Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

como ela venceu a tentação de ter um caso amoroso (parte 2)

8

Por Xiyue

Ao longo dos próximos dias, apesar de não ter caído na tentação de Satanás e saber que jamais poderia ficar com Wang Wei, o encontro de Jingru com Wang Wei naquela noite e sua confissão sincera ficaram repassando em sua mente como a cena de um filme…

Quando Wang Wei ligou novamente, o coração de Jingru se abalou um pouco, e ela disse a si mesma: “Nós dois não podemos ficar juntos, mas ainda podemos ser amigos normais. Contanto que controle meus pés para não fazer nada que vá longe demais, ficarei bem”. Então ela atendeu à ligação de Wang Wei e conversou com ele. Com o passar do tempo, Jingru se perguntava com frequência se Wang Wei ligaria ou não, ao ponto em que o coração dela começou a aguardar seu telefonema com ansiedade. Sempre que ele ligava, Jingru se consolava antes de atender ao telefone com muita naturalidade… Na medida em que as coisas progrediam, os telefonemas entre Wang Wei e Jingru se tornaram mais frequentes. Mas depois de cada ligação, Jingru se sentia desconfortável e aflita, e ela percebeu que suas ações não eram conforme a vontade de Deus e que seus sentimentos de dor e desconforto se deviam precisamente ao fato de Deus a lembrar e repreender. Então ela veio imediatamente diante de Deus e orou: “Ó Deus! Eu sei que não deveria manter contato com Wang Wei, mas não consigo controlar meu próprio coração. Não consigo impedir que seja levada e escorregue para o pecado. Ó Deus, não quero que minhas ações nessa questão Te desagradem. Ó Deus! Por favor, salva-me!”

como ela venceu a tentação de ter um caso amoroso (parte 2)

Mais tarde, Jingru viu várias passagens de palavras e encontrou o caminho para se livrar da dor. As palavras de Deus dizem: “Todos vocês vivem em um lugar de pecado e libertinagem; vocês são todos pessoas libertinas e pecadoras. Hoje, vocês não só conseguem ver Deus, mas também, sendo isso ainda mais importante, receberam castigo e julgamento, receberam tal salvação mais profunda, quer dizer, receberam o maior amor de Deus. […] Como vocês não sabem como levar a vida ou como viver e vivem neste lugar libertino e pecaminoso e são diabos libertinos e imundos, Ele não suporta permitir que se tornem ainda mais depravados; também não suporta ver vocês vivendo em um lugar imundo como este, sendo pisoteados por Satanás arbitrariamente, nem suporta permitir que vocês caiam no Hades. Ele apenas quer ganhar esse grupo de vocês e salvá-los completamente” (de “A verdade interna da obra de conquista (4)”). Em Sermões e Comunhão, lemos: “A esta altura, vocês entendem como terminam todas as pessoas presas no desejo, certo? Qual é o resultado final para a maioria dessas pessoas? Elas se deparam com maldições? Existe algum resultado bom? Elas não alcançam paz durante toda a sua vida! Essa é a confusão e o problema aos quais o desejo leva; é sofrimento insuportável! Entre todos aqueles que buscam um parceiro conjugal de forma irresponsável e anormal, existe alguém que tenha um resultado feliz? Não existem resultados finais bons, e, no fim das contas, acabam se deparando com maldições. Isso não é coisa com que se brinque” (de “Que tipo de pessoa será aperfeiçoado por Deus” em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida VII”). “Pense em quando você vê alguém do sexo oposto e tem alguns pensamentos lascivos – como você lida com esse problema? No mínimo, você deve primeiro respeitar o casamento. Se uma pessoa tem um marido (ou uma esposa), você deve respeitar o casamento dessa pessoa. Você não deve interferir no casamento de uma pessoa; respeitar os outros significa respeitar a si mesmo, se você não respeita os outros, você não respeita a si mesmo. Se você respeitar os outros, os outros o respeitarão. Se, em seu coração, você não respeita o casamento, você não tem humanidade. Se você for capaz de respeitar o casamento, se você for capaz de amar e respeitar os outros, você não fará coisas que prejudicam os outros. Se você é capaz de recusar alguém, mesmo que essa pessoa se jogue em seus braços, você está lidando corretamente com as coisas. Com o que você precisa estar equipado para ser capaz de recusar essas tentações e seduções? Você deve estar equipado com a verdade, então você será capaz de ver essas coisas com grande clareza. Após ser capaz de ver claramente a substância dessas questões, você saberá o tipo de dano que as ações por sua parte trarão aos outros, saberá que tipo de ferimentos outros sofrerão em seu coração, conhecerá a extensão em que você destruiu a personalidade de alguém, e uma vez que você entender essas coisas, você não agirá mais de maneiras que as causam; sempre que pensamentos e ideias desse tipo vierem à sua mente, você será capaz de rejeitá-los, você não se interessará por eles, não dará atenção a eles, pois eles não abalarão seu coração” (de “Focando na resolução de três problemas que estão atualmente difundidos na igreja” em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida” VI).

Ao contemplar cuidadosamente as palavras de Deus e as palavras de comunhão, Jingru soube que ela tinha caído num turbilhão inescapável de emoções porque ela não tinha enxergado o esquema ardiloso de Satanás ou a essência, o dano e as consequências de brincar com o desejo. Foi apenas ao refletir sobre isso que ela percebeu que era Satanás que a estava doutrinando com as ideias de que “o amor é supremo”, “os amantes finalmente se casam”, “não peça eternidade, contente-se com o agora” e “amor não é pecado”, levando-a a fantasiar sobre um amor lindo, a não ser restringida pela moral ou por sua consciência, a pensar sempre em Wang Wei, a sempre manter contato com ele, a se emaranhar com ele e a viver em pecado e cobiçar os prazeres do pecado sem acreditar que aquilo era errado. Jingru pensou nas muitas pessoas em sua volta que se envolviam em casos extraconjugais e nos muitos homens que mantinham amantes. Apesar de satisfazerem seu desejo temporário, eles acabavam causando brigas familiares e casamentos rompidos, e havia até pessoas que eram mortas por se envolverem em triângulos amorosos. Agora, o movimento online “me too” tinha explodido no campus de universidades, em círculos de bem-estar e informação públicos e nas mídias, e havia muitas pessoas famosas e intelectuais que foram pegas tendo casos extraconjugais e que foram totalmente desacreditados e cujos nomes tinham se tornado sinônimos de promiscuidade. Oficiais do governo chinês em especial têm esposa e amantes, e os inimigos políticos de muitos deles os exploraram e conspiraram contra eles por terem tido casos extraconjugais, fazendo com que fossem jogados na prisão como criminosos.

como ela venceu a tentação de ter um caso amoroso (parte 2)

Jingru viu claramente que as pessoas se envolviam em casos extraconjugais a fim de satisfazer seus desejos e que isso era uma coisa negativa e maligna que só podia atolar as pessoas num pântano de pecado. Assim como os jogadores que querem jogar novamente quando perdem, que, no fim, levam sua família à ruína financeira e que fazem com que os membros de sua família se espalhem por toda parte, aqueles que brincam com o desejo também brincam uma vez e depois querem brincar de novo, eles o fazem uma vez e depois querem fazê-lo de novo, e quanto mais brincam mais vazios ficam, até finalmente se afundarem em fornicação e pecado e não conseguirem sair. No fim das contas, arruínam seu próprio corpo e causam problemas infinitos a si mesmos no futuro, e há até algumas pessoas que perdem a vontade de viver e decidem pôr um fim à sua própria vida. Assim, pareceu a Jingru que brincar com o desejo não era coisa boa a se fazer; era algo pecaminoso que só traria punição e a ira dos céus sobre aqueles que se empenhavam nisso e que só podia levar as pessoas para a senda da destruição. Então, Jingru entendeu que a filosofia e a lógica satânicas são mentiras enganosas, inverdades que enganam as pessoas e ferramentas com as quais Satanás corrompe as pessoas e que não existe amor verdadeiro em pessoas que se envolvem em casos extraconjugais. Se alguém tivesse amor verdadeiro, ele teria humanidade e respeitaria a outra pessoa e a instituição do casamento e não faria nada para machucar outra pessoa. Pessoas que se envolviam em casos extraconjugais estavam, na verdade, brincando com os desejos umas das outras e usando umas às outras. Ao entender isso, Jingru veio diante de Deus e orou: “Ó Deus! Percebo agora as consequências danosas de viver pelos venenos de Satanás. Não quero mais viver em desejo físico confiando nesses venenos satânicos. Manter contato com Wang Wei significa uma vida sem integridade ou dignidade, e desejo muito menos fazer qualquer coisa que possa trazer vergonha para o Teu nome e que me faça perder meu testemunho como uma cristã. Oro que Tu me dês um coração temente a Deus, que me capacites a perseverar com os princípios da verdade e a abandonar minha carne, a ser uma pessoa sábia que evita o perigo quando o reconhece e a ser alguém que vive uma verdadeira semelhança humana para a glória de Deus”.

Certo dia, a caminho da igreja, Jingru deu de cara com Wang Wei. Ele estava dirigindo pela estrada e a chamou, e Jingru queria muito responder, mas ela se lembrou imediatamente das palavras de Deus e da oração que tinha feito diante de Deus. Ela sabia que não podia seguir naquele caminho, então ela apenas olhou para Wang Wei sentado em seu carro e não disse nada. Ela continuou seu caminho em sua lambreta elétrica, e Wang Wei começou a segui-la buzinando. Em seu coração, Jingru orou em silêncio a Deus e pediu que Ele a protegesse para que ela enxergasse o esquema ardiloso de Satanás e pudesse dar testemunho como uma cristã. Após orar, o coração de Jingru se aquietou, e ela não respondeu a Wang Wei. Ela simplesmente continuou tentando pensar em como conseguiria se livrar dele. Aconteceu então que eles chegaram a uma bifurcação na estrada, e quando ela viu o carro de Wang Wei virar, ela imediatamente virou na direção oposta e se afastou rapidamente…

Depois disso, Jingru viu Wang Wei muitas vezes na estrada, e ela sempre o tratou dessa forma, e Deus abriu caminhos para ela: ou Wang Wei se deparava com muitas pessoas que conhecia ou havia algum congestionamento, de modo que ele nunca tinha a oportunidade de se aproximar de Jingru. A fim de não ter mais contato com Wang Wei, Jingru trocou o número de seu celular e, com o passar do tempo, os dois nunca mais se voltaram a misturar.

Ao lembrar essa experiência, Jingru veio a verdadeiramente apreciar o seguinte: agora, neste mundo cheio de uma miríade de tentações, encontraremos todos os tipos de tentações e seduções de Satanás a cada dia, e por estarmos sem a verdade e não conseguirmos distinguir essas coisas e por vivermos pelos venenos de Satanás, seremos incapazes de não seguir tendências más, ficaremos presos em pecados dos quais não conseguimos escapar e seremos enganados e prejudicados por Satanás. Se quisermos enxergar todas as diversas tentações e os esquemas ardilosos de Satanás, então existe apenas um única senda, que é vir diante de Deus, armar-nos com as palavras de Deus, entender mais verdades, aprender a reconhecer a diferença entre coisas positivas e negativas, entender profundamente todos os truques ardilosos de Satanás, basear nossa perspectiva nas palavras de Deus quando encontrarmos todas as pessoas, questões e coisas, praticar de acordo com as palavras de Deus e agir com princípio, e apenas então não cairemos nas tentações de Satanás. É exatamente como dizem as palavras de Deus: “A verdade da qual o homem precisa se apropriar se encontra na palavra de Deus, uma verdade que é a mais benéfica e útil para a humanidade. É o tônico e o sustento de que seus corpos precisam; algo que ajuda o homem a recuperar sua humanidade normal, uma verdade com a qual ele deve estar equipado. Quanto mais vocês praticarem a palavra de Deus, mais rapidamente suas vidas se desenvolverão; quanto mais vocês a praticam, mais clara a verdade se torna. À medida que crescerem em estatura, vocês verão as coisas do mundo espiritual mais nitidamente e serão mais poderosos para triunfar sobre Satanás” (de “Pratiquem a verdade quando a compreenderem”).

Jingru suspirou emocionada e pensou: “Se Deus não tivesse me salvado e protegido por meio de Suas palavras, há muito, eu teria degenerado em alguém sem semelhança humana e teria feito coisas desprovidas de integridade e dignidade, como aquelas pessoas que têm casos extraconjugais, que se tornam amantes de pessoas casadas e que se tornam a outra. Eu também carregaria o fardo do nome ruim de uma destruidora de lares e teria vivido uma vida degradada, sofrendo a condenação de minha própria consciência”. Jingru deu graças e louvor a Deus do fundo de seu coração! Hoje, sua vida recuperou sua tranquilidade anterior, ela cumpre alegremente seu dever na igreja, ela aceita o julgamento e a purificação das palavras de Deus e está avançando na direção de uma vida de alegria verdadeira. Toda a glória seja dada a Deus!

Conteúdo Relacionado