Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Coleção de sermões: provisão para a vida

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

3. As dificuldades que devem ser enfrentadas na crença em Deus

Dentro da igreja, muitas vezes ouvimos que existem pessoas que dizem ter enfrentado grandes dificuldades na crença em Deus. Algumas dizem que abandonaram a família, seus empregos e sofreram muito por causa de Deus. Outras dizem que foram presas, encarceradas e sofreram grande humilhação por causa de Deus. Algumas falam que, ao dedicarem sua juventude a Deus, enfrentaram muitas dificuldades. Outras falam que, em seu serviço a Deus, sofreram poda e tratamento inúmeras vezes e enfrentaram muitas dificuldades. Outras ainda dizem que enfrentaram muitos obstáculos ao amar a Deus e abandonar o mundo, ganhando muito menos dinheiro e amargando uma vida na pobreza, e daí por diante. Além disso, a maioria das pessoas pensa assim, que todo o sofrimento suportado ao acreditarem em Deus por causa Dele; que qualquer um que suporte dificuldades advindas do testemunho de Deus e do serviço a Ele sofre porque ama a Deus. Chega-se ao ponto de ninguém se atrever a negar isso. Parece que, quando as pessoas acreditam em Deus, a maioria delas já enfrentou muitas dificuldades, o que não é mentira. Mas não é possível ver qualquer transformação no caráter de vida dessas pessoas. Analisando suas palavras, ações e comportamento, vê-se que elas não têm nenhuma verdade e que não viveram a realidade que Deus exige. Se conviver com elas por um certo tempo, você será capaz de ver sua corrupção e desgraça, que é a forma original do demônio Satanás. Este assunto merece ser analisado profundamente. Se essas pessoas realmente sofreram por causa de Deus, então quanta bondade e amor por Ele elas têm em seus corações! Que grande transformação ocorreu em seu caráter de vida! Por que não é possível ver uma mudança no caráter delas? Por que elas não ganharam nem um pouquinho da verdade, mesmo acreditando em Deus por tanto tempo? Por que a visão delas sobre as coisas é a mesma dos incrédulos, e a filosofia de vida delas ainda se baseia na traição e na astúcia de Satanás? Isso é inimaginável! Na verdade, se descobrirmos a verdade, a realidade fica clara à primeira vista. Ao acreditarem em Deus, as pessoas não estão sofrendo por Ele, de maneira alguma. É verdadeiramente como afirmou a palavra de Deus: “Estou de pé sobre o universo dia após dia, observando, e humildemente Me escondo em Minha morada para experimentar a vida humana, estudando de perto cada ato do homem. Ninguém jamais se ofereceu a Mim de verdade. Ninguém jamais perseguiu a verdade. Ninguém jamais esteve consciencioso de Mim. Ninguém jamais tomou resoluções diante de Mim e cumpriu seu dever. Ninguém jamais Me permitiu habitar em si. Ninguém Me valorizou como valorizaria a própria vida. Ninguém jamais viu na realidade prática todo o ser da Minha divindade. Ninguém jamais esteve disposto a entrar em contato com o Próprio Deus prático.” Parece que não é fácil acreditar em Deus e obter a verdade. Por mais sofrimento que uma pessoa suporte na crença em Deus, se isso não for feito para obter a verdade e receber a salvação, qual seria o motivo de enfrentar essas dificuldades? Mas as pessoas que passam por provações não perceberam por quem elas realmente passaram o sofrimento enfrentado, nem com que objetivo elas o enfrentaram. Pensam que o sofrimento que enfrentaram pela crença em Deus foi suportado por causa Dele, que tudo foi feito por amor a Ele. Você acha certo dizer isso? Esse modo de se expressar se justifica? Na verdade, pode-se afirmar razoavelmente que, para uma pessoa ser capaz de suportar sinceramente e de bom grado tanto sofrimento sem qualquer reclamação, ela deve ter obtido a verdade e alcançado uma transformação no caráter de vida. Mas não é possível ver que elas têm a verdade, nem nenhuma transformação em seu caráter de vida. No entanto, elas ainda são capazes de se gabar, dizendo: "Todo esse sofrimento foi suportado inteiramente por causa de Deus". Assim, dão a impressão de serem grandes, veneráveis e santas. Mas, na verdade, é exatamente o oposto. Essas pessoas, que muitas vezes se gabam diante de outras de terem sofrido por Deus, são desonestas, traiçoeiras, egoístas e desprezíveis, e, além disso, só são boas em fingir e enganar a Deus. O estranho é que há mesmo gente pronta e disposta a aceitar esse fingimento delas e tratar essas “pessoas que suportaram sofrimento” como ídolos a serem adorados. Essas pessoas que sofreram dificuldades por causa de Deus de repente se transformaram em pessoas espirituais. Na verdade, por mais que as pessoas se gabem de terem sofrido por causa de Deus, Ele não admite esse fato. Não passa de uma doce ilusão. Deus só se lembra das ações genuinamente boas das pessoas. Ele só aceita a verdadeira adoração a Deus. Ele gosta de receber apenas a devoção sincera das pessoas. Somente aquelas que genuinamente buscam a verdade e são aperfeiçoadas é que verão sua devoção, seu gasto e o sofrimento que suportam pela vontade de Deus serem recebidos por Ele. Isso mostra que o sofrimento suportado pelas pessoas na crença em Deus e o sofrimento que enfrentam por causa Dele são duas coisas completamente distintas. O sofrimento que uma pessoa suporta por causa da sua crença em Deus deve ser enfrentado, e é algo que as pessoas devem suportar, mas o sofrimento enfrentado por causa de Deus é algo muito diferente. Ele refere-se a quando as pessoas, depois de buscarem a verdade e serem aperfeiçoadas, aceitam formalmente a comissão de Deus, sofrem todo tipo de dificuldade para realizar a vontade Dele, e ainda são capazes de serem fiéis até o último suspiro e cumprirem bem o seu dever. Também pode-se dizer que, somente quando as pessoas se dedicam completamente a Deus, esse tipo de devoção está livre de qualquer contaminação corrupta e não tem indício de transação ou troca, nem intenções ou deliberações, sendo uma oferta feita de boa vontade e de bom grado. Essas pessoas gastam-se fielmente por Deus, a fim de realizar a verdade e enfrentam dificuldades para testemunhar e satisfazer a Deus, com o objetivo de realizar o que lhes foi confiado por Ele. Só isso pode ser chamado de sofrer por causa de Deus. Na verdade, ser capaz de suportar sofrimento por causa de Deus é algo que uma pessoa só pode alcançar depois de receber a salvação e ser aperfeiçoada. Se ela ainda não obteve a verdade e seu caráter de vida ainda não se transformou, ela é absolutamente incapaz de suportar de bom grado o sofrimento por causa de Deus. Como as pessoas estão corrompidas demais, todos os seus pensamentos, pontos de vista, intenções e ideias resistem a Deus. A natureza humana conspira para obter apenas o bem do seu próprio ego e, mesmo que uma pessoa deseje cumprir seu dever, ela não o faz de bom grado ou feliz, mas sim apenas finge fazê-lo. Ela não é obediente, nem leal; então, como poderia ter um coração que ama a Deus de verdade? Em suma, a humanidade corrupta é rebelde e desobediente, e tudo o que os homens dizem ou fazem é apenas para conspirar em seu próprio favor. Eles enfrentam dificuldades para atender a suas próprias intenções e objetivos; essa é a pura verdade. Com relação aos estados corruptos da humanidade, as pessoas não são capazes de enfrentar dificuldades por causa de Deus e nem merecem sofrer por causa Dele. Como as intenções e objetivos das pessoas ao crerem em Deus não estão corretas, quando elas sofrem dificuldades, estas são ditadas por suas intenções e objetivos. Se elas não estiverem enfrentando dificuldades para obter a verdade e receber a salvação, por mais que sofram, esse sofrimento não tem nada a ver com Deus. É claro que elas também não poderão alcançar qualquer transformação em seu caráter de vida.

Deus suportou grande sofrimento para salvar a humanidade, e este é um fato verdadeiro e óbvio para todos. A humanidade corrompida ainda não recebeu completamente a salvação, ainda não possui a verdade, e não houve uma transformação em seu caráter de vida, então como poderia enfrentar com sinceridade os sofrimentos por causa de Deus? Para falar apenas dos fatos, devemos dizer que todo o sofrimento suportado pelas pessoas em sua crença em Deus é suportado para que elas recebam a salvação através da crença em Deus e a fim de buscar a verdade. No entanto, todas as pessoas adicionam algum outro motivo para fazer isso. Algumas o fazem para obter a vida eterna e não descerem ao Inferno. Outras pessoas fazem isso para obterem a bênção de Deus e não enfrentarem nenhuma catástrofe. Algumas pessoas fazem isso para afastarem desastres e evitarem a destruição. Ao acreditarem em Deus, todas as pessoas acrescentam suas próprias intenções e desejos pessoais, de modo que as intenções e objetivos delas no sofrimento não são os mesmos. Mas há algumas que suportam o sofrimento fazendo o mal e pecando, o que é outro assunto completamente diferente. Enfrentar o sofrimento fazendo o mal e pecando é agir de forma contrária ao seu próprio interesse e colher o que se semeia. Esse tipo de sofrimento não tem nada a ver com pessoas que acreditam em Deus e buscam a verdade e, por mais que alguém suporte esse sofrimento, ele não faz sentido nenhum. Se você praticar demais o mal, só pode arruinar sua própria vida e afundar-se na perdição. Vejo que existem algumas pessoas que já realizam o trabalho de liderança há muitos anos, mas que, durante todo esse tempo, cumpriram seu dever de forma superficial e enganosa. Elas se esforçam para apreciar avidamente os benefícios de sua função e cobiçam os prazeres da carne. Elas não têm nada para comungar sobre o conhecimento da verdade e ainda restringem irmãos e irmãs em todos os aspectos, mantendo-se em posição de destaque ao ensinar as pessoas, enquanto lucram e se aproveitam delas de todas as formas possíveis. Depois que são removidas, recusam-se a aceitar isso e, em seus corações, sempre acham que realizaram vários anos de obra e enfrentaram muitas dificuldades; por conseguinte, reclamam muito. Vivem comentando com os outros a injustiça que enfrentaram, gabando-se dos anos de obra que realizaram e do sofrimento que aguentaram. Fazendo isso, elas ganharam a simpatia e a caridade dos outros. Esses degenerados que foram removidos de suas posições são, na verdade, bem capazes de enganar algumas pessoas; e há aquelas que confraternizam com eles e apresentam reclamações em seu nome, chegando a considerar a casa de Deus injusta. Aliás, aparentemente, essa gente também pensa que Deus é injusto. Isso é suficiente para provar que é difícil para a natureza satânica das pessoas aceitar a verdade. Mesmo quando essas pessoas são podadas ou recebem tratamento, ou quando são removidas de suas posições, preferem morrer a acatar as ordens recebidas. Fazem o máximo para enganar os outros. As pessoas sem a verdade são, evidentemente, incapazes de resistir aos engodos do inimigo e, de fato, aceitaram suas palavras falsas. Por causa disso, o pensamento venenoso de que “a casa de Deus é injusta e Deus também é injusto” dominou seus corações, e as raízes do infortúnio foram estabelecidas. Isso criou dificuldades e obstruções no caminho de sua busca futura. Muitas noções são produzidas porque as pessoas não possuem a verdade e acreditam nas mentiras de Satanás. Parece ser fácil acreditar nas mentiras de Satanás e se perder, se alguém não possuir a verdade, e esta falha é fatal para as pessoas. É muito fácil para a humanidade corrupta aceitar as mentiras e o pessimismo de Satanás, mas é muito difícil aceitar a palavra de Deus e acreditar naquilo que está de acordo com a verdade. É claro que, se fosse fácil para as pessoas acreditarem na palavra de Deus e serem capazes de obedecer à Sua obra, essas dificuldades não existiriam. Entre os que acreditam em Deus, aqueles que suportam o sofrimento por causa de suas próprias intenções e objetivos são numerosos demais. Se, no final, eles ainda não conseguirem aceitar as palavras de julgamento e castigo de Deus para o homem, assim como sofrerem poda e tratamento, isso mostra que se recusam a aceitar a verdade, são do tipo dos anticristos e são alvos destinados a serem eliminados.

Que dificuldades devem ser suportadas na crença em Deus? Quais são, afinal, as dificuldades que uma pessoa deve suportar em sua crença em Deus? O que se deve sofrer para se obter a vida e a verdade e se receber a salvação? O que se sofre ao se cometer atos malignos? O que se sofre por causa de si mesmo? O que se sofre por causa de Deus? Todas essas coisas devem ser claramente diferenciadas entre si, e não devem ser confundidas umas com as outras. Pessoas confusas e absurdas invertem facilmente as coisas e transformam o sofrimento que deve ser enfrentado por causa da crença em Deus em sofrimento suportado por Deus e por causa do amor de Deus. Como elas podem colocar uma coroa tão grande quanto essa em suas próprias cabeças sem ficarem vermelhas de vergonha? Dizer uma coisa dessas é uma injustiça para com Deus. Ao acreditar em Deus, você não deve enganá-Lo. Quando Deus opera ou fala, isso é sempre prático e realista, com distinção clara entre certo e errado; portanto, as pessoas devem ser racionais com relação a Deus e fazer o máximo que puderem para procurar entender a verdade da palavra de Deus. Deve-se falar apenas depois de ter entendido o verdadeiro sentido de tudo. Se as pessoas estão suportando sofrimento a fim de evitar desastres ou obter bênçãos no futuro, elas não devem dizer que estão sofrendo por causa de Deus. Se enfrentaram muitas dificuldades ao lutar pela liderança da casa de Deus para obter uma posição de influência, eles não devem dizer que estão sofrendo por causa de Deus. Se sofreram muito para se mostrarem no cumprimento de seu dever ou causando estragos e distúrbios, e alguém lidou com eles severamente e os demitiu, eles também não podem transformar isto em sofrimento suportado por causa da busca da verdade. As dificuldades sofridas por causa da crença em Deus têm muitos aspectos, e nem todos os tipos de sofrimento são iguais, nem são iguais os tipos e estados das pessoas que sofrem dificuldades. Assim, o sofrimento enfrentado por cada pessoa é diferente, e há um princípio para diferenciá-los. É preciso aprender a discernir as coisas nesta questão de enfrentar dificuldades na crença em Deus. Dessa forma, a pessoa falará sem confundir certo com errado. A seguir, eu vou comungar a respeito de algumas das dificuldades que devem ser enfrentadas quando se crê em Deus.

Em primeiro lugar, quando se crê em Deus, enfrentar dificuldades na palavra de Deus inclui enfrentar as dificuldades do julgamento e castigo, bem como da poda e do tratamento, das provações e dos refinamentos. Esses são sofrimentos que devem ser enfrentados na crença em Deus. O julgamento da humanidade corrupta por Deus é completamente porque a humanidade já foi corrompida ao extremo por Satanás. Ao resistir e atacar a Deus, a humanidade atingiu um nível em que se tornou inimiga Dele. Não só pregaram Jesus na cruz, mas também podem pregar o Cristo encarnado dos últimos dias à cruz também. A humanidade é culpada do crime mais hediondo de todos e ofendeu o caráter de Deus. Ela já atingiu um nível de corrupção do qual é quase impossível resgatá-la. Isso levou Deus a fazer uso dos métodos de julgamento e castigo para salvar a humanidade. Uma vez que são palavras de julgamento e castigo, elas são bastante severas, não evitam ferir os sentimentos das pessoas e vão direto ao ponto. O que elas fazem as pessoas verem e experimentarem é o caráter justo e majestoso de Deus, que não tolera a ofensa de ninguém. Ao ser preenchida com o caráter de Satanás, a humanidade corrupta se sente desconfortável e, até mesmo, angustiada quando vê as palavras de julgamento e castigo de Deus. Lembre-se de que, quando Jesus veio realizar Sua obra, Ele chegou cheio de graça para absolver os pecados das pessoas, curar os doentes e expulsar demônios, ressuscitar os mortos e conceder graças em abundância às pessoas. Ainda assim, Ele foi pregado na cruz por essa humanidade má e corrupta. As pessoas não se deixam comover nem se persuadir quanto à forma de tratarem a obra de Deus. Quando Deus, que é cheio de graça, veio ao encontro delas, elas O pregaram na cruz. Deus vem trazendo o julgamento e o castigo para salvar as pessoas e, da mesma forma que antes, eles O condenam por crimes e O abandonam. Felizmente, a sociedade moderna não condena mais ninguém a ser crucificado, mas Deus ainda enfrenta perseguição, sendo acusado e abandonado, e Seu sofrimento não é de modo algum menor do que o suportado pelo Senhor Jesus. Você pode ver até que ponto chegou a maldade da humanidade corrupta! Por isso, para crer em Deus e receber a salvação, é preciso sofrer muitas dificuldades, e isso resulta da essência corrupta e maligna da humanidade, que é o fruto perverso da corrupção de Satanás e do envenenamento da humanidade. Se rejeitarem as palavras de julgamento e castigo de Deus, as pessoas não terão como receber a salvação. Somente passando por todo o sofrimento na palavra de Deus pode-se obter a verdade na obra de Deus e receber a salvação. Há muita gente que desenvolve noções depois de ler as severas palavras de julgamento de Deus e chega às suas próprias conclusões e acusações. Essas pessoas são resistentes e traiçoeiras, , e isso é uma completa expressão do caráter diabólico e corrupto delas. Quando Deus expõe a corrupção das pessoas, o faz em completa conformidade com os fatos verdadeiros. Ele fala dela com base em fatos, sem nenhum exagero e, se as pessoas forem incapazes de aceitá-la, isso prova que existem problemas na natureza delas. As pessoas gostam de ouvir palavras de bênçãos, elogios e louvores, mas o caráter de Deus é justo, e Ele não pode ir contra a verdade em Seu discurso. A humanidade corrupta quer receber a salvação, mas também quer ouvir palavras de bênção. Ela se deixa levar por loucas fantasias. É evidente que a humanidade é vaidosa e superficial, bem como perversa, por isso quer buscar a salvação de Deus mesmo enquanto está resistindo a Ele. Ela quer obter a verdade e salvar as aparências a todo custo, e parece não perceber que, se não puder aceitar o julgamento e o castigo de Deus, não poderá salvar-se. Assim, as dificuldades sofridas na palavra de Deus tornaram-se um tipo de sofrimento que deve ser enfrentado para se acreditar em Deus e se receber a salvação. As pessoas não suportam esse sofrimento por causa de Deus, mas para receber a salvação para si mesmas. Não importa o quanto uma pessoa suporte esse tipo de sofrimento, não haverá nada para ostentar. Isso é causado pela corrupção profunda das pessoas, e não há mais ninguém para culpar, muito menos para reclamar de Deus. Como Deus veio para salvar a humanidade, não importa quão severas sejam as palavras, tudo vem do amor de Deus por salvar as pessoas. Na verdade, somente quando for capaz de sofrer mais dores na palavra de Deus, você poderá obter mais verdade e chegar a uma transformação no seu caráter de vida. Quando as pessoas obtêm a verdade na palavra de Deus, elas não sentem dor; pelo contrário, experimentam a doçura da palavra de Deus e não conseguem mais separar-se dela. É como se afirmava nos tempos antigos: “O bom remédio tem um gosto amargo, mas curará a doença; os conselhos leais podem ser desagradáveis de se ouvir, mas ajudarão na prática”. Quando as pessoas realmente amam a palavra de Deus, ela torna-se sua vida, e elas nunca mais conseguem separar-se dela depois disso. Deus salva as pessoas assim, usando métodos de julgamento e castigo. Qualquer um que seja capaz de enfrentar dificuldades na palavra de Deus poderá obter a verdade e receber a salvação através da palavra de Deus. Aquelas pessoas que sempre têm noções sobre a palavra de Deus e se recusam a aceitar a verdade, não estando dispostas a sofrer dificuldades na palavra de Deus, serão eliminadas. Portanto, por mais que você sofra na palavra de Deus, todo esse sofrimento deve ser suportado por crer em Deus. Todo ele tem alguma importância, e você não pode dizer que sofreu por causa de Deus, nem que sofreu por amor a Deus. Pelo contrário, este é um sofrimento que deve ser suportado a fim de se alcançar a salvação de Deus. Se, na crença em Deus, você for verdadeiramente incapaz de sofrer dificuldades na palavra de Deus, não poderá ser salvo.

Em segundo lugar, o sofrimento que as pessoas suportam ao cumprirem seu dever deve ser suportado na crença em Deus. Suportar as dificuldades ao cumprir o dever de acreditar em Deus, indica principalmente o sofrimento enfrentado ao receber poda e tratamento por cumprir o dever sem se envolver. Isso acontece apenas porque as pessoas estão muito profundamente corrompidas e, ao cumprirem seu dever, são incapazes de respeitar o coração de Deus e muito menos de satisfazê-Lo. Ao cumprir seu dever, elas sempre se concentram em suas próprias intenções e objetivos, e se esforçam ao máximo para conspirar em favor de seu próprio benefício. Elas não estão dispostas a ser leais pelo amor de Deus. Se as pessoas ganhassem um salário pelo cumprimento de seu dever, elas não sentiriam que isso era uma dificuldade. Mas porque é algo que elas têm a obrigação de fazer, elas se sentem maltratadas, por menos que façam. Então, quando as pessoas estão cumprindo seu dever, elas adotam o método de trabalhar sem se envolver e enganar a Deus. Quando as pessoas fazem as coisas para si mesmas elas as levam muito a sério, mas quando cumprem seu dever para com a casa de Deus, elas simplesmente não se envolvem. Isso significa que as pessoas que cumprem seu dever estão destinadas a serem podadas e receber tratamento, e só então podem mudar e ter alguma aparência de seres humanos. De fato, o sofrimento suportado no cumprimento do dever não é tão grande assim, porque o que as pessoas sofrem ao fazer o que precisam para sobreviver é ainda maior e mais desgastante. A humanidade não sentiu que ela seja tão cansativa ou difícil assim, e qualquer obra da casa de Deus é mais fácil e prazerosa do que o trabalho no mundo. Além disso, as pessoas podem trabalhar sem se envolver e, por isso, não se sentem exaustas. Então, cumprir o dever em si não faz as pessoas se sentirem exaustas, mas elas até se divertem, ficam tranquilas e adquirem esperança de receber a salvação. Mas, como a corrupção da humanidade é profunda demais, e as pessoas só trabalham sem envolver-se, depois que alguém lida com elas e as poda, elas sentem que cumprir seu dever é algo no qual enfrentam muitas dificuldades. Porque, depois que se lida com uma pessoa, sua mentalidade corrupta fica desequilibrada, e ela começa a apresentar queixas. Desta forma, essas pessoas passam por algum refinamento, e esse sofrimento é suportado através do cumprimento do dever. Na verdade, o dever das pessoas tem alguma importância? Vale a pena mencioná-lo? Às vezes, perde-se mais do que se ganha ao fazer com que as pessoas cumpram seu dever. Algumas pessoas que estão cumprindo seu dever são empregadas da casa de Deus, que gasta dinheiro com elas. Em outras palavras, são pessoas que a casa de Deus troca por dinheiro. Se uma pessoa enfrentar um pouco de dificuldade, do que ela pode se gabar? É gratificante o fato de que, depois de se lidar com essas pessoas e podá-las várias vezes, elas realmente experimentam alguma mudança. Depois disso, quando essas pessoas cumprem seu dever, elas se envolvem muito mais no que estão fazendo, e, em seus corações, elas sentem que as coisas não vão funcionar, se os outros não as podarem ou lidarem com elas. Elas não conseguem envolver-se nas suas atividades por si mesmas, e por isso precisam ter alguém que as pode e lide com elas. Esses são a experiência e o conhecimento comuns da maioria das pessoas que cumprem seu dever. Esse é o sofrimento que deve ser suportado no cumprimento do dever, bem como na crença em Deus, e tudo isso é causado pela corrupção das pessoas. Portanto, o sofrimento enfrentado no cumprimento do dever é aquele que deve ser suportado na crença em Deus, e você não pode dizer que está sofrendo por causa de Deus ou por amor a Deus. O sofrimento suportado na crença em Deus é benéfico na busca da verdade, assim como na transformação do caráter de vida de uma pessoa, e é assim que se crê em Deus e se recebe a salvação. Se você acreditar em Deus, mas não cumprir seu dever, seu progresso na vida será muito lento. Não será fácil obter a verdade; por isso, é muito importante poder aceitar que os outros o podem e lidem com você durante o cumprimento do seu dever.

Em terceiro lugar, passar por vários tipos de provações e refinamentos que as pessoas devem experimentar ao acreditarem em Deus é uma dificuldade que deve ser sofrida na crença em Deus. Naturalmente, o sofrimento resultante desses tipos de provações e refinamentos também é causado pelo caráter corrupto das pessoas. Se não tivessem essa disposição corrupta, elas não sofreriam essas dificuldades, nem Deus as sujeitaria a essas provações e refinamentos. No início, as pessoas experimentaram a provação dos servidores, a provação da era do castigo e a provação da morte. Todas as pessoas sofreram muitas dificuldades, e só então passaram a caminhar na trilha certa da crença em Deus. Depois, há pessoas que suportaram as dificuldades do refinamento no que diz respeito a ter noções sobre Deus. Depois, há as que enfrentaram as dificuldades do refinamento em relação ao dia de Deus. Há as pessoas que suportaram as dificuldades do refinamento em relação ao seu futuro e destino. Outras sofreram dificuldades ao enfrentar algumas provações e catástrofes. Essas dificuldades também são provocadas porque as pessoas estão muito profundamente corrompidas, resistem demais a Deus, estão excessivamente preocupadas em receber bênçãos, e rogam demais a Deus que atenda suas necessidades, exigências e desejos particulares. . Quando a humanidade corrupta aceita a obra de Deus, existem sempre intenções, desejos, noções e exigências egoístas misturadas com essa aceitação. O sofrimento ao enfrentar essas dificuldades é inevitável; elas não são impostas às pessoas por Deus. São dificuldades que as pessoas devem suportar unicamente por causa da natureza corrupta da humanidade, que também faz com que elas tenham esse destino.. Por conseguinte, ninguém pode escapar dessas dificuldades, e esse é o sofrimento que a humanidade corrupta deve suportar na crença em Deus, para receber a salvação. Não é, de forma alguma, um sofrimento suportado por causa de Deus, nem que as pessoas estão dispostas a enfrentar para o bem delas mesmas. É apenas o sofrimento que a natureza corrupta da humanidade está destinada a suportar. É como o sofrimento suportado por um glutão incapaz de comer comidas deliciosas ou por alguém que é muito vaidoso e superficial e não consegue usar roupas finas. É o sofrimento enfrentado quando as pessoas são incapazes de realizar seus desejos ou alcançar seus objetivos, e que está destinado a ser suportado, porque a natureza do homem é perversa demais. Não é fundamentalmente algo que Deus impôs às pessoas. Portanto, não importa quantas provações e refinamentos uma pessoa tenha sofrido, não há nada de que se gabar. Esse sofrimento todo deve ser enfrentado para que as pessoas sejam salvas e escapem da corrupção, e deve ser suportado na crença em Deus. Não se pode dizer que se enfrenta esse sofrimento por causa de Deus, muito menos por amor a Ele. O sofrimento proveniente de todos os tipos de provações e refinamentos que são enfrentados na crença em Deus é o mais benéfico, bem como indispensável para as pessoas entrarem na verdade e serem transformadas em seu caráter.

Em quarto lugar, ao acreditar em Deus, a pessoa precisa suportar todo tipo de sofrimento de perseguição e tribulação. Ela também deve suportar ser abandonada por outras pessoas e familiares e, até mesmo, sofrer por causa da desintegração de sua família. Essas dificuldades também são causadas pela profunda corrupção da humanidade. Este mundo é perverso e tenebroso, a nação coage as pessoas e o governo as persegue. Ele só permite que as pessoas sigam os caminhos do mal, e não deixa que sigam o caminho da verdade. A humanidade é corrupta e perversa a esse ponto. Essa realidade ninguém pode mudar. Assim, para buscar obter a verdade e receber a salvação em países onde os demônios exercem o poder, as pessoas estão destinadas a experimentar perseguição e tribulações em sua fé em Deus. Se elas não suportarem esse sofrimento, então não há como elas crerem em Deus. Neste mundo perverso, não só as pessoas têm que suportar a perseguição e as tribulações para ter fé em Deus, como também a perseguição e as tribulações sofridas por Deus para salvar a humanidade corrupta são ainda maiores. O que Deus tem que enfrentar é ser abandonado, condenado e perseguido por todo o poder político do grande dragão vermelho, bem como pela humanidade perversa. Há também as oposições, a resistência e a falsidade do povo escolhido de Deus. Quão grande é o sofrimento suportado Ele! Quem é capaz de entender o coração de Deus? Quem consola a Deus? Quando uma pessoa enfrenta algum sofrimento, sente que alcançou alguma coisa, e parece que está qualificada para pedir bênçãos e para receber algo, ela tem alguma razão? Ela já acabou de sofrer todas as dificuldades que precisa enfrentar na crença em Deus? Até que ponto ela realmente obteve a verdade? Houve alguma mudança em seu caráter? Ela já recebeu a salvação? Como viu o quão ferozmente o grande dragão vermelho e a humanidade corrupta resistem a Deus, perseguindo-O e caçando-O, deveria respeitar r ainda mais o coração de Deus e obedecer ainda mais à sua obra. Você deveria também fortalecer sua vontade e ser leal até a morte à busca da verdade, ao seguimento de Deus e à obtenção da salvação de Deus. Prepare-se para a luta e tome a decisão de desprezar por completo sua própria vida. Só assim você poderá realmente seguir a Deus. Parece meio mórbida essa forma de crer em Deus, mas falar sobre isso dessa maneira não é exagero. Nas cidades demoníacas, governadas pelos diabos, acreditar em Deus e receber a salvação é muito desafiador. Se, acreditando em Deus, você for capaz de buscar a verdade e aceitar a morte com tranquilidade, então receberá a salvação e escapará das aflições de Satanás. Se você tiver medo do perigo, desertar e trair a Deus, não há dúvida de que morrerá. Ninguém é capaz de evitar esse sofrimento, pois ele deve ser suportado para crer em Deus. Não importa o quanto desse aspecto de sofrimento você suporte, você pode apenas afirmar que ele deve ser enfrentado para receber a salvação. Você não pode dizer que ele foi enfrentado por Deus, nem que foi suportado por amor a Deus. O sofrimento resultante de enfrentar perseguições e tribulações pode refinar a fé e a lealdade das pessoas, e pode fazer com que elas conheçam mais verdadeiramente o amor de Deus ao salvar a humanidade. Pode também fazer as pessoas conhecerem a natureza perversa do grande dragão vermelho e reconhecerem de forma nítida as trevas perversas do mundo, além de verem o fato e a verdade de que a corrupção da humanidade é profunda demais, que ela é o inimigo de Deus e tem apreço pelo mal. Além disso, ele faz com que as pessoas busquem a verdade, traiam o grande dragão vermelho, eliminem a corrupção e cheguem ao ponto de receberem a salvação de Deus. Suportar todos os tipos de sofrimento provenientes da perseguição e da tribulação é o maravilhoso testemunho das pessoas.

Os principais aspectos das dificuldades que devem ser enfrentadas na crença em Deus são esses quatro. Não importa o quanto as pessoas sofram em consequência desses quatro aspectos, você pode dizer que estão suportando tudo o que deve ser enfrentado para receber a salvação para si mesmas. Você não pode dizer, de jeito nenhum, que elas estão sofrendo por causa de Deus ou por amor a Ele. Em seu discurso, as pessoas devem ser justas e razoáveis, e qualquer sofrimento suportado por elas, não importa em que momento, é enfrentado por sua própria causa. Dito isso, o coração delas se sentirá firme e pacífico. Se as pessoas falarem sobre os sofrimentos suportados por sua própria causa como se fossem suportados por amor a Deus, Lhe recordarem isso, e exigirem a Sua bênção, elas estarão mentindo. Isso revela a traição das pessoas. Elas estão enganando a Deus. Apenas pessoas totalmente desavergonhadas falam dessa maneira. Na verdade, por mais traiçoeira que seja uma pessoa, ela não pode enganar a Deus. Se Deus falar, ela será humilhada novamente. Se uma pessoa realmente estiver com a razão, ela deve se pronunciar com base na verdade e nos fatos. Por maior que tenha sido seu sofrimento, , ela não poderá dizer que foi por causa de Deus ou por amor a Ele. Colocar-se em uma posição de destaque o mais rápido possível é extremamente vergonhoso. Se uma pessoa for verdadeiramente capaz de sofrer por causa de Deus, então, ela na certa terá sido aperfeiçoada e pertencerá a Ele. Se alguém estiver enfrentando dores por amor a Deus, então, essa pessoa deve ser alguém que realmente O ama e, que, naturalmente, será aperfeiçoada por Ele. Caso contrário, não haveria ninguém que merecesse essa honra.

Deus é quem deve determinar se uma pessoa está mesmo à altura de sofrer dificuldades por causa Dele ou por amor a Ele, porque Ele observa a profundidade do coração das pessoas. Só Deus sabe por quem elas estão correndo e se cansando, até a sua própria medula e o seu próprio sangue. Podemos descrever assim: qualquer um que testemunhe com frequência como está enfrentado dificuldades está mentindo. Essas são as pessoas menos inteligentes e mais desprovidas de razão, totalmente despudoradas, que têm a coragem de se gabarem e se revelarem assim na presença dos outros, a fim de ganhar sua admiração e simpatia. Essa é mais ou menos a natureza de Satanás, que engana as pessoas. Ao crer em Deus, a pessoa deve procurar conhecê-Lo e amá-Lo com sinceridade. Isso tudo faz parte da busca da verdade. É bom que uma pessoa queira enfrentar dificuldades por causa de Deus, mas isso tem que ser alcançado através da busca da verdade. Se uma pessoa suportou todas as dificuldades que devem ser sofridas na crença em Deus, ela receberá a salvação e poderá ser aperfeiçoada por Ele. Nesse momento, todas as pessoas conhecerão a Deus e seu relacionamento com Ele e status em relação a Ele serão corrigidos. Somente quando uma pessoa puder amar a Deus e obedecê-Lo de verdade ela será capaz de genuinamente enfrentar dificuldades por causa de Deus e por amor a Ele. Então, Deus também a reconhecerá e aceitará. A obra de Deus nos últimos dias é para salvar pessoas e aperfeiçoá-las.. Nas grandes provações experimentadas nos últimos anos, se as pessoas testemunharem o amor e a lealdade a Deus, naturalmente receberão a aprovação Dele e serão consideradas aceitáveis. À luz da estatura atual das pessoas, as dificuldades que devem ser enfrentadas ao crer em Deus ainda não foram completamente suportadas! As pessoas estão muito longe de receber a salvação, a sua própria corrupção não pode ser resolvida, e é difícil dizer se elas serão capazes de sobreviver. É melhor que busquem com urgência a verdade e procurem receber a salvação, e não digam e façam essas coisas irracionais. Elas devem enfatizar o pagamento do preço para buscar e obter a verdade, assim como sofrer mais julgamento e castigo; os membros da família de Deus devem podá-las e lidar com elas, e elas precisam passar por provações e refinamentos. Isso é muito benéfico para que o caráter das pessoas se transforme e para que elas recebam a salvação. Esse é o sofrimento que as pessoas devem suportar na crença em Deus e ao buscarem a verdade. Se elas forem incapazes de enfrentar essas dificuldades, elas não terão como obter a verdade e alcançar a salvação.

Há outro tipo muito especial de sofrimento, que consiste em suportar punições e ser eliminado. Muitas pessoas enfrentarão esse tipo de sofrimento. Elas devem, sem dúvida, ter uma humanidade muito ruim e um caráter perverso para terem tal destino. Esse tipo de sofrimento significa colher o que você semeia e implorar para ser humilhado. Ele tem a marca das pessoas más. Não é, de fato, o sofrimento que deve ser na enfrentado na crença em Deus e, não pode, de maneira nenhuma, constar entre as dificuldades que devem ser sofridas na crença Nele. Se, na família de Deus, aquelas pessoas que foram eliminadas e expulsas forem capazes de se gabar dos sofrimentos que suportaram e dizer que a família de Deus é injusta e que Deus não entende as pessoas, e até de afirmar que a família se livra das pessoas assim que a sua utilidade se esgota”, e que “associar-se a um rei é como associar-se a um tigre”, os fatos estarão sendo deliberadamente distorcidos. Se essas pessoas forem capazes de torcer a realidade dos fatos e deturpar a verdade de propósito, ao fazer esses comentários, elas são, sem sombra de dúvida, pessoas que agem como anticristos, servas do mal e demônios. Apenas gente como elas seria assim tão insensível à razão. Na verdade, como acontece com qualquer um que é expulso por causa de seus vários atos perversos, o serviço que prestaram foi superado pelas perdas que causaram. O prejuízo que causaram para a família de Deus é tão grande, e os distúrbios que provocaram para o povo escolhido de Deus são tão significativos, que elas impediram seriamente a entrada na vida do povo escolhido de Deus e os levaram para o caminho errado. Não há como avaliar os danos que elas causaram em termos de prejuízos financeiros. Mas elas agem de forma aparentemente racional, podem atacar primeiro apesar de estarem erradas, e contra-atacar, apesar de serem culpadas. Elas realmente pertencem à ninhada de víboras e demônios. Deus trata os servidores leais com especial bondade, e faz com que eles sejam capazes de sobreviver. Quão grande é a Sua misericórdia! Aqueles cujo serviço não está à altura dos padrões requeridos, ou que trabalham a contragosto, ou que não puderam terminar a obra serão naturalmente eliminados. Se um burro comporta-se bem, nenhum dono gostaria de abatê-lo. Apenas os burros demoníacos e perversos, que escoiceiam inesperadamente e mordem as pessoas ao acaso, quando estão acionando o par de mós e sempre causam destruição e perturbações, fazendo mais mal do que bem, são abatidos. Pessoas más que não podem ser salvas precisam simplesmente ser banidas pela família de Deus. Elas têm permissão para acreditar em Deus em casa sem problemas, contanto que não incomodem ninguém. A família de Deus sempre trata as pessoas de forma justa, e o tratamento que Deus reserva para qualquer pessoa é totalmente justo. Isso é inegável. A humanidade corrupta não tem humanidade, chegando ao ponto de ser insensível. A humanidade trata Deus de forma injusta; Satanás, o diabo, é muito reacionário. Ousa se opor a Deus e ser hostil a Ele. Se as pessoas forem capazes de acreditar nas mentiras de um indivíduo mau e no discurso demoníaco de Satanás e de duvidar da justiça de Deus e da maneira justa como a família de Deus trata todos, elas serão umas tolas e pertencerão de corpo e alma a Satanás. Sem dúvida, são perversas.. Pessoas que entendem a verdade e que têm senso de justiça serão capazes de distinguir o discurso demoníaco de Satanás que engana a todos. Elas poderão confiar na verdade para expor as tramas e conspirações de pessoas más, e para se protegerem contra os engodos. Sob todos os aspectos, a obra de Deus revela as pessoas, e o discurso de Deus sempre revela as pessoas. A questão de sofrer dificuldades na crença em Deus é também algo que revela os indivíduos. Se pessoas más cumprirem seus deveres e sofrerem algumas dificuldades, isso será uma grande coisa para elas. Ficarão loucas para anunciar isso, de modo que todos saibam. Mas fica bastante claro quais são suas intenções e tramas, e que tipo de caráter demonstram. De fato, não importa o quanto alguém sofre na crença em Deus. O fundamental é se essa pessoa obtém a verdade. Se ela não obtiver a verdade, e se não houver nenhuma transformação em seu caráter de vida, então nenhum sofrimento que ela suportar fará sentido. O principal é obter a verdade, é isso o que mais importa. As pessoas que realmente entendem a verdade não prestam atenção à quantidade de sofrimento pelo qual passaram e não sentem que estão sofrendo. Para elas, o que é urgente e precisa ser enfatizado é a compreensão da verdade e o bom cumprimento do seu dever para satisfazer a Deus. Enquanto levarem em conta a intenção de Deus e forem capazes de satisfazê-Lo, elas serão livres em seu coração. Contanto que elas possam obedecer sinceramente a Deus e chegar ao ponto de receber a salvação, obterão a maior felicidade que uma pessoa pode alcançar na vida.

Se as pessoas que creem em Deus não souberem com clareza quais sofrimentos devem ser suportados na crença em Deus e quais dificuldades devem ser enfrentadas para receber a salvação para si mesmas, ou quais devem ser enfrentadas por causa de Deus, então será fácil para elas cometerem burrices. É ainda mais fácil ser desviado por Satanás, seguir as pessoas más para julgar, resistir e blasfemar contra Deus. Quando enxergamos com clareza a pura realidade , podemos sentir alívio ao enfrentarmos dificuldades. Também seremos obedientes na presença de Deus e sempre evitaremos proferir palavras absurdas que resistem a Deus, O criticam e ofendem Seu coração. Ao mesmo tempo, também seremos capazes de tratar corretamente todo o sofrimento que enfrentamos. Essa não parece uma solução perfeita, com todas as vantagens possíveis? Pessoas que são mesmo conscienciosas e razoáveis devem pensar mais sobre o sofrimento que Deus suporta para salvar-nos, e quantas perseguições e tribulações Ele enfrenta, apesar de sua inocência. Quantas calúnias, humilhações, condenações e quanto abandono Ele aguenta da humanidade corrupta, sem culpa nenhuma. Quanta resistência, julgamento e blasfêmia Ele sofre das pessoas que creem Nele, e aguenta até mesmo das pessoas que O servem, que agem sem envolver-se e tentam enganá-Lo. Ao mesmo tempo em que o povo escolhido de Deus está comendo, bebendo e desfrutando de Sua presença, ele preserva as noções de resistência a Ele em seus corações. Eles estão todos tentando fazer um acordo com Deus e exigindo coisas Dele. Quem já entendeu o coração de Deus? Quem já compreendeu o sofrimento de Deus? Quem já respeitou o coração de Deus? Quem já se esforçou por ser fiel a Deus para consolá-Lo? Deus não continua enfrentando sofrimentos todos os dias? Deus enfrenta todos os tipos de tormentos e aflições para salvar a humanidade, mas quem pode saber disso e entender isso completamente? Quem é capaz de enfrentar dificuldades para consolar a Deus? Por quem Pedro foi, de bom grado, crucificado de cabeça para baixo? Quais eram os estados do coração de Pedro? Você deve ponderar com cuidado e, por fim, encontrará a resposta dentro de si mesmo.

1º de fevereiro de 2006

Anterior:Somente aqueles que obtêm a verdade e entram na realidade são verdadeiramente salvos

Próximo:Os quatro estágios da experiência de vida para ser salvo e aperfeiçoado

Coisas que talvez lhe interessem