Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O fogo que chocou a nação no município de Ji, cidade de Tianjin

8

Chen Yao, Tianjin

O edifício Laide era um dos maiores shopping centers do município de Ji. 30 de junho de 2012 era um sábado, e o Laide estava realizando uma promoção, e um número enorme de clientes estava lá. Algum tempo após as três daquela tarde, o prédio de repente pegou fogo. O chefe, temendo que, naquele caos, os clientes poderiam levar artigos sem pagar por eles, fechou e trancou a entrada principal no térreo e levou os clientes aos segundo e terceiro andares. O que não tinha sido previsto era que o fogo ficasse cada vez mais feroz até tornar-se completamente incontrolável. A energia no prédio inteiro caiu. Do primeiro ao quarto andar, os elevadores pararam de funcionar, e a entrada trancada no térreo não pôde ser aberta. Fumaça preta encheu o prédio inteiro, faíscas esvoaçavam pelo ar e chamas enormes saltavam de cada janela. A fumaça se deitou sobre o município, e as pessoas não conseguiam respirar a várias centenas de metros de distância. Muitas das pessoas encurraladas acima do terceiro andar decidiram fugir pulando do prédio, e algumas morreram na queda, uma visão terrível.

O quartel dos bombeiros não ficava longe do prédio, a uma distância de apenas dez minutos a pé, mas se passaram uns 25 minutos entre o pedido de ajuda e a chegada dos bombeiros. O resgate já estava atrasado. A equipe de resgate estendeu uma escada até o terceiro andar, mas só conseguiu resgatar sete ou oito pessoas, porque o fogo esquentou tanto a escada que o último caiu dela e morreu na hora. E do lado de dentro, inúmeras pessoas gesticulavam freneticamente nas janelas pedindo ajuda, mas não demorou e as mãos não eram mais vistas…

O grande fogo ardeu das três e meia da tarde até às nove daquela noite. Mais de trezentas pessoas morreram nas chamas (o número exato ainda está sendo apurado, mas o governo do Partido Comunista da China relatou apenas dez mortes). Algumas pessoas ligaram para suas famílias às três da tarde, mas quando os familiares retornaram as ligações às cinco, ninguém atendeu. Uma família de sete pessoas tinha ido fazer compras no Laide, e a família inteira morreu no incêndio… Há tantas histórias trágicas.

Quando o incêndio começou, algumas pessoas noticiaram a tragédia online, e dentro de instantes o “Fogo no Laide” abalou o município de Ji e chocou a nação. O povo do município entrou em pânico e ficou numa atmosfera de terror; muitas pessoas correram para tentar encontrar os membros de sua família.

O desastre assustou e feriu as pessoas comuns, mas no que dizia respeito aos irmãos e irmãs com fé em Deus Todo-Poderoso, muitos descobriram a grande salvação e proteção de Deus nesse desastre e viram Seus atos milagrosos. A irmã Gao e sua mãe tinham acabado de aceitar a obra de Deus dos últimos dias em junho de 2012. Nesse incêndio, viram os atos de Deus e crescerem em sua certeza sobre a nova obra de Deus. A irmã idosa, a mãe de Gao, completou 73 anos de idade este ano e tem alguma dificuldade de andar. Ela anda com uma bengala, mas não costuma cair. Em 29 de junho, a mãe de Gao caiu no chão inesperadamente. Apesar de não fraturar nenhum osso e escapar apenas com uma contusão grave, ela não conseguia cuidar de si mesma e precisou que a irmã Gao ficasse ao lado de sua cama. No dia seguinte (no dia do incêndio), outra irmã ligou para a irmã Gao e disse que tinha se apaixonado por umas calças no Laide e pediu que a irmã Gao a acompanhasse quando fosse comprá-las. A irmã Gao respondeu: “Minha mãe precisa que alguém cuide dela no momento, por isso preciso ficar com ela. Terá que ir sozinha”. Essa amiga já tinha pedido a ajuda de irmã Gao antes, e ela nunca tinha recusado. Mas dessa vez ela recusou o pedido de sua boa amiga porque sua mãe precisava de cuidados.

Foi apenas quando soube do incêndio no Laide que a irmã Gao de repente se deu conta: sem perceber, ela estivera sob a proteção de Deus durante todo esse tempo. Por meio da enfermidade de sua mãe, Deus tinha obstruído a sua senda. Se ela tivesse acompanhado a amiga até o shopping center, certamente teria morrido no fogo. Deus usou Seus caminhos especiais para proteger sua vida, Deus é verdadeiramente maravilhoso! De maneira ainda mais inesperada, na noite após o incêndio, a mãe da irmã Gao conseguiu sair da cama e andar. Mais tarde, por meio da comunhão, a mãe de Gao veio a entender as boas intenções de Deus e disse: “Apesar de ter sofrido uma pequena pancada, Deus usou minha enfermidade para salvar a minha filha. Graças a Deus Todo-Poderoso!”

A irmã Gao acrescentou que a boa amiga que a tinha convidado para acompanhá-la ao Laide naquele dia (e que também acreditava em Deus Todo-Poderoso) também recebeu a proteção milagrosa de Deus. Ao entender que a irmã Gao não iria, a amiga ligou para seu marido para convencê-lo a acompanhá-la na compra das calças pelas quais ela tinha se apaixonado. Por volta das duas e meia daquela tarde, seu marido chegou em casa e tentou apressá-la, mas de repente ela tinha perdido seu senso de urgência e lhe disse: “Talvez mais tarde”. Às três, seu marido lhe perguntou de novo, e novamente ela lhe pediu que esperasse um pouco. Quando ele perguntou pela terceira vez, a irmã finalmente foi com ele até o Laide. A meio caminho, viram a fumaça preta vindo da direção do Laide, e alguém lhes disse que o shopping center estava em chamas. A irmã não conseguiu se conter e disse: “Obrigada, Deus, por me proteger!” Ao mesmo tempo, ela percebeu que seu atraso tinha sua origem na maestria de Deus e não era produto de sua própria vontade.

O poder de Deus é onipresente, Sua sabedoria ultrapassa a compreensão mortal. Mesmo que, muitas vezes, nos esqueçamos de Deus em nosso dia a dia, Deus sempre nos vigia e nos protege, está sempre ao nosso lado e nunca nos abandona. Se acreditarmos em Deus, Ele nos salvará de todas as maneiras e nos livrará quando o desastre vier. No dia do incêndio, muitos irmãos e irmãs viram os atos de Deus. Uma irmã estava no Laide fazendo compras e foi chamada para outro lugar para fazer algo justamente no momento crítico, quando o fogo estava bem atrás dela. Outra irmã estava saindo de seu prédio para ir para o Laide e, de repente, sentiu uma dor no estômago tão forte que voltou para casa e assim evitou o desastre… Evidentemente, no desastre, Deus é nosso único refúgio, nossa única fortaleza, pois Deus disse: “Sou a única salvação da humanidade. Sou a única esperança da humanidade e, mais ainda, sou Aquele sobre Quem se baseia a existência de toda a humanidade. Sem Mim, a humanidade imediatamente ficará paralisada. Sem Mim, a humanidade sofrerá uma catástrofe e será espezinhada por toda espécie de espectros, […] O desastre tem origem em Mim e, claro, é por Mim orquestrado. Se não conseguirem parecer bons aos Meus olhos, não escaparão de sofrer o desastre” (de ‘Você deve preparar boas ações suficientes para seu destino’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Um fogo nos iluminou: Mesmo se os bolsos de uma pessoa estiverem cheios de dinheiro, mesmo se ela for celebrada, se desfrutar de um estilo de vida luxuoso e se for admirada e invejada, diante do desastre tudo isso cai por terra. No incêndio, entre aqueles que não aguentaram o calor das chamas e perderam a vida pulando do prédio, entre aqueles cujas vidas terminaram em desespero quando acenavam freneticamente nas janelas, alguns tinham status e dinheiro, alguns eram lindos e bem vestidos, alguns estavam com a família… No entanto, quando o fogo se alastrou e os cercou de todos os lados, nada que tinham pôde salvá-los daquelas chamas. É como dizem as palavras de Deus: “Aqueles que vivem à margem da Minha palavra, fugindo da agonia da provação, não estão todos à deriva pelo mundo? São como as folhas no outono, voando de um lado para o outro, sem lugar para descansar, sem nem ao menos as Minhas palavras de consolo. Ainda que Meu castigo e refinamento não os sigam, não são eles mendigos que perambulam de um lugar para outro, vagando pelas ruas fora do reino do céu? O mundo é de fato o lugar de descanso para você?” (de ‘O que significa ser um homem de verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Amados irmãos e irmãs, o fogo no município de Ji passou, mas aconteceu com a permissão de Deus e como Sua advertência e Seu lembrete para nós. Ao mesmo tempo, é a salvação amorosa de Deus para nós. Desejo que contemplemos e, por meio disso, conheçamos a boa intenção de Deus, investindo mais tempo e esforço na busca da verdade, andando na senda certa pela qual Deus guia a nossa vida. Apenas assim podemos receber a promessa e as bênçãos de Deus. Ao mesmo tempo, peço que Deus toque nosso espírito para que possamos salvar mais almas nessas calamidades frequentes, trazendo consolo ao coração angustiado e conturbado de Deus.

Conteúdo Relacionado

  • Em meio ao desastre, vi o caráter justo de Deus

    Li Jing, Pequim 7 de agosto de 2012 O dia 21 de julho de 2012 foi um dia profundo para mim, que comoveu minha alma. Naquele dia, a chuva começou a ca…

  • Destruição num piscar de olhos

    Durante o grande terremoto que ocorreu em 12 de maio de 2008, uma cidade desapareceu completamente: tratava-se do município de Qingping, na cidade de Mianzhu, na província de Sichuan.

  • Em meio a um desastre, vi a proteção de Deus

    À tarde, quando eu deveria ir a uma reunião, vi que a chuva estava tão intensa que não quis ir. Mas a reunião acontecia apenas uma vez por semana, e se não fosse, não teria como fazer meu trabalho na igreja.

  • Deus Todo-Poderoso me deu uma segunda chance na vida

    Naquele dia, chovia forte no distrito de Fangshan em Pequim – era a chuva mais forte que tínhamos vivenciado ali em 61 anos. Pouco depois das quatro da tarde, saí para a rua para dar uma olhada e vi que a água estava por toda parte.