100. Os princípios para identificar se alguém possui a realidade da verdade

(1) Vejam se alguém, ao ler as palavras de Deus, consegue se envolver em autorreflexão, é capaz de descobrir como sua corrupção é revelada na vida e é capaz de se conhecer e se arrepender genuinamente;

(2) Vejam se alguém consegue buscar a verdade no cumprimento de seu dever, se é capaz de usá-la para resolver problemas, tratar os outros com justiça e seus irmãos e suas irmãs com amor;

(3) Vejam se alguém consegue aceitar o julgamento e castigo das palavras de Deus, bem como ser podado e tratado por eles de forma que sua corrupção seja purificada e possa expressar o verdadeiro testemunho de sua experiência;

(4) Vejam se houve alguma transformação genuína de seus pontos de vista sobre as coisas, de sua perspectiva sobre a vida e os valores; se consegue ver as coisas à luz das palavras de Deus e se é honesto em palavras e ações.

Palavras de Deus relevantes:

Deus é um Deus prático: toda a Sua obra é prática, todas as palavras que Ele fala são práticas e todas as verdades que expressa são práticas. Tudo que não são Suas palavras é vazio, inexistente e infundado. Hoje, o Espírito Santo vai guiar as pessoas na direção das palavras de Deus. Se as pessoas estão aspirando a entrar na realidade, então elas devem buscar a realidade e conhecer a realidade, após o que devem experimentar a realidade e viver a realidade. Quanto mais as pessoas conhecem a realidade, mais são capazes de discernir se as palavras dos outros são reais; quanto mais as pessoas conhecem a realidade, menos noções elas têm; quanto mais as pessoas experimentam a realidade, mais elas conhecem os feitos do Deus de realidade e mais fácil é para elas se libertarem de seu caráter corrupto e satânico; quanto mais realidade as pessoas têm, mais conhecem Deus e mais detestam a carne e amam a verdade; e quanto mais realidade as pessoas têm, mais próximas ficam dos padrões das exigências de Deus. As pessoas que são ganhas por Deus são aquelas que se apossaram da realidade, que conhecem a realidade e que vieram a conhecer os feitos reais de Deus ao experimentar a realidade. Quanto mais você cooperar com Deus de uma maneira prática e disciplinar seu corpo, quanto mais você obtiver mais obterá a obra do Espírito Santo, mais ganhará realidade e mais será esclarecido por Deus — e, assim, maior se tornará seu conhecimento dos feitos reais de Deus. Se você for capaz de viver na luz presente do Espírito Santo, então a presente senda para a prática se tornará mais clara para você, e você será mais capaz de separar-se das noções religiosas e das velhas práticas do passado. Hoje, a realidade é o foco: quanto mais realidade as pessoas têm, mais claro é seu conhecimento da verdade e maior sua compreensão da vontade de Deus. A realidade pode superar todas as letras e doutrinas, pode superar toda teoria e habilidade, e quanto mais as pessoas se concentram na realidade mais verdadeiramente elas amam a Deus e têm fome e sede de Suas palavras. Se você sempre se concentrar na realidade, então sua filosofia de vida, suas noções religiosas e sua índole natural serão naturalmente expurgadas após a obra de Deus. Aqueles que não perseguem a realidade, e que não têm conhecimento da realidade, são propensos a buscar o que é sobrenatural e com facilidade serão enganados. O Espírito Santo não tem meios para operar em tais pessoas, e por isso elas se sentem vazias e percebem que sua vida não tem significado.

Extraído de ‘Como conhecer a realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Erguer as palavras de Deus e ser capaz de explicá-las despudoradamente não significa estar de posse da realidade; as coisas não são tão simples como você imagina. Estar de posse da realidade não tem por base o que você diz; antes, tem por base o que vive. Só quando as palavras de Deus se tornam a sua vida e a sua expressão natural você pode dizer que tem realidade, e só então pode ser contado como tendo ganhado entendimento verdadeiro e estatura real. Você precisa ser capaz de suportar o exame por longos períodos de tempo e precisa ser capaz de viver a semelhança que é exigida por Deus. Isso não deve ser mera pose; precisa fluir de você naturalmente. Só então você possuirá realidade verdadeiramente, e só então terá ganhado vida. Permita-Me usar o exemplo da provação dos servidores, com a qual todos estão familiarizados: qualquer um pode oferecer as teorias mais grandiosas a respeito de servidores, e todos têm um entendimento decente do assunto; eles falam disso, e cada discurso supera o último, como se fosse uma competição. Todavia, se o homem não passou por uma grande provação, então é muito difícil dizer que ele tem um testemunho bom para dar. Em suma, o viver do homem ainda é muito deficiente, inteiramente contrário a seu entendimento. Portanto, ele ainda tem de se tornar a real estatura do homem e ainda não é a vida do homem. Como o entendimento do homem não foi trazido à realidade, sua estatura ainda é como um castelo construído na areia, que balança e está à beira do desmoronamento. O homem possui pouquíssima realidade; é quase impossível encontrar alguma realidade no homem. Há pouquíssima realidade fluindo naturalmente do homem, e toda a realidade que ele vive foi forçada. Essa é a razão de Eu dizer que o homem não possui realidade. Embora aleguem que seu amor por Deus nunca muda, isso é simplesmente o que as pessoas dizem antes de ter enfrentado quaisquer provações. Quando, um dia, forem confrontadas repentinamente com provações, as coisas de que falam resultarão uma vez mais em desacordo com a realidade, e isso provará de novo que o homem não possui realidade. Pode-se dizer que toda vez que você encontra coisas que não se ajustam às suas noções e que exigem que você se ponha de lado, essas coisas são as suas provações. Antes que a vontade de Deus seja revelada, todos passam por um teste rigoroso e uma provação imensa. Você consegue compreender isso? Quando quer provar as pessoas, Deus sempre lhes permite fazer suas escolhas antes que a verdade real seja revelada. Isso significa que, quando estiver sujeitando o homem a provações, Deus nunca lhe dirá a verdade; essa é a maneira pela qual as pessoas são expostas. Essa é uma maneira de Deus realizar a Sua obra, para ver se você conhece o Deus de hoje, bem como se você possui alguma realidade. Você está verdadeiramente livre de dúvidas a respeito da obra de Deus? Você será capaz de verdadeiramente permanecer firme quando uma grande provação lhe sobrevier? Quem se atreve a dizer: “Eu garanto que não haverá problema”? Quem se atreve a afirmar: “Os outros podem ter dúvidas, mas eu nunca duvidarei”? É exatamente como quando Pedro foi submetido às provações: ele sempre se vangloriou antes que a verdade fosse revelada. Essa não é uma falha pessoal exclusiva de Pedro; essa é a maior dificuldade que todo homem enfrenta atualmente. Se Eu fosse visitar uns poucos lugares ou fizesse uma visita a uns poucos irmãos e irmãs para ver qual é seu entendimento da obra de Deus da atualidade, vocês certamente seriam capazes de dizer muito sobre o seu conhecimento e pareceriam não ter quaisquer dúvidas. Se Eu lhe perguntasse: “Você consegue realmente determinar que a obra de hoje é realizada pelo Próprio Deus? Sem dúvida alguma?”, é certo que você responderia: “Sem nenhuma dúvida, é a obra realizada pelo Espírito de Deus”. Tendo respondido de tal maneira, seguramente você não sentiria um pingo de dúvida e até se sentiria muito satisfeito, pensando ter ganho um pouco de realidade. Aqueles que tendem a entender as coisas desse jeito são pessoas que possuem menos realidade; quanto mais alguém pensa que a ganhou, menos será capaz de permanecer firme quando confrontado com provações. Ai daqueles que são arrogantes e soberbos, ai daqueles que não têm conhecimento de si mesmos; tais pessoas são peritas em falar, mas acabam sendo as piores quando põem suas palavras em ação. Ao menor sinal de problema, essas pessoas começam a ter dúvidas, e a ideia de desistir entra sorrateira em suas mentes. Elas não possuem realidade alguma; têm apenas teorias que estão acima da religião, sem qualquer realidade exigida agora por Deus. Tenho muito nojo daqueles que só falam de teorias sem possuir realidade alguma. Eles gritam o mais alto que podem enquanto executam seu trabalho, mas, assim que deparam com a realidade, desmoronam. Isso não mostra que essas pessoas não têm realidade? Por mais que o vento e as ondas sejam ferozes, se você puder permanecer de pé sem permitir que um pingo de dúvida entre em sua mente, e se puder permanecer firme e livre de negação, até mesmo quando não restar mais ninguém, então você será contado como tendo entendimento verdadeiro e genuinamente em posse de realidade.

Extraído de ‘Só pôr a verdade em prática é possuir realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Deus não exige das pessoas a mera capacidade de falar sobre a realidade; isso seria fácil demais, não seria? Por que, então, Deus fala da entrada na vida? Por que Ele fala sobre transformação? Se as pessoas são capazes apenas de uma conversa vazia sobre a realidade, então podem alcançar uma transformação em seu caráter? Os bons soldados do reino não são treinados para ser um grupo de pessoas que só podem falar sobre a realidade ou se vangloriar; antes, são treinados para viver as palavras de Deus a todo momento, permanecer inflexíveis, apesar dos reveses que enfrentarem, e viver constantemente de acordo com as palavras de Deus e não voltar ao mundo. Essa é a realidade da qual Deus fala; essa é a exigência de Deus para o homem. Assim, não considere a realidade mencionada por Deus como sendo simples demais. O mero esclarecimento do Espírito Santo não equivale à posse da realidade. Tal não é a estatura do homem — é a graça de Deus, para a qual o homem não contribui em nada. Cada pessoa deve suportar os sofrimentos de Pedro e, ainda mais, possuir a glória de Pedro, que ela vive após ter ganhado a obra de Deus. Só isso pode ser chamado de realidade. Não pense que você possui a realidade só porque pode falar dela; isso é uma falácia. Tais pensamentos não concordam com a vontade de Deus e não têm significação real. Não diga essas coisas no futuro — suprima tais dizeres! Todos aqueles com um entendimento falso das palavras de Deus são descrentes. Eles não têm conhecimento real algum, muito menos qualquer estatura real; são pessoas ignorantes que carecem de realidade. Em outras palavras, todos aqueles que vivem fora da essência das palavras de Deus são descrentes. Aqueles considerados descrentes pelas pessoas são bestas aos olhos de Deus, e aqueles considerados descrentes por Deus são pessoas que não têm as palavras de Deus como sua vida. Pode, portanto, ser dito que aqueles que não possuem a realidade das palavras de Deus e que não vivem Suas palavras são descrentes. A intenção de Deus é fazer com que todos vivam a realidade de Suas palavras — não simplesmente que todos falem sobre a realidade, mas, mais que isso, capacitar todos a viver a realidade de Suas palavras.

Extraído de ‘Só pôr a verdade em prática é possuir realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Lembre-se disso a partir de agora! Não fale de conhecimento vazio; fale apenas sobre a senda da prática e sobre a realidade. Faça a transição do conhecimento real para a prática real e, depois, passe da prática para o viver real. Não passe um sermão nos outros e não fale sobre o conhecimento real. Se o seu entendimento é uma senda, então deixe suas palavras seguirem livres sobre ele; se não for, então, por favor, cale a sua boca e pare de falar! O que você diz é inútil. Você fala de entendimento a fim de iludir a Deus e fazer os outros invejarem você. Não é essa a sua ambição? Você não está brincando com os outros deliberadamente? Há algum valor nisso? Se falar de entendimento depois de tê-lo experimentado, você não será visto como um gabarola. Do contrário, você é alguém que cospe fora palavras arrogantes. Há muitas coisas em sua experiência real que você não consegue superar, e você não consegue se rebelar contra a própria carne; está sempre fazendo o que quer, nunca satisfazendo a vontade de Deus — mas ainda tem o descaro de falar sobre o entendimento teórico. Você é desavergonhado! Você ainda é ousado demais para falar do seu entendimento das palavras de Deus. Quanta impudência sua! Discursar e gabar-se passou a ser a sua natureza absoluta, e você se acostumou a fazer assim. Toda vez que deseja falar, você o faz com facilidade, mas, quando se trata de praticar, você se entrega às ornamentações. Isso não é um modo de enganar os outros? Você pode ser capaz de iludir os homens, mas Deus não pode ser ludibriado. Os homens são inconscientes e não têm discernimento, mas Deus é sério em relação a tais questões e Ele não o poupará. Seus irmãos e irmãs podem defender você, louvar seu entendimento e admirá-lo, mas, se você não possuir realidade, o Espírito Santo não o poupará. Talvez o Deus prático não busque suas falhas, mas o Espírito de Deus o ignorará, e isso já será difícil o bastante para você suportar. Você acredita nisso? Fale mais sobre a realidade da prática; você já se esqueceu? Fale mais sobre as sendas práticas; você já se esqueceu? “Ofereça menos teorias grandiosas e conversa inflada e sem valor; é melhor começar a prática a partir de agora.” Você esqueceu essas palavras? Não entende de jeito nenhum? Não tem compreensão da vontade de Deus?

Extraído de ‘Só pôr a verdade em prática é possuir realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Como pode ser visto se uma pessoa possui a realidade da verdade? Isso fica evidente a partir do momento em que ela abre a boca para falar. Uma pessoa sem a realidade da verdade fala totalmente de doutrina, não importa o assunto; sabe-se à primeira vista que ela não pratica a verdade geralmente. Assim que uma pessoa que possui a realidade da verdade entra em contato com você, ter comunhão com ela pode resolver os problemas que acometem você de uma vez só. Com apenas algumas palavras, ela expõe problemas que o incomodam há anos, problemas que ninguém mais foi capaz de esclarecer pregando doutrina, e o capacita a entender a verdade e a vontade de Deus. Você não está mais atribulado e não se sente mais restringido; não está mais limitado, mas livre e liberado. Se você não entende as palavras dos outros, não importa o que dizem, e se o que dizem não resolve o seu problema pela raiz, então o que estão dizendo a você são meramente letras e doutrinas. Letras e doutrinas não podem prover as pessoas ou ajudá-las, e não podem resolver as dificuldades práticas das pessoas.

Extraído da comunhão de Deus

Não importa há quantos anos as pessoas têm fé, elas jamais ganham um senso do que é bom em crer em Deus. Elas não conseguem perceber quais benefícios palpáveis podem ganhar tendo fé e, muitas vezes, são até como os incrédulos, incapazes de vencer as tendências do mundo, ou suas diversas tentações e seduções, ou a fama e o ganho da carne. Até se sentem bastante vazias, e esse sentimento surge de tempos em tempos e se torna cada vez mais óbvio. Cada vez mais, elas se perguntam: “Não há sentido algum em crer em Deus, certo? Se minha fé se desenvolveu até esse nível, eu já não deveria tê-lo alcançado? Acho que é assim mesmo, e não há como dizer se posso ser salvo”. O que isso indica? (Que as pessoas não entendem a verdade e não entraram na verdade-realidade.) É exatamente isso; elas não entraram na verdade-realidade. Isto é, as pessoas não entendem nenhuma das verdades que deveriam entender, que Deus lhes concedeu e proveu para elas. Por que elas não entenderam? Porque não tomaram as palavras de Deus como princípios e como senda de prática para implementá-las em seu dia a dia e transformá-las em sua realidade. Nada do que fazem, como vivem, como existem ou a maneira com que lidam com as pessoas, eventos e coisas se baseia nas palavras de Deus. Você não experimentou nem aprendeu, através da prática, nenhuma dessas palavras de Deus, e você não experimentou pessoalmente e não sabe qual é o significado verdadeiro das palavras Dele. Por essa razão, quando Deus expõe o mundo das trevas, expõe a corrupção das pessoas e revela os diversos estados de cada tipo de pessoa, você não consegue compreender a essência dessas questões. Visto que carece de experiência e não obteve entrada, você jamais será capaz de compreendê-las. Nominalmente, você acredita em Deus há tantos anos, mas continua sendo apenas como as pessoas mundanas; você não mudou nada. Isto é, no que diz respeito às profundezas de seu coração e a sua natureza-essência, seu caráter corrupto não foi purificado, e seu caráter de vida não foi transformado nem um pouco; por isso, do início ao fim, você não consegue largar o mundo das trevas, as tendências satânicas, a fama e o ganho e o status, porque não consegue vê-los pelo que são. Você sempre sente que a vida é vazia e sem sentido, e que você não tem senda nem confiança; isso ocorre porque você não conhece a obra de Deus e é incapaz de gerar uma fé genuína em Deus.

Extraído de ‘Só buscando a verdade pode-se entrar na verdade-realidade’ em “Registros das falas de Cristo”

Quais são as manifestações de alguém a quem falta a verdade-vida? Sem a verdade, as pessoas estarão naturalmente sujeitas às restrições e amarras de sua natureza satânica; elas revelarão naturalmente um caráter que é arrogante e convencido, egoísta e desprezível, temerário e autocrático. Elas estarão propensas a se gabar, a ser enganosas e traiçoeiras, a suspeitar dos outros, propensas a atacar e julgar os outros; elas sempre avaliarão as pessoas por seus preconceitos e motivos. Elas sempre confiarão nas preferências próprias em suas palavras e ações, e quando encontrarem contratempos ou fracassos elas se tornarão negativas. Às vezes, serão supremamente arrogantes e, às vezes, serão tão negativas que praticamente se enterram no chão. Elas vão a extremos e nunca são normais. Quando não estão mostrando suas presas, fazem uma cara patética. Esse é o tipo de estado em que vocês estão atualmente: estão dispostos a sofrer e pagar um preço; sua resolução e determinação estão completas — mas vocês ainda não possuem verdade-realidade. Como se expressam as pessoas que possuem verdade-realidade para servir? Eu lhes direi alguns indícios importantes. Quando as pessoas possuem verdade-realidade, de um lado, elas entenderam algo da verdade; de outro, começaram a apresentar algumas mudanças no caráter. Mudanças no caráter têm uma característica. Isto é, ser capaz de submeter-se ao que é certo e que está alinhado com a verdade. Seja quem for a lhe dar sugestões — independentemente de ser jovem ou idoso, de vocês se darem bem, e de se o relacionamento entre vocês for bom ou ruim — contanto que diga que algo é correto, alinhado com a verdade e benéfico para a obra da família de Deus, então você pode ouvir, adotá-lo e aceitá-lo, e não ser afetado por quaisquer outros fatores. Esse é o primeiro aspecto dessa característica. Primeiramente, você pode aceitar a verdade, assim como as coisas que são corretas e alinhadas com a verdade. Outro, é ser capaz de buscar a verdade toda vez que encontrar um problema. Você pode não somente aceitar a verdade; você deve também ser capaz de buscá-la. Por exemplo, se encontrar um problema novo que ninguém consegue sondar, você pode buscar a verdade, ver o que deveria fazer ou praticar para tornar a questão alinhada com a verdade-princípios e atender às exigências de Deus. Ainda outro aspecto é ganhar a capacidade de ser atencioso para com a vontade de Deus. Como você deveria ser atencioso para com a vontade de Deus? Isso depende de qual dever você está desempenhando e de que exigências Deus tem para você em seu dever. Você deve entender esse princípio: cumprir seu dever de acordo com o que Deus exige e cumpri-lo para satisfazer a Deus. Você também deve entender a vontade de Deus e qual é o resultado desejado de seu dever, e você deve ser capaz de agir com responsabilidade e fidelidade. Tudo isso são maneiras de ser atencioso para com a vontade de Deus. Se não souber como ser atencioso para com a vontade de Deus na coisa que está fazendo, você precisa fazer uma busca a fim de cumprir a vontade de Deus e satisfazê-Lo. Se vocês podem colocar esses três princípios em prática, medir a maneira como vocês estão realmente vivendo de acordo com eles e encontrar uma senda de prática, então estarão resolvendo os assuntos de acordo com os princípios. Não importa o que encontrem e não importa com que problemas tenham de lidar, vocês precisam sempre procurar por quais princípios deveriam estar praticando, quais detalhes estes incluem e como eles devem ser praticados para que vocês não estejam violando os princípios. Uma vez que tenham um entendimento claro dessas coisas, vocês serão naturalmente capazes de praticar a verdade.

Extraído de ‘Só ao colocar a verdade em prática é possível se livrar dos grilhões de um caráter corrupto’ em “Registros das falas de Cristo”

As pessoas que têm a verdade são aquelas que, em suas experiências reais, podem se manter firmes em seu testemunho, permanecem firmes em sua posição, ficam do lado de Deus, sem nunca se afastar, e que podem ter um relacionamento normal com pessoas que amam a Deus, que, quando lhe acontecem coisas, são capazes de obedecer completamente a Deus e podem obedecer a Deus até a morte. Sua prática e suas revelações na vida real são o testemunho de Deus, são a vivência do homem e o testemunho de Deus, e isso é verdadeiramente desfrutar do amor de Deus; quando você tiver experimentado até esse ponto, o devido efeito terá sido alcançado. Você é tomado de um viver real, e cada uma de suas ações é encarada com admiração pelos outros. Suas roupas e sua aparência exterior não têm nada de especial, mas você vive uma vida de extrema devoção e, quando comunica as palavras de Deus, é guiado e iluminado por Ele. Você é capaz de falar a vontade de Deus através de suas palavras, comunicar a realidade e entender muito sobre servir em espírito. Você é sincero em seu discurso, é decente e correto, não é de confrontar; é decoroso, capaz de obedecer aos arranjos de Deus e permanecer firme em seu testemunho quando acontecem coisas, e se mantém calmo e sereno, não importa com que esteja lidando. Esse tipo de pessoa realmente viu o amor de Deus. Algumas pessoas ainda são jovens, mas agem como pessoas de meia-idade; são maduras, possuidoras da verdade e admiradas pelos outros — e essas pessoas são as que têm testemunho e são a manifestação de Deus. O que significa dizer que, quando tiverem experimentado até certo ponto, no interior delas haverá uma percepção de Deus, e assim seu caráter externo também se estabilizará. Muitas pessoas não praticam a verdade e não permanecem firmes em seu testemunho. Em tais pessoas não há o amor de Deus ou o testemunho de Deus, e estas são as pessoas mais odiadas por Deus. Elas leem as palavras de Deus nas reuniões, mas o que vivem é Satanás, e isso é desonrar a Deus, difamar a Deus e blasfemar contra Deus. Em tais pessoas não há sinal do amor de Deus, e elas não têm a obra do Espírito Santo de forma alguma. Portanto, as palavras e ações das pessoas representam Satanás.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pedro sentia-se incomodado com qualquer coisa em sua vida que não satisfizesse o desejo de Deus. Se algo não satisfazia o desejo de Deus, ele sentia-se arrependido e procurava uma maneira adequada pela qual pudesse se empenhar para satisfazer o coração de Deus. Mesmo nos menores e mais e inconsequentes aspectos de sua vida, ele ainda exigia de si mesmo a satisfação do desejo de Deus. E não era menos rigoroso no que dizia respeito ao seu antigo caráter, sempre rígido ao exigir de si mesmo progresso mais profundo na verdade. Paulo buscava só reputação superficial e status. Buscava exibir-se diante dos homens e não procurava fazer nenhum progresso mais profundo na entrada na vida. O que lhe interessava era a doutrina, não a realidade. Algumas pessoas dizem: “Paulo trabalhou tanto para Deus, por que não foi lembrado por Ele? Pedro realizou só um pouco de trabalho para Deus e não fez grande contribuição para as igrejas; então, por que ele foi tornado perfeito?” Pedro amou a Deus até certo ponto, que era exigido por Deus; somente pessoas assim têm testemunho. E quanto a Paulo? Em que medida Paulo amou a Deus? Você sabe? Para que foi feito o trabalho de Paulo? E para que foi feito o trabalho de Pedro? Pedro não fez muito trabalho, mas você sabe o que estava no fundo do coração dele? O trabalho de Paulo dizia respeito à provisão e ao apoio às igrejas. O que Pedro experimentou foram mudanças em seu caráter de vida; ele experimentou o amor a Deus. Agora que você conhece a diferença de suas substâncias, pode ver quem, em última instância, acreditou verdadeiramente em Deus e quem não acreditou verdadeiramente em Deus. Um deles amou Deus autenticamente, o outro não amou Deus autenticamente; um passou por mudanças em seu caráter, o outro não; um serviu humildemente sem ser facilmente notado pelas pessoas, e o outro foi adorado pelo povo, e foi uma grande figura; um buscou santidade e o outro não e, embora não fosse impuro, não era dotado de amor puro; um era dotado de autêntica humanidade e o outro não; um era dotado da razão de uma criatura de Deus e o outro não. Eis as diferenças entre as substâncias de Pedro e de Paulo. A senda que Pedro trilhou era a do sucesso, que era também a senda de se alcançar a recuperação de humanidade normal e da recuperação do dever de uma criatura de Deus. Pedro representa todos os que são bem-sucedidos. A senda trilhada por Paulo era a do fracasso, e ele representa todos aqueles que só se submetem e se gastam superficialmente, sem amarem genuinamente a Deus. Paulo representa todos aqueles que não possuem a verdade. Na sua crença em Deus, Pedro procurou satisfazer Deus em tudo, e procurou obedecer a tudo o que viesse de Deus. Sem a mais ligeira queixa, ele pôde aceitar castigo e julgamento, bem como refinamento, tribulação e carência em sua vida, e nada disso conseguiu mudar seu amor a Deus. Não era esse o máximo amor a Deus? Não era esse o cumprimento do dever de uma criatura de Deus? Quer no castigo, no julgamento ou na tribulação; você é sempre capaz de alcançar a obediência até a morte, e isso é o que uma criatura de Deus deve alcançar, esta é a pureza do amor a Deus. Se o homem pode conseguir tanto assim, ele é uma criatura de Deus qualificada, e não há nada que melhor satisfaça o desejo do Criador. Imagine que você seja capaz de trabalhar para Deus, mas não obedeça a Deus e não consiga amar a Deus autenticamente. Desse modo, você não só não terá cumprido o dever de uma criatura de Deus, como também será condenado por Deus porque é alguém que não possui a verdade, que é incapaz de obedecer a Deus e que é desobediente a Deus. Você só se interessa em trabalhar para Deus e não tem interesse em pôr a verdade em prática nem em conhecer-se. Você não compreende nem conhece o Criador, não obedece nem ama o Criador. Você é alguém inerentemente desobediente a Deus, e pessoas assim não são prezadas pelo Criador.

Extraído de ‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se as pessoas têm um entendimento genuíno do caráter de Deus e podem dar um louvor sincero à Sua santidade e justiça, então isso significa que elas verdadeiramente O conhecem e possuem a verdade; só então elas vivem na luz. Somente quando a visão do mundo e da vida de uma pessoa muda, ela passa por uma transformação fundamental. Quando alguém tem um objetivo de vida e se comporta segundo a verdade; quando ele se submete totalmente a Deus e vive segundo Suas palavras; quando se sente em paz e iluminado até o fundo de sua alma; quando seu coração está liberto da escuridão; quando consegue viver de forma completamente livre e irrestrita na presença de Deus, só então é que ele leva uma vida humana genuína, só então ele se tornou uma pessoa que possui a verdade. Além disso, todas as verdades em sua posse vieram das palavras de Deus e do Próprio Deus. O Governante de todo o universo e de todas as coisas, o Deus Altíssimo, o aprova como uma pessoa real que vive uma vida humana verdadeira. O que poderia ser mais significativo que a aprovação de Deus? É isso que significa estar em posse da verdade.

Extraído de ‘Como conhecer a natureza do homem’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 99. Os princípios para identificar letras e doutrinas

Próximo: 101. Os princípios para identificar se alguém tem calibre

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro