Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O Pergaminho aberto pelo Cordeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Os perversos certamente serão punidos

Examinem a si mesmos para ver se praticam a justiça em tudo que fazem e se todas as suas ações estão sendo observadas por Deus: esse é o princípio pelo qual aqueles que acreditam em Deus conduzem seus assuntos. Vocês serão chamados de justos porque são capazes de satisfazer a Deus e porque aceitam o cuidado e a proteção de Deus. Aos olhos de Deus, todos que aceitam Seu cuidado, proteção e perfeição, e que são ganhos por Ele, são justos e Ele os considera preciosos. Quanto mais aceitarem as atuais palavras de Deus, quanto mais forem capazes de receber e entender a vontade de Deus, mais vocês serão capazes então de viver Suas palavras e satisfazer Suas exigências. Essa é a comissão de Deus para vocês e é o que todos vocês deveriam ser capazes de alcançar. Se usam as próprias concepções para medir e delimitar Deus, como se Ele fosse uma estátua de argila imutável, e se delimitam Deus completamente dentro dos parâmetros da Bíblia e O restringem num escopo limitado da obra, isso prova então que vocês condenaram Deus. Porque os judeus da era do Antigo Testamento levaram Deus a ser um ídolo de forma fixa que eles guardavam em seu coração, como se Deus só pudesse ser chamado de Messias, e só Aquele que era chamado de Messias pudesse ser Deus, e porque a humanidade servia e adorava a Deus como se Ele fosse uma estátua de argila (sem vida), eles pregaram o Jesus daquele tempo na cruz, sentenciando-O à morte — o inocente Jesus foi assim condenado à morte. Deus era inocente de qualquer ofensa, mas o homem se recusou a poupá-Lo e insistiu em sentenciá-Lo à morte, e assim Jesus foi crucificado. O homem sempre acredita que Deus é imutável e O define com base em um único livro, a Bíblia, como se o homem tivesse penetrado a fundo na gestão de Deus, como se o homem tivesse tudo que Deus faz na palma da mão. As pessoas são ridículas ao extremo, arrogantes ao extremo, e todas têm uma queda pelo exagero. Independentemente de quão grande seja o seu conhecimento de Deus, ainda digo que você não conhece Deus, que você é alguém que se opõe a Deus ao extremo, que você condena Deus, porque você é totalmente incapaz de obedecer à obra de Deus e de andar na senda de ser aperfeiçoado por Deus. Por que Deus nunca está satisfeito com as ações do homem? Porque o homem não conhece Deus, porque tem concepções demais e porque seu conhecimento de Deus não condiz com a realidade, mas, ao contrário, repete monotonamente o mesmo tema sem variação e usa a mesma abordagem para toda situação. Assim, tendo vindo à terra hoje, mais uma vez Deus foi pregado na cruz pelo homem. Humanidade cruel! A conivência e a intriga, o saque e a apropriação um do outro, a disputa por fama e fortuna, o massacre mútuo — quando isso acabará? A despeito das centenas de milhares de palavras que Deus falou, ninguém caiu em si. As pessoas agem para o bem de sua família, filhos e filhas, em prol da carreira, de perspectivas futuras, posição, vanglória e dinheiro, por causa de comida, roupas e pela carne — existe alguém cujas ações são verdadeiramente pelo bem de Deus? Mesmo entre aqueles que agem pelo bem de Deus, há poucos que conhecem Deus. Quantos não agem a partir dos próprios interesses? Quantos não oprimem e marginalizam outros a fim de proteger a própria posição? Assim, Deus foi forçosamente sentenciado à morte inúmeras vezes, um sem número de juízes bárbaros condenaram Deus e mais uma vez O pregaram na cruz. Quantos podem ser chamados de justos porque agem verdadeiramente pelo bem de Deus?

É tão fácil assim ser aperfeiçoado perante Deus como uma pessoa santa ou justa? É uma verdade afirmar que “não há justos nesta terra, os justos não estão neste mundo”. Quando vocês vierem diante de Deus, considerem o que estão vestindo, considerem cada palavra e ação sua, todos os seus pensamentos e ideias e até os sonhos que vocês têm todos os dias — eles são todos para o seu bem. Não é esse o estado verdadeiro das coisas? “Justiça” não significa dar esmolas aos outros, não significa amar o próximo como a si mesmo, não significa deixar de brigar e disputar, nem de roubar e furtar. Justiça significa assumir a comissão de Deus como seu dever e obedecer às orquestrações e aos arranjos de Deus como a sua vocação providencial, independentemente de tempo ou lugar, exatamente como tudo que foi feito pelo Senhor Jesus. Essa é a justiça da qual Deus falou. Para que Ló pudesse ser chamado de justo foi por ter salvo os dois anjos enviados por Deus, sem se importar com o que teria a ganhar ou perder; só é possível dizer que o que ele fez naquela ocasião pode ser chamado de justo, mas ele não pode ser chamado de homem justo. Foi só por ter visto Deus que Ló deu suas duas filhas em troca dos anjos, mas nem todo o seu comportamento no passado representava a justiça. Por isso digo que “não há justos sobre esta terra”. Mesmo dentre aqueles que estão na corrente da recuperação, nem um pode ser chamado de justo. Não importa quão boas sejam suas ações, não importa o quanto você pareça glorificar o nome de Deus, sem agredir nem amaldiçoar os outros, nem roubar e saquear deles, ainda assim você não pode ser chamado de justo, pois isso é o que uma pessoa normal é capaz de fazer. O importante agora é que você não conhece Deus. Só pode ser dito que no presente você tem bem pouco de humanidade normal, mas nenhum elemento da justiça falada por Deus, e assim nada do que você faz é capaz de provar que conhece Deus.

Antes, quando Deus estava no Céu, o homem praticava suas ações sem se envolver. Hoje, Deus tem estado entre os homens — por quanto tempo ninguém sabe —, mas ao fazer coisas o homem ainda age sem se envolver e tenta enganá-Lo. O homem não é extremamente retrógrado em seu pensamento? Foi o mesmo que aconteceu com Judas: antes de Jesus vir, Judas contava mentiras para enganar seus irmãos e irmãs, e mesmo depois que Jesus veio, ainda assim, ele não mudou; ele não tinha o menor conhecimento de Jesus e no fim traiu Jesus. Não foi porque ele não conhecia Deus? Se, hoje, vocês ainda não conhecem Deus, então é possível que se tornem outros Judas, e depois disso a tragédia da crucificação de Jesus na Era da Graça, milhares de anos atrás, seria encenada novamente. Vocês não acreditam nisso? É um fato! No presente, a maioria das pessoas está em uma situação semelhante — posso estar dizendo isso um pouco cedo demais — e tais pessoas são todas personagens que fazem o papel de Judas. Não estou falando bobagem, mas com base em fatos — e você não pode deixar de estar convencido. Embora muitas pessoas representem uma pretensa humildade, no coração delas nada há além de uma poça de água morta, uma vala de água malcheirosa. Agora mesmo, há muitas assim na igreja. Vocês pensam que estou completamente inconsciente disso? Hoje, o Meu Espírito decide por Mim e dá testemunho de Mim. Você acha que não sei coisa alguma? Você acha que nada entendo sobre os pensamentos desviados dentro do coração de vocês e das coisas mantidas em seu coração? É tão fácil conseguir o melhor de Deus? Você acha que pode tratá-Lo da maneira que quiser? No passado, preocupado com que vocês ficassem constritos, Eu continuei lhes dando liberdade, mas a humanidade não foi capaz de dizer que Eu estava sendo bom com ela, e quando lhe dei a mão ela pegou o braço. Perguntem entre vocês: Eu quase nunca lidei com alguém e quase nunca repreendi alguém levianamente — mas tenho muita clareza sobre as motivações e concepções do homem. Você acha que o Próprio Deus, de quem Deus dá testemunho, é um tolo? Nesse caso, digo que você é muito cego! Não vou censurar você, mas vamos ver o quão depravado você pode ficar. Vamos ver se seus pequenos estratagemas espertos podem salvá-lo, ou se tentar fazer o melhor possível para amar a Deus pode salvá-lo. Hoje, não vou condenar você; vamos esperar até o tempo de Deus para ver como Ele lhe retribui. Eu não tenho tempo para uma conversa à toa com você agora, e não estou disposto a adiar a Minha obra maior por sua causa, uma larva como você não é merecedora do tempo que Deus levaria para lidar com você — então, vamos ver o quão dissoluto você pode ficar. Pessoas como essa não buscam o menor conhecimento de Deus, nem têm um pingo de amor por Ele, e ainda desejam ser chamadas de justas por Deus — não é uma piada? Como há um pequeno número de pessoas realmente honestas, vou Me concentrar apenas em continuar provendo vida ao homem. Só farei o que deveria fazer hoje, mas no futuro vou retribuir a cada um de acordo com o que fez. Eu disse tudo que há para dizer, pois essa é precisamente a obra que Eu faço. Faço apenas o que deveria fazer e não o que não deveria. No entanto, espero que vocês passem mais tempo em reflexão: exatamente quanto do seu conhecimento de Deus é verdadeiro? Você é alguém que mais uma vez pregou Deus na cruz? Minhas palavras finais são estas: ai daqueles que crucificam Deus.

Anterior:Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados

Próximo:Como servir em harmonia com a vontade de Deus