Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cem perguntas e respostas sobre investigar o caminho verdadeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

58. Algumas pessoas, em seu estudo sobre o retorno do Senhor Jesus, baseiam seus estudos apenas nas profecias da Bíblia, mas não procuram ouvir a voz de Deus. Qual é o problema com essa prática?

A resposta da palavra de Deus:

“Primeiro, não vamos verificar cada afirmação. Em vez disso, vamos olhar para como trabalha o Espírito Santo. Vamos comparar com a verdade para ver se o caminho que percorremos está alinhado com a obra do Espírito Santo e usar a obra do Espírito Santo para verificar se esse caminho está correto. Quanto a saber se essa ou aquela afirmação se cumpriu, nós humanos não devemos interferir. Em vez disso, é melhor falarmos da obra do Espírito Santo e da mais recente obra que Deus está fazendo agora. A Bíblia compreende as palavras de Deus ditas pelos profetas e as palavras escritas pelos homens que Deus utilizou à época; somente o Próprio Deus pode explicar essas palavras, apenas o Espírito Santo pode dar sentido ao significado dessas palavras, e somente o Próprio Deus pode quebrar os sete selos e abrir o pergaminho. Você não é Deus, nem eu, então quem ousa explicar à vontade as palavras de Deus? Você se atreve a explicar essas palavras? Mesmo que os profetas Jeremias, João e Elias estivessem aqui, eles não ousariam, pois não são o Cordeiro. Somente o Cordeiro pode quebrar os sete selos e abrir o pergaminho, e nenhum outro pode explicar Suas palavras. […]”

[…] Os últimos dias não passam dos últimos dias e não são mais que a Era do Reino, que não representam a Era da Graça ou a Era da Lei. Os últimos dias são apenas o momento em que toda a obra no plano de gestão de seis mil anos é revelada a vocês. Esse é o desvelar do mistério. Nenhum homem pode desvelar tal mistério. Não importa o tamanho do entendimento que o homem tenha da Bíblia, ele não passa de palavras, pois o homem não entende a substância da Bíblia. Quando o homem lê a Bíblia, ele pode receber algumas verdades, explicar algumas palavras ou examinar algumas passagens e citações famosas, mas ele nunca será capaz de desvendar o significado contido nessas palavras, pois tudo o que o homem vê são palavras mortas, não as cenas das obras de Jeová e de Jesus, e o homem é incapaz de desvendar o mistério de tal obra. Portanto, o mistério do plano de gestão de seis mil anos é o maior, o mais oculto e o mais absolutamente inconcebível mistério para o homem. Ninguém pode entender diretamente a vontade de Deus, a menos que Ele mesmo explique e se abra ao homem, caso contrário, ela permanecerá para sempre um enigma para o homem e para sempre um mistério selado. Não se importem com os que estão no mundo religioso; se vocês não fossem informados hoje, nem vocês seriam capazes de entender. Essa obra de seis mil anos é mais misteriosa do que todas as profecias dos profetas. Ela é o maior mistério desde a criação, e nenhum profeta anterior jamais foi capaz de sondá-la, pois esse mistério é desvendado apenas na era final e nunca foi revelado. Se vocês compreenderem este mistério e forem capazes de recebê-lo plenamente, todas essas pessoas religiosas serão conquistadas por esse mistério. Somente essa é a maior das visões, aquilo que o homem mais deseja compreender, mas também aquilo que é mais obscuro para ele.

de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todos os judeus daquela época liam o Antigo Testamento e conheciam a profecia de Isaías em que um infante do sexo masculino nasceria em uma manjedoura. Por que eles, então, com esse conhecimento, ainda assim perseguiram Jesus? Não seria por conta da natureza rebelde e da ignorância em relação à obra do Espírito Santo? Naquela época, os fariseus acreditavam que a obra de Jesus diferia do que eles conheciam a respeito da profecia do infante do sexo masculino; o homem de hoje rejeita Deus porque a obra do Deus encarnado não se conforma à Bíblia. Não seria a substância de sua rebeldia contra Deus uma só e a mesma? Você acha que é possível aceitar sem questionamento toda a obra do Espírito Santo? Se for obra do Espírito Santo, trata-se da corrente certa. Você deve aceitar sem a menor concessão, sem separar e escolher aquilo em que aceitar. Se você obtiver algum conhecimento de Deus e tiver cautela contra Ele, não será isso algo desnecessário? O que você precisa fazer é aceitar, sem a necessidade de mais comprovação da Bíblia, qualquer que seja a obra provinda do Espírito Santo, pois você acredita em Deus para segui-Lo, não para investigá-Lo. Você não precisa procurar mais provas para Mim, para mostrar que sou seu Deus. Pelo contrário, você precisa discernir se Eu sou benéfico para você; essa é a chave. Ainda que você tenha encontrado muitas provas irrefutáveis na Bíblia, nada disso trará você plenamente diante de Mim. […] Apesar de a Bíblia ter profetizado o nascimento de um infante do sexo masculino, ninguém foi capaz de antever sobre quem a profecia recairia, já que o homem não conhecia a obra de Deus, e foi isso que fez com que os fariseus se opusessem a Jesus. Algumas pessoas sabem que a Minha obra favorece o homem, mas elas continuam a acreditar que Eu e Jesus somos dois seres totalmente separados e mutuamente incompatíveis. Em Sua época, Jesus falou aos discípulos apenas uma série de sermões da Era da Graça, discorrendo sobre como praticar, como se reunir, como pedir em oração, como tratar o próximo e assim por diante. A obra que Ele realizou foi a da Era da Graça e Ele apenas expôs como os discípulos e os demais seguidores deveriam praticar. Jesus realizou apenas a obra da Era da Graça, não a dos últimos dias. Quando Jeová estabeleceu a lei do Antigo Testamento na Era da Lei, por que Ele não realizou, naquele momento, a obra da Era da Graça? Por que Ele não deixou claro, com antecedência, a obra da Era da Graça? Fazer isso não contribuiria para facilitar a aceitação do homem? Jeová apenas profetizou que um infante do sexo masculino nasceria e chegaria ao poder, mas não executou antecipadamente a obra da Era da Graça. A obra de Deus tem limites bem claros em cada era; Ele só realiza a obra da era corrente e nunca antecipa as etapas da obra que virá. Somente assim é que as obras representativas de cada era podem ser trazidas à tona. Jesus apenas falou sobre os sinais dos últimos dias, sobre como ser paciente e como ser salvo, como se arrepender e como confessar, sobre como carregar a cruz e suportar o sofrimento; mas Ele nunca falou sobre o que o homem dos últimos dias deveria entrar, nem como deveria buscar satisfazer a vontade de Deus. Dessa forma, não seria um ato falacioso buscar na Bíblia pela obra de Deus dos últimos dias? O que você é capaz de discernir apenas segurando a Bíblia nas mãos? Seja um intérprete da Bíblia ou um pregador, quem é capaz de antever a obra dos dias de hoje?

de ‘Como o homem que definiu Deus de acordo com as suas concepções pode receber as revelações de Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Cada estágio da obra de Deus não foi realizado expressamente para cumprir as predições dos profetas antigos, e Ele não veio para respeitar a doutrina ou deliberadamente realizar as previsões dos profetas antigos. No entanto, suas ações não interromperam as previsões dos profetas antigos, nem perturbaram a obra que Ele havia feito anteriormente. O ponto saliente de Sua obra não era obedecer a nenhuma doutrina e fazer a obra que Ele mesmo deveria fazer. Ele não era um profeta ou um vidente, mas sim um realizador que realmente veio para fazer a obra que deveria fazer, e veio para abrir Sua nova era e realizar Sua nova obra. Naturalmente, quando Jesus veio para fazer Sua obra, Ele também cumpriu muitas das palavras proferidas pelos antigos profetas no Antigo Testamento. Assim também a obra de hoje cumpriu as previsões dos antigos profetas do Antigo Testamento. É só que não retenho “almanaque velho e amarelado”, só isso. Pois há mais trabalho que devo fazer, há mais palavras que devo proferir para vocês, e essa obra e essas palavras são de importância muito maior do que explicar passagens da Bíblia, porque obras como essa não têm grande significado ou valor para vocês e não podem ajudá-los ou mudá-los. Pretendo fazer uma nova obra, mas não para cumprir qualquer passagem da Bíblia. Se Deus veio à terra apenas para cumprir as palavras dos antigos profetas da Bíblia, então quem é maior, Deus encarnado ou aqueles antigos profetas? Afinal das contas, os profetas são responsáveis por Deus ou Deus está no comando dos profetas? Como você explica essas palavras?

de ‘Sobre denominações e identidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:Qual é exatamente a relação entre a obra de Deus e a Bíblia? O que veio primeiro foi a obra de Deus ou a Bíblia?

Próximo:Muitas pessoas acreditam que crer em Deus significa nunca se desviar da Bíblia e que se afastar dela significa trair a Deus. Esse tipo de visão está correto?

Coisas que talvez lhe interessem