caminharem também fica cada vez mais iluminada, o que prova que somente Cristo é capaz de salvar as pessoas, pois Cristo é a verdade. Os falsos cristos somente podem imitar poucas palavras ou dizer coisas que distorcem a realidade. Eles não têm verdade alguma e só conseguem trazer trevas, destruição e o trabalho de espíritos malignos. De forma alguma vocês serão salvos se seguirem os falsos cristos, só se tornarão cada vez mais corrompidos por Satanás. Vocês ficarão cada vez mais entorpecidos e tolos ao ponto de sua destruição. Aqueles que seguem falsos cristos são como um homem cego a bordo de um barco de ladrões – estão escolhendo sua própria perdição!

de ‘Prefácio’ em “Análise de casos de engano por falsos cristos e anticristos”

Qualquer um que personificar as palavras de Deus para enganar as pessoas é um falso cristo. Todos os falsos cristos são possuídos por espíritos malignos e falam para enganar as pessoas. Como vocês devem distinguir um falso cristo que continua falando para enganar as pessoas? Se vocês meramente olhassem para algumas das palavras do falso cristo, vocês coçariam a cabeça e seriam incapazes de ver através daquilo que o espírito maligno realmente quer fazer. Se vocês continuarem a rastrear esse espírito maligno e considerar tudo o que ele está realmente dizendo, o que ele está tramando fazer para as pessoas e qual senda ele está oferecendo a elas – essas coisas tornarão muito fácil discernir esse espírito maligno. Nós vemos muitas das mesmas características nas coisas que os espíritos malignos dizem. Eles podem apenas imitar as palavras de Deus, mas não podem capturar a essência das Suas palavras. As palavras de Deus têm um contexto e um propósito. O propósito e o efeito eventuais das declarações de Deus são muito claros, e vocês podem ver a autoridade e o poder nas Suas palavras . Elas podem tocar o coração de alguém e mover a alma de alguém. No entanto, as palavras dos espíritos malignos e de Satanás não têm contexto e não têm efeito. Elas são como uma poça de água parada. As pessoas se sentem insensíveis em seus corações após lê-las e nada é passível de acontecer. Então, os espíritos malignos de todos os tipos não detêm quaisquer verdades e são certamente escuros e sombrios por dentro. Suas palavras não podem trazer luz para as pessoas e não podem mostrar para elas a senda que devem seguir. Os espíritos malignos não dizem claramente qual é o seu propósito nem o que estão articulando, e não há menção de coisa alguma relacionada à essência e à raiz da verdade. Praticamente nada. Nada que as pessoas devam entender ou obter pode ser encontrado nas palavras dos espíritos malignos. Portanto, as palavras dos espíritos malignos podem apenas confundir as pessoas e torná-las escuras e sombrias por dentro. Elas não podem fornecer nada às pessoas. A partir disso, nós podemos ver que a natureza inerente dos espíritos malignos é má e sombria. Elas não têm vida, mas estão repletas do sopro da morte. Elas são, de fato, negativas e devem ser amaldiçoadas. Não há verdade alguma no discurso dos espíritos malignos. É completamente sem sentido e faz as pessoas sentirem náuseas, repugnância e com vontade de vomitar como se elas tivessem comido moscas mortas. Se as pessoas estiverem em busca da verdade e possuírem aptidão para receberem as palavras de Deus, elas distinguirão as palavras dos espíritos malignos depois de lê-las. Aqueles que não compreendem as questões espirituais e não têm a habilidade para receber as palavras de Deus, certamente serão confundidos pelas palavras dos espíritos malignos. Todas as pessoas a quem o Espírito Santo iluminou e esclareceu, que possuem o entendimento das palavras de Deus e que compreendem algumas verdades, distinguirão naturalmente as mentiras dos espíritos malignos. Elas serão capazes de ver que não há verdade em quaisquer palavras proferidas pelos espíritos malignos. Eles não têm o que Deus tem e é, tampouco têm o menor poder ou autoridade. As palavras deles possuem uma enorme diferença das palavras de Deus. Para usar uma metáfora mais apropriada, as palavras dos espíritos malignos são praticamente as mesmas em natureza que as palavras de um sujeito irracional que não possui verdades. Elas são puramente um pacote de mentiras e contrassenso.

de ‘Como discernir o discurso demoníaco e as falácias dos espíritos malignos, falsos cristos e anticristos’ em “Anais selecionados dos arranjos de trabalho da Igreja de Deus Todo-Poderoso”

Anterior:O que é um anticristo?

Próximo:O que é um falso líder ou falso pastor?