Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Coleção de sermões: provisão para a vida

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

41. Como os escolhidos de Deus deverão permanecer firmes em seu testemunho durante os últimos dias

É necessário comunicar o que acontecerá quando a obra de Deus chegar ao fim.

Vocês realmente odeiam o grande dragão vermelho? Vocês o odeiam verdadeira e sinceramente? Por que perguntei tantas vezes a vocês? Por que continuo a perguntar-lhes isso sempre de novo? Que imagem vocês têm do grande dragão vermelho em seu coração? Ela realmente foi removida? Vocês verdadeiramente não o consideram seu pai? Todas as pessoas devem perceber o que pretendo com as Minhas perguntas. Não é para provocar a ira das pessoas nem para incitar o homem à rebelião nem para que o homem encontre a sua própria saída, mas é para permitir que todas as pessoas se libertem do cativeiro do grande dragão vermelho. Contudo, ninguém deve ficar preocupado. Tudo será efetuado pelas Minhas palavras; ninguém pode partilhar e ninguém pode fazer a obra que Eu realizarei. Eu limparei o ar de todos os países e erradicarei todo o vestígio dos demônios na terra. Eu já comecei, e darei início à primeira etapa da Minha obra de castigo no lugar da morada do grande dragão vermelho. Então pode ser visto que Meu castigo recaiu sobre o universo inteiro e que o grande dragão vermelho e toda sorte de espíritos impuros serão impotentes para escapar do Meu castigo porque Eu enxergo todos os países. Quando Minha obra na terra estiver completa, isto é, quando a era do julgamento tiver chegado ao fim, castigarei formalmente o grande dragão vermelho. Meu povo verá o justo castigo que aplicarei ao grande dragão vermelho e derramará seu louvor por causa da Minha justiça e para sempre exaltará Meu santo nome por causa da Minha justiça. Portanto, vocês cumprirão formalmente seu dever e Me louvarão formalmente por todas as terras, para todo o sempre!

Quando a era do julgamento chegar ao seu auge, não Me apressarei para concluir Minha obra, mas integrarei nela a evidência da era do castigo e permitirei que essa evidência seja vista por todo o Meu povo; e disso brotará um fruto maior. Essa evidência é o meio com o qual Eu castigo o grande dragão vermelho e levarei Meu povo a contemplá-lo com os próprios olhos, de modo que conhecerão mais do Meu caráter. A época em que Meu povo Me desfrutará será quando o grande dragão vermelho for castigado. Fazer com que o povo do grande dragão vermelho levante-se e se revolte contra isso é o Meu plano e o método pelo qual Eu aperfeiçoo Meu povo; é uma ótima oportunidade para todo Meu povo crescer na vida.

Todos nós experimentamos essas palavras. Elas foram faladas quando Deus começou a obra dos últimos dias; quantos anos se passaram desde então? Mais de vinte. Durante todo esse tempo, fomos caçados e perseguidos pelo grande dragão vermelho e sofremos sua cruel opressão e repressão. É justo dizer que fomos caçados e perseguidos pelo grande dragão vermelho desde que começamos a seguir Deus Todo-Poderoso. Tendo experimentado até hoje, a maioria das pessoas realmente discerniu o grande dragão vermelho; em particular, aquelas que experimentaram a profunda aflição de serem presas e torturadas pelo grande dragão vermelho veem claramente sua natureza maligna e a verdadeira face desse demônio, e isso realmente suscitou ódio em seu coração. Esse ódio produziu neles a resolução de se rebelar totalmente contra o grande dragão vermelho, de verdadeiramente seguir a Deus e buscar a verdade para ser ganho por Deus; sua resolução foi estabelecida. Quando tomam essa resolução – quando se rebelam totalmente contra o grande dragão vermelho, buscam a verdade e abandonam as trevas pela luz para serem ganhos por Deus –, as pessoas começam a entrar na trilha certa da crença em Deus. No país do grande dragão vermelho, esse é precisamente o padrão para entrar na trilha certa da crença em Deus. Hoje, nossas experiências nos trouxeram até este ponto, e vimos que o grande dragão vermelho é verdadeiramente o ferrenho inimigo de Deus, que realmente se opõe a Ele e é diametralmente oposto a Ele, que a substância do grande dragão vermelho é verdadeiramente a substância de Satanás. Ele negligencia seu verdadeiro dever e deixa de lado todos os deveres prioritários do país para fazer todo o possível para se opor a Deus e caçar os escolhidos de Deus, concentrando todos os seus esforços em atacar a Deus e interferir na obra de Deus; é claro que, quando Satanás está na terra, tudo o que ele faz é trabalho que se opõe a Deus e corrompe a humanidade – e tudo isso é determinado pela natureza e substância de Satanás. Hoje, todos os escolhidos de Deus que entendem a verdade viram claramente esse fato.

Deus disse: “Quando a era do julgamento chegar ao seu auge, não Me apressarei para concluir Minha obra.” Essas palavras se referem a hoje; hoje, a era do julgamento atingiu o seu ponto alto. O que significa que a era “atingiu seu ponto alto”? Significa que todos os escolhidos de Deus conhecem a si mesmos, todos eles conhecem sua natureza e substância satânicas, todos eles conhecem a própria corrupção, fealdade e falta de humanidade, todos sabem que são desprovidos da menor verdade, todos eles começaram a sentir arrependimento e todos eles estão dispostos a buscar a verdade para serem salvos por Deus – o que é suficiente para mostrar que essa era atingiu seu ponto alto. Diante desse pano de fundo, Deus disse: “Não Me apressarei para concluir Minha obra, mas integrarei nela a evidência da era do castigo e permitirei que essa evidência seja vista por todo o Meu povo; e disso brotará um fruto maior. Essa evidência é o meio com o qual Eu castigo o grande dragão vermelho […]” A partir das palavras de Deus, vemos que, quando Sua obra terminar, Ele manipulará o grande dragão vermelho para que execute seu último ato de serviço: seu ataque final ensandecido a Deus e sua disputa com Ele, que também é a evidência do castigo que Deus inflige ao grande dragão vermelho. Deus disse: “levarei Meu povo a contemplá-lo com os próprios olhos, de modo que conhecerão mais do Meu caráter.” O maior conhecimento do caráter de Deus mencionado aqui visa alcançar esse efeito favorável. E, assim, no final, Deus fará o grande dragão vermelho realizar um último ato de serviço: o ataque ensandecido e a disputa final com Deus. Essa “disputa final” começa agora! O grande dragão vermelho ficou histérico e começou a mobilizar todas as suas forças para caçar os escolhidos de Deus. Em muitos lugares, as prisões secretas já começaram. Diz-se que as pessoas que foram presas anteriormente serão detidas e interrogadas mais uma vez e continuarão a ser atormentadas. Neste momento, o grande dragão vermelho pretende pegar os escolhidos de Deus na Igreja de Deus Todo-Poderoso de um só golpe, que é a prova final de sua hostilidade a Deus e a oposição raivosa a Deus. Como resultado, Deus agora começou a fazer a Sua obra. E, uma vez que o grande dragão vermelho tiver feito sua jogada final, os escolhidos de Deus enfrentarão prisões e perseguições de amplo alcance – que são também a grande inspeção que Deus Todo-Poderoso faz de todos os que creem Nele e, em última análise, resultarão na classificação de cada qual de acordo com sua espécie. Os que possuem o testemunho e os que não o possuem, os que têm a verdade e os que não a têm, os que odeiam o grande dragão vermelho e se rebelam contra ele, e os que pertencem a Satanás, o grande dragão vermelho, e traem Deus – todos eles serão totalmente expostos. E assim Deus disse: “Isso é o Meu plano e o método pelo qual Eu aperfeiçoo Meu povo; é uma ótima oportunidade para todo Meu povo crescer na vida.” Esse é o plano de Deus; quando a obra de Deus terminar, Deus começará a separar o trigo da palha. E o que é imprescindível para separar o trigo da palha? O vento! Sem o vento, a palha não poderia ser separada do trigo. Então, o que é esse “vento”? As forças de Satanás, as forças do grande dragão vermelho, o ataque ensandecido do grande dragão vermelho. Hoje, o grande dragão vermelho é assolado por problemas tanto internos quanto externos, é chamuscado e golpeado – mas ainda deixa tudo de lado para realizar o trabalho de se opor a Deus. Não é essa a natureza de Satanás? No momento em que o país enfrenta a extinção, o grande dragão vermelho não presta atenção à segurança nacional, não dá atenção a se seu povo vive ou morre e usa toda sua força para se opor a Deus Todo-Poderoso – o que mostra sua natureza perversa.

Neste momento crucial, no tempo do ataque ensandecido do grande dragão vermelho, por que Deus fala de “o método pelo qual Eu aperfeiçoo Meu povo; é uma ótima oportunidade para todo Meu povo crescer na vida”? Isso lembra outra passagem das palavras de Deus, quando Deus Todo-Poderoso diz: “Deus pretende usar uma parte da obra dos espíritos malignos para aperfeiçoar uma parte do homem, para que essas pessoas consigam entender completamente os feitos dos demônios, e para permitir que todos entendam de fato seus antepassados. Só então os humanos podem se libertar por completo, não apenas renunciando à posteridade dos demônios, mas ainda mais a de seus ancestrais. Essa é a intenção original de Deus de derrotar completamente o grande dragão vermelho, para fazer com que todos os homens conheçam a verdadeira forma do grande dragão vermelho ao arrancar sua máscara e enxergar sua verdadeira forma. É isso que Deus quer alcançar, e esse é Seu objetivo final na terra, pelo qual Ele tem feito tamanha obra; Ele visa a realizá-lo em todos os homens. Isso é conhecido como a manobra de todas as coisas pelo propósito de Deus” (de ‘Interpretação da quadragésima primeira declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Esta passagem afirma claramente que “Deus pretende usar uma parte da obra dos espíritos malignos para aperfeiçoar uma parte do homem”. O “trabalho dos espíritos malignos” aqui se refere principalmente ao trabalho do grande dragão vermelho, bem como ao trabalho dos anticristos e espíritos malignos dentro da igreja. Essas palavras são ditas “para que essas pessoas consigam entender completamente os feitos dos demônios”; “os feitos dos demônios” se refere ao grande dragão vermelho e, claro, também inclui os anticristos. Essas palavras de Deus mostram que, quando a obra de Deus chegar ao fim durante os últimos dias, o grande dragão vermelho executará o serviço da grande revelação dos escolhidos de Deus.

Hoje, muitas pessoas dizem: “Nós já odiamos o grande dragão vermelho. Por que deve ser permitido que as pessoas sejam expostas completamente mais uma vez?” Essas palavras são justificadas? Você se atreve a dizer que todas as pessoas verdadeiramente odeiam o grande dragão vermelho e se rebelam contra ele? Você não deve confiar em sua imaginação quando fala. Você deve falar de acordo com os fatos, pois ninguém é mais prático do que Deus ao fazer as coisas; Deus usa fatos para expor, Ele usa a realidade para provar, e esse é o caráter justo de Deus. Assim, durante a campanha frenética e abrangente do grande dragão vermelho para cercar e suprimir os escolhidos de Deus, eles serão salvos somente por Deus e pertencerão totalmente a Deus se eles verdadeiramente permanecerem firmes em seu testemunho; se não o fizerem, Deus os eliminará e os deixará retornar aos seus antepassados. Portanto, a grande revelação dos últimos dias é da maior importância! A grande revelação dos últimos dias é o momento em que o trigo será separado da palha; Deus começa a separação abrangente de trigo e palha e o trigo da palha, e o trigo será armazenado no celeiro, enquanto a palha será levada pelo vento.

Leiamos novamente sobre o fato da obra de revelação de Deus durante os últimos dias. “Eu disse: ‘Nos últimos dias, a besta emergirá para perseguir Meu povo e aqueles que temem a morte serão marcados com um selo para serem carregados pela besta. Aqueles que Me viram serão mortos pela besta’. Nessas palavras, a ‘besta’ indubitavelmente se refere a Satanás que engana as pessoas, o que significa que, quando Eu retornar a Sião, um grande grupo de servidores se retirará, ou seja, será carregado pela besta. Todas essas criaturas irão para o abismo sem fundo para receber Meu castigo eterno. ‘Aqueles que Me viram’ indica aqueles servidores leais que foram conquistados por Mim. ‘Que Me viram’ se refere ao fato de terem sido conquistados por Mim. ‘Mortos pela besta’ se refere a Satanás, que foi conquistado por Mim, não ousando se levantar para resistir a Mim, o que equivale a dizer que Satanás não ousará realizar nenhum trabalho nesses servidores. Por isso, a alma dessas pessoas terão sido salvas e isso se deve à sua capacidade de serem leais a Mim, o que equivale a dizer que aqueles servidores leais serão capazes de receber Minha graça e Minha bênção. Por isso, Eu digo que sua alma terá sido salva (isso não se refere à ascensão ao terceiro céu, que é apenas uma concepção do homem). Porém, aqueles servos maus serão amarrados de novo por Satanás e, em seguida, serão lançados no abismo sem fundo. Essa é a Minha punição para eles, é a retribuição a eles e é o que seus crimes merecem” (de ‘A centésima vigésima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Qual é a besta que “levará as pessoas”? É, inquestionavelmente, o grande dragão vermelho. Hoje, essa besta já emergiu e começou a perseguir os escolhidos de Deus – o que equivale a dizer que, nos últimos dias, essa besta ressurgiu e esse é o último caso de sua perseguição total. As pessoas já ouviram isso antes e viram, mas dessa vez há a chance de que elas o vejam com seus próprios olhos e o provem pessoalmente. Antes, muitas pessoas diziam: “Eu sei que o grande dragão vermelho reprime Deus, eu sei que ele persegue os escolhidos de Deus”. Você já experimentou isso? Você não experimentou. Esse “conhecimento” é, na verdade, um boato. Você já ouviu falar que na China continental, o grande dragão vermelho persegue a Deus, que dedica todos os seus esforços para prender e perseguir os escolhidos de Deus, que muitos deles foram caçados, torturados e abusados por ele – mas você não experimentou isso pessoalmente, o que significa que é apenas um boato para você. Hoje, está na hora de você experimentar isso por si mesmo. Tendo apenas ouvido que o grande dragão vermelho oprime a Deus e persegue Seus escolhidos e sentindo algum grau de ódio em relação a ele, isso conta como desprezá-lo verdadeiramente? Isso não conta. Como isso não aconteceu com você, esse seu ódio nunca parece muito real – e, portanto, não conta. Não tendo experimentado a perseguição e a tortura do grande dragão vermelho, você é capaz de discernir sua natureza e substância? Tendo apenas ouvido falar dessas coisas, você é capaz de conhecer sua natureza e substância? Você não é capaz. Só de ter ouvido falar disso você meio que acredita e fica meio cético ou então você acredita 50%, ou 70% ou, na melhor das hipóteses, acredita 99%. Mas qual é a causa desse 1% de descrença? Porque você não experimentou pessoalmente. Quando outros foram torturados pelo grande dragão vermelho, você viu e ouviu falar sobre isso – mas sem ter sofrido, seu ódio é diferente do deles. Não tendo sido torturado pelo grande dragão vermelho, você consegue discernir o quanto ele é maligno? Você consegue ver exatamente o que é sua natureza e substância? Não tendo sido torturado, não importa o que você diga, seu ódio não é muito real. Quando experimentam a lavagem cerebral do grande dragão vermelho, algumas pessoas sentem repulsa assim que o ouvem falar! Nada é mais repugnante para elas, isso as deixa nauseadas! Quanto mais elas ouvem, tanto mais repulsa elas sentem. Ouvi-lo lhes provoca tanta repulsa que elas têm de se esforçar para não vomitar! Isso não é algo que possa ser sentido por quem não estava lá. Ouvindo as palavras que o grande dragão vermelho lê e as teorias que ele fala quando faz lavagem cerebral nas pessoas, essas pessoas sentem repulsa, asco, elas sentem que são ridículas! Essas palavras e teorias são absurdas, ridículas ao extremo! Ouvir as palavras do grande dragão vermelho, palavras que se opõem a Deus e blasfemam contra Ele, faz com que elas sintam que ele é verdadeiramente um demônio, um diabo e um espírito maligno – que não há nada de falso nisso! Assim, não tendo experimentado a lavagem cerebral do grande dragão vermelho, não tendo experimentado sua perseguição, tudo que você diz sobre sua natureza maligna não é nada além de teoria, são palavras vazias e não reais. As pessoas que experimentaram essas coisas são diferentes. Elas pessoalmente as viram, passaram por elas e há muito essas coisas foram gravadas em suas mentes, gravadas em seus ossos e impressas em seu coração, gravadas nas profundezas de sua alma, para nunca mais serem esquecidas. Por conhecerem o grande dragão vermelho e o discernirem, elas são capazes de falar de coração quando dizem: “Essa gangue de coisas ruins, esse bando de demônios imundos e espíritos malignos é tão perverso! São tão impuros! São tão depravados!” E elas os desprezam do fundo do seu coração e se rebelam contra elas do fundo do seu coração.

Em seguida, vamos comunicar outra passagem das palavras de Deus: “Já foi dito que essas pessoas são a progênie do grande dragão vermelho. De fato, para ser claro, elas são a corporificação do grande dragão vermelho. Quando Deus as obriga ir ao fim do caminho e as mata, então – sem dúvida – o espírito do grande dragão vermelho não tem mais oportunidade de operar nelas. Dessa forma, quando as pessoas vão até o fim do caminho é quando também o grande dragão vermelho acaba morto. Pode-se dizer que ele está usando a morte para retribuir a ‘grande bondade’ de Deus – que é o objetivo da obra de Deus na nação do grande dragão vermelho. Quando as pessoas estão preparadas para sacrificar a própria vida, tudo se torna insignificante e ninguém consegue vencê-las. O que poderia ser mais importante que a vida? Assim, Satanás se torna incapaz de fazer algo mais nas pessoas, não há nada que ele possa fazer com o homem. Embora, na definição da ‘carne’, se diga que a carne é corrompida por Satanás, se as pessoas verdadeiramente se entregarem, e não forem guiadas por Satanás, ninguém consegue vencê-las – e nesse momento a carne desempenhará sua outra função e começará a receber oficialmente a orientação do Espírito de Deus. Esse processo é necessário e deve acontecer passo a passo; caso contrário, Deus não teria meios de operar na carne resistente. Tal é a sabedoria de Deus” (de ‘Interpretação da trigésima sexta declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). O que essa passagem mostra? Quando se trata dos tipos de Satanás, que foram tão profundamente corrompidos, é somente operando dessa maneira que Deus poderá alcançar Seus objetivos de salvar o homem. Quando alguém fica com câncer, é razoável dizer que enfrenta a morte certa? Então, quais são os meios de que Deus dispõe para salvar quem enfrenta a morte certa? Fazendo-o ir para a mesa de cirurgia e realizando uma cirurgia – não há outra maneira. O que ele experimenta durante a cirurgia? A dor da morte. E assim, quando experimentam a perseguição do grande dragão vermelho, as pessoas têm de experimentar a mesma dor da morte; elas têm de chegar a um palmo da morte. Nós todos vimos que, quando as pessoas são presas pelo grande dragão vermelho e torturadas, elas escapam da morte por pouco. Um bando de rufiões cercando alguém que está desarmado, espancando-o o mais forte que pode, chutando-o com toda a violência, socando-o com toda a força, usando todos os tipos de instrumentos para torturá-lo – isso realmente é chegar a um palmo da morte! Quando os rufiões batem nas pessoas com bastões de eletrochoque, ou as golpeiam com barras de ferro, ou as surram com seus sapatos ou cintos, elas não chegam a um palmo da morte? Chegam. E o que é exposto pela dor e o sofrimento de escapar por pouco da morte? Se uma pessoa é sincera em relação a Deus. Você verdadeiramente acredita em Deus? Você daria sua vida por Deus? Somente se for verdadeiramente capaz de sacrificar sua vida por Deus, você ganhará a vida; se for alguém que não suporta perder a vida, você será eliminado, você será exposto. Não é assim? Em última análise, quando dão a vida por Deus, as pessoas juram a Deus e dizem: “Ó Deus! Eu prefiro morrer a Te trair! Eu prefiro morrer a ceder a Satanás! Mesmo que eu morra, ainda crerei em Ti, não posso Te deixar!” Em tais ocasiões, Deus é visto a realizar outro tipo de obra: as pessoas são diretamente controladas pelo Espírito de Deus, e Deus permite que elas desfrutem a bem-aventurança e a felicidade da libertação de seu espírito. Sua dor é imediatamente dissipada, e elas sentem que estão com Deus, sentem como se estivessem vivendo em outro mundo e não têm dor. Como se diz quando as pessoas experimentam a obra de Deus e esse efeito é alcançado? Elas são pessoas que foram salvas. Tendo experimentado tal obra de Deus, elas passaram a conhecê-la. Elas dizem: “Eu realmente entendo como Deus salva as pessoas. A obra de Deus de salvar o homem é tão prática! É tão verdadeira! E de fato traz vergonha a Satanás!” As palavras de Deus falaram disso: “nesse momento a carne desempenhará sua outra função e começará a receber oficialmente a orientação do Espírito de Deus. Esse processo é necessário e deve acontecer passo a passo; caso contrário, Deus não teria meios de operar na carne resistente. Tal é a sabedoria de Deus.” A partir disso vemos o método com que Deus opera, o meio pelo qual Ele salva as pessoas, que é tão maravilhoso! É tão sábio! E tão real! Esse efeito pode, então, ser alcançado se as pessoas não forem reprimidas e perseguidas pelo grande dragão vermelho, se elas sempre se esconderem? Verdadeiramente, não pode; elas seriam incapazes de experimentar essa obra do Espírito Santo. E por isso digo que a experiência de ser torturado e se manter firme é muito preciosa! Essas pessoas não ligam para a morte e, mesmo na morte, elas não se afastam de Deus. A obra de Deus alcançou seu ápice nelas e, naquele momento, elas chegaram a desfrutar a presença de Deus e a apreciar ser dirigidas pelo Espírito de Deus, sentem como se vivessem em outro reino, não sentem dor, sentem como se seu espírito verdadeiramente tivesse sido libertado e transcendido Satanás e, mesmo na prisão, não sentem sofrimento. Quando suas experiências chegam a esse ponto, quando elas experimentaram isso, os efeitos da obra de Deus, essas palavras de Deus se tornaram inteiramente realidade – e só então elas são pessoas que foram verdadeiramente salvas. Então, quantas dessas pessoas existem? Bem poucas. Há outras que, quando experimentam tortura, não aguentam a dor. Elas traem a Deus e O negam, sendo, portanto, levadas por Satanás. Esses judas que traem Deus são levados por Satanás, são arrebatados pela besta e são eliminados.

Hoje, obter a salvação é uma questão simples? A obra de Deus de finalmente expor o fim de diferentes tipos de pessoas envolve um processo difícil. Umas poucas palavras não bastam – Ele deve falar usando os fatos. Como Ele expõe as pessoas? Quando você é levado pelo grande dragão vermelho, você é exposto; e quando você não é levado pelo grande dragão vermelho e permanece firme em seu testemunho, você também é exposto. As pessoas devem passar por essa provação; elas não podem não atravessá-la, elas não podem não passar por ela. Ler e ouvir essas histórias durante a sua vida na igreja não conta como tê-la experimentado; você deve passar por essa provação de fato, você deve. É a experiência de escapar por pouco da morte. O ataque ensandecido do grande dragão vermelho e a perseguição aos escolhidos de Deus começaram novamente. Muitos mais serão presos, e veremos quantos serão capazes de se manter firmes em seu testemunho quando forem presos. Deus dá todos eles ao grande dragão vermelho e então vê quem se mantém firme em seu testemunho. Aqueles que se mantiverem firmes retornarão a Deus. Aqueles que não se mantiveram, os que se tornaram judas, que se venderam, que negaram a Deus foram arrebatados pela besta. Eles foram devolvidos à besta e a Satanás – Deus não os quer. Assim, observamos um fato: a maioria das pessoas é levada pela besta, a maioria volta atrás. Isso parece insuportável para as pessoas: “Todas aquelas pessoas costumavam ser crentes em Deus tão bons! Elas costumavam ser tão apaixonadas! Elas renunciaram a tudo por Deus – como elas podem de repente ter sido levadas por Satanás no espaço de um dia? E todas se tornam traidoras de Deus?” As pessoas não conseguem entender isso? Se não puderem, não há nada a ser feito, pois é fato. Quem pode distorcer o fato? Essas coisas são muito comuns. Antes, as grandes repressões do dragão vermelho aconteciam em pequena escala: um dia pegava um, no dia seguinte mais dois, mas, no futuro, ele se apossará de grupos inteiros de pessoas. Isso será muito terrível! De três que ele agarra, um fica firme e os outros dois se tornam judas. Depois que esses dois recuam, todos dizem: “Isso não significa nada, ainda há dezenas de outras pessoas em nossa igreja!” Mas quando, em um dia, dezenas de pessoas forem presas e a maioria delas recuar e negar a Deus, haverá tristeza no coração de vocês, será insuportável para vocês, e vocês se sentirão horríveis e doloridos, e dirão: “Como elas podem ter voltado atrás?” Isso não lhes causará muita dor quando acontecer? Externamente, parece que Satanás derrotou a Deus e arrebatou essas pessoas; de fato, Deus há muito tempo predestinou isso, Ele arranjou isso assim e falou disso no princípio. Está tudo claro agora?

Quando tudo estiver em ordem será o dia em que retornarei a Sião e esse dia será comemorado por todos os povos. Quando Eu retornar a Sião, todas as coisas na terra ficarão em silêncio e todas as coisas na terra estarão em paz. Quando Eu tiver retornado a Sião, tudo reassumirá sua aparência original. Naquele tempo, Eu começarei Minha obra em Sião, punirei os maldosos e recompensarei os bons; implantarei a Minha justiça e executarei o Meu julgamento. Usarei Minhas palavras para realizar tudo e para fazer com que todos e tudo experimentem a Minha mão que castiga. Farei com que todas as pessoas enxerguem Minha glória inteira, enxerguem Minha sabedoria inteira, enxerguem Minha fartura inteira. Ninguém ousará se erguer para julgar, pois todos estão completos Comigo. Assim, todos verão Minha honra inteira e todos experimentarão Minha vitória inteira como todas as coisas estão manifestas Comigo. A partir disso, cada qual é bem capaz de ver Meu grande poder e ver Minha autoridade. Ninguém ousará Me ofender, ninguém ousará Me obstruir. Tudo é trazido a público Comigo, quem ousará ocultar alguma coisa? Certamente Eu não terei misericórdia dele! Esses miseráveis têm de receber Minha punição severa e essa escória deve ser removida da Minha vista. Eu os governarei com vara de ferro e usarei Minha autoridade para julgá-los, sem a menor misericórdia e sem poupar nenhum dos seus sentimentos, pois Eu sou o Próprio Deus que é desprovido de emoção, é majestoso e não pode ser ofendido. Isso deve ser entendido por todos e visto por todos, de modo a evitar ser derrubado por Mim ‘sem causa nem razão’, ser aniquilado por Mim quando chegar a hora, pois Minha vara golpeará todos os que Me ofendem. Não terá importância para Mim se eles conhecem ou não Meus decretos administrativos; isso não terá consequências para Mim, já que Minha pessoa não pode tolerar a ofensa de ninguém. Essa é a razão pela qual se diz que Eu sou um leão; quem Eu tocar, derrubarei você. É por isso que se diz que dizer agora que Eu sou o Deus da compaixão e da amabilidade é blasfemar contra Mim. Não sou em essência um cordeiro, mas um leão. Ninguém ousa Me ofender e quem quer que Me ofenda será imediatamente punido por Mim com a morte, sem nenhum sentimento! A partir disso, pode-se bem ser capaz de ver Meu caráter. Por isso, na era final, um grande grupo de pessoas deverá retirar-se, pois isso é algo duro de suportar para os homens, mas Eu estou relaxado e feliz e de modo nenhum vejo isso como uma tarefa difícil, tal é o Meu caráter” (de ‘A centésima vigésima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Pelos filhos primogênitos, Eu paguei todos os custos […] mas vocês só entendem isso exteriormente e pessoa nenhuma consegue ver isso com clareza no espírito” (de ‘A centésima décima terceira declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois de ler essas duas passagens, o que deveríamos ter entendido das palavras de Deus? A hora em que o trigo é separado da palha é, acima de tudo, a hora em que cada qual é classificado de acordo com sua espécie, e a hora em que cada qual é classificado de acordo com a espécie é, principalmente, a hora em que quem possui a vida é diferenciado de quem não a possui. As pessoas que têm a vida são o trigo e as que não a têm são o joio. Como o trigo é separado do joio? Cada um é exposto quando é jogado para cima ao vento. Hoje, o trigo começou a ser separado do joio e só aqueles que conquistaram a verdade e a vida são revelados durante a grande tribulação dos últimos dias. Como isso é revelado? Aquelas que permanecem firmes em seu testemunho são as pessoas que ganharam a verdade e a vida; elas são o trigo; aquelas que não ficam firmes em seu testemunho e foram eliminadas estão sem a realidade da verdade; elas são as cascas que foram espalhadas pelo vento, são o joio. Deus agora começou a realizar essa obra! A besta surgiu para atormentar os escolhidos de Deus – você vê esse fato? A perseguição em grande escala do grande dragão vermelho começou, não só em uma província, mas em muitas. Em cada caso ela é levada a cabo furtivamente, completamente em segredo e de modos diferentes em cada província.

Agora vemos a severidade dessa batalha espiritual, certo? São situações difíceis! Não é brincadeira. Durante uma assembleia anterior, Deus falou de quando Satanás perseguiu Jó. Foi tão cruel: no espaço de dias, toda a propriedade de Jó – todo o seu gado, ovelhas, camelos, burros – foram levados embora e nada lhe restou além da sua vida. Isso foi muito cruel! Portanto, não subestime a perseguição do grande dragão vermelho, que realmente é cruel! Em essência, esse bando de rufiões são espíritos malignos, demônios imundos. Eles matam em um piscar de olhos, comem pessoas e nem cospem fora os ossos, são bestas! Agora que vimos esse fato, estamos cientes do fato dessa guerra espiritual e de que ela é muito cruel – que lições devemos aprender disso? Com que verdades devemos nos equipar? Isso é da maior importância! Se você não aprender a lição e não se equipar adequadamente com a verdade, será fácil dar testemunho? Você achará fácil travar essa guerra? Não achará. Algumas pessoas dizem: “Basta ser sábio”. Tudo bem se forem apenas sábias? Não adianta apenas ser sábio. Com que verdade é mais importante se equipar? A obra de Deus é prática; Ele libera a besta para expor você, assim como Daniel foi jogado na cova de leões, onde havia um bando de leões – leões de verdade, não falsos. Quando você fica cara a cara com um leão de verdade, o que se manifesta em você? Se as pessoas não têm a presença de Deus, elas ficam paralisadas de vez pelo medo. Por mais que tentem, não conseguem ficar firmes; nenhuma delas tem qualquer maneira de se manter firme. O leão é imensamente poderoso, morde com várias centenas de quilos de força, o suficiente para quebrar os ossos de um touro. Com o “estalo” de uma única mordida ele quebra os braços e as pernas de um humano. Então, se você for mordido por um leão, tudo estará acabado para você. Depois de matar um touro, o leão o pega e o arrasta embora. Visto que os leões são tão poderosos e ferozes, quem não teria medo ao encontrar um deles? Mas Daniel tinha a presença de Deus e não ficou com medo, nem o leão ousou mordê-lo – o que foi o feito de Deus. Então, se você está equipado com a verdade, se você ganhou a verdade e tem verdadeira fé em Deus, e pode confiar em Deus em qualquer lugar e a qualquer hora, e clamar a Deus, então você é dirigido pelo Espírito de Deus, você tem a obra do Espírito Santo e, quando chegar a hora, você se manterá firme. Sem a obra do Espírito Santo, ninguém poderá permanecer firme. Então, o mais importante agora é se equipar com a verdade.

Como as pessoas podem se equipar com a verdade? Isso requer saber o quanto a obra de Deus é real! Deus deve entregar você a Satanás para revelar se você possui ou não a vida e a verdade, e se você é ou não capaz de se manter firme – isso é fato. Algumas não foram dadas a Satanás, mas são caçadas pelo grande dragão vermelho. Elas são caçadas por um, dois ou três anos, até não conseguirem mais correr e se renderem, e assim algumas deixam de acreditar. O que está acontecendo aqui? Essas pessoas possuem a verdade? Depois de alguns anos de sofrimento, elas desmoronam e deixam de acreditar, e isso mostra que elas estão sem a verdade. Algumas pessoas dizem depois de alguns anos de dificuldades: “Por que se incomodar! As pessoas que não acreditam em Deus têm uma vida tão fácil, mas aqui estamos nós, sofrendo tudo isso para acreditar em Deus – não vale a pena! Eu não vou mais acreditar em Deus!” E assim elas recuam. Essas pessoas foram expostas? Elas foram – elas foram espalhadas pelo vento, sopradas para longe; elas foram incapazes de permanecer firmes. Antes mesmo que o grande dragão vermelho as pegasse, elas foram espantadas e expostas. Elas são lixo inútil. Algumas pessoas são presas pelo grande dragão vermelho sete ou oito vezes e nem assim caem; assim que saem da prisão, elas continuam a acreditar em Deus. Por fim, quando são presas mais uma vez, a polícia lhes pergunta: “Você ainda crê em Deus?” “Eu creio!” “Nos dê algum dinheiro e não acusaremos você. Passe 2000 yuans e você pode ir.” A polícia não as acusa, porque não adianta acusá-las – elas continuam acreditando em Deus depois de sair da prisão. Elas crerão até o fim, enquanto ainda tiveram fôlego em seu corpo. O que isso mostra? Que a fé delas é verdadeira. Algumas pessoas são presas, e lhes perguntam: “Você ainda acredita em Deus?” “Eu acredito.” “Você não tem medo de ser acusado?” “Não. Só há uma maneira pela qual você pode me fazer parar de crer: mate-me com um tiro. Depois que você me matar, não vou poder crer em Deus; se você não atirar, continuarei a crer em Deus.” Vendo isso, não há nada que Satanás possa fazer. O que dizer desse tipo de pessoa? Ele presta testemunho? Ele está disposto a sacrificar sua vida. Quando sacrificam suas vidas, as pessoas não temem nada. Nada pode controlá-las, nem contê-las, nem assustá-las, nem desmoralizá-las; elas estão dispostas a sacrificar suas vidas, e não há nada que Satanás possa fazer. E assim, durante a grande provação final, se você não der sua vida, você provavelmente será incapaz de se manter firme. Primeiro, pense no que significa dar a sua vida. Dar sua vida não envolve apenas orar e se entregar a Deus; não é apenas algo que você diz com sua boca. Significa estar disposto a morrer diante da tortura, significa aguardar a morte, ser inflexível diante da morte. Quando Satanás o tortura, como você deve orar? Você deve dizer: “Ó Deus, eu Te dou minha vida. Eu dou minha vida a Ti, não importa o que Satanás faça! Se eu morrer, que seja. Mesmo que eu morra, obedeço a Ti; mesmo que eu morra, serei grato a Ti”. É isso que significa entregar sua vida a Deus. Isso não significa orar secretamente que você entregará sua vida a Deus. Só rezar é inútil; a chave é se você consegue entregar sua vida a Deus quando é torturado, se você é inflexível diante da morte e se você consegue aguardar a morte. Se você for capaz de aguardar a morte e ser inflexível diante da morte, você verdadeiramente terá entregado sua vida a Deus. Se, quando confrontado com a tortura, você ainda pensar sobre isso e disser a si mesmo: “Como vou conseguir sair vivo dessa? Como vou sobreviver? Como eu poderia não morrer? Viver vem em primeiro lugar! Nada é mais importante para mim do que escapar com vida!” O que acontece assim que alguém tiver esses pensamentos? Ele entrega sua vida? Ele valoriza sua vida mais que a Deus! E, fazendo isso, trai Deus. Todos que valorizam suas vidas mais que Deus diante da tortura traem Deus! Eles certamente serão capturados por Satanás, certamente serão levados pela besta. Quem valoriza a Deus mais que sua própria vida permanece firme e ganha a vida, e não há nada que a besta possa fazer. Esses “desesperados” são o que a besta mais teme. Valorizar Deus mais que a própria vida é formidável, pois deixa a besta sem poder fazer nada contra você. Isso prova que você é vitorioso, que você superou a influência de Satanás! E o que você dá para superar a influência de Satanás? Você dá sua vida. E assim se cumprem as palavras que Deus falou há muito tempo durante a Era da Graça: “Pois, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.” Essas palavras foram cumpridas. Quando Deus se tornou carne pela primeira vez, Ele explicou o que significa ganhar a vida e o que significa perder a vida. Ele claramente explicou isso naquele momento. E agora? Quando a obra dos últimos dias termina, essas palavras começam a ser cumpridas, para serem levadas a termo! Essa é a lição que os escolhidos de Deus devem aprender; é uma verdade com a qual eles devem se equipar, uma lição que eles devem aprender. Os escolhidos de Deus devem ver claramente que, se não se equiparem com a verdade, quando as provações acontecerem no futuro, provavelmente serão incapazes de permanecer firmes. Eles devem se equipar com algumas verdades fundamentais, com as verdades mais importantes de todas e ter conhecimento da vida e da morte, do segredo de ganhar a vida. Depois de obter esses conhecimentos, você não recuará quando for obrigado a se sacrificar e pagar um preço, mas enfrentará essas coisas corajosamente – o que é de suma importância.

Nas passagens das palavras de Deus que acabamos de ler, o momento em que a besta surge para perseguir os escolhidos de Deus é a última etapa da obra de Deus. A etapa final da obra de Deus é separar o trigo do joio e a da revelação – e o momento em que o homem é exposto é mais ou menos também o momento em que os escolhidos de Deus são expostos – e assim é hora de haver tumulto. É depois do caos que Deus volta a Sião e parte da terra. Hoje, a obra de Deus chegou ao fim? Tendo chegado a este estágio, deve ter chegado ao fim, certo? Como ela chega ao fim? Com a separação de trigo e joio, com a classificação de cada um de acordo com a sua espécie, graças à chegada da besta para perseguir os escolhidos de Deus e as provações dos últimos dias que expõem as pessoas. Quando cada um é classificado de acordo com sua espécie, é a hora em que os que têm a vida são diferenciados dos que não a têm, a hora em que o trigo é separado do joio. Uma vez que essa distinção é feita, a obra de Deus acabou. A conclusão da obra de Deus é precisamente a hora em que o país é lançado em conflito; a hora em que o país é lançado em conflito é a hora em que o serviço do grande dragão vermelho chega ao fim; a hora em que o serviço do grande dragão vermelho chega ao fim é a hora em que Deus deixa a terra; e a hora em que Deus deixa a terra e retorna a Sião é a hora em que a China será imediatamente destruída. Observe esse processo e então pense em cada etapa da obra de Deus até hoje. O que dizer dessa etapa, da conclusão da obra de Deus? É razoável? Você vê agora? A obra de Deus é prática? A obra de Deus é muito prática! Deus é tão justo! As pessoas não devem imaginar que a obra de Deus seja tão simples. Como Deus derrota Satanás? Completando um grupo de pessoas. Essas pessoas são transformadas em vencedoras por Deus, elas prestam testemunhos vitoriosos e, por meio de seus testemunhos, derrotam Satanás. E, assim, quando há conflito na China, também chegou a hora da queda do grande dragão vermelho. Muitos se levantarão para prestar testemunhos vitoriosos de Deus, e são esses os que são aperfeiçoadas por Deus. Os que não têm testemunho serão eliminados e provavelmente chorarão e rangerão os dentes. Esse testemunho é dado com facilidade? Olhemos outra passagem das palavras de Deus: “Depois de Eu ter retornado a Sião, os que estão na terra continuarão a Me louvar, como no passado. Os servidores leais continuam esperando para prestar serviço a Mim, […] ela será imediatamente cumprida na realidade e esse é o verdadeiro sentido da Minha palavra sendo falada e seu cumprimento ocorrendo ao mesmo tempo, porque o que Eu digo é autoridade por si só” (de ‘A centésima vigésima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). O que você sente depois de ler essa passagem das palavras de Deus? Você sente que Deus deixará a terra e retornará a Sião? Você não pode suportar que Ele vá embora, sim? O surgimento da besta significa que a obra de Deus chegou ao fim e Deus começará a expor as pessoas. Depois que a perseguição da besta terminar, todos os homens serão revelados; o tumulto começará no país do grande dragão vermelho e, durante esse tumulto, Deus partirá da terra; quando Deus partir da terra, Ele destruirá a China logo depois, Ele devastará o grande dragão vermelho, Ele o destruirá completamente. Tais são as etapas da obra de Deus dos últimos dias, do começo ao fim. Hoje você vê claramente cada uma dessas etapas, sim? Agora a obra de Deus chegou ao fim – isso é fato. Depois que a obra de Deus chega ao fim, começa o conflito interno, e Deus usa o trabalho de repressão e perseguição do grande dragão vermelho durante a sua morte para expor as pessoas; depois que tiverem sido expostas, começará a luta interna e, quando essa terminar, Deus voltará para Sião; e depois de voltar a Sião, Deus realizará a próxima etapa da obra. Qual deve ser a próxima etapa da obra? Deus diz: “No Meu retorno a Sião, Eu começarei a voltar-Me para cada nação no mundo; Eu trarei para a salvação os israelitas e castigarei os egípcios. Essa é a próxima etapa da Minha obra. Naquele tempo, a Minha obra não será a mesma que no dia de hoje: ela não será obra na carne, mas transcenderá completamente a carne e, já que Eu falei, ela será feita, e como Eu ordenei ela rapidamente estará de pé. Na medida em que foi dito por Mim, ela será imediatamente cumprida na realidade e esse é o verdadeiro sentido da Minha palavra sendo falada e seu cumprimento ocorrendo ao mesmo tempo, porque o que Eu digo é autoridade por si só.” Agora a obra de Deus chegou ao fim – você vê o que está acontecendo, sim? Antes, dizia-se apenas que Sua obra terminou – mas como ela termina? Simplesmente termina assim? O que você vê agora? Ao terminar, como termina? Através da exposição de pessoas pelo grande dragão vermelho! A brutal perseguição do grande dragão vermelho expõe todas as pessoas e leva a obra de Deus a termo, classificando cada uma de acordo com sua espécie. Quando a obra de Deus terminar, haverá uma pequena porção de pessoas que permanecerá firme em seu testemunho e muitas que recuarão: ocorre “algo duro de suportar para os homens”. Então, como se parecerá para as pessoas quando a obra de Deus chegar ao fim? O que acontecerá com a Igreja de Deus Todo-Poderoso? Olhando de fora, o grande dragão vermelho terá prendido a maioria dos cristãos da Igreja de Deus Todo Poderoso e a Igreja não aparecerá mais – ela terá “desaparecido”, terá sido “banida” e, ao que tudo indica, parecerá que o grande dragão vermelho venceu. De fato, ele perdeu. Ao expor as pessoas, esse ato de serviço do grande dragão vermelho realiza a vontade de Deus; ele expõe e elimina a porção de pessoas que não pertence a Deus e separa as melhores, aquelas que foram aperfeiçoadas por Deus. O que o grande dragão vermelho faz aparenta repressão e perseguição, mas o efeito que é realmente alcançado é o de separar e expor dois tipos de pessoas: as que pertencem a Deus e as que não pertencem. Então, em termos da importância desse efeito, as ações do grande dragão vermelho não servem a Deus? Portanto, o grande dragão vermelho é um servidor – de nome e de fato. Na realização desse ato final de serviço pelo grande dragão vermelho, o efeito da obra de Deus foi totalmente alcançado, permitindo que as pessoas vissem que Deus realmente criou um grupo de vencedores na China – isso é fato. Ademais, a repressão e perseguição do grande dragão vermelho desnuda os que na igreja são encrenqueiros e incrédulos, os que não amam a verdade; todos são destruídos, todos são expostos e eliminados. Para aqueles que não entendem a verdade, parece errado que o grande dragão vermelho faça isso; como poderia ser bom que isso tenha forçado todas aquelas pessoas a desistir de suas crenças? Fazendo com que todas elas sofram e destruindo as famílias – isso não é algo bom. Como parece agora? O grande dragão vermelho realmente realizou um ato de serviço pela vontade de Deus, sendo verdadeiramente manipulado por Deus. O grande dragão vermelho é verdadeiramente muito “leal” ao tomar tempo para prestar serviço a Deus, pois insistentemente ele é assediado por problemas tanto internos quanto externos, bem como é acossado e golpeado! Então, o que você sente quando lemos sobre o retorno de Deus a Sião hoje? Deus chegou secretamente à China e, por vinte e quatro anos, realizou Sua obra – e, depois que Ele voltar a Sião, sua obra dos últimos dias estará terminada! Ele criou um grupo de vencedores! E, entre esses vencedores, alguns são os filhos primogênitos de Deus, alguns são os filhos de Deus, outros são o povo de Deus e alguns são servidores fiéis; eles são tudo isso e formam um grupo de vencedores. Assim, a obra de Deus dos últimos dias termina em glória; isso é um fato, um fato que é visto por todos os escolhidos de Deus.

Que verdades, você diria, os escolhidos de Deus devem entender para se manter firmes em seu testemunho? Que verdades é crucial entender? Agora que começou a tempestade e a besta emergiu e começou a agir, que verdades os escolhidos de Deus devem compreender para dar testemunho glorioso e retumbante de Deus? Primeiro, eles devem resolver o problema de como lidar com a morte. Como lidar com a morte – isso é importante? A perseguição do grande dragão vermelho deve ser encarada com a convicção de que a morte é inevitável. Se você sempre pensar: “Eu devo viver, permanecer vivo é mais importante do que qualquer outra coisa”, você será levado pela besta. E quando o grande dragão vermelho tiver você em suas garras, a primeira coisa que ele fará é tirar sua vida. Ele usará sua vida para forçá-lo a voltar atrás, para fazer com que você negue a Deus; ele usará sua vida para ameaçar você, para fazer você negar e trair Deus. O que você faz? Se você reconhecer e obedecer a Deus, deverá dar a sua vida. Isso é uma transação? Para o grande dragão vermelho, é. Se você não conseguir ver isso, estará tudo acabado para você. Assim, a primeira coisa que você deve fazer é resolver o problema de como tratar a morte. Se você tiver a visão correta da morte, tiver uma compreensão pura dela e for capaz de sacrificar sua vida, você será capaz de obedecer até a morte. Quando você puder obedecer até a morte, conseguirá permanecer firme; se você não conseguir obedecer até a morte e ainda apegar-se a sua vida – ainda quiser viver –, você estará em perigo e não será fácil para você permanecer firme. Sendo assim, somente a obediência até a morte pode se tornar testemunho. Não há dúvida de que obedecer até a morte significa dar a sua vida, sacrificar sua vida e estar disposto a acreditar até o fim, mesmo que isso resulte em morte – isso é permanecer firme. Você deve se equipar com essa verdade; isso é o mais importante. Quando você for jogado na prisão, alguém lhe perguntará: “Você pensou bem sobre as coisas?” “Pensei”. “Então fale!” “Devo ser sábio. Não direi o que eu não devo, não direi nada.” Essa é a mentalidade certa? É isso que significa ter pensado bem sobre as coisas? Não é! Se você disser que não sabe de nada, não será o fim – eles torturarão você. O que significa ter pensado bem nisso? “Vou sacrificar minha vida, vou crer em Deus, mesmo que isso signifique morrer.” Dizer essas palavras prova que você pensou bem nessas coisas, que está preparado. No momento em que você for posto na prisão, você dirá: “Bem, eu dou minha vida, vou encarar isso com a convicção da morte certa!” Essa é a coisa certa a dizer, há esperança para você. Primeiro, você deve ter clareza sobre a morte. Isso é fácil de fazer? Como alguém obtém clareza sobre a morte? Se você está disposto a sacrificar sua vida, mas não consegue suportar a morte, há uma contradição aqui. Ademais, outras coisas começarão a lhe ocorrer: serei salvo se morrer? Entrarei no reino? De fato, é melhor morrer do que viver e ser um judas; se você morrer, pelo menos sua alma será salva – mas se você não quiser morrer e você trair Deus e se tornar um judas, sua alma não será salva, você será destruído! Você entende isso, certo? Sua opinião deve ser a de que é melhor morrer do que viver. Se puder ver isso claramente, você entende, a verdade está clara para você. Essa é a questão-chave? É. Quando você tiver clareza sobre os assuntos de vida e morte, você verá que aqueles que vivem e são judas serão punidos e você estará melhor morto. Isso significa dizer que a obediência até a morte – a morte real – é melhor do que viver e ser um judas. No mínimo, sua alma será salva; na morte, você não terá envergonhado a Deus. Morrer é 10 mil vezes melhor do que viver e ser um judas. Se você olhar para isso dessa maneira, essas coisas ficarão claras e você terá o enfoque correto do problema da morte, você será emancipado da morte. A vida e a morte são determinadas por Deus? Tudo está nas mãos de Deus e, então, do que você tem medo? Se você morrer nas mãos de Deus, você ainda nascerá de novo; mas se você for verdadeiramente destruído pelas mãos de Deus, você estará fora do alcance da redenção e ninguém poderá salvá-lo – nem mesmo Deus.

Além disso, você deve ter um conhecimento claro da obra de Deus. Se a sua fé não atingiu o nível de obediência até a morte, você não será salvo. Deus usa a morte para testar cada pessoa e, sem essa fé, você não será capaz de permanecer firme. Quando chegar a hora, a que tipo de restrições é provável que sucumbirão aqueles que são tolos? “O que será do meu marido se eu morrer?” Essas palavras têm alguma razão de ser? O que há de errado com elas? Seu marido se tornou seu deus; ela vê seu marido como um deus – o que é ir longe demais! Seu marido é um demônio, que importância tem ele? Diante da morte, ela ainda se preocupa com seu marido. Ela nem pensa no nome de Deus nem na glória de Deus, pensa somente em seu marido. Essas pessoas não são demônios? Outros dizem: “O que será do meu filho se eu morrer?” O que dizer dessas palavras? Não há testemunho nisso, Deus não tem lugar no coração dessas pessoas. Ela não disse: “O nome de Deus será glorificado depois que eu morrer, a Sua vontade será feita?” Em vez disso, ela perguntou quem cuidaria de seu marido ou filho. Pessoas assim não têm a verdade, perderam seu testemunho. Outros dizem: “Depois que eu morrer, Deus será glorificado, mas eu não vou ver isso. Eu não verei essa maravilha sem precedentes da expansão do reino.” O que dizer dessas palavras? Também estão erradas! Ver essas coisas tratará da questão da sua salvação? Aquelas são questões de Deus; se você tiver permissão para vê-las, você verá – se não tiver, não verá. Agora é a hora da revelação das pessoas, e não é necessário que você pense nessas coisas. Agora é a hora de você dar testemunho; que utilidade há em considerar essas coisas? Mesmo se as vir, você não entenderá. Se você estiver sempre limitado por tais coisas, isso não deveria ser resolvido? Algumas pessoas dizem: “Se eu morrer, quem receberá meus bens? Ainda não escrevi meu testamento!” O que dizer dessas palavras? Há outros que dizem: “Ainda tenho alguma propriedade lá, para quem irá o dinheiro? Eu também tenho muitas economias no banco.” Há alguma utilidade em pensar sobre essas coisas? Não há. Depois que você morrer, você não terá nada e essas coisas não têm sentido. Não há necessidade de pensar em nada. Qual deve ser a única coisa em seu coração? Permanecer firme em seu testemunho, dando sua vida a Deus, obedecendo até a morte e entregando-se à misericórdia de Deus sem reclamar e louvando a Deus diante da morte – essas são as coisas mais importantes. Se tiver se equipado com a verdade a esse ponto, você terá sido bem-sucedido; se não for assim, se não tiver tal conhecimento e convicção, infelizmente, você estará em perigo quando as provações o acometerem e não será fácil para você permanecer firme.

Agora que a obra de Deus realmente chegou ao fim, haverá imediatamente grandes provações para expor as pessoas. A besta emergirá para perseguir os escolhidos de Deus, e o fato a ser contemplado será o retorno de Deus a Sião, que as pessoas observarão com os próprios olhos. Está claro para você agora como a obra de Deus chega ao fim, certo? Anteriormente dissemos que a obra de Deus havia chegado ao fim, mas ninguém sabia qual era o estado antes disso, que estado havia na terra. Agora vimos isso. Quando a obra de Deus terminar, Satanás será empregado para realizar um ato final de serviço. A besta emerge para perseguir os escolhidos de Deus, para classificar cada um de acordo com sua espécie. No final, a maioria voltará atrás, e apenas uma minoria permanecerá firme em seu testemunho. Para as aparências externas, parecerá que a igreja caiu em ruínas e as pessoas a abandonaram. Algo mais acontecerá quando ela fora abandonada – o que é? Vamos ler a seguinte passagem das palavras de Deus: “Os países estão em grande caos porque a vara de Deus começou a desempenhar seu papel na terra. A obra de Deus pode ser vista no estado da terra. Quando Deus diz ‘as águas rugirão, as montanhas serão derrubadas, os grandes rios se desintegrarão’, essa é a obra inicial da vara na terra, cujo resultado é que ‘Todas as famílias da terra serão dilaceradas; filhos e mães não mais se encontrarão, nunca mais haverá o encontro de pais e filhas. Tudo o que costumava haver na terra será esmagado por Mim.’ Este será o estado geral das famílias na terra. Naturalmente, não poderia ser o estado de todas elas, mas será o estado da maioria. Por outro lado, isso se refere às circunstâncias experimentadas pelo povo desta corrente no futuro. Isso prediz que, uma vez que tiverem sofrido o castigo das palavras e os incrédulos tiverem sido submetidos à catástrofe, já não haverá mais relacionamentos familiares entre as pessoas na terra; todos serão o povo de Sinim, e todos serão fieis no Reino de Deus. Assim, serão passados os dias da reunião entre maridos e mulheres, filhos e mães não mais se encontrarão, nunca mais haverá o encontro de pais e filhas. E então, as famílias das pessoas na terra serão dilaceradas, despedaçadas e esta será a obra final que Deus fará nos homens. E porque Deus espalhará esta obra por todo o universo, Ele aproveita a oportunidade para esclarecer a palavra ‘emoção’ para as pessoas, permitindo-lhes assim ver que a vontade de Deus é separar as famílias de todas as pessoas e mostrando que Ele usa o castigo para resolver todos os conflitos familiares entre a humanidade. Se não, não haveria meio de concluir a parte final da obra de Deus na terra. A parte final das palavras de Deus revela a maior fraqueza da humanidade – toda ela vive em emoção – e assim Deus não evita nenhum ser humano e expõe os segredos escondidos no coração de toda a humanidade. Por que é tão difícil para as pessoas separarem-se das emoções? Elas são mais elevadas que os padrões da consciência? A consciência consegue fazer a vontade de Deus? A emoção pode ajudar as pessoas na adversidade? Aos olhos de Deus, a emoção é Sua inimiga – isto não está claro nas palavras de Deus?” (de ‘Interpretação da vigésima oitava declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). O que essa passagem está dizendo? O desastre chegou? Todos os países estão em desordem, não só a China; a situação na China é severa, mas no futuro todos os países serão lançados em tumulto, porque a vara de Deus começou a desempenhar seu papel na terra. A que se refere a “vara de Deus”? Refere-se às palavras que castigam toda a humanidade, o que acontece quando a autoridade da vara começa a desempenhar o seu papel. No futuro, grande destruição acometerá todos os países: “As águas rugirão, as montanhas serão derrubadas, os grandes rios se desintegrarão.” Essa será a primeira obra que a vara fará na terra e levará ao despedaçar de toda família na terra. O que significa “despedaçar”? Abaixo se diz que “mãe e filho não mais se encontrarão”. A relação entre mãe e filho é a mais próxima de todas, mas não haverá reunião de mãe e filho – eles serão separados. Qual será a extensão dessa “separação”? Eles só poderão ser separados na carne, ou é possível que um morra e o outro permaneça e jamais haverá um dia em que voltarão a se encontrar. “Filhos e mães não mais se encontrarão, nunca mais haverá o encontro de pais e filhas. Tudo o que costumava haver na terra será esmagado por Mim.’ Este será o estado geral das famílias na terra. Naturalmente, não poderia ser o estado de todas elas, mas será o estado da maioria.” Onde as emoções das pessoas se manifestam mais? É na família delas? A família é mais importante para as emoções das pessoas. Em uma família, há a relação entre marido e mulher, assim como entre mãe e filho e pai e filha – e são essas relações que restringem as pessoas. No final das contas, se você puder cortar esses relacionamentos e se, não importando o que acontecer com você, você for capaz de não se afastar de Deus e seguir e servir a Deus, crendo em Deus, seguindo a Deus e cumprindo seu dever como antes, você será salvo. É fácil se livrar dessas emoções? Não é. Em um instante, a pessoa que você mais ama estará morta. Você vai se livrar de suas emoções? Você poderá cair? Não poderá. Como você ora? Quantas vezes você chora, quantas lágrimas você derrama? Isso é o que expõe as pessoas. Antes do seu ente querido morrer, algumas pessoas dizem: “Quando ele morrer, orarei e me recuperarei em um dia, só derramarei algumas lágrimas”. Mas o que acontecerá quando o seu amado realmente morrer? Elas ainda estarão chorando depois de dois dias! Não é tão simples quanto elas dizem. Se o seu amado realmente morrer, você cairia por causa disso, você seria eliminado. Qual é a questão aqui? Isso mostra que você pertence às suas emoções, não a Deus. Emoções são inimigas de Deus. Você não ama a Deus; Seu amor pela sua família excede seu amor por Deus e você não está apto a ser um dos discípulos de Deus. Que atitude você deve ter para com a morte de um membro da família? Se um morre, você o enterrará; se dois morrerem, você enterrará os dois, e isso é tudo. Seu dever é este: “Quando você morrer, eu o enterrarei e quando eu morrer, você me enterrará”. Esse é o relacionamento e a responsabilidade entre os membros da família. A única relação entre os membros da família é enterrar-se mutuamente. Essa é a maneira certa de entender isso? O que o Senhor Jesus disse sobre a família? O Senhor Jesus disse: “Eu não tenho família. Quem é meu irmão? Quem é minha irmã? Somente aqueles que fazem a vontade de Deus são meus pais, irmãos e irmãs.” É suficiente que você seja capaz de dizer tais palavras quando chegar a hora. Quando sua crença em Deus e a compreensão da verdade atingirem um certo ponto, você dirá a si mesmo: “Só Deus e aqueles que fazem a vontade Dele são minha família mais próxima. Além deles não tenho família, ninguém mais é minha família”. Se os incrédulos o acusarem de trair sua família mais próxima, você lhes responderá: “Eu renuncio a todos os meus parentes, não apenas aos mais próximos”. Você é capaz disso? Não é fácil para algumas pessoas. Então elas dirão: “Você renuncia a todos os seus parentes, não apenas aos mais próximos – isso é humanidade normal?” Isto é humanidade normal: você põe Deus lá em cima, você O exalta e não tem família ou emoções, nada além dos princípios da verdade. Se isso não for humanidade normal, o que é então? É certo viver de acordo com seus sentimentos? É errado viver de acordo com seus sentimentos. Isso é a carne; aqueles que vivem nos princípios da verdade são o povo de Sinim e, quando chegar a hora, os vencedores que forem aperfeiçoados serão todos o povo de Sinim. O que é o “povo de Sinim”? Por que não se diz “povo de Deus” – por que é chamado de “povo de Sinim”? Vamos ler esta passagem das palavras de Deus: “Então, o que é ‘Sinim’? O significado de Deus aqui não é o reino na terra, que é corrompido por Satanás, mas sim um conjunto de todos os anjos que vieram de Deus. As palavras ‘firme e inabalável’ implica que os anjos vão romper todas as forças de Satanás e então Sinim será estabelecida em todo o universo. Assim, o significado real de Sinim é uma reunião de todos os anjos na terra; aqui se refere àqueles na terra. Então, o reino que existe mais tarde na terra será chamado de ‘Sinim’, e não o ‘reino’. Não há nenhum significado real para o ‘reino’ na terra, e ele é, em substância, Sinim. Portanto, somente após relacioná-lo ao significado de Sinim que se pode conhecer o verdadeiro significado das palavras ‘certamente irradiarão no universo inteiro com a Minha glória’. Isso demonstra a posição de todas as pessoas na terra no futuro. O povo de Sinim serão todos reis que regem todos os povos na terra depois de terem sofrido o castigo. Tudo na terra vai funcionar normalmente por causa da gestão das pessoas de Sinim. Isso não é nada mais do que um esboço da situação. Todos os homens permanecerão dentro do reino de Deus, o que significa que eles serão deixados em Sinim. Os homens na terra poderão se comunicar com os anjos. Assim, o céu e a terra estarão ligados, ou em outras palavras, todos os homens da terra se submeterão e amarão a Deus como os anjos no céu o fazem. Naquele tempo, Deus aparecerá abertamente para todas as pessoas na terra e permitirá que elas vejam Seu verdadeiro rosto a olho nu, e Ele aparecerá para os homens a qualquer momento” (de ‘Interpretação da décima nona declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Agora você tem clareza sobre o que é Sinim. Como será chamado o reino na terra? Será chamado o reino de Cristo? Na verdade, será chamado Sinim. Sinim será um reino que pertence a Deus; será o reino de Cristo e, portanto, seu nome será Sinim. Que pessoas comporão Sinim? Será uma assembleia de todos os anjos. Como explicado, essas pessoas que são aperfeiçoadas por Deus são os espíritos desses anjos; aquelas que são as reencarnações dos anjos são aperfeiçoadas por Deus e elas serão como reis na terra. Todas as que pertencem a Sinim são reis. Por que, então, Deus usa provações e castigos tão graves para aperfeiçoar as pessoas? Por fim, entendemos: Deus não aperfeiçoa os seus escolhidos comuns, Ele aperfeiçoa os que são reis. Não é de admirar que Deus se vale de julgamentos tão severos para refinar as pessoas e aperfeiçoá-las! Acontece que as que são aperfeiçoadas são reis. A obra que Deus faz é a mais significativa de todas? Foi dito anteriormente que “Vocês certamente serão firmes e inabaláveis na terra de Sinim”. O que é “Sinim”? Ninguém sabia então, mas agora você entende. Então, hoje, qual é o sentido de pedir às pessoas que se livrem de suas emoções? Será aceitável que aquelas que são aperfeiçoadas sejam emocionais quando se tornarem reis na terra? O papel que desempenham no futuro não deve ser manchado com a palavra “emoção” – essa é uma exigência muito estrita. Assim, a obra de Deus possui um significado prático. As pessoas não devem ter concepções ou imaginações. Nem sempre use concepções para medir a obra de Deus – isso é errado. Tudo o que Deus faz é ponderado e significativo. Quando você não entende isso, você não deve ser imprudente no que diz; se for, dez ou vinte anos depois, quando você entender, vai se arrepender de ter julgado a obra de Deus.

Leiamos outra passagem das palavras de Deus: “A despeito da construção do reino ter começado formalmente, a saudação ao reino ainda está para ressoar formalmente, pois agora é apenas uma profecia do que está por vir. Quando todas as pessoas tiverem se tornado completas e todas as nações da terra se tornarem o reino de Cristo, será então o tempo em que os sete trovões soarão. O tempo presente é um passo adiante na direção desse estágio, o ataque foi liberado para o tempo vindouro. Esse é o plano de Deus, e no futuro próximo será realizado. No entanto, Deus já realizou tudo que disse. Assim, fica claro que as nações do mundo não passam de castelos de areia que estremecem quando a maré alta se aproxima: o último dia é iminente e o grande dragão vermelho tombará sob a palavra de Deus. Para garantir que o plano de Deus seja executado com sucesso, os anjos celestiais têm descido a terra, fazendo o melhor possível para satisfazer a Deus. O Próprio Deus encarnado esteve de prontidão no campo de batalha para guerrear com o inimigo. Seja onde for que a encarnação se manifeste, o inimigo daquele lugar é destruído. A China é a primeira nação a ser aniquilada, a ser devastada pela mão de Deus. Deus não concede misericórdia alguma à China. A prova do colapso progressivo do grande dragão vermelho pode ser vista no amadurecimento contínuo desse povo e, obviamente, é visível para qualquer pessoa. O amadurecimento do povo é um sinal do fim do inimigo” (de ‘Interpretação da décima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Dessa passagem, nós depreendemos claramente um fato: “No entanto, Deus já realizou tudo que disse.” Essas palavras são cruciais; se puder entendê-las, você terá fé. Há aqueles que dizem: “Algumas das palavras proferidas por Deus não se cumpriram, isso significa que Deus as realizou?” Algumas das palavras de Deus foram cumpridas, outras não; assim, se as que foram cumpridas foram realizadas, as que não foram cumpridas foram realizadas? Em todos os fatos realizados por Deus, por quais meios Ele os realizou? Em algumas passagens das palavras de Deus, está dito que Deus é tão bom quanto a Sua palavra e Sua palavra será cumprida e o que é realizado dura para sempre; em algumas passagens, é dito que Deus usou palavras para criar os céus e a terra e tudo o que existe neles, que, uma vez proferidas, essas palavras se realizaram; e, em outras passagens, é dito que Deus ordena todas as coisas por Seus pensamentos, que quando Deus pensa de certa maneira, a coisa é efetuada. Mas também existem algumas coisas que Deus faz com as próprias mãos. Na realidade, todas as coisas no universo se apresentam de acordo com os pensamentos e as palavras de Deus. Elas não são produzidas pela natureza; elas se apresentam de acordo com as palavras e os pensamentos de Deus, operam de acordo com as palavras e os pensamentos de Deus e essa é a lei de tudo o que existe no universo. Você deve ver esse fato. Às vezes, Deus fala antes de agir. No caso de algumas coisas simples, elas ocorrem assim que Deus as pensa; é assim que elas se realizam. A onipotência de Deus consiste no Seu uso de pensamentos para comandar, Seu uso de declarações para comandar e Seu uso de declarações para arranjar e decretar. Assim, para Deus tudo o que Ele diz já foi levado a cabo – então, quando permite que as pessoas vejam, Ele está lhe proporcionando uma atuação repetida, está rodando o filme para você; é isso que está acontecendo. De fato, no reino espiritual, isso já foi feito, já foi efetuado. No reino espiritual, tornou-se um fato bem estabelecido; no mundo humano, apenas está sendo mostrado um filme disso para as pessoas. Tome-se como exemplo a produção de um filme: durante as filmagens, você tem de filmar o desenvolvimento de coisas e eventos objetivos – e, depois de terminar isso, a filmagem está completa? Está. Você o viu? Antes do filme ser exibido, como você pode dizer que está completo? Quando Deus acaba de falar é como quando o filme terminou de ser filmado. Quando chega a hora, como você poderá ver isso? Você recebe uma repetição – esse é o processo. Pois é assim que Deus criou os céus e a terra e tudo que há neles; Deus usou Seus pensamentos para dirigir a operação de tudo que existe. E assim, para Deus, tudo já foi completado – mas, pelo fato de as pessoas serem parte do mundo material e seus olhos só poderem ver as coisas próximas a elas no mundo material, esse fato é repetido para elas; e quando você as vê, você sabe que foi efetuado. Mas você é muito lento; o assunto há muito já foi efetuado no reino espiritual. Há, então, alguma das palavras de Deus que ainda precisa ser cumprida? Deus é todo-poderoso! Deus é tão bom quanto a Sua palavra, e Sua palavra será efetuada e aquilo que é efetuado dura para sempre – nenhuma de Suas palavras deixa de ser cumprida. Deus disse que houvesse luz, e houve luz. Deus disse que houvesse água, e a água apareceu. Quanta luz? Quão grandes são o sol e a lua? São planetas e estrelas, e quando Deus falou, eles existiram! E isso não vale ainda mais no caso dessas coisas no mundo do homem, essas coisas dirigidas pelos pensamentos de Deus? Como deve ser grande a onipotência de Deus para ter realizado algo tão grande com apenas algumas palavras? Como você pode descrever isso? As pessoas nem conseguiriam fazer uma coisa dessas com suas mãos, mas Deus a realizou com apenas algumas palavras – o que poderia haver que Ele é incapaz de alcançar? Como é grande a terra! Com uma palavra de Deus, ela surgiu. Os assuntos humanos na terra são assuntos entre formigas, entre a poeira – esses assuntos não são equivalentes a um microrganismo em um planeta? Os planetas foram realizados com os pensamentos de Deus. Com poucas palavras, os planetas foram criados; seria difícil para Deus gerenciar questões relativas a microrganismos? Eles fazem qualquer coisa que Deus quer que façam. Assim, você deve ter clareza sobre a onipotência de Deus. Ele cria tudo com palavras e comanda tudo com os Seus pensamentos, fazendo todas as coisas funcionarem de acordo com os Seus pensamentos. Para Deus, nada é inatingível! E assim as pessoas devem ter clareza sobre como as palavras de Deus são cumpridas, sobre se as palavras de Sua boca já foram efetuadas. Quando tiver certeza disso, você conhecerá a sabedoria e a onipotência de Deus e, assim, terá fé em Deus e essa fé será verdadeira. Quando você tiver verdadeira fé em Deus, confiar que tudo está nas mãos de Deus e entregar sua vida para Deus, você ganhará a vida. Algumas pessoas dizem: “Se eu renunciar à minha vida por Deus, continuarei a viver depois que eu morrer?” Quando você tem fé em Deus, não haverá nada errado com a morte, não haverá nada errado com nada – você apenas precisa confiar que tudo é arranjado por Deus! É correto obedecer às regras e arranjos de Deus! Nunca será errado!

Deus pode fazer os mortos viver de novo? Ele pode! Eles podem voltar a viver se estiverem mortos por um dia? Eles podem voltar a viver se estiverem mortos há dez dias? Eles podem voltar a viver se já estiverem mortos há vários milhares de anos? Você deve ter clareza sobre essas coisas. Algumas pessoas dizem: “Lázaro teria começado a cheirar mal depois de morto por quatro dias – ele ainda poderia viver?” Seu corpo começou a cheirar mal, mas não cheirou mal quando ele voltou à vida. Para Deus, nada é inatingível. Assim, ter fé é sacrificar tudo por Deus, é entregar sua vida a Deus. Não peça mais nada; é correto obedecer a Deus em tudo! Não diga a Deus: “Ó Deus! Dedico minha vida a Ti para que Tu possas me trazer de volta à vida depois que eu morrer”. Você terá problemas se orar por essas coisas. Quando não têm fé, as pessoas não ousam renunciar a nada – e, mesmo quando o fazem, elas se asseguram de que haja um contrato: “Se eu renunciar a isso por Ti, Tu deves me dar algo em troca; se não deres, eu não vou renunciar a nada”. Existem aquelas que tentam fazer tais acordos com Deus? Vimos como os ladrões roubaram toda a propriedade de Jó e o deixaram sem nada. Tendo perdido suas coisas, Jó teria que começar do zero; ele teria de trabalhar por outros cinquenta ou sessenta anos para reavê-las. Contudo, abençoado por Deus, Jó alcançou o dobro do que ele tinha antes! Antes ele tinha sete mil e depois ele teve quatorze mil! Quando Deus abençoa as pessoas, as coisas acontecem rapidamente e não se desenvolvem de acordo com as leis normais, em que uma vez dois é dois, duas vezes dois são quatro e quatro vezes quatro são dezesseis! Elas aumentam exponencialmente! E, aumentando exponencialmente, é difícil calculá-las. Tomemos um exemplo: em um dos milagres realizados pelo Senhor Jesus, cinco mil pessoas se alimentaram de cinco pães e dois peixes. Havia apenas cinco pães e dois peixes e, depois que o Senhor Jesus deu graças, os pães e os peixes foram distribuídos para todos comerem. Qual foi o processo usado para distribuí-los? Imagine que, de começo, cinco pães foram dados a cinco pessoas e divididos em dez partes compartilhadas entre dez pessoas e que os dois peixes foram partidos em quatro pedaços e esses quatro pedaços foram dados a quatro pessoas – então, depois que catorze pessoas tivessem comido, não sobraria nada. Mas, na verdade, depois que cinco mil pessoas acabaram de comer, restaram doze cestos. Como funciona isso? Isso deixa os matemáticos confusos porque não há maneira de resolver. Quando Deus abençoa, milagres acontecem! Enquanto todos passavam a comida um para o outro, como poderia ser que quanto mais comida elas passassem, mais havia? Por exemplo, eu tenho dois peixes e dois pães na mão e dou esses pães e peixes para os outros, mas agora há ainda mais deles em minhas mãos e eles se transformaram em quatro pães e quatro peixes. E, quando as pessoas para quem eu os dei, passarem para os outros, os pães e os peixes em suas próprias mãos também aumentarão – resultando em que, quanto mais for passado, cada vez mais haverá, até que cinco mil pessoas tiverem comido o suficiente e ainda restarem doze cestos no final. É como durante anos de fome: as famílias de alguns irmãos e irmãs estavam com metade de um saco de grãos e chegaram outros irmãos e irmãs, aqueles que os receberam oraram a Deus, e o que aconteceu depois que elas oraram para Deus abençoá-los? Elas tinham grãos e óleo para comer sem parar. Por que isso é assim? Isso é algo milagroso: grãos e óleo para comer sem parar. Essa é a bênção de Deus. Existem muitos milagres de Deus – não precisamos falar deles aqui. O que acontece com as pessoas se elas não tiverem as bênçãos de Deus? Depois de ganhar um pouco de dinheiro, alguém adoece ou o dinheiro tem que ser gasto com a casa: sempre há buracos, lacunas que precisam ser preenchidas, o dinheiro nunca é suficiente. Mas aquelas que são abençoadas por Deus não estão dispostas a gastar dinheiro; todo mês elas economizam e têm dinheiro sobrando, ninguém fica doente, elas nunca sentem que há algo em que gastam seu dinheiro, sentem que comem bem, se vestem bem, que tudo é bom. Há aí uma diferença. É esse o caso? Algumas pessoas têm muito dinheiro, mas elas têm muitos buracos que precisam ser consertados, elas sempre ficam doentes, elas sempre têm que gastar dinheiro, há sempre alguma desgraça, elas sempre têm que tapar buracos e, à medida que fazem isso, quanto mais buracos tapam mais buracos aparecem – resultando em que, à medida que os dias passam, acabam endividadas. Algumas pessoas, no entanto, nunca adoecem. Elas podem comer tudo o que têm e sempre sobra mais: Quando elas compram um saco de grãos, este ainda não terminou depois de dois meses, quando compram legumes, depois de vários dias elas ainda não comeram todos, sempre sobram alguns e, por fim, elas não carecem nada em suas vidas. Veja como é diferente. Em tudo isso se pode ver a maravilha dos feitos de Deus. As pessoas são diferentes quando são abençoadas por Deus, quando estão com Deus. Elas têm força, suas almas são libertadas, nenhuma pessoa ou coisa pode constrangê-las, suas ações seguem princípios e não há a menor escuridão dentro delas. Quando estão sem a obra do Espírito Santo, as pessoas estão cheias de escuridão, não sabem o que fazer quando algo acontece com elas, nunca conseguem encontrar a senda, não conseguem sentir Deus quando oram, elas não têm a menor senda, estão perdidas, sofrem perda – é assim que são aquelas que estão sem a obra do Espírito Santo. Então, quais são as experiências daquelas que têm fé? Elas são aperfeiçoadas pelo Espírito Santo e, depois de buscar a verdade e ler as palavras de Deus, alcançam a compreensão da verdade e, quanto mais elas ouvem, tanto mais entendem, tanto mais são esclarecidas. Por que isso é assim? Porque elas têm o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo. E quanto às que permanecem confusas não importando o que ouvem, que ficam tanto mais confusas e com os olhos vidrados quanto mais ouvem? Porque, para aquelas que não foram aperfeiçoadas pela obra do Espírito Santo, avançar uma polegada é difícil.

Muitas pessoas costumavam dizer: “Quando você começa a crer em Deus, você deve ler as Declarações e testemunhos de Cristo no princípio. Isso explica todos os mistérios – você não precisa ler mais nada. Você não precisa ler a parte das palavras de Deus sobre entrar na vida. Apenas leia as Declarações e testemunhos de Cristo no princípio, e quando você entender todos os mistérios, você ganhará a vida”. O que você acha dessas afirmações agora? Se você apenas ler as Declarações e testemunhos de Cristo no princípio e não buscar a verdade, não ler a parte das palavras de Deus sobre entrar na vida, você acabará com nada. Hoje, agora que experimentamos a obra e as palavras de Deus e aceitamos o julgamento e o castigo de Deus, quando, finalmente, a obra de Deus termina, voltamos e lemos as Declarações e testemunhos de Cristo no princípio e vemos que as palavras que Deus falou no começo foram todas cumpridas; quando as lemos hoje, entendemos tudo. Assim, há algumas palavras de Deus que você não precisa estudar. Não adianta estudá-las; apenas experimente-as adequadamente, concentre-se apenas em buscar a verdade, até que chegue o dia em que o Espírito Santo esclareça você e você entenda tudo. Olhe para as passagens que acabamos de ler sobre o retorno de Deus a Sião e o surgimento da besta – não se cumpriram todas essas palavras? Quando a obra de Deus termina, muitos voltam atrás. Isso parece insuportável para as pessoas, mas acontece. Muitos coçam a cabeça e se perguntam: “Deus trabalhou tão arduamente por todos esses anos, conquistou todas essas pessoas, como tantas delas voltaram atrás de uma só vez? O que está acontecendo? Satanás é tão cruel! Deus é mesmo onipotente?” As pessoas cegamente ruminam e julgam, falam cegamente de acordo com suas concepções. Isso foi arranjado por Deus; quando as pessoas não entendem a verdade, elas não declamam bobagens? Vendo que todas essas pessoas voltaram atrás, você fica parado aí chorando: “Ó Deus, por que não fazes alguma coisa? Elas estão sendo levadas por Satanás. Abre Teus olhos e vê: a igreja caiu em ruínas”. Isso não é sem sentido? Isso é um absurdo! Sem sentido! Tudo foi predestinado por Deus – você deveria louvá-Lo. Veja Jó, que teve tantos bois, camelos e jumentos tirados dele. Ele disse: “Ó Deus, Satanás tirou todas as propriedades que Tu me deste, vês? Dá uma olhada, estou passando por um momento terrível”. Jó sabia que o que aconteceu com ele veio de Deus e então disse: “Jeová deu, e Jeová tirou; bendito seja o nome de Jeová.” Ele sabia que isso fora permitido por Deus e não dizia palavras tolas. Apenas um tolo ficaria chorando e diria: “Ó Deus, vês? Abre os Teus olhos e vê – tudo que eu tinha, tudo com que Tu me abençoaste foi tirado por Satanás. Traz de volta para mim e mata-os!” Jó não fez essas preces tolas. As pessoas não suportam ver isso. No futuro, todos vocês verão a igreja ser destruída e, quando chegar a hora, haverá os que não entenderão e dirão: “Costumava haver cinquenta ou sessenta pessoas na igreja, ela estava realmente florescendo e os irmãos e irmãs ficavam tão felizes quando se congregavam, era tão maravilhoso louvar a Deus! Como pode haver apenas poucas sobrando agora? E estão todas tão frágeis – o que devemos fazer?” Tudo isso foi arranjado por Deus. Vocês devem entender a vontade de Deus; todas essas são as etapas da obra de Deus e lentamente vocês verão isso. Quando vocês não entenderem, não sejam descuidados com suas palavras – entendem? Tudo isso está prestes a acontecer. Essas coisas foram predestinadas mais de vinte anos antes de sua ocorrência; essas palavras foram ditas há muito tempo e, antes da declaração de Deus sobre elas vinte anos atrás, elas foram predestinadas vários milhares de anos antes disso. A obra de Deus está de fato terminada. A grande provação e o surgimento da besta classificam cada um de acordo com sua espécie, a obra de Deus chega ao fim, depois o país é lançado em conflitos, e Deus retorna a Sião. Quando terminar, parecerá às pessoas e a todas as aparências externas como se o mundo tivesse caído em ruínas, mas depois de vários dias, algumas pessoas – pessoas que verdadeiramente querem a Deus e são possuidoras da obra do Espírito Santo e da verdade – se congregarão para louvar a Deus e refletir sobre as circunstâncias do ser de Deus na terra. Durante as provações dos servidores, todos presenciaram o retorno de Deus da terra para Sião, cantaram hinos de louvor, louvaram a Deus e foram levados às lágrimas. Isso foi apenas um ensaio; as palavras vieram sobre eles, mas elas estavam realmente se referindo a hoje e essas palavras só começaram a ser cumpridas hoje. Há algo mais afortunado do que experimentar a obra de Deus? Isso é algo realmente afortunado! Suas vidas tiveram tal significado nos últimos vinte anos! Eles levaram vidas inesquecíveis! Quando a obra de Deus começou, eu já tinha crido em Jesus por oito anos. Naquela época, entrei nessa corrente e me tornei líder nela. Experimentei todo o caminho até hoje e, por isso, tenho clareza sobre todas as etapas que vieram antes e depois. A obra de Deus é tão cheia de significado! Eu ganhei muito. Algumas pessoas creram apenas por um ou dois anos; suas experiências são tão insignificantes, não há nada que possa ser feito com elas, elas devem apenas ouvir. Aquelas que creram por dez anos ou mais são muito melhores, elas entendem estas palavras.

Leiamos outra passagem das palavras de Deus: “A China é a nação em que Satanás mais é adorado e por isso tem sido amaldiçoada por Mim e também é a nação que mais fez para Me perseguir” (de ‘A octogésima sexta declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Por que Deus desceu para operar na China? Isso tem ligação com essas palavras? Em todos os países do mundo, ninguém sabe que o Senhor Jesus retornou e desceu à China nos últimos dias. Um profeta ocidental disse: “O Salvador virá à China” e predisse que “a esperança da humanidade está no Oriente”. O “Oriente” refere-se à China. A obra de Deus na China trará a esperança de salvação para a humanidade. Ele também profetizou que surgirá na China uma nova religião, uma semelhante ao cristianismo e perfeitamente adequada à humanidade. Essa “nova religião” é constituída de todas as palavras expressas pelo Deus encarnado em quem cremos, palavras que, na próxima era, toda a humanidade comerá e beberá. E, assim, no século XXI, a China será o centro do mundo; isto é, as palavras de Deus Todo-Poderoso aparecerão no Oriente e brilharão no Ocidente e, em última análise, todo o universo será iluminado. Hoje, o testemunho de A Palavra manifesta em carne está apenas começando; no futuro, toda a humanidade virá à luz e todos comerão e beberão essas palavras. Na nova era, as pessoas começarão a avançar sob a liderança dessas palavras. Naturalmente, Deus também falará novas palavras, pois durante a Era do Reino Milenar, Deus usará palavras para guiar a humanidade. E, assim, hoje primeiro Deus nos torna completos, esse grupo de pessoas, e depois de nos tornarmos completos, durante a próxima era – a Era do Reino Milenar – começaremos a liderar os escolhidos de Deus em todas as terras, servindo formalmente a Deus. Por que Deus desceu na China? A China é a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrodilhado. Como explicar “a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrodilhado”? Será que “a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrodilhado” se refere à terra onde Satanás reside? Sim. Assim, essa terra é o centro em que Satanás e vários espíritos malignos se reúnem; a China é seu centro, seu covil. Na China, houve batalhas incessantes e uma carnificina sem fim por mais de três mil anos. Não é essa a história da China? Por que houve essa luta constante e matança por toda parte? Porque a China é a terra onde Satanás habita, é a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrodilhado, é onde os demônios malignos assumem a forma carnal para fomentar a desordem e espalhar o pandemônio. Esses demônios se tornam carne em cada época e, quando o fazem, incitam à guerra. Um olhar para a história da China mostra que ela é verdadeiramente a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrodilhado, é a terra em que Satanás reside. E, assim, não há nada exagerado em dizer que hoje o grande dragão vermelho é o eixo do mal no mundo. É o mais terrível de todos em sua oposição a Deus, não há a menor retidão em suas ações, coloca tudo de lado para se opor a Deus, independentemente da segurança nacional, sem se importar se as pessoas vivem ou morrem, dedicando toda sua força para se contrapor a Deus – isso não é o diabo? Essa não é a personificação de Satanás? Assim, a China se tornará o primeiro alvo da destruição de Deus e essa destruição será bem-merecida! Assim se manifesta a justiça de Deus.

Vamos à próxima passagem das palavras de Deus. “Quando tudo estiver em ordem será o dia em que retornarei a Sião e esse dia será comemorado por todos os povos. Quando Eu retornar a Sião, todas as coisas na terra ficarão em silêncio e todas as coisas na terra estarão em paz. Quando Eu tiver retornado a Sião, tudo reassumirá sua aparência original. Naquele tempo, Eu começarei Minha obra em Sião, punirei os maldosos e recompensarei os bons; implantarei a Minha justiça e executarei o Meu julgamento. Usarei Minhas palavras para realizar tudo e para fazer com que todos e tudo experimentem a Minha mão que castiga” (de ‘A centésima vigésima declaração’ em “A Palavra manifesta em carne”). Nesse tempo, todo tipo de catástrofe ocorrerá, desastres acontecerão em todos os países do mundo e cada um deles será punido. Todos os vários demônios imundos e espíritos malignos que julgaram a obra de Deus e se opuseram a Deus serão punidos com a morte. Veja como os membros da comunidade religiosa que julgam a obra de Deus, os demônios e os pró-comunistas do grande dragão vermelho e os que difamam a obra de Deus acabarão sendo punidos com a morte. Eles terão uma morte terrível, todos serão mortos pelas imprecações de Deus para nunca mais se levantar! Eles terão o que merecem. Durante a Era da Graça, Deus disse: “Que de toda palavra fútil que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo.” Ninguém presta atenção quando você fala do preço do quilo de legumes ou da carne de porco – mas quando você julga o verdadeiro Deus, você deve prestar contas de cada palavra, o reino espiritual ouve tudo e anota tudo para você. Assim, Deus disse: “Eu limparei o ar de todos os países e erradicarei todo o vestígio dos demônios na terra.” Essas palavras dizem que Deus irá “erradicarei todo o vestígio dos demônios na terra”; hoje, aqueles que se opõem a Deus não são demônios? Todos eles são demônios. Todos os que julgam a obra de Deus dos últimos dias em vídeos on-line são demônios e, no final, todos serão eliminados sem deixar vestígios – você vê isso, certo? Hoje eu li as palavras de Deus para você, eu apresentei essas palavras ditas por Deus e, em seguida, você verá como essas palavras se realizarão, como esses demônios morrerão, como serão torturados até a morte – e, ao ver isso, você saberá. Todos os que têm olhos verão isso com os próprios olhos e, nesse momento, você louvará a justiça de Deus. Existem vários métodos pelos quais todos os que são maus serão aniquilados durante os últimos dias. Alguns serão erradicados por vários desastres naturais, o que é simples e direto. A maioria das pessoas também imagina que os outros métodos sejam assim simples – mas, na verdade, eles não são, destruir esses demônios não é tão simples. Lembre-se disso. Os incrédulos comuns perecem com o advento do desastre, mas não é tão simples e direto com os demônios: estes devem ser punidos e sua punição deve ser severa. Não entraremos nos métodos pelos quais os demônios serão punidos. É suficiente dizer que, nesse tempo, muitos anjos e seres do reino espiritual descerão entre os homens para agir, e suas ações serão formidáveis. Assim, durante a grande devastação dos últimos dias, todos os tipos de coisas estranhas ocorrerão. Neste momento, há algumas coisas que não podem ser mencionadas, não é possível declará-las abertamente, com lucidez – mas, de qualquer forma, elas não são tão simples assim. Há um significado implícito nas palavras dizendo que essas pessoas serão erradicadas sem deixar vestígios; você apenas terá de esperar e observar os fatos. Nos últimos dias, Satanás será derrotado, todos os atos de Satanás serão erradicados, tudo o que é de Satanás será dissipado e, nesse momento, o caráter inerente de Deus – Sua majestade e ira – será revelado. Isso será diferente do tempo de Noé, quando as inundações destruíram o mundo. Destruir o mundo com inundações é simples e direto: chove por muitas noites e dias, a água se acumula, chegando até a altura de uma montanha e afoga todas as coisas vivas – isso é simples. No tempo da desolação dos últimos dias, a destruição é causada pelo fogo, que é muito mais brutal. Essas cenas foram mencionadas no livro de Apocalipse, quando as pessoas pediram às montanhas que caíssem sobre elas. Por que devem cair sobre elas? Porque elas não podiam suportar ver a ira de Deus, era terrível demais! Quando vi as duas torres desmoronarem em Manhattan, muitos norte-americanos ficaram tão aterrorizados com a visão que fugiram; suas vozes estridentes soluçaram e disseram: é tão terrível! É horrível! Eles sentiram que foi horrível quando aquelas grandes torres caíram, mas durante os últimos dias, quando Deus destruir os demônios, será cem vezes pior! Você entende?

Por fim, leiamos outra passagem das palavras de Deus. “O reino está se expandindo no meio da humanidade, está se formando no meio da humanidade, está em pé no meio da humanidade; não há força que possa destruir o Meu reino. De Meu povo que está no reino de hoje, qual de vocês não é um ser humano entre os seres humanos? Qual de vocês, se encontra fora da condição humana? Quando Meu novo ponto de partida for anunciado para a multidão, como é que a humanidade reagirá? Vocês viram com seus próprios olhos o estado da humanidade; certamente vocês ainda não abrigam esperanças de permanecer para sempre neste mundo? Agora estou caminhando no exterior no meio do Meu povo, e vivo no meio do Meu povo. Hoje, os que têm amor genuíno para Comigo, pessoas como essas são bem-aventuradas; bem-aventurados são aqueles que se submetem a Mim, eles certamente permanecerão em Meu reino; bem-aventurados os que Me conhecem, eles certamente irão exercer o poder em Meu reino; bem-aventurados são aqueles que buscam a Mim, eles certamente irão escapar dos laços de Satanás e desfrutar bênçãos em Mim; bem-aventurados são aqueles que são capazes de renunciar-se, estes com certeza entrarão em Minhas posse e herdarão a generosidade do Meu reino. Aqueles que correm por Minha causa, vou comemorar, aqueles que pagam um alto preço por Minha causa, vou alegremente abraçar, aqueles que fazem ofertas a Mim, vou dar desfrutes. Aqueles que encontram prazer em Minhas palavras, Eu abençoarei; eles certamente serão os pilares que sustentam a cumeeira em Meu reino, eles certamente terão incomparável generosidade na Minha casa, e ninguém pode comparar-se a eles. Vocês já aceitaram as bênçãos que lhe foram dadas? Alguma vez vocês já procuraram as promessas que lhes foram feitas? Vocês certamente irão, sob a orientação da Minha luz, romper a repressão das forças das trevas. Certamente, no meio da escuridão, não vão perder a luz que os guiam. Vocês certamente vão ser o mestre de toda criação. Vocês certamente serão um vencedor diante de Satanás. Vocês certamente, na queda do reino do grande dragão vermelho, levantar-se-ão no meio das miríades das multidões para dar testemunho da Minha vitória. Vocês certamente serão firmes e inabaláveis na terra de Sinim. Através dos sofrimentos que vocês suportam, vão herdar a bênção que vem de Mim, e certamente irradiarão no universo inteiro com a Minha glória” (de ‘A décima nona declaração’ das declarações de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”). Essa é a promessa de Deus, e assim também é Sua bênção, e, quando os escolhidos de Deus buscam a verdade, devem fazê-lo com base na promessa de Deus; vocês devem procurar ser o tipo de pessoa que Deus abençoa. Veja, nestas palavras, quem é mais abençoado? “Os que têm amor genuíno para Comigo, pessoas como essas são bem-aventuradas; bem-aventurados são aqueles que se submetem a Mim.” Elas certamente serão abençoadas, elas serão salvas. “Permanecerão em Meu reino” – elas certamente entrarão no reino. Depois disso, também é dito que “bem-aventurados os que Me conhecem, eles certamente irão exercer o poder em Meu reino” – essas pessoas que conhecem a Deus são mais abençoadas do que aquelas que amam e obedecem a Deus? “Bem-aventurados são aqueles que buscam a Mim, eles certamente irão escapar dos laços de Satanás e desfrutar bênçãos em Mim” – aquelas que buscam a Deus serão ganhas por Deus e se voltarão para Deus e, por conseguinte, essas pessoas serão abençoadas. “Bem-aventurados são aqueles que são capazes de renunciar-se, estes com certeza entrarão em Minhas posse e herdarão a generosidade do Meu reino.” Ademais, depois disso também se diz: “Aqueles que encontram prazer em Minhas palavras, Eu abençoarei; eles certamente serão os pilares que sustentam a cumeeira em Meu reino.” Os que desfrutam das palavras de Deus serão grandemente abençoados: “eles certamente serão os pilares que sustentam a cumeeira em Meu reino, eles certamente terão incomparável generosidade na Minha casa, e ninguém pode comparar-se a eles.” Os que conhecem a Deus serão abençoados e os que desfrutam das palavras de Deus receberão as maiores bênçãos. Quem será mais abençoado por essas bênçãos? Os que apreciam as palavras de Deus e conhecem a Deus, os que foram aperfeiçoados por Deus; essa é a maior bênção de todas. Assim, os mais abençoados são os que buscam a verdade e o conhecimento de Deus – você tem certeza disso, certo? Algumas pessoas se contentam em sacrificar tudo para se despender por Deus; algumas se contentam em cumprir seu dever de forma adequada e eficaz; algumas se contentam em não trair Deus e permanecer firmes em seu testemunho; e algumas se contentam em entender um pouco da verdade e não cometer o mal e serem eliminadas. Essas formas de perseguição são mais abençoadas? Se as pessoas não buscarem o conhecimento de Deus, suas bênçãos deixarão a desejar. As que buscarem o conhecimento de Deus e se concentrarem em desfrutar as palavras de Deus ganharão mais. Na casa de Deus, elas recebem riquezas incomparáveis, ninguém pode se comparar a elas, são os pilares da casa de Deus e exercem o poder de reis na casa de Deus. Nada é mais valioso do que buscar o conhecimento de Deus e poder desfrutar das palavras de Deus. Somente com a verdade você poderá prevalecer contra Satanás, somente com a verdade você poderá dar testemunho glorioso – isso é inevitável.

3 de julho de 2014

Anterior:Somente as três etapas da obra de Deus são Sua obra integral de salvação da humanidade

Coisas que talvez lhe interessem