152. Os princípios para tratar o conhecimento e a ciência

(1) Nem o conhecimento nem a ciência são a verdade; são ferramentas que Satanás e os demônios empregam para corromper o homem. A senda da busca do conhecimento e da ciência leva à destruição;

(2) Nem o conhecimento nem a ciência podem salvar a humanidade. Eles podem apenas corrompê-la, fazendo com que ela evite a Deus e negue a verdade, e eles trazem a calamidade sobre ela;

(3) Quanto mais conhecimento alguém tiver, tanto mais arrogante e presunçoso será e mais forte será sua resistência a Deus. Quanto mais conhecimento alguém tiver, tanto mais falaciosos e insensatos serão seus pensamentos e pontos de vista. O conhecimento faz com que se odeie a verdade;

(4) Nem o conhecimento nem a ciência são capazes de resolver a questão da corrupção do homem; eles podem apenas acelerar sua destruição. Somente com a verdade a humanidade pode ser salva.

Palavras de Deus relevantes:

Desde a invenção das ciências sociais pelo homem, a mente humana foi ocupada pela ciência e pelo conhecimento. Então, ciência e conhecimento tornaram-se ferramentas para governar a humanidade, e não houve mais espaço suficiente para o homem adorar a Deus, não houve mais condições favoráveis para a adoração a Deus. A posição de Deus decresceu mais ainda no coração do homem. Sem Deus no coração, o mundo interior do homem é escuro, vazio e sem esperança. Subsequentemente, muitos cientistas sociais, historiadores e políticos surgiram para elaborar teorias de ciências sociais, a teoria da evolução humana e outras que contradizem a verdade de que Deus criou o homem, para encher o coração e a mente humana. E dessa forma, aqueles que acreditam que Deus criou todas as coisas são cada vez mais raros; e aqueles que acreditam na teoria da evolução se tornaram ainda mais numerosos. Mais e mais pessoas consideram os registros da obra de Deus e de Suas palavras na era do Antigo Testamento como mitos e lendas. No seu coração, as pessoas se tornam indiferentes à dignidade e à grandeza de Deus, ao princípio de que Deus existe e mantém domínio sobre todas as coisas. A sobrevivência da humanidade e o destino de países e nações não têm mais importância para elas, e o homem vive em um mundo vazio, preocupado apenas com comer, beber e buscar o prazer… Poucas pessoas tomam para si a tarefa de procurar onde Deus realiza a Sua obra hoje, ou de descobrir como Ele preside e organiza o destino do homem. E assim, sem que o homem saiba, a civilização humana se torna cada vez menos capaz de ir de acordo com os desejos do homem, e existem até muitas pessoas que sentem que, vivendo em tal mundo, são menos felizes que aquelas que já partiram. Até pessoas de países que costumavam ser altamente civilizados expressam tal descontentamento. Pois, sem a orientação de Deus, não importa quanto governantes e sociólogos quebrem a cabeça para preservar a civilização humana, tudo isso é em vão. Ninguém pode preencher o vazio no coração humano, pois ninguém pode ser a vida do homem e nenhuma teoria social pode libertar o homem do vazio que o aflige. A ciência, o conhecimento, a liberdade, a democracia, o lazer e o conforto: tudo isso representa apenas um consolo temporário. Mesmo com essas coisas, o homem inevitavelmente pecará e lamentará as injustiças da sociedade. Tais coisas não podem restringir a ânsia e o desejo humano de explorar. Isso porque o homem foi feito por Deus, e os sacrifícios e as explorações sem sentido do homem só podem levar a mais aflição e só podem fazer o homem existir num estado constante de medo, sem saber como enfrentar o futuro da humanidade, nem como encarar a senda que tem pela frente. O homem chegará inclusive a ter medo da ciência e do conhecimento, e temerá ainda mais o sentimento de vazio dentro. Neste mundo, independentemente de estar vivendo em um país livre ou em algum sem direitos humanos, você é totalmente incapaz de fugir do destino da humanidade. Quer seja governante ou governado, você é totalmente incapaz de fugir do desejo de explorar a sina, os mistérios e o destino da humanidade, e muito menos é capaz de fugir do desconcertante senso de vazio. Tais fenômenos, que são comuns a toda a humanidade, são chamados fenômenos sociais pelos sociólogos, mas nenhum grande homem pode surgir para resolver esses problemas. Afinal, o homem é apenas homem, e a posição e a vida de Deus não podem ser substituídas por homem nenhum. A humanidade não só exige uma sociedade justa na qual todos sejam bem alimentados, iguais e livres; aquilo de que a humanidade precisa é a salvação de Deus e Sua provisão de vida para todos. Somente quando o homem recebe a salvação de Deus e Sua provisão de vida é que as necessidades, a ânsia por explorar e o vazio espiritual do homem podem ser resolvidos. Se as pessoas de um país ou de uma nação forem incapazes de receber a salvação e o cuidado de Deus, então tal país ou nação trilhará a estrada para a ruína, para a escuridão, e será aniquilada por Deus.

Extraído de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Conhecimento é algo que todos consideram ser uma coisa positiva? No mínimo, as pessoas pensam que a conotação da palavra “conhecimento” é mais positiva do que negativa. Então, por que estamos dizendo aqui que Satanás usa o conhecimento para corromper o homem? A teoria da evolução não é um aspecto do conhecimento? As leis científicas de Newton não são uma parte do conhecimento? A atração gravitacional da terra também é uma parte do conhecimento, não é? (Sim.) Por que, então, o conhecimento está listado entre as coisas que Satanás usa para corromper a humanidade? Qual é a visão de vocês sobre isso? O conhecimento tem algum fiapo de verdade nele? (Não.) Então qual é a substância do conhecimento? Com base em que o homem aprende todo o conhecimento que ele adquire? É baseado na teoria da evolução? O conhecimento que o homem ganhou através de exploração e adição não se baseia no ateísmo? Algo desse conhecimento tem conexão com Deus? Ele está conectado com a adoração de Deus? Ele está conectado com a verdade? (Não.) Então como Satanás usa o conhecimento para corromper o homem? Eu acabei de dizer que nada desse conhecimento está conectado com a adoração de Deus ou com a verdade. Algumas pessoas pensam assim sobre isso: “Conhecimento pode não ter nada a ver com a verdade, mas ainda assim não corrompe as pessoas”. Qual é a opinião de vocês sobre isso? Você foi ensinado segundo o conhecimento de que a felicidade das pessoas deve ser criada com as próprias mãos? O conhecimento lhe ensinou que o destino do homem está em suas próprias mãos? (Sim.) Que tipo de conversa é essa? (É conversa diabólica.) Absolutamente correto! É conversa diabólica! Conhecimento é um tema complicado para se discutir. Você pode afirmar simplesmente que um campo de conhecimento nada mais é que conhecimento. É um campo do conhecimento que é aprendido sobre a base da não adoração a Deus e da falta de entendimento de que Deus criou todas as coisas. Quando estudam esse tipo de conhecimento, as pessoas não veem Deus como tendo soberania sobre todas as coisas; elas não veem Deus como responsável ou gerenciando todas as coisas. Em vez disso, tudo que elas fazem é pesquisar e explorar infinitamente essa área de conhecimento e buscar respostas baseadas no conhecimento. No entanto, não é verdade que, se as pessoas não creem em Deus e, em vez disso, somente buscam a pesquisa, elas jamais encontrarão as verdadeiras respostas? Tudo que o conhecimento pode lhe dar é um meio de subsistência, um emprego, uma renda para que você não passe fome; mas jamais fará você adorar a Deus e jamais manterá você longe do mal. Quanto mais você estudar o conhecimento, tanto mais você desejará se rebelar contra Deus, submeter Deus aos seus estudos, tentar Deus e resistir a Deus. Então, o que vemos agora que o conhecimento ensina às pessoas? É tudo filosofia de Satanás. As filosofias e as regras de sobrevivência espalhadas por Satanás entre os homens corruptos têm alguma relação com a verdade? Elas não têm nada a ver com a verdade e, de fato, são o oposto da verdade. As pessoas dizem com frequência: “Vida é movimento” e “O homem é ferro, o arroz é aço, o homem sente fome se pular uma refeição”; o que são esses ditos? São falácias e ouvi-las causa uma sensação de nojo. No assim chamado conhecimento do homem, Satanás embutiu bastante de sua filosofia para viver e do seu pensamento. E, ao fazer isso, ele permite que o homem adote seu pensamento, sua filosofia e seus pontos de vista, de modo que o homem possa negar a existência de Deus, negar o domínio de Deus sobre todas as coisas e sobre o destino do homem. Assim, à medida que os estudos do homem progridem e ele ganha mais conhecimento, ele sente que a existência de Deus se torna vaga e pode até deixar de sentir que Deus existe. Como Satanás adicionou pontos de vista, noções e pensamentos na mente do homem, o homem não foi corrompido durante esse processo? (Sim.) No que o homem baseia a sua vida agora? Ele realmente vive com base nesse conhecimento? Não; o homem está baseando sua vida nos pensamentos, nas visões e filosofias de Satanás que estão escondidos nesse conhecimento. É aí que ocorre a parte essencial da corrupção do homem por Satanás; essa é a meta de Satanás e seu método para corromper o homem.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único V’ em “A Palavra manifesta em carne”

Durante o processo de aquisição de conhecimento pelo homem, Satanás emprega todos os tipos de métodos, quer seja contando histórias, simplesmente dando-lhe alguma porção individual de conhecimento, quer seja permitindo que ele satisfaça seus desejos ou ambições. Por qual estrada Satanás quer conduzir você? As pessoas pensam que não há nada errado com a aquisição de conhecimento, que isso é totalmente natural. Para dizer isso de forma que soe mais atraente, fomentar ideais elevados ou ter ambições é ter impulso, e isso deveria ser a senda certa na vida. Não é uma maneira mais gloriosa de viver para as pessoas se elas podem realizar seus próprios ideais ou estabelecer uma carreira de forma bem-sucedida? Fazendo essas coisas, elas podem não só honrar seus ancestrais, mas também ter a chance de deixar uma marca na história — isso não é uma coisa boa? Isso é uma coisa boa aos olhos das pessoas mundanas, e para elas deveria ser correto e positivo. Satanás, todavia, com seus motivos sinistros, leva as pessoas para esse tipo de estrada, e não há nada mais nisso? É claro que não. Na verdade, não importa quão elevados sejam os ideais do homem, não importa quão realistas sejam seus desejos ou quão apropriados possam ser, tudo que o homem deseja alcançar, tudo que o homem busca está inextricavelmente ligado a duas palavras. Essas duas palavras são de vital importância para a vida de cada pessoa, e elas são coisas que Satanás pretende incutir no homem. Quais são essas duas palavras? São “fama” e “ganho”. Satanás usa um tipo de método muito sutil, um método muito mais de acordo com as noções das pessoas que de forma alguma é radical, através do qual ele faz com que as pessoas aceitem inadvertidamente o modo de vida de Satanás, suas regras para viver e para estabelecer metas de vida e seu rumo na vida e, ao fazê-lo, elas também chegam inadvertidamente a ter ambições na vida. Não importa o quanto essas ambições de vida possam parecer grandiosas, elas estão inextricavelmente ligadas a “fama” e “ganho”. Tudo que qualquer pessoa importante ou famosa — todas as pessoas na verdade — segue na vida tem relação unicamente com essas duas palavras: “fama” e “ganho”. As pessoas pensam que, uma vez que tenham fama e ganho, elas poderão tirar proveito dessas coisas para desfrutar de alto status e grande riqueza e aproveitar a vida. Pensam que fama e ganho são um tipo de capital que elas podem usar para obter uma vida de busca de prazer e desfrute irresponsável da carne. Por amor a essa fama e ganho que a humanidade tanto cobiça, as pessoas voluntariamente, ainda que inadvertidamente, entregam seu corpo, sua mente e tudo o que têm, seu futuro e destino a Satanás. Elas agem assim sem hesitar um instante sequer, sempre ignorantes da necessidade de recuperar tudo que entregaram. As pessoas podem reter qualquer controle sobre si mesmas uma vez que se refugiaram em Satanás dessa forma e se tornaram leais a ele? Certamente não. Elas são completa e totalmente controladas por Satanás. Elas afundaram completa e totalmente num atoleiro e são incapazes de se libertar. Uma vez que alguém está atolado em fama e ganho, ele já não busca aquilo que é claro, o que é justo nem aquelas coisas que são belas e boas. Isso é assim porque o poder sedutor que a fama e o ganho têm sobre as pessoas é grande demais; elas se tornam coisas para as pessoas buscarem por toda a sua vida e mesmo por toda a eternidade sem fim. Não é verdade? Algumas pessoas dirão que aprender o conhecimento nada mais é que ler livros ou aprender algumas coisas que elas não sabem ainda, para não ficar para trás dos tempos ou serem deixadas para trás pelo mundo. O conhecimento só é aprendido para que possam pôr comida na mesa, para o seu próprio futuro ou para prover as suas necessidades básicas. Há alguma pessoa que suportaria uma década de estudo árduo somente para as necessidades básicas, somente para resolver a questão da comida? Não, não existe ninguém assim. Então, por que uma pessoa sofre essas dificuldades e sofre durante todos esses anos? É por fama e ganho. Fama e ganho as estão esperando na distância, chamando por elas, e elas acreditam que é somente através de sua própria diligência, dificuldades e lutas que elas poderão seguir a estrada que as levará para obter fama e ganho. Tal pessoa deve sofrer essas dificuldades por sua própria senda futura, por seu desfrute futuro e para ganhar uma vida melhor. O que, afinal, é esse conhecimento — vocês podem Me dizer? Não são regras de vida incutidas nas pessoas, regras que Satanás ensina a elas no decurso de sua aquisição de conhecimento? Não são os ideais de vida elevados incutidos no homem por Satanás? Tome, por exemplo, as ideias das pessoas grandes, a integridade dos famosos ou o espírito corajoso das figuras heroicas ou tome ainda o cavalheirismo e a bondade dos protagonistas e espadachins nas novelas de artes marciais — não são todas elas maneiras como Satanás incute esses ideais. (Sim, elas são.) Essas ideias influenciam uma geração após outra, e as pessoas de cada geração são levadas a aceitar essas ideias, a viver por essas ideias e a buscá-las infinitamente. Esse é o caminho, o canal, através do qual Satanás usa o conhecimento para corromper o homem.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único VI’ em “A Palavra manifesta em carne”

O que o conhecimento humano traz consigo? Quando sabem mais, as pessoas se tornam mais devotas e temerosas de Deus ou se tornam mais insolentes? (Tornam-se mais insolentes.) Tendo aprendido muito, as pessoas se tornam complexas, dogmáticas, insolentes — mas há outra coisa que talvez não tenham percebido: quando adquirem muito conhecimento, as pessoas se tornam caóticas por dentro e acabam sem nenhum princípio, e quanto mais conhecimento adquirem, mais caóticas ficam. As respostas para as perguntas acerca de por que as pessoas vivem e o valor e o significado da vida humana podem ser encontradas no conhecimento? Podem ser encontradas conclusões quanto à origem e ao destino das pessoas? O conhecimento pode lhe dizer que você vem de Deus e foi criado por Deus? (Não.) O que, exatamente, as pessoas pesquisam ou o que se instilou nelas quando elas adquirem conhecimento? Coisas materiais, coisas ateístas, coisas que as pessoas podem ver e reconhecer, muitas das quais surgem de suas imaginações e simplesmente não são reais. O conhecimento também instila, nas pessoas, filosofias, ideologias, teorias, leis naturais e assim por diante, mas existem muitas coisas que ele não consegue explicar. Como os relâmpagos se formam, por exemplo, ou por que as estações mudam. O conhecimento pode lhe dar essas respostas? Por que, atualmente, o clima está mudando e ficando anormal? O conhecimento pode explicar isso? Pode resolver esse problema? (Não.) Ele não pode lhe falar das questões relacionadas à fonte de todas as coisas, portanto não pode resolver esses problemas. Há também aqueles que perguntam: “Como alguém poderia voltar a viver após a morte?”. O conhecimento lhe deu essa resposta? (Não.) O que, então, o conhecimento diz às pessoas? Ele fala às pessoas sobre muitos costumes e regras. A piedade filial, por exemplo, também é um tipo de conhecimento. De onde veio esse conhecimento? Ele é ensinado pela cultura tradicional. O que, então, todo esse conhecimento traz consigo? Qual é a essência do conhecimento? Neste mundo, existem muitas pessoas que leram o cânone literário, alcançaram um alto nível de educação e são instruídas, ou que dominaram o conhecimento num campo especializado. Então, na senda da vida, essas pessoas têm direção e propósito certos? Elas têm parâmetro e princípios para sua conduta? E, aprofundando isso, elas sabem adorar a Deus? E novamente aprofundando isso, elas entendem alguma verdade? (Não, não entendem.) O que, então, é o conhecimento? O que o conhecimento dá às pessoas? Neste mundo, as relações entre as pessoas são mais simples antes ou depois de elas terem adquirido conhecimento? (Antes.) O que isso mostra? O conhecimento torna as pessoas mais complicadas e intensifica sua falta de humanidade normal. É isso que ele faz com elas. E qual é a consequência disso? Quanto mais aprendem, mais as pessoas se afastam de Deus e negam a verdade, e mais intolerantes e absurdas se tornam.

Extraído de ‘Em que, exatamente, as pessoas têm confiado para viver’ em “Registros das falas de Cristo”

Vocês sabem como Deus considera o conhecimento? Alguns dizem que Deus deseja que o homem se torne cientificamente avançado e compreenda mais. É verdade que Deus deseja o melhor para o homem. Deus não deseja que o homem não entenda nada, que seja ignorante de tudo, mas Deus usa essas coisas a Seu serviço e não as aprova. Ele não as usa no lugar da verdade, nem as usa para compensar o que está faltando na humanidade das pessoas ou no intuito de mudar seus caracteres. As palavras de Deus ocasionalmente falam de pontos de vista e modos de olhar para o conhecimento. Elas falam um pouco de exemplos típicos, tais como o confucionismo ou as ciências sociais, e as palavras de Deus deveriam ter deixado claro que Deus despreza o conhecimento humano. O conhecimento humano não contém apenas frases e teorias simples. Há certas ideologias e visões contidas no conhecimento, bem como concepções absurdas e preconceitos das pessoas e os venenos de Satanás. Alguns conhecimentos podem até enganar e corromper as pessoas, e esse tipo de conhecimento é o veneno e o tumor canceroso de Satanás. Quando as pessoas o aceitam, ele entra em sua mente e elas são corrompidas e mantidas cativas por esse conhecimento. Assim, quanto mais conhecimento as pessoas ganham e quanto mais compreendem, mais difícil é para elas acreditar na existência de Deus. Em vez disso, elas negam e resistem a Deus, pois o conhecimento é visual e materialista e ensina você a estudar e compreender as coisas que podem ser vistas e tocadas no mundo. O conhecimento não pode capacitá-lo a compreender a raiz de um problema nem a sentir como ele se relaciona com o mundo espiritual. O conhecimento que as pessoas compreendem está em oposição às palavras de Deus e vai totalmente contra as palavras de Deus e a verdade. Digamos que você lê livros de história, as obras de autores famosos, biografias de grandes figuras, ou que estuda certo aspecto da ciência. O que você ganha? As pessoas que estudam a física, por exemplo, compreendem certos princípios da física — a teoria de Newton ou alguma outra teoria — e uma vez que você estudou essas coisas, elas controlam a sua mente, elas direcionam seus pensamentos e então, quando você ler as palavras de Deus, você dirá a si mesmo: “Como é que as palavras de Deus não falam nada sobre a gravidade? Ou o espaço? A lua tem atmosfera? Quanto oxigênio existe na terra? Como é que Deus não fala nada disso? Deus deveria revelar essas coisas. Essas são as coisas que precisam ser reveladas, isso é o que Deus deveria contar à humanidade”. Você não forma tal opinião? Você coloca a verdade, as palavras de Deus, numa posição secundária, e quando você aborda as palavras de Deus, você coloca o conhecimento e a teoria que você estudou em primeiro lugar. Não importa, esses tipos de conhecimento podem causar sentimentos incorretos às pessoas e fazê-las se distanciarem de Deus. Quer acreditem, quer não, se podem aceitá-los hoje ou não, um dia vocês admitirão esse fato. O conhecimento pode levar as pessoas à ruína e pode levá-las ao inferno. Vocês são capazes de entender isso completamente? Algumas pessoas podem não estar dispostas a aceitar essas palavras, pois existem aqueles entre vocês que possuem muito conhecimento, que se consideram altamente educados. Não estou satirizando nem tirando sarro de vocês; isso é fato. E não estou pedindo que vocês aceitem isso imediatamente. Estou simplesmente pedindo que vocês gradualmente venham a reconhecer essas coisas. O conhecimento pode se transformar em um muro que o impede de conhecer a Deus e de experimentar a obra de Deus. Pode dificultar que você se aproxime de Deus, pode afastá-lo de Deus e pode fazer com que você aborde e examine tudo que Deus faz usando sua mente e seu conhecimento. Então o que você deveria fazer já que tem conheciment agora? Você deveria tentar reconhecer e dissecar as coisas que são categorizadas como conhecimento, e entender como elas dificultam e interrompem seu relacionamento normal com Deus, e interrompem sua entrada normal em sua fé em Deus. É assim que você deveria entender o conhecimento. Vocês deveriam ter a compreensão correta desse tema.

Extraído de ‘O que é uma mudança de caráter e a senda para uma mudança de caráter’ em “Registros das falas de Cristo”

O que é ciência? Falando claramente, a ciência consiste nos pensamentos e nas teorias de coisas sobre as quais o homem é curioso, coisas que são desconhecidas e que não lhe foram ditas por Deus; a ciência consiste nos pensamentos e nas teorias sobre os mistérios que o homem quer explorar. Qual é o escopo da ciência? Pode-se dizer que como é bastante amplo; o homem Pesquisa e estuda tudo que lhe interessa. A ciência envolve pesquisar os detalhes e as leis dessas coisas e, então, expor teorias plausíveis que fazem todos pensar: “Esses cientistas são realmente sensacionais! Eles sabem tanta coisa, o suficiente para entender essas coisas!” Eles têm tanta admiração pelos cientistas, não têm? As pessoas que pesquisam a ciência, que tipo de visões elas têm? Elas não querem pesquisar o universo, pesquisar as coisas misteriosas em sua área de interesse? Qual é o resultado final disso? Em algumas das ciências, as pessoas tiram suas conclusões através de conjeturas, e em outras, elas se baseiam na experiência humana para tirar suas conclusões. E ainda em outros campos científicos, as pessoas chegam às suas conclusões com base em observações históricas e contextuais. Não é assim? Então o que a ciência faz pelas pessoas? O que a ciência faz é meramente permitir que as pessoas vejam os objetos no mundo físico e satisfaz a curiosidade do homem, mas ela não pode capacitar o homem ver as leis pelas quais Deus tem domínio sobre todas as coisas. O homem parece encontrar respostas na ciência, mas essas respostas são enigmáticas e trazem satisfação apenas temporária, uma satisfação que só serve para confinar o coração do homem no mundo material. O homem sente que recebeu respostas da ciência, de modo que, para qualquer questão que surgir, ele usa suas visões científicas como base para provar e aceitar aquela questão. O coração do homem fica possuído pela ciência e é seduzido por ela ao ponto em que o homem não mais ter a condição mental de conhecer a Deus, adorar a Deus e crer que todas as coisas provêm de Deus e que o homem deveria olhar para Ele para obter respostas. Não é assim? Quanto mais uma pessoa crê na ciência, mais absurda ela se torna, crendo que tudo tem uma solução científica, que a pesquisa pode resolver qualquer coisa. Ela não busca Deus e não crê que Ele existe; até mesmo algumas pessoas que seguiram a Deus por muitos anos pesquisarão bactérias por capricho ou buscarão alguma informação para responder uma questão. Tais pessoas não veem as questões sob a perspectiva da verdade e, na maioria dos casos, querem confiar em visões ou conhecimento científicos ou soluções científicas para resolver os problemas; elas não confiam em Deus nem buscam Deus. Pessoas como essas têm Deus em seu coração? (Não.) Há até algumas pessoas que querem pesquisar Deus do mesmo modo como estudam a ciência. Por exemplo, muitos especialistas religiosos foram até a montanha onde a arca veio a repousar e assim provaram a existência da arca. Mas na aparição da arca, eles não veem a existência de Deus. Eles creem apenas nas narrativas e na história; esse é o resultado de sua pesquisa científica e do estudo do mundo material. Se você pesquisar coisas materiais, seja na microbiologia, na astronomia ou na geografia, você jamais encontrará um resultado que determina que Deus existe ou que Ele tem soberania sobre todas as coisas. Então, o que a ciência faz pelo homem? Ela não distancia o homem de Deus? Ela não faz com que as pessoas submetam Deus aos estudos? Isso não deixa as pessoas com mais dúvidas sobre a existência de Deus? (Sim.) Então, como Satanás pretende usar a ciência para corromper o homem? Satanás não quer usar conclusões científicas para enganar e entorpecer as pessoas e usar as respostas ambíguas para reter o coração das pessoas, para que elas não investiguem ou acreditem na existência de Deus? (Sim.) Essa é, portanto, a razão pela qual Eu digo que a ciência é uma das maneiras pelas quais Satanás corrompe as pessoas.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único V’ em “A Palavra manifesta em carne”

Satanás usa o nome da ciência para satisfazer a curiosidade do homem, o desejo do homem de explorar a ciência e investigar mistérios. Em nome da ciência, Satanás satisfaz as necessidades materiais do homem e a exigência do homem de melhorar a sua qualidade de vida continuamente. Assim, é com esse pretexto que Satanás usa a ciência para corromper o homem. É apenas o pensamento do homem ou a mente do homem que Satanás corrompe usando a ciência dessa maneira? Das pessoas, eventos e coisas à nossa volta que podemos ver e com as quais entramos em contato, o que mais deles Satanás corrompe com a ciência? (O ambiente natural.) Correto. Parece que vocês foram profundamente prejudicados por isso e profundamente afetados. Além de usar todas as variadas descobertas e conclusões da ciência para iludir o homem, Satanás também usa a ciência como um meio para levar a cabo a destruição arbitrária e a exploração do ambiente de vida que foi dado ao homem por Deus. Ele o faz sob o pretexto de que, se o homem realizar pesquisas científicas, então o ambiente de vida do homem e a qualidade de vida progredirá constantemente e, além disso, que o o propósito do desenvolvimento científico serve para atender às crescentes necessidades materiais diárias das pessoas e à sua necessidade de melhorar continuamente a sua qualidade de vida. Essa é a base teórica do desenvolvimento da ciência por Satanás. No entanto, o que a ciência tem trazido para a humanidade? Em que consiste o ambiente ao que estamos conectados? O ar que a humanidade respira não se tornou poluído? A água que bebemos ainda é realmente pura? (Não.) A comida que consumimos é natural? A maior parte é cultivada com o uso de fertilizantes químicos e com o uso de modificação genética, e há também mutações causadas através do uso de vários métodos científicos. Até os vegetais e frutas que comemos não são mais naturais. Até ovos naturais são difíceis de encontrar e ovos não têm mais o mesmo sabor de antigamente, já tendo sido processados pela chamada ciência de Satanás. Observando o quadro maior, a atmosfera inteira foi destruída e poluída; montanhas, lagos, florestas, rios, oceanos e tudo acima e abaixo do solo foram arruinados pelas chamadas conquistas científicas. Em suma, todo o ambiente natural, o ambiente de vida dado por Deus à humanidade foi destruído e arruinado pela chamada ciência. Embora haja muitas pessoas que têm obtido o que sempre esperavam em termos da qualidade de vida que buscam, satisfazendo seus desejos e sua carne, o ambiente em que o homem vive foi basicamente destruído e arruinado pelas várias “conquistas” trazidas pela ciência. Agora, não temos mais o direito de respirar um só fôlego de ar puro. Não é essa a tristeza da humanidade? Ainda resta alguma felicidade para o homem da qual se possa falar quando ele é obrigado a viver nesse tipo de espaço? Esse espaço e ambiente de vida em que o homem vive foi, desde o início, criado por Deus para o homem. A água que as pessoas bebem, o ar que as pessoas respiram, os alimentos que as pessoas comem, as plantas, as árvores e os oceanos — cada parte desse ambiente de vida foi dada ao homem por Deus; é natural, operando de acordo com uma lei natural estabelecida por Deus. Se não houvesse ciência, as pessoas seriam felizes e poderiam ter desfrutado de todas as coisas em seu estado mais puro, de acordo com o modo de Deus e de acordo com o que Deus lhes concedeu para desfrutar. Agora, no entanto, tudo isso foi destruído e arruinado por Satanás; o espaço de vida fundamental do homem não é mais puro. Mas ninguém é capaz de reconhecer o que causou isso ou como isso veio a ocorrer, e muitas outras pessoas abordam a ciência e a entendem através de ideias incutidas nelas por Satanás. Isso não é totalmente detestável e lamentável? Agora que Satanás se apossou do espaço em que as pessoas existem e também de seu ambiente de vida e os corrompeu até esse estado, e com a humanidade continuando a se desenvolver dessa maneira, há alguma necessidade de Deus destruir pessoalmente essas pessoas? Se as pessoas continuarem a se desenvolver dessa forma, que direção elas tomarão? (Elas serão exterminadas.) Como elas serão exterminadas? Além de sua busca gananciosa por fama e ganho, as pessoas seguem realizando explorações científicas e se aprofundam nas pesquisas, e então, incessantemente, agem de tal modo a satisfazer suas necessidades materiais e seus desejos; quais são, então, as consequências para o homem? Primeiramente, o equilíbrio ecológico está danificado, e quando isso acontece, o corpo das pessoas, seus órgãos internos, é manchado e danificado por esse ambiente desequilibrado, e várias doenças infecciosas e pestes se espalham pelo mundo afora. Não é verdade que esta é agora uma situação sobre a qual o homem não tem mais controle? Agora que vocês entendem isso, se a humanidade não seguir a Deus, mas sempre seguir Satanás dessa maneira — usando o conhecimento para enriquecer-se continuamente, usando a ciência para explorar incessantemente o futuro da vida humana, usando esse tipo de método para continuar vivendo — vocês conseguem reconhecer como isso terminará para a humanidade? (Significará extinção.) Sim, terminará em extinção: a humanidade se aproxima cada vez mais de sua própria extinção um passo após o outro! Parece agora que a ciência é algum tipo de poção mágica que Satanás preparou para o homem, de modo que, quando vocês tentam discernir as coisas, vocês o fazem através de uma neblina densa; não importa com que intensidade vocês olhem, não conseguem enxergar as coisas claramente, e por mais que tentem, não conseguem entendê-las. Satanás, no entanto, usa o nome da ciência para aguçar seu apetite e conduzi-lo pelo nariz, um pé adiante do outro, em direção ao abismo e à morte.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único VI’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nenhuma quantidade de entendimento do conhecimento, das teorias e da erudição do mundo material pode substituir um entendimento da verdade. Somente entendendo a verdade, as palavras de Deus e o fato e a realidade do domínio de Deus sobre todas as coisas é que se pode entender tudo e não ter arrependimentos. Mesmo se morressem no dia de hoje, eles sentiriam que viveram na presença do Senhor da criação e que sua morte está nas mãos de Deus. Sentiriam que estão morrendo sob a soberania de Deus, e que serão consolados em seu coração, livres de medo e arrependimentos; pois se vivem ou morrem está completamente nas mãos de Deus, e não há nada que temer e nada do que se arrepender. Aqueles que estão familiarizados com muito conhecimento, que estudam ciência e mistérios, não entendem a verdade; tais pessoas acham que entender e pesquisar tais coisas vale a pena, e, como resultado, seu pensamento se torna confuso quanto mais eles entendem essas coisas. Aqueles que aceitam a obra de Deus dos últimos dias são os mais inteligentes. Após passarem por vários anos de julgamento e castigo, eles vêm a entender inconscientemente o propósito do gerenciamento da humanidade por Deus, bem como o mistério de Seu gerenciamento e salvação da humanidade. Passam a entender a vontade de Deus e a conhecer Sua soberania. Eles se sentem à vontade em sua vida, que sua vida é enriquecida e significativa. Deus permite que você viva, e, se você consegue viver para o bem de Deus e para o bem de desempenhar o dever de um ser criado, então está vivendo uma vida significativa. Se você vive a vida de um cadáver ambulante, destituído de espírito, nem aceitando nem entendendo a verdade, vivendo só pela carne, então não está vivendo uma vida significativa, pois sua vida não tem valor.

Extraído da comunhão de Deus

Se as pessoas têm um entendimento genuíno do caráter de Deus e podem dar um louvor sincero à Sua santidade e justiça, então isso significa que elas verdadeiramente O conhecem e possuem a verdade; só então elas vivem na luz. Somente quando a visão do mundo e da vida de uma pessoa muda, ela passa por uma transformação fundamental. Quando alguém tem um objetivo de vida e se comporta segundo a verdade; quando ele se submete totalmente a Deus e vive segundo Suas palavras; quando se sente em paz e iluminado até o fundo de sua alma; quando seu coração está liberto da escuridão; quando consegue viver de forma completamente livre e irrestrita na presença de Deus, só então é que ele leva uma vida humana genuína, só então ele se tornou uma pessoa que possui a verdade. Além disso, todas as verdades em sua posse vieram das palavras de Deus e do Próprio Deus. O Governante de todo o universo e de todas as coisas, o Deus Altíssimo, o aprova como uma pessoa real que vive uma vida humana verdadeira. O que poderia ser mais significativo que a aprovação de Deus? É isso que significa estar em posse da verdade. No mundo de hoje, que é dominado por Satanás e durante todos os milhares de anos de história, quem dentre toda a humanidade obteve a vida? Ninguém. Isso é assim porque todos os humanos são pessoas que resistiram a Deus. Tudo pelo que viveram a vida e sobreviveram veio de Satanás, foi aceito de Satanás e está em exata oposição às palavras de Deus. Assim, os humanos são seres que resistem a Deus e que sofrem Suas maldições, de modo que não têm vida sobre a qual falar. Mesmo que queiram “deixar sua marca”, “ter seus nomes passados para uma centena de gerações”, “desfrutar de glória eterna” e “ter um nome eterno”, todas essas coisas são tolice. Fato é que eles foram amaldiçoados por Deus desde o início, para nunca reencarnarem. As palavras dos famosos, quem quer que sejam, não concordam fundamentalmente com Deus, e todos são punidos no décimo oitavo nível do Inferno depois que morrem. Só Deus é a verdade. Deus controla os céus, a terra e tudo que há neles e governa sobre tudo. Não acreditar em Deus e não se submeter a Deus é ser incapaz de obter a verdade. Se viver de acordo com as palavras de Deus, então, na profundeza do seu coração, você se sentirá alegre à vontade e também desfrutará de uma doçura incomparável. Quando isso acontecer, você terá verdadeiramente obtido a vida. Não importa quão grandes sejam as conquistas científicas dos cientistas do mundo, assim que se aproximarem da morte, eles se sentirão de mãos vazias e que não obtiveram nada. Até Einstein e Newton, a despeito de terem tanto conhecimento, sentiram-se vazios, porque não tinham a verdade. Embora acreditassem em Deus, eles só sabiam de Sua existência e que era bom acreditar Nele — mas não buscaram a verdade. Simplesmente estudaram a ciência e descobriram que existe mesmo um Deus, e acreditaram Nele até o fim, cem por cento convictos de que Deus existe e cem por cento convictos de que Ele criou os céus, a terra e todas as coisas. Eles só buscaram o conhecimento científico; não buscaram conhecer a Deus. Não ganharam a verdade nem ganharam a verdadeira vida. A senda que vocês estão trilhando hoje não é a senda que eles trilharam. O que vocês buscam é conhecer a Deus, como se submeter a Ele, como adorá-Lo e como viver uma vida significativa; tudo isso é completamente diferente daquilo que eles buscaram. Agora, o Deus encarnado lhes falou sobre todos os aspectos da verdade e concedeu a vocês o caminho da verdade e da vida; seria tolice vocês não buscarem a verdade.

Extraído de ‘Como conhecer a natureza do homem’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 151. Os princípios para tratar a cultura e o conhecimento práticos

Próximo: 153. Os princípios para tratar as teorias teológicas da religião

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro