89. Os princípios de coordenar o serviço

(1) Tratem os outros com justiça. Desde que não seja uma pessoa má, absurda ou um espírito maligno, vocês podem praticar a coordenação com ela. Tratar os outros com amor é um princípio fundamental;

(2) É necessário aprender a se submeter à verdade. Qualquer um que fala de acordo com a verdade deve ser aceito e obedecido, e a verdade deve ser buscada para resolver os problemas, não importa quem os tem;

(3) É necessário aprender a se engajar na autorreflexão e a se conhecer. Primeiro, corrija sua arrogância e hipocrisia, sua obstinação, devassidão e suas preferências carnais. Só assim se pode conviver com os outros;

(4) É necessário defender o princípio de salvaguardar a obra da casa de Deus. Se houver um problema de coordenação, ajude o outro com amor; se o problema for sério o suficiente para que a coordenação seja impossível, esta pode então ser anulada.

Palavras de Deus relevantes:

Se você deseja cumprir seus deveres adequadamente e satisfazer a vontade de Deus, então deve primeiro aprender a trabalhar harmoniosamente com outros. Ao coordenar-se com seus irmãos e irmãs, você deveria considerar o seguinte: o que é harmonia? A forma como falo com eles é harmoniosa? Meus pensamentos levam à harmonia com eles? A forma como estou fazendo as coisas leva à harmonia com eles? Considere como ser harmonioso. Às vezes, ser harmonioso envolve paciência e tolerância, mas também inclui manter sua posição e defender princípios; não significa reconciliar diferenças independentemente dos princípios, ou tentar ser “o sujeito legal”, ou ater-se à senda da moderação. Em especial, não significa agradar a alguém. Esses são os princípios. Uma vez que você tenha entendido esses princípios, você, sem nem mesmo perceber, agirá de acordo com a vontade de Deus e também viverá a realidade da verdade. Em suas interações umas com as outras, quando as pessoas confiam em filosofias de vida, em suas noções, ideias, desejos e egoísmo e em suas próprias capacidades, dons, especialidades e inteligência, elas são totalmente incapazes de alcançar unidade diante de Deus. Por estarem vivendo e fazendo coisas a partir de um caráter satânico corrupto, elas não podem se unir. Qual é a consequência final disso? Deus não opera nelas. Quando Ele não opera nelas e elas continuam a confiar em suas escassas habilidades, inteligência e especialidades e no pouquinho de conhecimento e qualificações que ganharam, elas têm muita dificuldade em ser postas a pleno uso na casa de Deus e também acham muito difícil agir de acordo com a Sua vontade, pois se Deus não está operando em você, você nunca pode compreender os princípios de colocar a verdade em prática ou de fazer coisas; isto é, você nunca pode compreender a essência ou a raiz dos princípios por trás do dever que está cumprindo, nem pode saber como agir em harmonia com a vontade de Deus ou o que fazer para alegrá-Lo. Você também não pode saber como agir alinhado com os princípios da verdade. Você é incapaz de compreender essas coisas essenciais; você nem faz ideia. Suas tentativas confusas de cumprir seu dever estão fadadas a falhar, e é certo que você será rejeitado por Deus.

Extraído de ‘Sobre a coordenação harmônica’ em “Registros das falas de Cristo”

Em qualquer coisa que fizer, você deve aprender a buscar e a obedecer à verdade nisso. Contanto que aja de acordo com a verdade, você estará agindo corretamente. Mesmo que tenha sido uma criança ou o jovem irmão ou irmã mais discreto que o sugeriu, contanto que aquilo que diz se conforme à verdade, então o que você está fazendo terá um bom desfecho e se conformará à vontade de Deus. A maneira de lidar com uma questão depende de seu impulso e de seus princípios para lidar com ela. Se seus princípios surgirem da vontade do homem, se surgirem de pensamentos, noções ou imaginações humanos ou se surgirem de emoções e pontos de vista humanos, então a maneira com que você lida com a questão será errada, pois sua fonte será errada. Quando suas opiniões se basearem nos princípios da verdade e você lidar com as questões de acordo com os princípios-verdade, com certeza você lidará corretamente com a questão em mãos. Às vezes, outras pessoas serão incapazes de aceitar o modo com que você lida com uma questão no momento, e, em tais momentos, elas podem parecer ter noções próprias ou seu coração pode estar pouco à vontade. Depois de um tempo, porém, elas verão que você está certo. As questões que se conformam à vontade de Deus parecem melhores com o passar do tempo; mas o resultado de questões que não se conformam à vontade de Deus — questões que estão de acordo com a vontade do homem e que são feitas pelo homem — pioram com o passar do tempo, e isso será provado. Quando agir, não se preocupe com qual caminho deveria ou não guiá-lo, e não faça suposições. Em primeiro lugar, você deve buscar e orar, e então seguir adiante tateando e comungar com todos os outros. Qual é o propósito da comunhão? Ela capacita a pessoa a fazer as coisas precisamente de acordo com a vontade de Deus e a agir de forma alinhada à vontade de Deus. Esse é um jeito um tanto exagerado de dizer isso; digamos que ela capacita a pessoa a lidar com assuntos precisamente de acordo com as verdades-princípio — assim fica um pouco mais prático. Se você conseguir alcançar isso, isso bastará.

Extraído de ‘A senda para resolver um caráter corrupto’ em “Registros das falas de Cristo”

Deus ergue os necessitados do pó; os humildes devem ser elevados. Usarei a Minha sabedoria em todas as suas formas para governar a igreja universal, para governar todas as nações e todos os povos, para que eles estejam todos dentro de Mim, e para que todos vocês na igreja possam se submeter a Mim. Aqueles que não obedeceram antes agora devem ser obedientes diante de Mim, devem se submeter uns aos outros, tolerar uns aos outros; suas vidas devem estar interconectadas e vocês devem amar uns aos outros, todos aproveitando os pontos fortes uns dos outros para compensar as próprias fraquezas, e servir em coordenação. Dessa forma, a igreja será edificada e Satanás não terá oportunidade de explorar. Só assim Meu plano de gestão não terá falhado. Deixe-Me lhes dar outro lembrete aqui. Não permita que mal-entendidos surjam em você porque tal e tal pessoa é de certa maneira, ou agiu de tal e tal forma, com o resultado de você se degenerar dentro da sua condição espiritual. A Meu ver, isso não é apropriado e é algo sem valor. Aquele em quem você acredita não é Deus? Não é uma pessoa. As funções não são as mesmas. Existe um só corpo. Cada qual cumpre seu dever, cada qual em seu lugar e fazendo o melhor — para cada centelha há um raio de luz — e buscando maturidade na vida. Dessa maneira, Eu ficarei satisfeito.

Extraído de ‘Capítulo 21’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Se querem combater o bom combate pela verdade, então, antes de mais nada, vocês não devem dar qualquer chance para Satanás operar — para esse fim, vocês precisarão ter o mesmo modo de pensar e ser capazes de servir em coordenação, renunciar a todas as suas noções próprias, opiniões, pontos de vista e modos de fazer as coisas, silenciar seu coração em Mim, concentrar-se na voz do Espírito Santo, estar atentos à obra do Espírito Santo e experimentar as palavras de Deus em detalhe. Vocês precisam ter uma só intenção, a qual é que Minha vontade seja feita. Vocês não deveriam ter nenhuma outra intenção além dessa. Vocês precisam olhar para Mim com todo o seu coração, observar atentamente as Minhas ações e a maneira como faço as coisas e não ser negligentes de maneira alguma. Seu espírito precisa estar aguçado, seus olhos abertos. Normalmente, quando se trata daqueles cujos objetivos e intenções não são corretos, bem como daqueles que adoram ser vistos pelos outros, que ficam ansiosos para fazer coisas, que são propensos a causar interrupções, que são bons em recitar doutrina religiosa, que são lacaios de Satanás, e assim por diante — quando se levantam, essas pessoas se tornam dificuldades para a igreja e isso faz o comer e beber das palavras de Deus por parte de irmãos e irmãs não dar em nada. Quando encontrarem tais pessoas atuando nesse papel, expulsem-nas imediatamente. Se, apesar de repetidas advertências, elas não mudarem, então sofrerão perda. Se aqueles que persistem teimosamente em seus modos se esforçam para se defender e tentam encobrir seus pecados, a igreja deveria abandoná-los imediatamente e deixá-los sem espaço de manobra. Não percam muito tentando salvar uns poucos; mantenham os olhos no quadro maior.

Extraído de ‘Capítulo 17’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Quando estão coordenando com outros para cumprir seus deveres, vocês são capazes de ser abertos a opiniões divergentes? Vocês aceitam o que outros dizem? (Eu sempre costumava me apegar às minhas próprias ideias, mas, após ser exposto em situações arranjadas por Deus, vi que, quando todos se reuniam e discutiam coisas, nós normalmente acertávamos as coisas e, muitas vezes, era minha própria perspectiva pessoal que havia sido errada ou míope. Passei a apreciar como é importante trabalhar em harmonia com outros.) E o que vocês aprenderam com isso? Vocês acham que alguém é perfeito? Não importa quão fortes as pessoas sejam ou quão capazes e talentosas, elas ainda assim não são perfeitas. As pessoas devem reconhecer isso; é um fato. Essa é também a atitude mais apropriada de qualquer um que esteja considerando corretamente seus pontos fortes e vantagens ou defeitos; essa é a racionalidade que as pessoas possuem. Com tal racionalidade, você pode lidar adequadamente com seus próprios pontos fortes e fraquezas, assim também com os de outros, e isso irá capacitá-lo a trabalhar junto a eles harmoniosamente. Se está munido desse aspecto da verdade e pode entrar em sua realidade, então você pode se relacionar harmoniosamente com seus irmãos e irmãs, valendo-se dos pontos fortes uns dos outros para compensar quaisquer fraquezas que você tenha. Dessa forma, não importa que dever você esteja cumprindo ou o que esteja fazendo, você sempre ficará melhor no que faz e terá a bênção de Deus. Se você sempre pensa que é muito bom e que os outros são piores por comparação e se você sempre quer ter a última palavra, então isso será problemático. Alguém pode dizer algo correto, mas você pensa: “Mesmo que o que ele disse seja certo, se eu concordar com ele, o que os outros vão pensar de mim? Isso não significará que não sou tão bom quanto ele? Eu não posso concordar com ele. Terei que encontrar um jeito de evitar que os outros saibam que estou seguindo o conselho dele e fazê-los pensar que estou fazendo de meu jeito; então eles terão uma opinião elevada de mim”. Se é assim que você sempre lida com outras pessoas, você pode chamar isso de cooperação harmoniosa? Quais serão os efeitos colaterais? Com o passar do tempo, todos serão capazes de ver quem você realmente é. As pessoas dirão que você é astuto demais, que você não age de acordo com a verdade e que você é desonesto. Todos o detestarão, e você estará muito suscetível a ser abandonado. Como Deus vê alguém a quem todos abandonam? Deus o detesta também. Por que Ele detesta esse tipo de pessoa? Os esforços de tal pessoa para cumprir seu dever podem ser honestos, mas que tipo de abordagem é essa? Deus a detesta. O caráter que tal pessoa revelou diante de Deus, tudo em seu coração e em sua mente e todas as suas intenções são repugnantes para Deus; Deus as acha nojentas e más. Usar métodos e truques extremamente indesejáveis para alcançar os próprios objetivos e para ganhar a admiração de outros é o tipo de comportamento que Deus detesta.

Extraído de ‘Apenas praticando a verdade é possível possuir humanidade normal’ em “Registros das falas de Cristo”

O que é coordenação harmônica? Você faz o que quer, e eu faço o que quero; você termina as suas coisas, e eu termino as minhas. Cada um faz o que quer, e não há entendimento tácito entre nós; não há comunicação ou comunhão. Não chegamos a nenhum tipo de entendimento mútuo. No fundo, nós simplesmente sabemos: “Estou fazendo meu dever, e você está fazendo o seu; você realiza o seu, e eu realizarei o meu. O que você faz não é da minha conta, e o que eu faço não é da sua conta. Nós não estamos interferindo um com o outro e não estamos incomodando ou influenciando um ao outro”. Isso é coordenação harmônica? Superficialmente, pode parecer que não há conflito ou queixas entre duas pessoas como essas; elas parecem não estar interferindo uma com a outra, nem controlando ou restringindo uma à outra. Entretanto, espiritualmente, não há coordenação harmônica entre elas; elas não têm nenhum entendimento tácito ou cuidado uma com a outra. Tudo que acontece é que cada uma delas está colocando esforço num assunto próprio, e exercendo esforço individual, sem qualquer coordenação. Esse é um bom jeito de se fazer as coisas? Não é um bom jeito de se fazer as coisas. Parece que um não está gerenciando o outro, um não está ouvindo ou dando orientação ao outro, e eles não estão ajudando um ao outro. Eles podem aparentar ser racionais, mas um caráter corrupto está no interior de cada um. Vocês sabem que caráter é esse? É que ambos estão competindo para estar na dianteira e são completamente carentes de amor, cuidado e disposição para ajudar os outros. Não há coordenação harmoniosa dessa maneira. Sem coordenar com os outros, você está travando uma batalha solitária, e muitas das coisas que faz não serão tão perfeitas ou completas. Esse não é o tipo de estado que Deus quer ver nos humanos; isso não traz alegria a Ele.

Extraído de ‘Sobre a coordenação harmônica’ em “Registros das falas de Cristo”

O que as pessoas devem fazer para ser úteis ao trabalhar ao lado dos outros? Reparar e apontar as deficiências umas das outras, ficando de olho umas nas outras, buscando e consultando umas às outras. Apontar coisas uns para os outros faz parte de trabalhar ao lado dos outros. Alguém pode dizer: “Você está fazendo errado, não está buscando a verdade. Como você pode ser tão precipitado no que diz e em como está lidando com isso?”. E ouvindo isso, elas dirão: “Oh, não! Por sorte você apontou isso — se não tivesse apontado, poderia ter havido um desastre”. E quanto a ficar de olho um no outro? Toda pessoa tem momentos em que comete erros, é superficial, não leva em consideração os interesses da casa de Deus, age de forma desmedida ou é desobediente. Quando você vir alguém se exibindo, protegendo o próprio status e não levando em consideração os interesses da casa de Deus, alguém que está apenas zelando pela própria reputação, é nessas ocasiões que você deve se aproximar, ter comunhão com ele e também tomar isso como um aviso para si mesmo. Não é isso que significa ficar de olho um no outro? Qual é a utilidade de ficarmos de olho uns nos outros? É para proteger os interesses da casa de Deus e impedir que as pessoas se desviem.

Extraído de ‘Para líderes e obreiros, escolher uma senda é de extrema importância (8)’ em “Registros das falas de Cristo”

A exigência feita a vocês hoje — trabalhar juntos em harmonia — é semelhante ao serviço que Jeová exigiu dos israelitas: caso contrário, simplesmente parem de prestar serviço. Visto que vocês são pessoas que servem diretamente a Deus, vocês devem, no mínimo, ser capazes de lealdade e submissão em seu serviço e também devem ser capazes de aprender lições de maneira prática. Especialmente para aqueles de vocês que trabalham na igreja, qualquer um dos irmãos e irmãs subordinados a vocês ousaria lidar com vocês? Alguém ousaria falar-lhes na cara sobre seus erros? Vocês estão muito acima de todos os outros; vocês reinam como reis! Vocês nem mesmo estudam nem entram nesses tipos de lições práticas, mesmo assim falam de servir a Deus! Atualmente, pede-se que você lidere um número de igrejas, mas você não só não desiste de si mesmo, mas até se agarra às suas próprias noções e opiniões, dizendo coisas como: “Acho que essa coisa deveria ser feita dessa maneira, visto que Deus disse que não devemos ser restritos pelos outros e que, hoje em dia, não devemos nos submeter cegamente”. Portanto, cada um de vocês se agarra à própria opinião, e ninguém obedece ao outro. Mesmo sabendo claramente que seu serviço se encontra num impasse, vocês ainda dizem: “A meu ver, meu jeito não está longe da meta. Em todo caso, cada um de nós tem um lado: você fala do seu, e eu falarei do meu; você comunica suas visões, e eu falarei da minha entrada”. Vocês nunca assumem responsabilidade pelas muitas coisas que deveriam ser tratadas ou simplesmente improvisam, cada um botando para fora as próprias opiniões e prudentemente protegendo o status, a reputação e a face de vocês. Nenhum de vocês está disposto a se humilhar, e nenhum lado toma a iniciativa para desistir de si mesmo e compensar as deficiências uns dos outros para que a vida possa progredir mais rapidamente. Quando vocês estão coordenando juntos, vocês deveriam aprender a buscar a verdade. Talvez vocês digam: “Eu não tenho um entendimento claro desse aspecto da verdade. Que experiência você tem com isso?” Ou talvez vocês digam: “Você tem mais experiência do que eu no que diz respeito a esse aspecto; você poderia, por favor, me oferecer alguma orientação?”. Essa não seria uma boa maneira de resolver isso? Vocês ouviram muitos sermões e têm alguma experiência em prestar serviço. Se vocês não aprenderem uns com os outros, não ajudarem uns aos outros e não compensarem as deficiências uns dos outros quando trabalharem nas igrejas, como, então, poderão aprender quaisquer lições? Sempre que se depararem com qualquer coisa, vocês deveriam se comunicar uns com os outros para que sua vida possa se beneficiar. Além do mais, vocês deveriam se comunicar cuidadosamente sobre coisas de qualquer tipo antes de tomar qualquer decisão. Só se fizerem isso, vocês estarão assumindo responsabilidade pela igreja em vez de simplesmente agirem superficialmente. Após visitarem todas as igrejas, vocês deveriam se reunir e comunicar todas as questões que descobrirem e quaisquer problemas encontrados em seu trabalho, e então vocês deveriam comunicar o esclarecimento e a iluminação que vocês receberam — essa é uma prática de serviço indispensável. Vocês devem alcançar cooperação harmoniosa para o propósito da obra de Deus, para o benefício da igreja e a fim de incentivar seus irmãos e irmãs a avançarem. Vocês devem se coordenar uns com os outros, cada um corrigindo o outro e alcançando um resultado de trabalho melhor, a fim de cuidar da vontade de Deus. Isso é que é cooperação verdadeira, e apenas aqueles que se engajarem nela ganharão entrada verdadeira. Enquanto cooperam, algumas das palavras que você diz podem ser inapropriadas, mas isso não importa. Conversem sobre isso mais tarde e ganhem um entendimento claro sobre isso; não negligenciem isso. Depois desse tipo de comunhão, vocês podem compensar as deficiências de seus irmãos ou irmãs. Apenas se aprofundando cada vez mais em seu trabalho dessa maneira, vocês podem alcançar resultados melhores. Cada um de vocês, como pessoas que servem a Deus, deve ser capaz de defender os interesses da igreja em tudo que faz, em vez de simplesmente considerar seus próprios interesses. É inaceitável agirem sozinhos, boicotando uns aos outros. Pessoas que se comportam dessa maneira não são aptas para servir a Deus! Tais pessoas têm um caráter terrível; não resta nelas um pingo de humanidade. São cem por cento Satanás! São bestas! Mesmo agora, tais coisas ainda ocorrem entre vocês; vocês chegam até a atacar uns aos outros durante a comunhão, intencionalmente buscando pretextos e ficando todos vermelhos no rosto enquanto brigam por causa de algum assunto trivial, nenhuma pessoa estando disposta a tirar o foco de si mesmo, cada pessoa ocultando dos outros os seus pensamentos íntimos, observando intensamente a outra parte e sempre estando em guarda. Esse tipo de caráter condiz ao serviço a Deus? Um trabalho desse como o seu pode suprir qualquer coisa aos seus irmãos e irmãs? Você não só é incapaz de conduzir pessoas para o curso de vida correto, mas, na verdade, injeta seus próprios caracteres corruptos em seus irmãos e irmãs. Você não está ferindo os outros? Sua consciência é horrível e está totalmente podre! Você não entra na realidade, nem coloca a verdade em prática. Além disso, você descaradamente expõe sua natureza diabólica aos outros. Você simplesmente não tem vergonha! Esses irmãos e irmãs lhe foram confiados, no entanto, você os leva para o inferno. Você não é alguém cuja consciência se tornou podre? Você não tem absolutamente nenhuma vergonha!

Extraído de ‘Sirva como serviram os israelitas’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 88. Os princípios de servir a Deus

Próximo: 90. Os princípios de ser um líder de igreja

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro