9. Os princípios para praticar as devoções diárias

(1) Quando o caráter corrupto de alguém é revelado, ele deve fazer devoções. Deve se engajar na autorreflexão e se conhecer com base nas palavras de Deus e tratar a expressão do seu caráter corrupto;

(2) A autorreflexão devocional exige que se aceite o escrutínio de Deus. Só assim é possível abrir amplamente o coração a Deus, ganhando desse modo a iluminação do Espírito Santo e aprendendo com seus próprios desvios;

(3) É necessário refletir se, à luz das palavras de Deus, a senda que se percorre é a correta, se está cumprindo seu dever satisfatoriamente e quantos dos próprios motivos e propósitos adulteram esse desempenho;

(4) Também é preciso que cada qual examine e analise os erros e transgressões no desempenho de seu dever, bem como seu progresso e seus ganhos. Somente essa prática produz progresso na vida.

Palavras de Deus relevantes:

A fé em Deus requer uma vida espiritual normal, que é a base para se experimentar as palavras de Deus e entrar na realidade. Toda a sua prática atual de orações, de aproximação de Deus, de cantar hinos, louvar, meditar e ponderar as palavras de Deus equivale a uma “vida espiritual normal”? Nenhum de vocês parece saber. Uma vida espiritual normal não se limita a tais práticas como orar, cantar hinos, participar da vida da igreja e comer e beber as palavras de Deus. Antes, ela envolve viver uma vida espiritual nova e vibrante. O que importa não é como você pratica, mas que frutos a sua prática produz. A maioria das pessoas acredita que uma vida espiritual normal envolve necessariamente orar, cantar hinos, comer e beber as palavras de Deus ou ponderar Suas palavras, independentemente de tais práticas terem de fato qualquer efeito ou conduzirem a conhecimento verdadeiro. Essas pessoas focam em seguir procedimentos superficiais sem qualquer reflexão em seus resultados; são pessoas que vivem em rituais religiosos, não pessoas que vivem dentro da igreja, e muito menos são pessoas do reino. Suas orações, o cantar hinos e o comer e beber as palavras de Deus são todos apenas cumprimento de regras, feitos por compulsão e para acompanhar tendências, não por disposição nem de coração. Entretanto, por mais que essas pessoas orem ou cantem, seus esforços não produzirão frutos, pois o que elas praticam são apenas as regras e rituais religiosos; na verdade elas não estão praticando as palavras de Deus. Elas focam somente em fazer estardalhaço sobre como praticam e elas tratam as palavras de Deus como regras a se seguir. Tais pessoas não estão pondo as palavras de Deus em prática; estão apenas gratificando a carne e representando para que outras pessoas vejam. Esses rituais e regras religiosos são todos de origem humana; eles não veem de Deus. Deus não segue regras nem está sujeito a qualquer lei. Antes, Ele faz coisas novas todos os dias, realizando obra prática. Como as pessoas da Igreja dos Três Autos,* que se limitam a práticas como participar de cultos matutinos todos os dias, fazer orações vespertinas e orações de gratidão antes das refeições, e dar graças em todas as coisas — por mais que façam e independentemente de por quanto tempo façam, elas não terão a obra do Espírito Santo. Quando pessoas vivem em meio a regras e têm o coração fixado em métodos de prática, o Espírito Santo não pode operar porque seus corações estão ocupados por regras e noções humanas. Assim, Deus não pode intervir e operar nelas, e elas só podem continuar a viver sob o controle de leis. Tais pessoas serão para sempre incapazes de receber o elogio de Deus.

Extraído de ‘A respeito de uma vida espiritual normal’ em “A Palavra manifesta em carne”

Uma vida espiritual normal é uma vida vivida diante de Deus. Ao orar, pode-se aquietar o coração diante de Deus e pela oração, pode-se buscar a iluminação do Espírito Santo, conhecer as palavras de Deus e entender a vontade de Deus. Ao comerem e beberem das Suas palavras, as pessoas podem ganhar um entendimento mais claro e mais profundo da obra atual de Deus. Elas também podem ganhar uma nova senda de prática e não se agarrarão à antiga; tudo o que elas praticam será para alcançar crescimento na vida. Quanto à oração, não se trata de dizer algumas palavras que soem bem ou de desabar em lágrimas perante Deus para mostrar o quanto você está em dívida; antes, seu propósito é treinar-se no uso do espírito, permitindo que se aquiete o coração diante de Deus, treinar-se para buscar orientação das palavras de Deus em todos os assuntos, a fim de que seu coração possa ser atraído a uma luz nova e fresca a cada dia, e para que não seja passivo ou preguiçoso e possa entrar na trilha certa de pôr as palavras de Deus em prática. A maioria das pessoas hoje em dia foca em métodos de prática, mas não o fazem a fim de buscar a verdade e alcançar crescimento de vida. É nesse ponto que se perderam. Há também alguns que são capazes de receber nova luz, mas seus métodos de prática não mudam. Eles trazem suas antigas noções religiosas consigo enquanto esperam receber as palavras de Deus de hoje, então, o que recebem ainda é doutrina colorida por noções religiosas; eles não estão recebendo a luz de hoje simplesmente. Como resultado, suas práticas são maculadas, são as mesmas práticas antigas em nova embalagem. Por melhor que sua prática possa ser, eles são hipócritas. Deus conduz as pessoas a fazer coisas novas todos os dias, exigindo que a cada dia ganhem nova percepção e entendimento, e requerendo que elas não sejam antiquadas e repetitivas. Se você tem crido em Deus por muitos anos, mas seus métodos de prática não mudaram nada, e se você ainda é zeloso e se ocupa de assuntos externos, mas não tem um coração sereno para levar perante Deus a fim de desfrutar Suas palavras, você não vai obter nada. Quando se trata de aceitar a nova obra de Deus, se você não planejar de forma diferente, não cuidar de sua prática de uma maneira nova e não buscar nenhum novo entendimento, mas se agarrar ao antigo e receber somente alguma limitada luz nova, sem mudar sua maneira de praticar, então tais pessoas como você estão nessa corrente somente em nome; na realidade, são fariseus religiosos fora da corrente do Espírito Santo.

Extraído de ‘A respeito de uma vida espiritual normal’ em “A Palavra manifesta em carne”

Para viver uma vida espiritual normal, deve-se ser capaz de receber luz nova diariamente e buscar um entendimento verdadeiro das palavras de Deus. Deve-se ver a verdade claramente, encontrar uma senda de prática em todos os assuntos, descobrir novas questões por meio da leitura das palavras de Deus a cada dia e perceber as próprias inadequações, para que se possa ter um coração sedento e buscador que mova todo o seu ser e para que se possa estar sereno diante de Deus a todo o tempo, profundamente temeroso de ficar para trás. Uma pessoa com tal coração sedento, buscador, que esteja disposta a obter entrada continuamente, está na trilha certa da vida espiritual. Aqueles que são movidos pelo Espírito Santo, que desejam melhorar, que estão dispostos a buscar ser aperfeiçoados por Deus, que anseiam por um entendimento mais profundo das palavras de Deus, que não buscam o sobrenatural mas pagam um preço real, que verdadeiramente se importam com a vontade de Deus, que realmente obtêm entrada para que suas experiências sejam mais genuínas e reais, que não buscam palavras e doutrinas vazias nem buscam sentir o sobrenatural, que não adoram nenhuma grande personalidade — esses são os que entraram em uma vida espiritual normal. Tudo o que eles fazem destina-se a alcançar mais crescimento na vida e torná-los frescos e animados no espírito, e eles sempre são capazes de obter entrada ativamente. Sem que percebam, eles vêm a entender a verdade e entram na realidade. Aqueles com vidas espirituais normais encontram a libertação e a liberdade de espírito a cada dia e podem praticar as palavras de Deus de uma maneira livre para a Sua satisfação. Para essas pessoas, orar não é uma formalidade ou um procedimento; a cada dia, elas são capazes de acompanhar a nova luz. Por exemplo, as pessoas treinam a si mesmas para aquietar o coração diante de Deus e seu coração pode verdadeiramente estar sereno diante de Deus; elas não podem ser perturbadas por ninguém. Nenhuma pessoa, evento ou coisa pode restringir sua vida espiritual normal. Tal treinamento destina-se a produzir resultados; não se destina a fazer as pessoas seguirem regras. Essa prática não tem a ver com o cumprimento de regras, mas com a promoção de crescimento na vida das pessoas. Se você vir essa prática somente como regras a seguir, sua vida nunca mudará. Você pode estar engajado na mesma prática que os outros, mas enquanto, no fim, eles são capazes de acompanhar a obra do Espírito Santo, você é eliminado da corrente do Espírito Santo. Você não está enganando a si mesmo? O propósito dessas palavras é permitir que as pessoas aquietem seu coração diante de Deus, voltem seu coração a Deus, para que a obra de Deus nelas possa ser sem impedimento e possa produzir fruto. Somente então as pessoas podem estar de acordo com a vontade de Deus.

Extraído de ‘A respeito de uma vida espiritual normal’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nenhum passo é mais crucial para entrar nas palavras de Deus que aquietar seu coração em Sua presença. É uma lição em que todas as pessoas, no presente, estão em necessidade urgente de entrar. As sendas de entrada em aquietar o coração perante Deus são as seguintes:

1. Afaste seu coração de questões externas. Fique em paz perante Deus e dedique sua atenção indivisa para orar a Deus.

2. Com o coração em paz perante Deus, coma, beba e desfrute as palavras de Deus.

3. Medite sobre o amor de Deus, o contemple e pondere a obra de Deus em seu coração.

Primeiro, comece pelo aspecto da oração. Ore com atenção indivisa e em horários fixos. Não importa o quanto você esteja pressionado pelo tempo, quão ocupado em seu trabalho, nem o que lhe aconteça, ore todos os dias como de costume e coma e beba as palavras de Deus como de costume. Enquanto comer e beber as palavras de Deus, independentemente do que esteja a seu redor, você terá grande prazer em seu espírito e não será perturbado por pessoas, acontecimentos e coisas que o cercam. Quando você contempla Deus normalmente em seu coração, o que acontece do lado de fora não consegue incomodá-lo. Isso é o que significa possuir estatura. Comece pela oração: orar em silêncio perante Deus é o mais proveitoso. Depois disso, coma e beba as palavras de Deus, busque a luz nas palavras de Deus ao ponderá-las, encontre a senda para a prática, conheça o propósito Deus em falar Suas palavras e compreenda-as sem se desviar. De modo geral, deveria lhe ser normal aproximar-se de Deus em seu coração, contemplar o amor de Deus e ponderar as palavras de Deus sem ser perturbado pelas coisas externas. Quando seu coração tiver alcançado certo grau de paz, você será capaz de meditar em silêncio e, dentro de si, contemplar o amor de Deus e se aproximar Dele verdadeiramente, sem considerar seus arredores, até que por fim você chegue ao ponto em que o louvor brota em seu coração, e isso é ainda melhor que orar. Então, você estará de posse de certa estatura. Se você for capaz de alcançar os estados do ser descritos acima, isso provará que o seu coração está verdadeiramente em paz perante Deus. Essa é a primeira lição básica. Só depois que forem capazes de estar em paz perante Deus é que as pessoas podem ser tocadas pelo Espírito Santo, e ser esclarecidas e iluminadas pelo Espírito Santo, e só então são capazes de ter verdadeira comunhão com Deus, bem como compreender a vontade de Deus e a orientação do Espírito Santo. Elas então terão entrado na trilha certa de sua vida espiritual. Quando seu treino de viver perante Deus alcançou certa profundidade, e elas são capazes de renunciar a si mesmas, desprezar a si mesmas e viver nas palavras de Deus, então o coração delas está verdadeiramente em paz perante Deus. Ser capaz de desprezar a si mesmo, de amaldiçoar a si mesmo e de renunciar a si mesmo é o efeito alcançado pela obra de Deus, e não pode ser realizado pelas pessoas por conta própria. Assim, a prática de aquietar o coração perante Deus é uma lição em que as pessoas deveriam entrar imediatamente.

Extraído de ‘Sobre aquietar o coração perante Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se quiserem ter o coração verdadeiramente em paz diante de Deus, então vocês precisam fazer o trabalho de cooperação consciente. Isso quer dizer que cada um de vocês precisa ter um tempo para as suas devoções, um tempo em que deixam pessoas, eventos e coisas de lado; assentam seu coração e aquietam-se diante de Deus. Todos precisam ter anotações devocionais individuais, registrando seu conhecimento da palavra de Deus e como o seu espírito é comovido, independentemente de serem profundas ou superficiais; todos precisam aquietar seu coração diante de Deus com consciência. Se puder dedicar uma ou duas horas por dia à vida espiritual verdadeira, então nesse dia sua vida se sentirá enriquecida e seu coração ficará brilhante e claro. Se você viver esse tipo de vida espiritual todos os dias, então seu coração será capaz de voltar mais para a posse de Deus, seu espírito se tornará cada vez mais forte, sua condição melhorará constantemente, você se tornará mais capaz de trilhar a senda pela qual o Espírito Santo conduz e Deus lhe concederá bênçãos maiores. O propósito da sua vida espiritual é ganhar conscientemente a presença do Espírito Santo. Não é observar regras nem dirigir rituais religiosos, mas agir verdadeiramente em consonância com Deus, disciplinar verdadeiramente seu corpo — isso é o que o homem deveria fazer, assim vocês deveriam fazê-lo com o máximo esforço. Quanto melhor a sua cooperação e quanto mais esforço consignar, mais seu coração será capaz de voltar para Deus e mais você será capaz de aquietar seu coração diante Dele. Em certo ponto, Deus ganhará completamente o seu coração. Ninguém será capaz de influenciar ou capturar seu coração e você pertencerá completamente a Deus. Se trilhar essa senda, então a palavra de Deus se revelará a você em todo o tempo e o esclarecerá em tudo que você não entender — tudo isso pode ser alcançado através da sua cooperação. É por isso que Deus sempre diz: “A todos os que agem em consonância Comigo, Eu recompensarei em dobro”. Vocês precisam ver claramente essa senda. Se desejam trilhar a senda certa, então precisam fazer tudo que podem para satisfazer a Deus. Vocês precisam fazer tudo que podem para alcançar uma vida espiritual. No início, talvez você não consiga grandes resultados nessa busca, mas não pode se permitir a retroceder ou chafurdar em negatividade — você precisa continuar trabalhando arduamente! Quanto mais viver uma vida espiritual, mais seu coração será ocupado pelas palavras de Deus, sempre preocupado com esses assuntos, sempre carregando esse fardo. Depois disso, revele sua verdade mais íntima a Deus através da sua vida espiritual; conte a Ele o que você está disposto a fazer, o que está pensando a respeito, seu entendimento e visão de Sua palavra. Não retenha nada, nem mesmo uma pequena parte! Pratique falar as palavras dentro de seu coração e revelar seus sentimentos verdadeiros a Deus; se estiver em seu coração, então, sem dúvida, diga-o. Quanto mais você falar dessa maneira, mais sentirá a amabilidade de Deus, e Deus puxará seu coração com mais força. Quando isso acontecer, você sentirá que Deus é mais querido para você que qualquer outra pessoa. Você nunca sairá do lado de Deus, não importa o que aconteça. Se você praticar esse tipo de devocional espiritual todos os dias e não o tirar de sua mente, mas tratá-lo como um assunto de grande importância em sua vida, então a palavra de Deus ocupará o seu coração. Isso é o que significa ser tocado pelo Espírito Santo. Será como se seu coração sempre tivesse sido possuído por Deus, como se o que você ama estivesse sempre em seu coração. Ninguém pode tirar isso de você. Quando isso acontecer, Deus viverá verdadeiramente dentro de você e terá um lugar em seu coração.

Extraído de ‘Uma vida espiritual normal conduz as pessoas à trilha certa’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando se equipar para a vida, você deve se concentrar em comer e beber as palavras de Deus, deve ser capaz de falar sobre o conhecimento de Deus, de seus pontos de vista sobre a vida humana e, em particular, de seu conhecimento da obra feita por Deus durante os últimos dias. Já que você busca a vida, deve equipar-se com essas coisas. Quando você comer e beber as palavras de Deus, deve comparar a realidade de seu estado com elas. Isto é, quando descobrir falhas no curso de sua experiência real, você deve ser capaz de encontrar uma senda para a prática, de dar as costas às suas motivações e noções incorretas. Se você sempre se esforçar por essas coisas e se entregar de coração a alcançá-las, então, você terá uma senda a seguir, não se sentirá vazio, e assim você será capaz de manter um estado normal. Só então, você será uma pessoa que leva um fardo em sua vida, uma pessoa que tem fé. Por que é que algumas pessoas, depois de ler as palavras de Deus, são incapazes de colocá-las em prática? Não é porque não conseguem captar as coisas mais cruciais? Não é porque não levam a vida a sério? A razão pela qual não conseguem captar as coisas cruciais e não têm uma senda para a prática é que, quando leem as palavras de Deus, elas são incapazes de relacioná-las com o próprio estado, nem podem dominar o próprio estado. Algumas pessoas dizem: “Eu leio as palavras de Deus e relaciono meu próprio estado a elas, sei que sou corrupto e de calibre pobre, mas sou incapaz de satisfazer a vontade de Deus”. Você só viu a mera superfície; há muitas coisas reais que você não sabe: como colocar de lado os prazeres da carne, como deixar de lado a hipocrisia, como mudar a si mesmo, como entrar nessas coisas, como melhorar o seu calibre e a partir de qual aspecto começar. Você só capta umas poucas coisas superficialmente, e tudo que sabe é que você é verdadeiramente muito corrupto. Quando encontra seus irmãos e irmãs, você conversa sobre como você é corrupto, e parece que você se conhece e leva um grande fardo por sua vida. De fato, seu caráter corrupto não mudou, o que prova que você não encontrou a senda para a prática.

Extraído de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Na sua experiência prática, você precisa primeiro saber como comer e beber as palavras de Deus; precisa descobrir dentro de Suas palavras no que você deveria entrar e as suas falhas, você deveria buscar a entrada em sua experiência prática e tomar a porção das palavras de Deus que deveria ser colocada em prática e tentar fazê-la. Comer e beber as palavras de Deus é um aspecto. Além disso, a vida da igreja precisa ser mantida, você precisa ter uma vida espiritual normal e precisa ser capaz de entregar todos os seus estados atuais a Deus. Não importa como Sua obra mude, a sua vida espiritual deveria permanecer normal. Uma vida espiritual pode manter a sua entrada normal. Não importa o que Deus faça, você deve continuar a sua vida espiritual sem interrupções e cumprir o seu dever. É isso que as pessoas deveriam fazer. É tudo obra do Espírito Santo, mas enquanto isso é um aperfeiçoamento para aqueles com uma condição normal, para aqueles com uma condição anormal é uma provação. No estágio atual da obra de refinamento do Espírito Santo, alguns dizem que a obra de Deus é tão maravilhosa e que as pessoas com certeza precisam de refinamento, se não sua estatura será pequena demais e elas não terão como chegar à vontade de Deus. Entretanto, para aquelas cuja condição não é boa, isso se torna um motivo para não buscar Deus e um motivo para não frequentar reuniões, nem comer e beber a palavra de Deus. Na obra de Deus, não importa o que Ele faça ou que mudanças Ele efetue, as pessoas precisam manter um mínimo de vida espiritual normal. Talvez você não tenha sido negligente neste estágio atual de sua vida espiritual, mas ainda não ganhou muito e não conseguiu uma grande colheita. Sob esses tipos de circunstâncias, você ainda precisa seguir as regras; precisa guardar essas regras de modo a não sofrer perdas em sua vida e de modo a satisfazer a vontade de Deus. Se a sua vida espiritual é anormal, você não pode entender a obra atual de Deus e, em vez disso, sempre acha que ela é completamente incompatível com suas noções, e, embora esteja disposto a segui-Lo, você carece de motivação interior. Assim, não importa o que Deus esteja fazendo atualmente, as pessoas precisam cooperar. Se as pessoas não cooperam, então o Espírito Santo não pode fazer a Sua obra, e, se as pessoas não têm um coração para cooperar, então dificilmente poderão ganhar a obra do Espírito Santo. Se quer ter a obra do Espírito Santo dentro de você e se quer ganhar a aprovação de Deus, então você precisa manter a sua devoção original perante a face de Deus. Agora, não é necessário que você tenha um entendimento mais profundo, uma teoria mais elevada ou outras coisas tais — tudo que se exige é que você conserve a palavra de Deus no fundamento original. Se as pessoas não cooperarem com Deus e não buscarem uma entrada mais profunda, então Deus tirará todas as coisas que eram delas originalmente. Por dentro, as pessoas são sempre ávidas pelo que é fácil e preferem desfrutar o que já está disponível. Elas querem ganhar as promessas de Deus sem pagar preço algum. Esses são os pensamentos extravagantes que a humanidade nutre. Ganhar a própria vida sem pagar um preço — mas algo assim já foi tão fácil? Quando alguém acredita em Deus e busca entrar na vida e busca uma mudança em seu caráter, ele precisa pagar um preço e alcançar um estado no qual sempre seguirá Deus, não importa o que Ele faça. Isso é algo que as pessoas precisam fazer. Mesmo se seguir tudo isso como uma regra, você precisa sempre conservá-lo e, não importa quão grandes as provações, não pode abandonar o seu relacionamento normal com Deus. Você deveria ser capaz de orar, manter a sua vida na igreja e nunca abandonar seus irmãos e irmãs. Quando Deus o prova, você ainda deveria buscar a verdade. Essa é a exigência mínima para uma vida espiritual. Ter sempre o desejo de buscar e esforçar-se para cooperar, aplicando toda a sua energia — isso pode ser feito? Se tomarem isso como um fundamento, as pessoas serão capazes de alcançar o discernimento e a entrada na realidade. É fácil aceitar a palavra de Deus quando o seu estado é normal; nessas circunstâncias não parece difícil praticar a verdade e você sente que a obra de Deus é maravilhosa. Mas se a sua condição é pobre, não importa quão maravilhosa seja a obra de Deus e não importa quão lindamente alguém fale, você não prestará atenção. Quando a condição de uma pessoa é anormal, Deus não pode operar nela e ela não consegue alcançar mudanças em seu caráter.

Extraído de ‘Você deveria manter sua devoção a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Algumas pessoas põem bastante entusiasmo em sua busca e ainda assim fracassam em entrar na trilha certa. Isso acontece porque são muito descuidadas e não prestam atenção nas coisas espirituais. Elas não têm ideia de como experimentar as palavras de Deus e não sabem o que são a obra e a presença do Espírito Santo. Tais pessoas são entusiasmadas, mas tolas; não buscam a vida. Isso acontece porque falta a você o mínimo de conhecimento do Espírito, você não sabe nada do desenvolvimento da obra progressiva do Espírito Santo e é ignorante do estado interior de seu espírito próprio. A fé de tais pessoas não é um tipo tolo de fé? A busca de tais pessoas acaba por não render nada. O segredo para alcançar o crescimento da vida na fé em Deus é saber que obra Deus faz na sua experiência, é contemplar a amabilidade de Deus e entender a vontade de Deus, de modo a se submeter a todos os arranjos de Deus, a ter as palavras de Deus lavradas em você, para que elas se tornem a sua vida, e com isso satisfazer a Deus. Se a sua fé for uma fé tola, se você não prestar atenção nos assuntos espirituais e nas mudanças em seu caráter de vida, se não fizer nenhum esforço em direção à verdade, você será capaz de compreender a vontade de Deus? Se você não entender o que Deus pede, então será incapaz de experimentar e, portanto, não terá uma senda para praticar. No que você precisa prestar atenção conforme experimenta as palavras de Deus é o efeito que elas produzem em você, de modo que possa vir a conhecer a Deus a partir de Suas palavras. Se você só sabe ler as palavras de Deus, mas não sabe como experimentá-las, isso não mostra que você é ignorante em assuntos espirituais? Neste momento, a maioria das pessoas é incapaz de experimentar as palavras de Deus e assim não conhece a obra de Deus. Isso não é um fracasso em sua prática? Se continuarem assim, em que ponto serão capazes de experimentar as coisas em sua rica plenitude e de alcançar crescimento em sua vida? Isso não equivale simplesmente a uma conversa vazia? Há muitos dentre vocês que se concentram na teoria, que não sabem nada sobre assuntos espirituais e ainda assim desejam ser tidos de grande uso por Deus, ser abençoados por Deus. Isso é totalmente irreal! Assim, vocês precisam pôr um fim nesse fracasso, de modo que possam todos entrar na trilha certa em sua vida espiritual, ter experiências reais e entrar verdadeiramente na realidade das palavras de Deus.

Extraído de ‘Como entrar em um estado normal’ em “A Palavra manifesta em carne”

*Nota do tradutor: Em 1950, a Igreja Cristã chinesa promoveu o Movimento de autoadministração, autossustentação e autopropagação (Movimento dos Três Princípios Administrativos).

Anterior: 8. Os princípios para orar a Deus e adorá-Lo

Próximo: 10. Os princípios para aquietar-se diante de Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro