Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

80. Tendo lido as palavras de Deus Todo-Poderoso, sinto que elas são predominantemente a voz de Deus e que Ele está falando. Parece, porém, que algumas palavras são como as palavras do homem. Como pode?

A resposta da palavra de Deus:

Deus não obedece às regras e pode falar a partir de muitas perspectivas diferentes para tornar clara Sua sabedoria e onipotência. Não importa se Ele fala a partir da perspectiva do Espírito, ou do homem, ou da terceira pessoa – Deus é sempre Deus, e você não pode dizer que Ele não é Deus por causa da perspectiva do homem a partir da qual Ele fala. Entre algumas pessoas surgiram concepções resultantes das diferentes perspectivas a partir das quais Deus fala. Essas pessoas não têm conhecimento de Deus e não conhecem Sua obra. Se Deus sempre falasse a partir de uma só perspectiva, o homem não estabeleceria regras a respeito de Deus? Deus poderia permitir que o homem agisse de tal maneira? Independentemente da perspectiva a partir da qual Deus fala, Ele tem Seus objetivos para cada um. Se Deus fosse sempre falar a partir da perspectiva do Espírito, você seria capaz de se envolver com Ele? Assim, Ele fala na terceira pessoa para fornecer Suas palavras para você e guiá-lo à realidade. Tudo o que Deus faz é apropriado. Em suma, tudo é feito por Deus, e você não deve duvidar disso. Desde que Ele seja Deus, não importa a partir de qual perspectiva Ele fale, Ele ainda é Deus. Esta é uma verdade imutável. No entanto, Ele trabalha, Ele ainda é Deus e Sua substância não mudará!

de ‘Tudo é realizado pela Palavra de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Deus usa múltiplos métodos e perspectivas. Por exemplo, às vezes Ele usa sátira e às vezes Ele usa o método do provimento e do ensino diretos; às vezes, Ele usa exemplos e às vezes reprimendas severas. No geral, há todo tipo de métodos diferentes e o objetivo é atender aos vários estados e gostos das pessoas. A perspectiva da qual Ele fala muda com os diferentes métodos ou o conteúdo do que Ele diz. Por exemplo, às vezes Ele diz “Eu” ou “Mim”, quer dizer, Ele fala às pessoas da perspectiva do Próprio Deus. Às vezes, Ele fala como terceira pessoa, dizendo “Deus” é isto ou aquilo, e há outros momentos em que Ele fala da perspectiva de um ser humano. Não importa a perspectiva da qual Ele fale, ela não pode mudar Sua essência. Isso é porque não importa como Ele fala, o que Ele expressa é tudo a própria essência de Deus, é toda a verdade e é o que a humanidade necessita.

de ‘Introdução’ para Terceira Parte em “A Palavra manifesta em carne”

Algumas pessoas reconhecem apenas que o que Eu comunico é o que Eu vivenciei, mas não reconhecem que é a expressão direta do Espírito. O que Eu digo é, naturalmente, o que Eu vivenciei. Fui Eu quem realizou a obra de gestão por mais de seis mil anos. Eu vivenciei tudo desde o começo da criação da humanidade até o presente; como Eu poderia deixar de falar sobre isso? Quando se trata da natureza do homem, Eu a vi claramente e a observei por muito tempo; como Eu poderia deixar de falar dela claramente? Tendo visto claramente a essência do homem, Eu estou qualificado a castigar o homem e julgá-lo, porque o homem veio inteiramente de Mim, mas foi corrompido por Satanás. Evidentemente, Eu também estou qualificado a avaliar a obra que Eu realizei. Embora essa obra não seja realizada por Minha carne, é a expressão direta do Espírito, e é isso o que Eu tenho e o que Eu sou. Portanto, Eu estou qualificado a expressá-la e realizar a obra que Eu devo realizar. […] As palavras proferidas pela carne encarnada de Deus são a expressão direta do Espírito e expressam a obra que foi realizada pelo Espírito. A carne não a vivenciou ou viu, mas ainda assim expressa Seu ser porque a substância da carne é o Espírito, e Ele expressa a obra do Espírito.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:Na obra de Deus dos últimos dias, por que Ele profere tantas palavras de juízo e castigo?

Próximo:Todos somos pegos vivendo em um ciclo de pecar e confessar sem meio de escapar; podem as palavras de Deus Todo-Poderoso verdadeiramente mudar e purificar a humanidade?

Coisas que talvez lhe interessem