1. Se “ser arrebatado” realmente significa ser levado para o ar ou o céu, e se o reino celestial está na terra ou no céu

Versos da Bíblia para referência:

“Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Teu nome; venha o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu” (Mateus 6:9-10).

“E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo. E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o Seu povo, e Deus Mesmo estará com eles, e será o seu Deus” (Apocalipse 21:2-3).

“O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos” (Apocalipse 11:15).

Palavras de Deus relevantes:

“Ser apanhado” não significa ser levado de um lugar baixo para um lugar alto, como as pessoas podem imaginar; isso é um grande equívoco. “Ser apanhado” se refere a Eu predestinar e depois selecionar. Visa a todos aqueles a quem predestinei e escolhi. Todos aqueles que são apanhados são pessoas que ganharam o status de filhos primogênitos ou que são o povo de Deus. Isso é totalmente incompatível com as noções das pessoas. Os que terão uma porção na Minha casa no futuro são todos aqueles que foram apanhados diante de Mim. Isso é absolutamente verdadeiro, imutável e irrefutável. É um contra-ataque a Satanás. Qualquer um que Eu predestinei será apanhado para diante de Mim.

Extraído de ‘Capítulo 104’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Deus criou os humanos e os colocou sobre a terra, e, desde então, Ele os conduziu. Depois, Ele os salvou e serviu como oferta pelo pecado para a humanidade. No final, Ele ainda deve conquistar a humanidade, salvar os humanos inteiramente e restaurá-los à sua imagem original. Essa é a obra à qual Ele vem se dedicando desde o início — restaurando a humanidade à sua imagem e semelhança original. Deus estabelecerá Seu reino e restaurará a semelhança original dos seres humanos, o que significa que Deus restaurará Sua autoridade sobre a terra e sobre toda a criação. A humanidade perdeu seu coração temente a Deus e também a função incumbente às criaturas de Deus após ter sido corrompida por Satanás, tornando-se assim um inimigo desobediente a Deus. Então a humanidade viveu sob o império de Satanás e seguiu suas ordens; assim, Deus não teve como operar entre Suas criaturas e se tornou ainda mais incapaz de ganhar sua reverência temerosa. Os humanos foram criados por Deus e deveriam adorá-Lo, mas, na realidade, eles deram as costas a Ele e, no lugar Dele, adoraram Satanás. Satanás se tornou o ídolo no coração deles. Assim, Deus perdeu Sua posição em seu coração, o que quer dizer que Ele perdeu o significado por trás de Sua criação da humanidade. Portanto, a fim de restaurar o significado por trás de Sua criação da humanidade, Ele deve restaurar sua imagem original e livrar a humanidade de seus caracteres corruptos. Para recuperar os humanos, de Satanás, Ele deve salvá-los do pecado. Somente dessa maneira Deus pode, aos poucos, restaurar sua semelhança e função original e, enfim, restaurar Seu reino. A destruição final daqueles filhos da desobediência também será levada a cabo a fim de permitir que os humanos adorem a Deus e vivam na terra de maneira melhor. Como Deus criou os humanos, Ele fará com que eles O adorem; Como Ele deseja restaurar a função original da humanidade, Ele a restaurará completamente e sem nenhuma adulteração. Restaurar Sua autoridade significa fazer os humanos adorarem e se submeterem a Ele; significa que Ele fará os humanos viverem por causa Dele e fará Seus inimigos perecerem como resultado de Sua autoridade. Isso significa que Ele fará com que tudo Dele persista entre os humanos sem resistência de ninguém. O reino que Deus deseja estabelecer é o Seu próprio reino. A humanidade que Ele deseja é uma humanidade que O adorará, que se submeterá completamente a Ele e manifeste a Sua glória. Se Deus não salvar a humanidade corrupta, então o significado por trás de Sua criação da humanidade nadasse perderá; Ele não terá mais autoridade entre os humanos, e Seu reino não será mais capaz de existir na terra. Se Deus não destruir aqueles inimigos que são desobedientes a Ele, Ele não será capaz de obter Sua glória completa, nem será capaz de estabelecer Seu reino na terra. Esses serão os marcos da conclusão de Sua obra e de Sua grande realização: destruir totalmente aqueles dentre a humanidade que são desobedientes a Ele e levar para o descanso aqueles que foram completados. Quando os humanos tiverem sido restaurados à sua semelhança original e quando a humanidade puder cumprir com seus respectivos deveres, manter seu lugar correto e obedecer a todos os arranjos de Deus, Deus terá obtido um grupo de pessoas na terra que O adora, e Ele também terá estabelecido um reino na terra que O adora. Ele terá vitória eterna na terra, e todos aqueles que se opõem a Ele perecerão por toda a eternidade. Isso restaurará Sua intenção original ao criar a humanidade; isso restaurará Sua intenção ao criar todas as coisas, e isso também restaurará Sua autoridade sobre a terra, entre todas as coisas e entre Seus inimigos. Esses serão os símbolos de Sua vitória total. Daí em diante, a humanidade entrará no descanso e iniciará uma vida que está na trilha certa. Deus também entrará em eterno descanso com a humanidade e iniciará uma vida eterna compartilhada por Ele Mesmos e os humanos. A imundície e a desobediência na terra terão desaparecido, e todos os lamentos terão se dissipado, e tudo neste mundo que se opõe a Deus terá deixado de existir. Somente Deus e aquelas pessoas para as quais Ele trouxe salvação permanecerão; somente Sua criação permanecerá.

Extraído de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando Deus e a humanidade entrarem no descanso juntos, isso significa que a humanidade foi salva e que Satanás foi destruído, que a obra de Deus nos humanos está totalmente completada. Deus não continuará mais a operar nos humanos, e eles não viverão mais sob o império de Satanás. Assim, Deus não estará mais ocupado, e os humanos não estarão mais constantemente em movimento; Deus e a humanidade entrarão no descanso simultaneamente. Deus retornará ao Seu lugar original, e cada pessoa voltará para o seu respectivo lugar. São esses os destinos em que Deus e os humanos residirão assim que todo o gerenciamento de Deus tiver terminado. Deus tem o destino de Deus, e a humanidade tem o destino da humanidade. Enquanto descansar, Deus continuará a guiar todos os humanos em sua vida na terra, e quando estiver na luz de Deus, ela adorará o único Deus verdadeiro no céu. Deus não viverá mais entre a humanidade, tampouco os humanos serão capazes de viver com Deus em Seu destino. Deus e os humanos não podem viver dentro do mesmo reino; pois cada um tem a própria maneira de viver. Deus é Aquele que guia toda a humanidade, e toda a humanidade é a cristalização da obra de gerenciamento de Deus. Os humanos são aqueles que são guiados e não são da mesma substância como Deus. “Descansar” significa retornar ao lugar original. Assim, quando Deus entra no descanso, isso significa que Ele retornou ao Seu lugar original. Ele não viverá mais na terra nem estará entre a humanidade para compartilhar de sua alegria e sofrimento. Quando os humanos entram no descanso, isso significa que eles se tornoram verdadeiros objetos da criação; ela adorará a Deus a partir da terra e terá uma vida humana normal. As pessoas não serão mais desobedientes a Deus nem resistirão a Ele e retornarão à vida original de Adão e Eva. Essas serão as vidas e os destinos respectivos de Deus e dos humanos quando ambos entrarem no descanso. A derrota de Satanás é uma tendência inevitável na guerra entre ele e Deus. Dessa forma, a entrada no descanso de Deus após a conclusão de Sua obra de gerenciamento e a completa salvação e a entrada no descanso da humanidade também se tornaram tendências inevitáveis. O local de descanso da humanidade é na terra, e o local de descanso de Deus é no céu. Enquanto os humanos adorarem a Deus em descanso, eles viverão na terra, e enquanto Deus liderar o resto da humanidade em descanso, Ele os conduzirá a partir do céu, não da terra.

Extraído de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Assim que a obra da conquista tiver sido completada, o homem será conduzido a um mundo maravilhoso. Evidentemente, essa vida ainda será na terra, mas será inteiramente diferente da vida do homem hoje. É a vida que a humanidade terá após ser conquistada, será um novo começo para o homem na terra, e o fato de a humanidade ter esse tipo de vida será prova de que ela entrou num novo e lindo reino. Será o começo da vida do homem e de Deus na terra. A premissa de uma vida tão bela deve ser que, após ser purificado e conquistado, o homem se submeta ao Criador. Portanto, a obra de conquista é o último estágio da obra de Deus antes que a humanidade entre no maravilhoso destino. Esta vida é a vida futura do homem na terra, é a vida mais linda que há sobre a terra, a espécie de vida pela qual o homem anseia, a espécie de vida que o homem nunca antes alcançou na história do mundo. É o resultado final dos 6.000 anos da obra de gestão; é aquilo que a humanidade mais almeja, e é também a promessa de Deus ao homem.

Extraído de ‘Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 5. As diferenças entre as palavras de Deus ditas por profetas e as palavras expressas por Deus encarnado

Próximo: 2. O que realmente significa ser arrebatado, e como alguém pode ser levantado para diante do trono de Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Conteúdo relacionado

1. O que são as virgens sábias e o que são as virgens tolas

Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a substância divina, e Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a expressão de Deus. Já que Deus Se torna carne, Ele levará adiante a obra que precisa fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele expressará o que Ele é e será capaz de trazer a verdade ao homem, conceder vida ao homem e mostrar o caminho ao homem. Carne que não contém a substância de Deus certamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Para investigar se é a carne encarnada de Deus, o homem deve determinar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele fala. O que quer dizer, se é ou não a carne encarnada de Deus, se é ou não o verdadeiro caminho deve ser julgado pela Sua substância. E assim, ao determinar[a] se é a carne do Deus encarnado, a chave é prestar atenção na Sua substância (Sua obra, Suas palavras, Seu caráter e muito mais), em vez de na aparência exterior. Se o homem olha apenas a Sua aparência exterior e ignora a Sua substância, então isso mostra a ignorância e a ingenuidade do homem.

3. A natureza e as consequências do problema de somente reconhecer Deus sem reconhecer a verdade

Aqueles que querem ganhar vida sem depender da verdade dita por Cristo são as pessoas mais ridículas na terra, e aqueles que não aceitam o caminho de vida trazido por Cristo estão perdidos na fantasia. Por isso Eu digo que quem não aceitar o Cristo dos últimos dias será eternamente desprezado por Deus. Cristo é a porta de entrada do homem para o reino durante os últimos dias, da qual ninguém pode desviar. Ninguém pode ser aperfeiçoado por Deus, exceto por meio de Cristo. Você crê em Deus, então deve aceitar as palavras Dele e obedecer ao Seu caminho.

4. Como os três estágios da obra de Deus se aprofundam em passos de modo que as pessoas possam ser salvas e aperfeiçoadas

O gerenciamento integral de Deus é dividido em três estágios e em cada estágio são feitas exigências apropriadas ao homem. Além disso, à medida que as eras passam e avançam, as exigências que Deus faz a toda a humanidade se tornam cada vez mais elevadas. Assim, passo a passo, a obra de gerenciamento de Deus se aproxima do clímax, até que o homem contemple o “surgimento da Palavra na carne”, e assim as exigências feitas ao homem se tornam ainda mais elevadas, e as exigências para que o homem dê testemunho se tornam ainda mais elevadas.

1. O que é a verdade e se conhecimento teológico é a verdade

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Porque ela é a exigência que Deus faz ao homem e é a obra realizada pessoalmente por Deus, é chamada de aforismo da vida. Não é um aforismo resumido de alguma coisa, nem uma citação famosa de uma grande personalidade; em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas e não algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado o mais alto de todos os aforismos da vida.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro