18. Os princípios para confiar em Deus e admirá-Lo

(1) É necessário saber que Deus criou tudo e que é soberano sobre tudo e ter fé que todos os eventos e coisas estão em Suas mãos. Só assim se pode confiar verdadeiramente Nele e admirá-Lo;

(2) Através da prática de confiar em Deus e admirá-Lo, pode-se ver Seus atos e conhecer Sua onipotência e sabedoria, vindo gradualmente a reverenciá-Lo e se submeter a Ele;

(3) É necessário exaltar Cristo como grandioso. Somente Cristo pode expressar a verdade. Crendo que as palavras de Deus realizam tudo, a pessoa é naturalmente capaz de seguir e testificar a Cristo;

(4) Diante de provações e tribulações, é necessário buscar a verdade e orar a Deus de acordo com Suas palavras na tentativa de compreender Sua vontade. Somente colocando a verdade em prática é possível permanecer firme em seu testemunho.

Palavras de Deus relevantes:

A maior sabedoria é olhar para Deus e confiar em Deus em todas as coisas. Isso é algo que a maioria das pessoas não entendeu. Em que elas acreditam, em vez disso? “Eu estudo mais, ouço mais e leio muitas das palavras de Deus, participo de muitas reuniões, aprendo muitas habilidades e muitos hinos. Então oro ainda mais, comungo ainda mais com irmãos e irmãs, cumpro mais os meus deveres, sofro mais, pago um preço maior, abandono ainda mais coisas, e talvez essa seja a maior sabedoria”. Mas você ignorou o objetivo final de fazer tudo isso. Independentemente de quanta verdade a pessoa entende, de quantos deveres ela cumpriu, de quanto experimentou enquanto cumpria aqueles deveres, de quão grande ou pequena seja a estatura da pessoa, ou de que tipo de ambiente ela se encontre, do que não se pode abrir mão é olhar para Deus e confiar Nele em tudo que fizer. Esse é o maior tipo de sabedoria. Por que Eu digo que essa é a maior sabedoria? Mesmo que se tenha vindo a entender muitas verdades, isso bastará se não se confiar em Deus? Algumas pessoas, após terem acreditado em Deus durante um pouco mais de tempo, vieram a entender algumas verdades e passaram por algumas provações. Podem ter ganho um pouco de experiência prática, mas não sabem como confiar em Deus nem entendem como olhar para Deus e confiar Nele. Tais pessoas possuem sabedoria? São as pessoas mais tolas e são do tipo que se acha esperto; não temem a Deus e não evitam o mal. Algumas pessoas dizem: “Entendo muitas verdades e possuo verdade-realidade. Não há nada de errado em apenas fazer as coisas de modo baseado em princípios. Eu sou leal a Deus e sei como me aproximar Dele. Não basta que eu confie na verdade?”. “Confiar na verdade” funciona bem, falando em termos doutrinais. No entanto, há muitos momentos e situações em que as pessoas não sabem qual é a verdade ou quais são as verdades-princípio. Todos aqueles que têm experiência prática sabem disso. Por exemplo, quando encontra algum problema, você pode não saber como a verdade relevante para esse problema deve ser praticada ou aplicada. O que você deveria fazer em momentos assim? Não importa quanta experiência prática tenha, você não pode estar em posse da verdade em todas as situações. Não importa quantos anos você tenha acreditado em Deus, quantas coisas tenha experimentado e quanta poda, tratamento ou disciplina tenha experimentado, você é a fonte da verdade? Algumas pessoas dizem: “Conheço de cor todas aquelas declarações e passagens conhecidas no livro ‘A Palavra manifesta em carne’. Não preciso confiar em Deus ou olhar para Ele. Quando vier a hora, estarei bem confiando apenas nessas palavras de Deus”. As palavras que você decorou são estáticas, mas os ambientes que você encontra — como também seus estados — são dinâmicos. Ter uma compreensão das palavras literais e falar sobre muitas doutrinas espirituais não equivale a um entendimento da verdade, muito menos equivale a compreender a vontade de Deus em cada situação. Assim, há aqui uma lição muito importante a ser aprendida: é que as pessoas precisam olhar para Deus em todas as coisas, e que, ao fazê-lo, elas podem alcançar uma confiança em Deus. Só ao confiar em Deus elas terão uma senda a seguir. Caso contrário, você pode fazer algo corretamente e em conformidade com as verdades-princípio, mas se não confiar em Deus, suas ações nada mais são senão feitos de homem e não satisfarão necessariamente a Deus. Visto que as pessoas têm um entendimento tão superficial da verdade, é provável que elas sigam regras e se agarrem obstinadamente a letras e doutrinas usando essa mesma verdade quando enfrentarem situações variadas. É possível que possam completar muitas questões em conformidade geral com as verdades-princípio, mas nem a orientação de Deus nem a obra do Espírito Santo podem ser vistas nisso. Existe um problema sério aqui, que é que as pessoas fazem muitas coisas em dependência de sua experiência, das regras que entenderam e de certas imaginações humanas. Mal conseguem alcançar o melhor dos resultados, que vem através do entendimento claro da vontade de Deus quando olham para Ele e oram Ele e, então, confiam na Sua obra e orientação. Por essa razão, Eu digo que a maior sabedoria é olhar para Deus e confiar Nele em todas as coisas.

Extraído de ‘Os crentes devem começar enxergando as tendências malignas do mundo’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Como você deve praticar olhar para Deus e confiar Nele? Algumas pessoas dizem: “Eu sou jovem, minha estatura é baixa, e acredito em Deus há pouco tempo. Não sei como olhar para Deus, portanto olhar para Deus é difícil para mim. Também não sei como confiar em Deus”. Isso é um problema? Olhar para Deus é uma doutrina vazia? É uma formalidade? Não. Algumas pessoas dizem: “A maioria das coisas pelas quais olhamos para Deus são nossos deveres. Não precisamos olhar para Deus no que diz respeito às nossas bagatelas pessoais. Deus não se importa com elas”. Essa interpretação é correta? (Não, é errada.) Então, em quais coisas as pessoas devem olhar para Deus? (Em todas as coisas.) O que significa “em todas as coisas”? (Tanto se uma questão for grande quanto se for pequena, devemos olhar para Deus e confiar Nele.) Algumas envolvem as coisas da humanidade normal, tais como escovar os dentes, lavar o rosto e comer. Não há nada de errado em tratar dessas coisas por conta própria, mas você deve orar e olhar para Deus quando se deparar com situações excepcionais. Suponha que seu estômago está lhe causando desconforto hoje e está afetando seus deveres. Então você deve orar, dizendo: “Ó Deus, meu estômago está me causando desconforto hoje. Eu comi algo errado, peguei um resfriado ou Tu estás me disciplinando por não ser devoto aos meus deveres? Oro a Ti por esclarecimento e orientação”. Você deve clamar a Deus dessa maneira; é isso que significa “olhar para Deus”. Mas você não deve permitir que seu olhar para Deus influencie todas as suas atividades de humanidade normal. Depois de orar e olhar para Deus, você deve ir e fazer sua refeição como sempre. Se não conseguir fazer sua refeição, procure algo mais apropriado para comer. Se seu estômago doer demais, tome algum remédio; e você deve também orar e buscar. Você deve trabalhar com as coisas com as quais deveria trabalhar na humanidade normal e não ir à procura de sentimentos. Mesmo assim, deve buscar e olhar para Deus nessa questão. Depois, é possível que Deus esclareça você por meio de alguma questão, e você perceberá inconscientemente que manifestou algum comportamento durante seus deveres que não é lá muito bom. Depois de perceber isso, você deve, então, refletir imediatamente. Deve confessar seus pecados e se arrepender diante de Deus: “Ó Deus, meu propósito não é puro quando cumpro meus deveres, confio em minha vontade própria. Sou tão instável e afetei o progresso dos meus deveres. Agradeço por Tua disciplina e por Tua repreensão. Não farei isso de novo. Oro para que Tu me guies e me perdoes desta vez”. Depois de orar, seu coração está em paz. E sem que você perceba, sua doença melhora aos poucos. O homem deve fazer o que deve fazer, mas enquanto estiver fazendo isso, ele não deve se esquecer de confiar em Deus — essa é uma maneira de praticar. Quando você olha para Deus, é possível que Ele não lhe dê qualquer sentimento ou ideias claras, muito menos quaisquer direções claras, mas Ele permite que você tenha algum entendimento. Ou talvez, dessa vez, você não tenha entendido nada, mesmo assim é correto que você olhe para Deus. As pessoas que praticam dessa maneira não o fazem para seguir regras, mas por causa da necessidade de seu coração e porque é como o homem deve praticar. Não é que você possa obter esclarecimento e orientação toda vez que você olhar para Deus e clamar a Ele; esse estado espiritual na vida do homem é normal e natural, e olhar para Deus é a interação normal com Deus no coração das pessoas.

Às vezes, confiar em Deus não significa pedir a Deus que faça algo usando palavras específicas, nem pedir Sua orientação ou proteção específicas. Ao contrário, é quando encontram algum problema que as pessoas são capazes de invocá-Lo sinceramente. Então, o que Deus está fazendo ali quando as pessoas o invocam? Quando o coração da pessoa se agita e ela pensa: “Ó Deus, não consigo fazer isso sozinha, não sei como fazer e me sinto fraca e negativa…”, quando esses pensamentos surgem nela, Deus não sabe disso? Quando esses pensamentos surgem, o coração das pessoas é sincero? Quando elas invocam Deus sinceramente dessa maneira, Deus concorda em ajudá-las? Apesar do fato de poderem não ter dito uma palavra, elas mostram sinceridade, e assim Deus concorda em ajudá-las. Quando alguém encontra uma dificuldade especialmente espinhosa, quando não tem ninguém a quem recorrer, quando se sente particularmente desamparado, ele coloca sua única esperança em Deus. Como são suas orações? Qual é o seu estado de espírito? Ele é sincero? Existe alguma adulteração nesse momento? Só quando confia em Deus como se Ele fosse a última gota a que você se agarra para salvar sua vida, esperando que Ele o ajude, é que seu coração é sincero. Embora você possa não ter dito muito, seu coração já se mexeu. Isto é, você dá o seu coração sincero a Deus e Deus ouve. Quando ouve, Deus vê suas dificuldades e Ele irá esclarecer você, guiar você e ajudar você.

Extraído de ‘Os crentes devem começar enxergando as tendências malignas do mundo’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Por mais fraco e passivo que esteja, por mais prejudicado e negativo que se sinta, conte para Deus. Não trate Deus como um estranho; você pode esconder isso de todos, mas não esconda de Deus, pois Deus é o Único em que você pode confiar, Ele é o Único que pode salvá-lo. Somente se as pessoas vierem para diante de Deus essas coisas serão resolvidas. Confiar nos outros é inútil. E então, quando as pessoas se deparam com aquilo que mais tende a torná-las fracas e passivas, as mais sábias de todas são aquelas que conseguem vir para diante de Deus e confiar Nele. São somente os tolos que se mantêm mais longe de Deus e mais se escondem Dele quando surgem eventos importantes e cruciais e quando sua necessidade de confiar Nele é maior, e ficam matutando sobre essas coisas em seu coração. E o que acontece enquanto ficam matutando sobre elas? Essas queixas se transformam em oposição, e a oposição se torna resistência e clamor contra Ele. Essas pessoas se tornam incompatíveis com Deus, e seu relacionamento com Deus é rompido totalmente. Mas quando se depara com tal fraqueza e passividade, mesmo assim você decide vir para diante de Deus, aceita a soberania de Deus sobre você, aceita Seus arranjos e orquestrações, sua atitude é uma atitude de obediência, e quando Deus vê sua sinceridade e quando Ele vê sua fraqueza, Ele sabe como guiá-lo, sabe como tirá-lo da fraqueza e passividade. E assim, sob a orientação de Deus, essas coisas se tornam fáceis e triviais; sem que você perceba, Deus ajuda você a dispersá-las, inconscientemente, você encontra uma saída e, inconscientemente, se torna mais forte e deixa de ser fraco. Quando olha para trás, você se pergunta como sua fraqueza na época pôde ser tão infantil. Mas as pessoas são assim, infantis. Sem o apoio de Deus, jamais serão capazes de passar da infantilidade e da estupidez para a maturidade. Somente quando, enquanto experimentam essas coisas infantis, as pessoas aceitam e se submetem aos poucos à soberania de Deus e ativamente encaram de frente essas questões, buscando os princípios e a vontade de Deus — em vez de, quanto mais se deparam com tais coisas, elas mais se afastam de Deus, mais se escondem de Deus e mais resistem e se opõem a Deus, e não contam nada para Deus nem leem Suas palavras, nada disso sendo seu estado — somente então as pessoas amadurecem cada vez mais e se tornam cada vez mais adultas.

Extraído de ‘Identificando falsos líderes (17)’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Deus Todo-Poderoso domina todas as coisas e ocorrências! Enquanto nós O admirarmos em nosso coração o tempo todo e entrarmos no espírito e tivermos comunhão com Ele, Ele nos mostrará todas as coisas que buscamos, e Sua vontade certamente será revelada a nós. Nosso coração estará em alegria e paz, firme em perfeita clareza. É crucial ser capaz de agir de acordo com Suas palavras. Só sendo capaz de compreender Sua vontade e de viver na dependência de Suas palavras conta como experiência verdadeira.

Extraído de ‘Capítulo 7’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Você deve alcançar entrada pelo lado da positividade. Se você esperar passivamente, então você ainda está sendo negativo. Você deve ser proativo em cooperar Comigo; seja diligente e nunca seja preguiçoso. Sempre comunique-se Comigo e alcance uma intimidade ainda mais profunda Comigo. Se você não entender, não se impaciente por resultados rápidos. Não é que Eu não vá lhe dizer; é que quero ver se você confia em Mim ou não quando está em Minha presença e se você tem ou não confiança em depender de Mim. Você deve sempre permanecer perto de Mim e colocar todos os assuntos em Minhas mãos. Não volte em vão. Depois de ter ficado inconscientemente perto de Mim por um período de tempo, Minhas intenções serão reveladas a você. Se as captar, você ficará verdadeiramente face a face Comigo, e verdadeiramente terá encontrado a Minha face. Você terá muita clareza e firmeza por dentro e você terá algo em que confiar. Você também terá, então, poder, assim como confiança, e você também terá uma senda adiante. Tudo virá facilmente para você.

Extraído de ‘Capítulo 9’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

O propósito de tudo o que é arranjado neste momento é treiná-los para que vocês possam crescer em sua vida, para tornar o espírito de vocês perspicaz e aguçado, e para abrir seus olhos espirituais de modo que vocês reconheçam quais são as coisas que vêm de Deus. O que vem de Deus faz com que você possa servir com capacidade e fardo e ser firme em espírito. Todas as coisas que não vêm de Mim são vazias; elas não lhe dão nada, elas causam um vazio em seu espírito e fazem com que você perca a sua fé e coloque distância entre Mim e você, prendendo-o na própria mente. Agora você pode transcender tudo no mundo secular quando você vive no espírito, mas viver em sua mente é ser capturado por Satanás; isso é um beco sem saída. É muito simples agora: olhe para Mim com seu coração, e imediatamente seu espírito ficará forte. Você terá uma senda para a prática, e Eu guiarei cada passo seu. Minha palavra será revelada a você em todos os momentos e em todos os lugares. Não importa onde ou quando, ou quão adverso seja o ambiente, Eu o farei ver claramente, e Meu coração lhe será revelado, se você olhar para Mim com o seu; dessa maneira, você correrá toda a estrada adiante e nunca perderá seu caminho.

Extraído de ‘Capítulo 13’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Não é que a sua fé seja boa ou pura, mas, antes, é a Minha obra que é maravilhosa! Tudo se deve à Minha misericórdia! Você não deve ter o menor caráter corrompido de egoísmo ou arrogância, caso contrário Eu não operarei em você. Você precisa entender claramente que se os homens caem ou ficam fortes não é por causa deles; é por causa de Mim. Hoje, se você não entender esse passo com clareza, certamente deixará de entrar no reino! Você precisa entender que o que está sendo feito hoje é a obra maravilhosa de Deus; não tem nada a ver com o homem. Para que valem as ações do homem? Quando não estão sendo egoístas, arrogantes e orgulhosos, eles estão interrompendo o gerenciamento de Deus e destruindo Seus planos. Ah, os corruptos! Você precisa vir a confiar em Mim hoje; se não o fizer, hoje Eu lhe direi que você nunca conseguirá nada! Tudo será em vão e seus empreendimentos serão inúteis!

Extraído de ‘Capítulo 38’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

As pessoas passam a maior parte de seu tempo vivendo em um estado de inconsciência. Elas não sabem se devem confiar em Deus ou em si mesmas. Então, elas tendem a escolher confiar em si mesmas e nas condições e ambientes benéficos à sua volta, bem como em quaisquer pessoas, eventos e coisas que sejam vantajosas para elas. É nisso que as pessoas são melhores. No que são piores é em confiar em Deus e olhar para Ele, porque acham que levantar os olhos para Deus é incômodo demais, não conseguem ver, não conseguem tocar — e acham que fazer isso é tão vago e irreal. Por isso, nesse aspecto de suas lições, as pessoas têm o pior desempenho, e sua entrada nelas é a mais superficial. Se você não aprender a como olhar para Deus e confiar Nele, nunca verá Deus trabalhar em você, guiá-lo ou iluminá-lo. Se você não puder ver essas coisas, então questões como “se Deus existe e se Ele guia tudo na vida da humanidade” terminarão, na profundeza do seu coração, com um ponto de interrogação em vez de um ponto final ou ponto de exclamação. “Deus guia tudo na vida da humanidade?” “Deus observa as profundezas do coração do homem?” Por que motivo você transforma isso em perguntas? Se não confiar verdadeiramente em Deus ou não olhar para Ele, você não será capaz de dar origem a uma fé genuína Nele. Se você não puder dar origem a uma fé genuína Nele, então, para você, esses pontos de interrogação existirão sempre, acompanhando tudo o que Deus faz, e não haverá pontos finais.

Extraído de ‘Os crentes devem começar enxergando as tendências malignas do mundo’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Anterior: 17. Os princípios para temer a Deus e evitar o mal

Próximo: 19. Os princípios para salvaguardar um relacionamento normal com Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro