10. Os princípios para aquietar-se diante de Deus

(1) Deve-se comer e beber das palavras de Deus todos os dias. Deve-se também orar a Deus, contemplar Suas palavras e tentar compreender Sua vontade, para que seu coração possa facilmente aquietar-se diante Dele;

(2) Aprenda a buscar a verdade em todas as coisas. Aprenda o discernimento e seja capaz de agir com precisão de acordo com as palavras de Deus. Assim se pode garantir que, em todas as coisas, se viva diante de Deus;

(3) É preciso engajar-se em autorreflexão a cada dia e, se a corrupção de alguém for revelada ou alguém for podado e tratado, ele deve procurar usar a verdade para resolver o problema com base nas palavras de Deus;

(4) Quando alguém não tem nada para fazer, é preciso que aprenda a cantar hinos de louvor a Deus para que seu coração seja tocado e seus pensamentos provenham do amor de Deus. Deus virá naturalmente para estar com ele.

Palavras de Deus relevantes:

Sobre aquietar o coração perante Deus

(Um capítulo selecionado da palavra de Deus)

Nenhum passo é mais crucial para entrar nas palavras de Deus que aquietar seu coração em Sua presença. É uma lição em que todas as pessoas, no presente, estão em necessidade urgente de entrar. As sendas de entrada em aquietar o coração perante Deus são as seguintes:

1. Afaste seu coração de questões externas. Fique em paz perante Deus e dedique sua atenção indivisa para orar a Deus.

2. Com o coração em paz perante Deus, coma, beba e desfrute as palavras de Deus.

3. Medite sobre o amor de Deus, o contemple e pondere a obra de Deus em seu coração.

Primeiro, comece pelo aspecto da oração. Ore com atenção indivisa e em horários fixos. Não importa o quanto você esteja pressionado pelo tempo, quão ocupado em seu trabalho, nem o que lhe aconteça, ore todos os dias como de costume e coma e beba as palavras de Deus como de costume. Enquanto comer e beber as palavras de Deus, independentemente do que esteja a seu redor, você terá grande prazer em seu espírito e não será perturbado por pessoas, acontecimentos e coisas que o cercam. Quando você contempla Deus normalmente em seu coração, o que acontece do lado de fora não consegue incomodá-lo. Isso é o que significa possuir estatura. Comece pela oração: orar em silêncio perante Deus é o mais proveitoso. Depois disso, coma e beba as palavras de Deus, busque a luz nas palavras de Deus ao ponderá-las, encontre a senda para a prática, conheça o propósito Deus em falar Suas palavras e compreenda-as sem se desviar. De modo geral, deveria lhe ser normal aproximar-se de Deus em seu coração, contemplar o amor de Deus e ponderar as palavras de Deus sem ser perturbado pelas coisas externas. Quando seu coração tiver alcançado certo grau de paz, você será capaz de meditar em silêncio e, dentro de si, contemplar o amor de Deus e se aproximar Dele verdadeiramente, sem considerar seus arredores, até que por fim você chegue ao ponto em que o louvor brota em seu coração, e isso é ainda melhor que orar. Então, você estará de posse de certa estatura. Se você for capaz de alcançar os estados do ser descritos acima, isso provará que o seu coração está verdadeiramente em paz perante Deus. Essa é a primeira lição básica. Só depois que forem capazes de estar em paz perante Deus é que as pessoas podem ser tocadas pelo Espírito Santo, e ser esclarecidas e iluminadas pelo Espírito Santo, e só então são capazes de ter verdadeira comunhão com Deus, bem como compreender a vontade de Deus e a orientação do Espírito Santo. Elas então terão entrado na trilha certa de sua vida espiritual. Quando seu treino de viver perante Deus alcançou certa profundidade, e elas são capazes de renunciar a si mesmas, desprezar a si mesmas e viver nas palavras de Deus, então o coração delas está verdadeiramente em paz perante Deus. Ser capaz de desprezar a si mesmo, de amaldiçoar a si mesmo e de renunciar a si mesmo é o efeito alcançado pela obra de Deus, e não pode ser realizado pelas pessoas por conta própria. Assim, a prática de aquietar o coração perante Deus é uma lição em que as pessoas deveriam entrar imediatamente. Pois algumas pessoas, não só são incapazes, de modo geral, de estar em paz perante Deus, como também não conseguem aquietar o coração perante Deus, nem quando oram. Isso está muito aquém dos padrões de Deus! Se o seu coração não consegue estar em paz perante Deus, você pode ser tocado pelo Espírito Santo? Se você é alguém que não consegue estar em paz perante Deus, é propenso a se distrair quando alguém chega perto, quando os outros estão conversando, e a sua mente pode ser afastada quando outras pessoas estão fazendo coisas, nesse caso você não vive na presença Deus. Se o seu coração estiver verdadeiramente em paz perante Deus, você não será perturbado por qualquer coisa que aconteça do lado de fora, nem ocupado por qualquer pessoa, acontecimento ou coisa. Se você tiver entrada nisso, então aqueles estados negativos e todas as coisas negativas — noções humanas, filosofias para viver, relações anormais entre pessoas, ideias e pensamentos, e assim por diante — desaparecerão naturalmente. Porque você está sempre ponderando as palavras de Deus, e o seu coração está sempre se aproximando de Deus e sempre sendo ocupado com as atuais palavras de Deus, aquelas coisas negativas se afastarão de você sem que você o perceba. Quando coisas novas e positivas o ocuparem, as coisas antigas e negativas não terão lugar, então não preste atenção nessas coisas negativas. Você não precisa fazer esforço para controlá-las. Você deveria se concentrar em estar em paz perante Deus, em comer, beber e desfrutar as palavras de Deus tanto quanto puder, em cantar hinos em louvor a Deus tanto quanto puder e permitir que Deus tenha a oportunidade de operar em você, porque Deus agora quer aperfeiçoar a humanidade pessoalmente, e Ele quer ganhar o seu coração; Seu Espírito toca o seu coração, e se você, seguindo a orientação do Espírito Santo, passar a viver na presença de Deus, você satisfará a Deus. Se prestar atenção em viver nas palavras de Deus e envolver-se mais em comunicar sobre a verdade para ganhar o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo, então aquelas noções religiosas e toda a sua hipocrisia e autoimportância desaparecerão, e você saberá como despender-se por Deus, como amar Deus e como satisfazer a Deus. E sem a sua percepção disso, aquelas coisas externas a Deus se dissiparão inteiramente da sua consciência.

Ponderar e orar sobre as palavras de Deus enquanto come e bebe Suas palavras atuais é o primeiro passo para estar em paz perante Deus. Se você puder verdadeiramente estar em paz perante Deus, então o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo estarão com você. Toda a vida espiritual é alcançada por estar em paz na presença de Deus. Ao orar, você precisa estar em paz perante Deus, e só então pode ser tocado pelo Espírito Santo. Quando você está em paz perante Deus enquanto come e bebe as palavras de Deus, você pode ser esclarecido e iluminado e pode alcançar o entendimento verdadeiro das palavras de Deus. Quando, em suas atividades habituais de meditação e comunhão e aproximando-se de Deus em seu coração, você ficar em paz na presença de Deus, você será capaz de desfrutar uma proximidade genuína de Deus, ter um entendimento genuíno do amor de Deus e Sua obra e mostrar consideração e cuidado verdadeiros para com as intenções de Deus. Quanto mais você for capaz, de modo geral, de estar em paz perante Deus, mais será iluminado e mais será capaz de compreender o próprio caráter corrupto, que é o que lhe falta, que é em que deveria entrar, em que função deveria servir e onde os seus defeitos jazem. Tudo isso é alcançado por estar em paz na presença de Deus. Se verdadeiramente atingir profundidade em sua paz perante Deus, você será capaz de compreender certos mistérios do espírito, compreender o que Deus no presente deseja realizar em você, compreender a parte mais íntima das palavras de Deus, compreender a essência das palavras de Deus, o ser das palavras de Deus, e será capaz de ver a senda da prática de maneira mais clara e exata. Se deixar de alcançar profundidade suficiente em estar em paz em seu espírito, você só será tocado um pouco pelo Espírito Santo; você se sentirá fortalecido por dentro e sentirá certo tanto de contentamento e paz, mas não captará nada mais profundo. Como Eu disse antes: se as pessoas não empregarem cada grama de sua força, lhes será difícil ouvir a Minha voz ou ver a Minha face. Isso se refere a alcançar profundidade na paz da pessoa perante Deus, e não a fazer esforços superficiais. Uma pessoa que pode verdadeiramente estar em paz na presença de Deus é capaz de se libertar de todas as amarras mundanas e chegar à posse por Deus. Todas que são incapazes de estar em paz na presença de Deus são com certeza dissolutas e desenfreadas. Todas que são capazes de estar em paz perante Deus são aquelas que são piedosas perante Deus e que anseiam por Deus. Só aquelas que estão em paz perante Deus valorizam a vida, valorizam a comunhão no espírito, têm sede das palavras de Deus e buscam a verdade. Quem não valoriza estar em paz perante Deus e não pratica estar em paz perante Deus é vão e superficial, apegado ao mundo e sem vida; mesmo se disser que acredita em Deus, só está falando da boca para fora. Aqueles a quem Deus, no fim, aperfeiçoa e completa são pessoas que conseguem estar em paz em Sua presença. Portanto, aqueles que estão em paz perante Deus são agraciados com grandes bênçãos. As pessoas que mal têm tempo para comer e beber as palavras de Deus ao longo dia, que estão ativamente preocupadas com assuntos externos e dão pouco valor à entrada da vida — essas todas são hipócritas sem perspectiva de desenvolvimento no futuro. Aqueles que conseguem estar em paz perante Deus e que conseguem comungar genuinamente com Deus é que são o povo de Deus.

Para vir perante Deus e aceitar Suas palavras como a sua vida, você precisa primeiro estar em paz perante Deus. Só quando você estiver em paz perante Deus é que Deus esclarecerá você e lhe dará conhecimento. Quanto mais as pessoas estão em paz perante Deus, mais são capazes de receber o esclarecimento e a iluminação de Deus. Tudo isso exige que as pessoas tenham piedade e fé; só assim elas podem ser aperfeiçoadas. A lição fundamental para entrar na vida espiritual é estar em paz na presença de Deus. Só se você estiver em paz na presença de Deus todo o seu treino espiritual será eficiente. Se o seu coração for incapaz de estar em paz perante Deus, você será incapaz de receber a obra do Espírito Santo. Se o seu coração estiver em paz perante Deus independentemente do que você esteja fazendo, então você é alguém que vive na presença de Deus. Se o seu coração está em paz perante Deus e se aproxima de Deus não importa o que você esteja fazendo, isso prova que você é uma pessoa que está em paz perante Deus. Se, quando está conversando com outras pessoas, ou caminhando, você for capaz de dizer: “O meu coração está próximo de Deus e não está focado em coisas externas, e eu consigo ficar em paz perante Deus”, então você é alguém que está em paz perante Deus. Não se envolva com qualquer coisa que arraste o seu coração em direção a questões externas, ou com pessoas que saparem o seu coração de Deus. Tudo que possa distrair o seu coração de estar próximo de Deus, deixe de lado, ou mantenha-se longe disso. Isso é do maior benefício para a sua vida. Agora é precisamente o momento para a grande obra do Espírito Santo, o momento em que Deus pessoalmente aperfeiçoa as pessoas. Se, neste momento, você não puder estar em paz perante Deus, então você não é alguém que retornará perante o trono de Deus. Se você buscar outras coisas que não Deus, não haverá como você ser aperfeiçoado por Deus. Aqueles que podem ouvir tais declarações de Deus e ainda assim deixam de estar em paz perante Ele hoje são pessoas que não amam a verdade e não amam a Deus. Se você não se oferecer neste momento, pelo que estará esperando? Oferecer-se é aquietar o coração perante Deus. Essa seria uma oferta genuína. Todo aquele que verdadeiramente oferece o coração a Deus está certo de ser completado por Deus. Nada, não importa o que seja, pode perturbá-lo; se é para podá-lo ou lidar com você, ou se você deparar com frustração ou fracasso, o seu coração sempre deve estar em paz perante Deus. Não importa como as pessoas o tratem, o seu coração deveria estar em paz perante Deus. Independentemente de que circunstâncias você encontre — se você está cercado por adversidade, sofrimento, perseguição ou provações diferentes — seu coração deveria sempre estar em paz perante Deus; tais são as sendas para ser aperfeiçoado. Só quando você estiver verdadeiramente em paz perante Deus é que as palavras atuais de Deus se tornarão claras para você. Você pode então praticar mais corretamente e sem desvio a iluminação e o esclarecimento do Espírito Santo, captar com maior clareza as intenções de Deus, as quais darão a seu serviço uma direção mais clara, captar mais acuradamente o mover e a orientação do Espírito Santo e estar certo de viver sob a orientação do Espírito Santo. Tais são os efeitos alcançados por estar verdadeiramente em paz perante Deus. Quando as pessoas não têm clareza sobre as palavras de Deus, não têm uma senda para praticar, deixam de captar as intenções de Deus ou carecem de princípios de prática, isso ocorre porque seu coração não está em paz perante Deus. O propósito de estar em paz perante Deus é ser sincero e pragmático, buscar a correção e a transparência nas palavras de Deus e, no fim, chegar ao entendimento da verdade e ao conhecimento de Deus.

Se o seu coração não está em paz perante Deus com frequência, Deus não tem como aperfeiçoá-lo. Estar sem resolução equivale a não ter coração, e uma pessoa sem coração não pode estar em paz perante Deus; tal pessoa não sabe quanta obra Deus faz, nem quanto Ele fala, nem sabe como praticar. Essa não é uma pessoa sem coração? Uma pessoa sem coração pode estar em paz perante Deus? Deus não tem como aperfeiçoar pessoas sem coração — elas não são diferentes das bestas de carga. Deus falou com muita clareza e transparência, mas seu coração continua não movido e você continua incapaz de estar em paz perante Deus. Você não é um bruto idiota? Algumas pessoas se perdem na prática de estar em paz na presença de Deus. Quando chega a hora de cozinhar, elas não cozinham, e quando chega a hora de fazer as tarefas, elas não as fazem, apenas continuam a orar e a meditar. Estar em paz perante Deus não significa não cozinhar ou não fazer as tarefas, ou não viver a vida; ao contrário, é ser capaz de aquietar o coração perante Deus em todos os estados normais e ter lugar para Deus no coração. Ao orar, você deveria ajoelhar-se adequadamente perante Deus para orar; ao fazer as tarefas ou preparar comida, aquiete seu coração perante Deus, pondere as palavras de Deus, ou cante hinos. Não importa a situação em que se encontrar, você deveria ter um caminho próprio para praticar, deveria fazer todo o possível para se aproximar de Deus e deveria tentar com todas as suas forças aquietar seu coração perante Deus. Quando as circunstâncias permitirem, ore concentradamente; quando as circunstâncias não permitirem, aproxime-se de Deus em seu coração enquanto faz a tarefa à mão. Quando puder comer e beber as palavras de Deus, então coma e beba Suas palavras; quando puder orar, então ore; quando puder contemplar Deus, então O contemple. Em outras palavras, faça o máximo para se treinar a entrar de acordo com o seu ambiente. Algumas pessoas conseguem estar em paz perante Deus quando nada está em questão, mas, assim que algo acontece, sua mente vagueia. Isso não é estar em paz perante Deus. A maneira correta de experimentar é esta: sob nenhuma circunstância o coração da pessoa se afasta de Deus, nem se sente perturbado por pessoas, acontecimentos ou coisas externas, e só então ela é uma pessoa que verdadeiramente está em paz perante Deus. Algumas pessoas dizem que, quando oram em assembleias, seu coração consegue estar em paz perante Deus, mas em comunhão com os outros são incapazes de estar em paz perante Deus, e seus pensamentos correm soltos. Isso não é estar em paz perante Deus. Hoje, a maioria das pessoas está nesse estado, o coração delas é incapaz de sempre estar em paz perante Deus. Assim, vocês precisam pôr mais esforço em se exercitar nessa área, entrar, passo a passo, na trilha certa da experiência de vida e embarcar na senda de ser aperfeiçoado por Deus.

de “A Palavra manifesta em carne”

Se quiserem ter o coração verdadeiramente em paz diante de Deus, então vocês precisam fazer o trabalho de cooperação consciente. Isso quer dizer que cada um de vocês precisa ter um tempo para as suas devoções, um tempo em que deixam pessoas, eventos e coisas de lado; assentam seu coração e aquietam-se diante de Deus. Todos precisam ter anotações devocionais individuais, registrando seu conhecimento da palavra de Deus e como o seu espírito é comovido, independentemente de serem profundas ou superficiais; todos precisam aquietar seu coração diante de Deus com consciência. Se puder dedicar uma ou duas horas por dia à vida espiritual verdadeira, então nesse dia sua vida se sentirá enriquecida e seu coração ficará brilhante e claro. Se você viver esse tipo de vida espiritual todos os dias, então seu coração será capaz de voltar mais para a posse de Deus, seu espírito se tornará cada vez mais forte, sua condição melhorará constantemente, você se tornará mais capaz de trilhar a senda pela qual o Espírito Santo conduz e Deus lhe concederá bênçãos maiores. O propósito da sua vida espiritual é ganhar conscientemente a presença do Espírito Santo. Não é observar regras nem dirigir rituais religiosos, mas agir verdadeiramente em consonância com Deus, disciplinar verdadeiramente seu corpo — isso é o que o homem deveria fazer, assim vocês deveriam fazê-lo com o máximo esforço. Quanto melhor a sua cooperação e quanto mais esforço consignar, mais seu coração será capaz de voltar para Deus e mais você será capaz de aquietar seu coração diante Dele. Em certo ponto, Deus ganhará completamente o seu coração. Ninguém será capaz de influenciar ou capturar seu coração e você pertencerá completamente a Deus.

Extraído de ‘Uma vida espiritual normal conduz as pessoas à trilha certa’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pela experiência, pode-se ver que uma das questões mais importantes é aquietar o coração diante de Deus. Essa é uma questão que diz respeito à vida espiritual das pessoas e ao seu crescimento em sua vida. Somente se seu coração estiver em paz diante de Deus, sua busca da verdade e de mudanças em seu caráter dará frutos. Como você vem à presença de Deus carregando um fardo e porque você sempre sente que tem deficiências em tantas coisas, que há muitas verdades que você precisa conhecer, muita realidade que precisa experimentar e que deve dedicar todo cuidado à vontade de Deus — essas coisas estão sempre em sua mente. É como se elas o estivessem pressionando com uma força que o impede de respirar, e, assim, você sente seu coração pesado (embora não esteja em um estado negativo). Somente pessoas assim são qualificadas para aceitar o esclarecimento das palavras de Deus e ser movidas pelo Espírito de Deus. É devido ao seu fardo, por terem o coração pesado e, pode-se dizer, devido ao preço que pagaram e ao tormento que sofreram diante de Deus, que elas recebem Seu esclarecimento e Sua iluminação. Porque Deus não dá tratamento especial a pessoa alguma. Ele é sempre justo em Seu tratamento das pessoas, mas também não lhes dá arbitrária ou incondicionalmente. Esse é um aspecto de Seu caráter justo. Na vida real, a maioria das pessoas ainda precisa alcançar esse reino. No mínimo, seu coração ainda tem de voltar-se totalmente para Deus, e, assim, ainda não houve grande mudança em seu caráter de vida. Isso ocorre porque elas só vivem na graça de Deus e ainda têm de ganhar a obra do Espírito Santo. Os critérios que as pessoas devem satisfazer para que Deus faça uso delas são os seguintes: o coração delas se volta para Deus, elas carregam o fardo de Suas palavras, seu coração anseia, e elas têm a determinação de buscar a verdade. Somente pessoas assim podem ganhar a obra do Espírito Santo e frequentemente ganham esclarecimento e iluminação. As pessoas das quais Deus faz uso parecem, de fora, ser irracionais e não ter relacionamentos normais com os outros, embora falem com propriedade, não falem descuidadamente e sempre consigam manter um coração sereno diante de Deus. É exatamente esse tipo de pessoa que é suficiente para ser usado pelo Espírito Santo. Essa pessoa “irracional” da qual Deus fala parece não ter relacionamentos normais com os outros e não dá a atenção devida para um amor externo ou práticas externas, mas, quando comunica assuntos espirituais, é capaz de abrir seu coração e, abnegadamente, fornecer aos outros o esclarecimento e a iluminação que adquiriu de sua experiência real diante de Deus. É assim que ela expressa seu amor por Deus e satisfaz a vontade de Deus. Quando todos os outros a estão caluniando e ridicularizando, ela é capaz de evitar ser controlada por pessoas, assuntos ou coisas externas e, mesmo assim, se aquietar diante de Deus. Tal pessoa parece ter suas próprias percepções singulares. Independentemente do que os outros fazem, seu coração nunca deixa Deus. Quando os outros estão conversando alegres e bem-humorados, seu coração ainda permanece diante de Deus, contemplando a palavra de Deus ou orando em silêncio ao Deus em seu coração, buscando Suas intenções. Ela nunca dá importância a manter relacionamentos normais com outras pessoas. Tal pessoa parece não ter uma filosofia para viver. Exteriormente, essa pessoa é vivaz, amável e inocente, mas possui também um senso de tranquilidade. Essa é a semelhança do tipo de pessoa da qual Deus faz uso. Coisas como a filosofia para viver ou a “razão normal” simplesmente não funcionam nesse tipo de pessoa; esse é um tipo de pessoa que dedicou todo o seu coração à palavra de Deus e parece ter somente Deus em seu coração. Esse é o tipo de pessoa a quem Deus Se refere como uma pessoa “sem razão” e é exatamente o tipo de pessoa que é usada por Deus. A marca de uma pessoa que está sendo usada por Deus é: não importa quando ou onde, seu coração está sempre diante de Deus e, independentemente de quão dissolutos os outros podem ser, de quanto se entregam à sua luxúria ou à sua carne, mesmo assim o coração dessa pessoa nunca abandona Deus, e ela não segue a multidão. Somente esse tipo de pessoa é adequado para o uso de Deus e somente esse tipo de pessoa é aperfeiçoado pelo Espírito Santo. Se você é incapaz de alcançar essas coisas, então não está qualificado para ser ganho por Deus e para ser aperfeiçoado pelo Espírito Santo.

Extraído de ‘É muito importante estabelecer um relacionamento normal com Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 9. Os princípios para praticar as devoções diárias

Próximo: 11. Os princípios para viver diante de Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Venha conversar com a gente
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro