1. O que é ser salvo e alcançar salvação completa

Versos da Bíblia para referência:

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Marcos 16:16).

“Pois isto é o Meu sangue, o sangue do pacto, o qual é derramado por muitos para remissão dos pecados” (Mateus 26:28).

“Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de Meu Pai, que está nos céus” (Mateus 7:21).

Palavras de Deus relevantes:

Na época, a obra de Jesus foi para redimir toda a humanidade. Os pecados de todos que acreditavam Nele foram perdoados; contanto que você acreditasse Nele, Ele o redimiria; se você acreditasse Nele, não era mais um pecador e estava livre de seus pecados. É isso o que significava ser salvo e ser justificado pela fé. No entanto, naqueles que acreditavam ainda restava o que era rebelde e se opunha a Deus e que ainda precisava ser removido lentamente. A salvação não significava que o homem havia sido completamente ganho por Jesus, mas sim que o homem não era mais do pecado, que ele havia sido perdoado de seus pecados: se você acreditasse, nunca mais seria do pecado.

Extraído de ‘A visão da obra de Deus (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Assim que a segunda etapa da obra de Deus foi completada — após a crucificação —, a obra de Deus para resgatar o homem do pecado (ou seja, recuperar o homem das mãos de Satanás) foi cumprida. E então, daquele momento em diante, a humanidade tinha apenas de aceitar o Senhor Jesus como Salvador e seus pecados seriam perdoados. Nominalmente falando, os pecados do homem não eram mais uma barreira para alcançar a salvação e chegar diante de Deus, e não eram mais o poder de influência pelo qual Satanás acusava o homem. Isso porque o Próprio Deus tinha feito uma obra real, tinha Se tornado a semelhança e o antegosto da carne pecaminosa, e o Próprio Deus foi a oferta pelo pecado. Dessa maneira, o homem desceu da cruz e foi redimido e salvo por meio da carne de Deus — a semelhança desta carne pecaminosa.

Extraído de ‘O homem só pode ser salvo em meio ao gerenciamento de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

O significado da crença em Deus é o de ser salvo, o que, então, significa ser salvo? “Ser salvo”, “livrar-se da influência sombria de Satanás” — as pessoas falam sobre esses temas com frequência, mas não sabem o que significa ser salvo. O que significa ser salvo? Isso se relaciona à vontade de Deus. Em palavras simples, ser salvo significa que você pode continuar vivendo, e que é trazido de volta à vida. Então, antes disso, você está morto? Você pode falar e pode respirar, então como podem dizer que você está morto? (O espírito está morto.) Por que se diz que as pessoas estão mortas se o espírito delas está morto? Qual é a base para se dizer isso? Sob o império de quem as pessoas vivem antes de terem obtido a salvação? (Sob o império de Satanás.) E com que as pessoas contam para viver sob o império de Satanás? (Com as filosofias e venenos de Satanás.) Contam com sua natureza satânica e caracteres corruptos para viver. Quando uma pessoa vive segundo essas coisas, seu ser inteiro — sua carne e todos os outros aspectos, como sua alma e seu pensamento — está vivo ou morto? Do ponto de vista de Deus, ele está morto. Aparentemente, você parece estar respirando e pensando, mas tudo em que você está constantemente pensando é maligno; você pensa em coisas que desafiam a Deus e se rebelam contra Deus, coisas que Deus detesta, odeia e condena. Aos olhos de Deus, todas essas coisas não só pertencem à carne, mas também pertencem inteiramente a Satanás e aos diabos. Então o que são pessoas aos olhos de Deus? São humanas? Não, não são. Deus as vê como diabos, como animais e como satanases, satanases vivos! As pessoas vivem pelas coisas e pela essência de Satanás e, aos olhos de Deus, elas mesmas são satanases vivos revestidos de carne humana. Deus define essas pessoas como cadáveres ambulantes; como pessoas mortas. Deus faz a Sua obra de salvação atual para abranger tais pessoas — esses cadáveres ambulantes que vivem segundo seus caracteres satânicos corruptos e segundo sua essência satânica corrupta — Ele pega essas tais pessoas mortas e as transforma em vivas. É isso o que significa ser salvo.

O objetivo de acreditar em Deus é alcançar a salvação. Ser salvo significa que você passa de uma pessoa morta para uma pessoa viva. A implicação disso é que sua respiração é revivida e você está vivo; você é capaz de conhecer Deus e é capaz de curvar-se para adorá-Lo. Em seu coração, você não tem mais resistência a Deus; você não O desafia mais, não O ataca mais, nem se rebela contra Ele. Só pessoas como essas estão genuinamente vivas aos olhos de Deus. Se alguém disser apenas que reconhece Deus, então ela está entre os vivos ou não? (Não, não está.) Então, que tipo de pessoas são os vivos? Que espécie de realidade os vivos possuem? No mínimo, os vivos podem falar uma linguagem humana. O que é isso? Significa que as palavras que proferem envolvem ideias, pensamentos e discernimento. Sobre que coisas os vivos pensam e o que fazem com frequência? São capazes de se engajar em atividades humanas e de cumprir seus deveres. Qual é a natureza do que eles fazem e dizem? É que tudo que eles revelam, tudo que pensam e tudo que fazem é feito com a natureza de temer a Deus e evitar o mal. Colocando mais apropriadamente, como um dos vivos, todos os seus atos e pensamentos não são condenados por Deus nem detestados e rejeitados por Deus; ao contrário, são aprovados e elogiados por Deus. É isso que os vivos fazem e também é o que os vivos deveriam fazer.

Extraído de ‘Só ser verdadeiramente obediente é uma crença real’ em “Registros das falas de Cristo”

Se as pessoas desejam se tornar seres vivos, dar testemunho de Deus e ser aprovadas por Deus, então devem aceitar a salvação de Deus; devem se submeter de bom grado a Seu julgamento e castigo, aceitar de bom grado a poda e o tratamento por Deus. Só então elas serão capazes de colocar em prática todas as verdades exigidas por Deus, só então ganharão a salvação de Deus e realmente se tornarão seres vivos. Os vivos são salvos por Deus; foram julgados e castigados por Deus, estão dispostos a se devotar e ficam felizes em oferecer sua vida por Deus, e de bom grado dedicariam sua vida inteira a Deus. Apenas quando os vivos dão testemunho de Deus é que Satanás pode ser envergonhado; apenas os vivos podem espalhar a obra do evangelho de Deus, apenas os vivos são segundo o coração de Deus e apenas os vivos são pessoas reais. Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas, por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for recuperar Seu testemunho e recuperar aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos e deve reivindicá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são, sobretudo, os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa.

Extraído de ‘Você é alguém que veio para a vida?’ em “A Palavra manifesta em carne”

A carne do homem é de Satanás, está cheia de caráter rebelde, é deploravelmente imunda e é algo impuro. As pessoas cobiçam demais o desfrutar da carne e há manifestações excessivas da carne; é por isso que Deus despreza a carne do homem até certo ponto. Quando as pessoas se livram das coisas satânicas imundas e corruptas, elas ganham a salvação de Deus. Mas se elas ainda não se despiram da imundície e da corrupção, então elas ainda estão vivendo sob o império de Satanás. A conivência, o engano e a desonestidade das pessoas são todas coisas de Satanás. A sua salvação por Deus é para libertar você dessas coisas de Satanás. A obra de Deus não pode estar errada; tudo é feito para salvar as pessoas das trevas. Quando você tiver crido até um certo ponto e conseguir se despir da corrupção da carne, e você não estiver mais algemado por essa corrupção, você não terá sido salvo? Quando você vive sob o império de Satanás você é incapaz de manifestar Deus, você é algo imundo e não pode receber a herança de Deus. Quando você tiver sido purificado e aperfeiçoado, você será santo, você será uma pessoa normal e você terá sido abençoado por Deus e será um prazer para Deus.

Extraído de ‘Prática (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

As que não buscam um conhecimento de questões espirituais, que não buscam santidade e que não buscam viver a verdade, que se contentam apenas com ser conquistadas no aspecto negativo e não podem viver segundo as palavras de Deus e tornar-se humanos santos — essas são pessoas que não foram salvas. Pois, sem a verdade, o homem é incapaz de permanecer firme durante as provações de Deus; somente os que conseguirem permanecer firmes durante as provações de Deus são os que foram salvos. O que Eu quero são pessoas como Pedro, pessoas que buscam ser aperfeiçoadas. A verdade de hoje é dada aos que anseiam e buscam por ela. Essa salvação é concedida aos que anseiam ser salvos por Deus, e não pretende apenas ser ganha por vocês. Seu propósito é que vocês possam ser ganhos por Deus; vocês ganham Deus para que Deus possa ganhar vocês. Hoje falei estas palavras para vocês e vocês as ouviram, e vocês deveriam praticar de acordo com essas palavras. No final, o tempo em que vocês puserem essas palavras em prática será o momento em que Eu terei ganho vocês através dessas palavras; ao mesmo tempo, vocês também terão ganho essas palavras, e isso quer dizer que vocês terão ganho essa salvação suprema. Depois que tiverem sido limpos, vocês terão se tornado seres humanos reais. Se você for incapaz de viver a verdade ou de viver a semelhança de alguém que foi aperfeiçoado, então se pode dizer que você não é humano, mas um cadáver ambulante, uma besta, porque está sem a verdade, o que quer dizer que você está sem o sopro de Jeová e, assim, é uma pessoa morta que não tem espírito! Embora seja possível dar testemunho depois de ser conquistado, o que você ganha é apenas uma pequena salvação e ainda não se tornou um ser vivo possuído de um espírito. Embora você tenha experimentado castigo e julgamento, seu caráter não foi renovado ou mudado em decorrência disso; você ainda é seu velho eu, ainda pertence a Satanás e não é alguém que foi purificado. Só aquelas pessoas que foram aperfeiçoadas têm valor, e só essas ganharam a verdadeira vida.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 3. As diferenças entre a vida da igreja na Era da Graça e na Era do Reino

Próximo: 2. As diferenças essenciais entre ser salvo e alcançar salvação completa

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

1. O que é seguir a vontade de Deus, e se seguir a vontade de Deus é apenas pregar e trabalhar para o Senhor

Imagine que você seja capaz de trabalhar para Deus, mas não obedeça a Deus e não consiga amar a Deus autenticamente. Desse modo, você não só não terá cumprido o dever de uma criatura de Deus, como também será condenado por Deus porque é alguém que não possui a verdade, que é incapaz de obedecer a Deus e que é desobediente a Deus. Você só se interessa em trabalhar para Deus e não tem interesse em pôr a verdade em prática nem em conhecer-se. Você não compreende nem conhece o Criador, não obedece nem ama o Criador. Você é alguém inerentemente desobediente a Deus, e pessoas assim não são prezadas pelo Criador.

4. Por que não se conseguirá obter vida eterna defendendo e adorando a Bíblia

Muitas pessoas acreditam que entender e ser capaz de interpretar a Bíblia é o mesmo que encontrar o caminho verdadeiro — mas, na verdade, será que as coisas são tão simples assim? Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça.

2. As diferenças entre a obra de Deus encarnado e a obra do Espírito

O significado de encarnação é que Deus aparece na carne, e Ele vem para trabalhar entre os homens de Sua criação na imagem de uma carne. Assim, para Deus Se encarnar, Ele precisa primeiro ser carne, carne com humanidade normal; esse é o pré-requisito mais básico. De fato, a implicação da encarnação de Deus é que Deus vive e opera na carne, Deus, em Sua essência, Se torna carne, Se torna um homem.

6. Por que se diz que as duas encarnações de Deus completam o significado da encarnação

Deus Se tornou carne porque o objeto de Sua obra não é o espírito de Satanás, ou qualquer coisa incorpórea, mas o homem, que é da carne e tem sido corrompido por Satanás. Exatamente porque a carne humana tem sido corrompida é que Deus fez do homem carnal o objeto de Sua obra; mais ainda, porque o homem é o objeto de corrupção, Ele fez do homem o único objeto de Sua obra através de todas os estágios da obra de Salvação. O homem é um ser mortal, é feito de carne e sangue e Deus é o único que pode salvar o homem. Dessa forma, Deus deve Se tornar uma carne que possua os mesmos atributos que o homem com o intuito de realizar Sua obra, para que Sua obra possa atingir melhores resultados.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro