Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhas de Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

XVIII. É preciso comunicar claramente o que é seguir a vontade de Deus e qual é o verdadeiro testemunho de fé em Deus

2. Somente gozar da graça de Deus é um testemunho verdadeiro de fé em Deus?

Palavras de Deus relevantes:

Se você só desfruta da graça de Deus com uma vida familiar pacífica ou bênçãos materiais, então você não ganhou Deus e sua crença Nele falhou. Deus já realizou uma etapa da obra da graça na carne e já concedeu bênçãos materiais ao homem, mas o homem não pode ser aperfeiçoado com a graça, o amor e a misericórdia somente. Nas experiências do homem, ele encontra um pouco do amor de Deus e percebe esse amor e misericórdia de Deus, mesmo tendo experimentado durante um período, ele vê que a graça de Deus e Seu amor e misericórdia são incapazes de tornar o homem perfeito e incapazes de revelar o que é corrupto no homem, nem eles são capazes de livrar o homem de seu caráter corrupto ou tornar perfeito seu amor e fé. A obra da graça de Deus foi a obra de um período e o homem não pode confiar em desfrutar da graça de Deus para conhecê-Lo.

de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se alguém simplesmente desfruta da graça de Deus, não pode ser aperfeiçoado por Deus. Alguns podem ficar satisfeitos com a paz e os prazeres da carne, uma vida fácil sem adversidades ou desventuras, vivendo em paz com suas famílias, sem brigas ou discussões. Eles podem até acreditar que isso seja uma bênção de Deus, mas na verdade, isso é simplesmente a graça de Deus. Vocês não devem se contentar simplesmente com desfrutar da graça de Deus. Esse modo de pensar é muito vulgar. Mesmo que você leia a palavra de Deus diariamente, ore todos os dias e seu espírito sinta uma paz e um prazer singular, ainda assim no fim você não consegue falar de conhecimento algum de Deus e de Sua obra ou que não tem tido experiência com ela e, não importa o quanto você comeu e bebeu da palavra de Deus, se você simplesmente sente paz e prazer em seu espírito e que a palavra de Deus tem uma doçura incomparável, como se você não pudesse desfrutá-la o bastante, porém você não tem uma experiência verdadeira com a palavra de Deus e nem da existência real dessa palavra, então o que você pode receber desse tipo de fé em Deus? Se você não é capaz de viver a essência da palavra de Deus, seu comer, beber e suas orações se referem totalmente à religião. Esse tipo de homem não pode ser aperfeiçoado e tampouco ser ganho por Deus.

de ‘Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pessoas que não fazem mais nada além de desfrutar da graça de Deus não podem ser aperfeiçoadas ou transformadas e sua obediência, piedade, amor e paciência são superficiais. Todos aqueles que somente desfrutam da graça de Deus não podem verdadeiramente conhecer a Deus, e mesmo quando O conhecem, seu conhecimento é superficial e eles dizem coisas como “Deus ama o homem” ou “Deus é compassivo para com o homem”. Isso não representa a vida do homem e não mostra que as pessoas realmente conhecem a Deus. Se, quando as palavras de Deus os refinam ou quando Suas provações caem sobre elas, são incapazes de obedecer a Deus – se, em vez disso, elas se tornam duvidosas e caem – então não são nem um pouco obedientes.

de ‘Você deve obedecer a Deus em sua fé’ em “A Palavra manifesta em carne”

As pessoas simplesmente consideram a obtenção da graça e o gozo da paz como símbolos de fé em Deus e a busca de bênçãos como a base dessa fé. Pouquíssimas pessoas procuram conhecer a Deus ou buscam uma mudança em seu caráter. A crença das pessoas em Deus visa fazer com que Deus lhes dê um destino adequado e lhes conceda toda a graça sob o sol, fazer de Deus seu servo, fazer com que Deus mantenha com elas um relacionamento pacífico e amistoso e que nunca haja conflito entre Ele e elas. Isto é, a crença delas em Deus exige de Deus a promessa de satisfazer todos as suas demandas, de conceder-lhes qualquer coisa que elas pedirem, como diz na Bíblia, “Escutarei todas as suas orações”. Elas exigem que Deus não julgue ninguém nem lide com ninguém, pois Deus é sempre o bondoso Jesus Salvador, que mantém um bom relacionamento com as pessoas em todo momento e todo lugar. Elas acreditam desta maneira: sempre pedem coisas a Deus de forma desavergonhada e Deus concede-lhes tudo cegamente, quer elas sejam rebeldes, quer sejam obedientes. As pessoas ficam constantemente a exigir “pagamento” de Deus e Deus deve pagar sem resistir, e pagar em dobro, quer tenha obtido alguma coisa delas, quer não. Ele só pode estar à mercê delas; Ele não pode orquestrar pessoas arbitrariamente e muito menos pode, como Ele deseja, revelar-lhes Sua sabedoria e Seu justo caráter – que permaneceram ocultos durante muitos anos – sem a permissão delas. Elas apenas confessam seus pecados a Deus e Deus apenas as absolve, sem poder ficar farto disso, e isto continua eternamente. Elas simplesmente mandam em Deus e Ele simplesmente obedece, como consta da Bíblia: “Deus não veio para ser servido pelo homem, mas para servir. Ele veio para ser o servo do homem.” Não é assim que vocês sempre creram? Quando não conseguem obter nada de Deus, vocês querem fugir. E quando não compreendem alguma coisa ficam ressentidos e chegam até a proferir ofensas de todo tipo. Vocês simplesmente não permitem que o Próprio Deus expresse toda a Sua sabedoria e Seu prodígio, pois preferem desfrutar de sossego e conforto temporários. Até agora, a atitude de vocês em sua crença em Deus tem sido a das mesmas velhas concepções. Se Deus lhes mostra só um pouquinho de majestade, vocês ficam tristes – estão vendo agora qual é mesmo a estatura de vocês? Não pensem que são leais a Deus quando, na verdade, suas velhas concepções não mudaram. Quando nada lhe acontece, você acha que tudo está indo bem e ama a Deus no mais alto grau. Mas quando algo insignificante lhe acontece, você cai prostrado no Hades. É assim que você é leal a Deus?

de ‘Vocês devem pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus para a salvação do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

A maior parte das pessoas acredita em Deus em nome da paz e de outros benefícios. A menos que seja em seu benefício, você não acredita em Deus e se não pode receber as graças de Deus, você fica amuado. Como essa pode ser a sua verdadeira estatura? Quando a questão são acontecimentos familiares inevitáveis (crianças que ficam doentes, maridos que vão para o hospital, colheitas ruins, perseguição de membros da família e assim por diante), você nem consegue superar essas coisas que acontecem com frequência no dia a dia. Quando essas coisas acontecem, você entra em pânico, não sabe o que fazer – e, na maior parte do tempo, reclama de Deus. Você reclama que as palavras de Deus o enganaram, que a obra de Deus lhe deixou confuso. Vocês não têm tais pensamentos? Acha que tais coisas só acontecem entre vocês raramente? Vocês passam todos os dias vivendo em meio a tais acontecimentos. Vocês não dão a menor atenção ao sucesso da sua fé em Deus e em como satisfazer a vontade de Deus. Sua verdadeira estatura é muito pequena, ainda menor do que a de um pintinho. Quando a empresa do seu marido perde dinheiro, vocês reclamam de Deus, quando se encontram em um ambiente sem a proteção de Deus, continuam reclamando de Deus, reclamam até quando um dos seus frangos morre ou quando uma vaca velha no curral cai doente, reclamam quando chega a hora de um filho começar uma família, mas a sua família não tem dinheiro suficiente, e quando os obreiros da igreja fazem algumas refeições na sua casa, mas a igreja não o reembolsa ou ninguém lhe manda nenhuma verdura, você também reclama. Sua barriga está cheia de reclamações e você às vezes não vai às assembleias nem come e bebe as palavras de Deus por causa disso, você provavelmente se torna negativo por um longo período. Nada que acontece com você hoje tem qualquer relação com as suas perspectivas ou destino; estas coisas também aconteceriam se você não acreditasse em Deus, mas hoje você passa a responsabilidade sobre elas a Deus, e insiste em dizer que Deus eliminou você. O que dizer de sua crença em Deus, realmente lhe ofereceu sua vida? Se vocês sofressem as mesmas provações que Jó sofreu, nenhum entre vocês que seguem Deus hoje seria capaz de permanecer firmes, todos desabariam. E existe, de maneira bem simples, um mundo de diferença entre vocês e Pedro. Hoje, se metade dos seus bens fosse tomada, vocês ousariam negar a existência de Deus; se seu filho ou filha lhes fosse tirado, correriam pelas ruas gritando sua decepção; se a sua vida chegasse a um beco sem saída, tentaria acertar as contas com Deus, perguntando por que Eu proferi tantas palavras no começo para assustá-lo. Não há nada que vocês não ousariam fazer em momentos assim. Isso mostra que vocês não enxergaram de verdade e não têm estatura verdadeira.

de ‘Prática (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você se contenta com viver sob a influência de Satanás, em paz e alegria e com um pouco de conforto carnal? Será que você não é a mais baixa de todas as pessoas? Não há pessoas mais insensatas do que aquelas que contemplaram a salvação, mas não buscam ganhá-la: são pessoas que se empanturram com a carne e se deliciam com Satanás. Você espera que sua fé em Deus não implique em desafios ou tribulações nem cause a menor dificuldade. Você sempre busca coisas sem valor e não agrega valor à vida; em vez disso, prioriza seus pensamentos extravagantes em vez da verdade. Você é tão inútil! Você vive como um porco – que diferença há entre você, os porcos e os cães? Os que não buscam a verdade e, em vez disso, amam a carne não são todos bestas? Os mortos sem espírito não são todos cadáveres ambulantes? Quantas palavras foram ditas no meio de vocês? Apenas uma pequena obra foi feita no meio de vocês? Quanta coisa Eu lhes proporcionei? Então por que você não as ganhou? Do que você pode se queixar? Será que você não ganhou nada porque está amando demais a carne? E não será porque seus pensamentos são exorbitantes? Não será porque você é estúpido demais? Sendo incapaz de ganhar essas bênçãos, você poderia culpar Deus por não salvá-lo? O que você busca é ser capaz de ter paz depois de crer em Deus – que suas crianças estejam livres de doenças, que seu marido tenha um bom emprego, que seu filho encontre uma boa esposa, que sua filha encontre um marido decente, que seus bois e cavalos lavrem bem o solo, que tenha um ano de clima bom para suas colheitas. É isso que você almeja. Sua busca visa tão somente a viver com conforto, que nenhum acidente afete sua família, que os ventos passem ao largo, que sua face não seja tocada pela areia, que as colheitas de sua família não sejam inundadas, que você não seja atingido por nenhum desastre, em suma, você busca viver no abraço de Deus, viver em um ninho aconchegante. Você é um covarde sempre em busca da carne – você tem coração? Você tem espírito? Você não é uma besta? Eu lhe dou o caminho verdadeiro sem pedir nada em troca, mas você não o busca. Você é mesmo alguém que crê em Deus? Eu lhe propicio a vida humana real, mas você não a busca. No que você se diferencia de um porco ou de um cão? Porcos não buscam a vida humana, não buscam ser purificados e não sabem o que é vida. Todo dia, depois de comer até ficarem satisfeitos, eles simplesmente dormem. Dei a você o caminho verdadeiro, mas você não o ganhou: você está de mãos vazias. Você está disposto a continuar nessa vida, a levar uma vida de porco? Que sentido tem tais pessoas estarem vivas? Sua vida é desprezível e ignóbil, você vive no meio da sujeira e da licenciosidade, e não busca nenhum objetivo; acaso sua vida não é a mais ignóbil de todas? Você se atreveria a levantar os olhos para Deus? Se você continuar a experimentar desse modo, o que ganhará além de nada?

de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento do castigo e do julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Hoje, o homem vê que somente com a graça, o amor e a misericórdia de Deus, ele é incapaz de se conhecer verdadeiramente e menos ainda capaz de conhecer a sua essência. Somente através do refinamento e julgamento de Deus, somente durante tal refinamento, é possível que você conheça suas deficiências e saiba que não possui nada. Assim, o amor do homem por Deus é construído sobre o fundamento do refinamento e julgamento de Deus.

de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em suas experiências, você verá que aqueles que sofrem grande refinamento e dor, muito tratamento e disciplina, sentem um profundo amor por Ele e têm um conhecimento mais profundo e penetrante de Deus. Os que não experimentaram ter sido lidados têm somente um conhecimento superficial e podem apenas dizer: “Deus é tão bom. Ele concede graça às pessoas para que possam desfrutar Dele”. Se as pessoas experimentaram ter sido lidadas e disciplinadas, então podem falar o verdadeiro conhecimento de Deus. Assim, quanto mais maravilhosa é a obra de Deus no homem, mais valiosa e significativa ela é. Quanto mais impenetrável ela é para você e mais incompatível com suas concepções, mais a obra de Deus é capaz de conquistá-lo, ganhá-lo, torná-lo perfeito.

de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Agora você entende o que é a crença em Deus? A crença em Deus é contemplar sinais e maravilhas? É ascender ao céu? Acreditar em Deus não é fácil. Hoje, esse tipo de prática religiosa deveria ser purgada; buscar a manifestação dos milagres de Deus, buscar a cura de Deus e a Sua expulsão de demônios, buscar a dádiva da paz e amplas graças por Deus, buscar o ganho de perspectivas e conforto para a carne – essas são práticas religiosas e tais práticas religiosas são uma forma vaga e abstrata de crença. O que é crença real em Deus hoje? É a aceitação da palavra de Deus como a realidade de sua vida e o conhecimento de Deus a partir de Sua palavra, a fim de alcançar um verdadeiro amor Dele. Para ser claro: é a crença em Deus para que você possa obedecer a Deus, amar a Deus e realizar o dever que deve ser realizado por uma criatura de Deus. Este é o objetivo de acreditar em Deus. Você deve obter um conhecimento da amorosidade de Deus, de quão digno Deus é de reverência, de como, em Suas criaturas, Deus realiza a obra da salvação e a torna perfeita – este é o mínimo que você deve possuir em sua crença em Deus. A crença em Deus é principalmente passar de uma vida na carne para uma vida de amor a Deus, de uma vida dentro da naturalidade para uma vida dentro do ser de Deus, é sair do império de Satanás e viver sob o cuidado e proteção de Deus, é ser capaz de alcançar a obediência a Deus e não a obediência à carne, é permitir que Deus ganhe todo o seu coração, permitindo que Deus o torne perfeito e se libertar do caráter satânico corrupto. Crer em Deus é, principalmente, para que o poder e a glória de Deus se manifestem em você, para que você possa cumprir a vontade de Deus e realizar o plano de Deus e ser capaz de dar testemunho a Deus diante de Satanás. Crer em Deus não deve ser para contemplar sinais e maravilhas, nem deve ser por causa de sua carne pessoal. Deve ser para a busca de conhecer a Deus, e ser capaz de obedecer a Deus, e como Pedro, obedecer-Lhe até a morte. É isto que deve ser alcançado principalmente.

de ‘Tudo é realizado pela palavra de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:O que é seguir a vontade de Deus? Somente executar trabalho missionário para o Senhor é seguir a vontade de Deus?

Próximo:O que exatamente é alguém que segue a vontade de Deus? E qual é o verdadeiro testemunho de fé em Deus?

Coisas que talvez lhe interessem