41. Os princípios para alcançar compatibilidade com Deus

(1) É necessário aceitar o julgamento e o castigo das palavras de Deus e purificar-se de seu próprio caráter corrupto. Só assim é garantido que não mais se desobedecerá ou resistirá a Deus;

(2) É necessário buscar a verdade e compreender seus vários aspectos. Só assim é garantido que os pontos de vista de alguém sobre as coisas estejam em conformidade com os de Cristo e não entrem em conflito com eles;

(3) É necessário submeter-se a todas as palavras de Deus. Mesmo quando alguém não as entende, ele deve aprender a buscar a submissão à verdade para garantir que não esteja desobedecendo ou resistindo a Deus;

(4) É necessário aceitar ser aperfeiçoado por Cristo e alcançar uma mudança no caráter de vida. Somente assim alguém pode se submeter a Cristo de forma absoluta e se tornar alguém que dá testemunho Dele.

Palavras de Deus relevantes:

Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo

(Um capítulo selecionado da palavra de Deus)

Tenho realizado muita obra entre os homens e as palavras que tenho expressado durante esse tempo foram muitas. Tais palavras são para o bem da salvação do homem e foram expressas para que o homem possa se tornar compatível Comigo. Porém, ganhei apenas algumas pessoas na terra que são compatíveis Comigo, portanto, digo que o homem não valoriza Minhas palavras, pois o homem não é compatível Comigo. Dessa forma, a obra que realizo não é simplesmente para que o homem Me adore, mas é, acima de tudo, para que o homem seja compatível Comigo. O homem foi corrompido e vive na cilada de Satanás. Todas as pessoas vivem na carne, vivem em desejos egoístas, e não há uma delas sequer que seja compatível Comigo. Há aqueles que dizem ser compatíveis Comigo, mas todos adoram ídolos vagos. Embora reconheçam Meu nome como santo, eles trilham um caminho em direção contrária a Mim, e suas palavras são repletas de arrogância e autoconfiança, porque, em sua raiz, todos eles são contra Mim e incompatíveis Comigo. Todos os dias eles buscam vestígios de Mim na Bíblia e de maneira aleatória encontram passagens “adequadas”, que leem incessantemente, que recitam como Escrituras. Eles não sabem como ser compatíveis Comigo, nem o que significa estar contra Mim e simplesmente leem as Escrituras às cegas. Eles limitam à Bíblia um Deus vago que nunca viram e que são incapazes de ver, e pegam esse livro para lê-lo durante o tempo que têm livre. Eles acreditam em Minha existência apenas no escopo da Bíblia. Para eles, Sou o mesmo que a Bíblia; sem a Bíblia Eu não existo e sem Mim não há Bíblia. Eles não prestam atenção em Minha existência nem em Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras. Muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja profetizado nas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada a elas. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Não são essas pessoas os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Velho Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? Não era que eles não buscavam o caminho da compatibilidade com a verdade? Eram obcecados por toda e qualquer palavra das Escrituras sem, no entanto, prestar atenção à Minha vontade, às etapas e aos métodos da Minha obra. Eles não eram pessoas que buscavam a verdade, mas pessoas que se agarravam rigorosamente às palavras; não eram pessoas que acreditavam em Deus, mas que acreditavam na Bíblia. Eram, em essência, os cães de guarda da Bíblia. A fim de salvaguardar os interesses da Bíblia, de preservar a dignidade e proteger a reputação da Bíblia, chegaram a ponto de pregar o misericordioso Jesus na cruz. Fizeram isso simplesmente para defender a Bíblia, para manter a posição de toda e qualquer palavra da Bíblia no coração das pessoas. Então, preferiram renunciar ao futuro e à oferta pelo pecado para condenar Jesus, que não estava em conformidade com a doutrina das Escrituras, com a morte. Não eram todos eles lacaios de toda e qualquer palavra das Escrituras?

E quanto às pessoas de hoje? Cristo veio para liberar a verdade, mas elas prefeririam expulsá-Lo deste mundo a fim de ganhar a entrada no céu e receber a graça. Elas prefeririam negar completamente a vinda da verdade a fim de salvaguardar os interesses da Bíblia e prefeririam mais uma vez pregar na cruz o Cristo que retornou na carne a fim de assegurar a existência eterna da Bíblia. Como o homem pode receber a Minha salvação, quando o seu coração é tão malicioso e a sua natureza é tão antagônica a Mim? Vivo entre os homens, mas o homem não sabe da Minha existência. Quando faço brilhar Minha luz sobre o homem, ele ainda permanece ignorante da Minha existência. Quando Eu desencadeio a Minha ira sobre o homem, ele nega a Minha existência com ainda mais vigor. O homem busca compatibilidade com as palavras, com a Bíblia, porém nem uma só pessoa vem a Mim para buscar o caminho da compatibilidade com a verdade. O homem olha para Mim no céu e devota particular interesse pela Minha existência ali, porém ninguém se importa Comigo na carne, pois Eu, que vivo entre os homens, sou simplesmente insignificante demais. Aqueles que só buscam a compatibilidade com as palavras da Bíblia, que só buscam a compatibilidade com um Deus vago, são uma visão desprezível para Mim, pois o que eles adoram são palavras mortas e um Deus capaz de lhes dar tesouros incontáveis. O que eles adoram é um Deus que se coloca à mercê do homem — um Deus que não existe. O que, então, tais pessoas podem obter de Mim? O homem é simplesmente desprezível demais para se expressar em palavras. Aqueles que estão contra Mim, que Me fazem exigências sem limites, que não têm amor pela verdade, que são rebeldes em relação a Mim, como poderiam ser compatíveis Comigo?

Aqueles que estão contra Mim são os que não são compatíveis Comigo. Assim também aqueles que não amam a verdade. Os que se rebelam contra Mim são ainda mais contrários a Mim e incompatíveis Comigo. Todos aqueles que não são compatíveis Comigo Eu entrego nas mãos do maligno. Eu os abandono à corrupção do maligno, dou-lhes rédeas soltas para revelarem sua maleficência e por fim os entrego ao maligno para serem devorados. Não Me importo com quantas pessoas Me adoram, isto é, não Me importo com quantas pessoas acreditam em Mim. Tudo que Me interessa são quantas pessoas são compatíveis Comigo. Isso porque todos os que não são compatíveis Comigo são malignos que Me traem; eles são Meus inimigos e Eu não irei “consagrar” Meus inimigos em Minha casa. Aqueles que são compatíveis Comigo irão Me servir para sempre em Minha casa e aqueles que se colocam em inimizade Comigo irão sofrer a Minha punição para sempre. Aqueles que só se importam com as palavras da Bíblia, que não estão preocupados com a verdade ou em buscar Minhas pegadas, estes estão contra Mim, pois Me limitam de acordo com a Bíblia e Me limitam à Bíblia; portanto, são blasfemos ao extremo para Comigo. Como tais pessoas poderiam vir a Mim? Elas não prestam atenção nas Minhas obras, nem na Minha vontade, nem na verdade; ao contrário, são obsessivas em relação às palavras, palavras que matam. Como tais pessoas poderiam ser compatíveis Comigo?

Tenho expressado muitas palavras e também expressado a Minha vontade e o Meu caráter; mesmo assim, as pessoas ainda são incapazes de Me conhecer e de acreditar em Mim. Ou poderia se dizer que elas ainda são incapazes de Me obedecer. Aqueles que vivem pela Bíblia, aqueles que vivem pela lei, aqueles que vivem na cruz, aqueles que vivem de acordo com a doutrina, aqueles que vivem entre as obras que realizo hoje — quem deles é compatível Comigo? Vocês só pensam em receber bênçãos e recompensas e jamais dispensaram um pensamento sobre como ser realmente compatíveis Comigo ou como evitar entrar em inimizade contra Mim. Estou muito desapontado com vocês, pois lhes dei tanto e ganhei tão pouco de vocês. Sua enganação, sua arrogância, sua ganância, seus desejos extravagantes, sua traição, sua desobediência — qual dessas coisas poderia passar despercebida por Mim? Vocês são desleixados Comigo, vocês Me tapeiam, Me insultam, Me enganam, Me coagem, Me extorquem por sacrifícios — como tal maleficência poderia escapar à Minha punição? Toda essa maldade é prova de sua inimizade contra Mim e é prova de sua incompatibilidade Comigo. Cada um de vocês acredita ser bem compatível Comigo, mas, se assim fosse, a quem tal evidência irrefutável se aplicaria? Vocês acreditam que possuem a máxima sinceridade e lealdade a Mim. Vocês pensam que são tão bondosos, tão compassivos e que devotaram tanto a Mim. Vocês acham que fizeram o suficiente por Mim. Mas vocês já compararam tais crenças com as próprias ações? Digo que vocês são muito arrogantes, muito gananciosos, muito superficiais. Os truques com os quais vocês Me enganam são muito engenhosos e vocês têm muitas intenções e métodos desprezíveis. Sua lealdade é escassa demais, sua seriedade é irrisória demais e a sua consciência é ainda mais deficiente. Há malícia demais no coração de vocês e ninguém é poupado de sua malícia, nem mesmo Eu. Vocês Me excluem por causa de seus filhos, ou do seu marido, ou da própria autopreservação. Em vez de se importarem Comigo, vocês se importam com sua família, com os filhos, com o status, o futuro e a própria gratificação. Quando foi que vocês pensaram em Mim ao falar ou agir? Quando o tempo está frio, seus pensamentos se voltam para seus filhos, seu marido, sua esposa ou seus pais. Quando o tempo está quente, Eu também não tenho lugar em seus pensamentos. Ao cumprir o seu dever, você pensa nos próprios interesses, na própria segurança pessoal, nos membros de sua família. O que você já fez que tenha sido para Mim? Quando você sequer pensou em Mim? Quando já se devotou, a qualquer custo, a Mim e à Minha obra? Onde está a prova da sua compatibilidade Comigo? Onde está a realidade da sua lealdade a Mim? Onde está a realidade da sua obediência a Mim? Quando suas intenções não foram em prol de ganhar Minhas bênçãos? Vocês zombam de Mim e Me enganam, vocês brincam com a verdade, encobrem a existência da verdade e traem a substância da verdade. O que os aguarda no futuro, indo contra Mim dessa maneira? Vocês buscam simplesmente a compatibilidade com um Deus vago, buscam simplesmente uma crença vaga, mas não são compatíveis com Cristo. A maleficência de vocês não irá receber a mesma retribuição que os perversos merecem? Naquela hora, vocês irão perceber que ninguém que seja incompatível com Cristo pode escapar do dia da ira, vocês irão descobrir que espécie de retribuição será forjada àqueles que estiverem em inimizade com Cristo. Quando esse dia chegar, o sonho de serem abençoados por sua crença em Deus, de poderem entrar no céu, será todo despedaçado. No entanto, isso não ocorrerá com os que forem compatíveis com Cristo. Embora tenham perdido muito, embora tenham sofrido muita adversidade, eles receberão toda a herança que Eu legar à humanidade. Por fim, vocês irão entender que somente Eu sou o Deus justo e que somente Eu sou capaz de levar a humanidade a seu lindo destino.

de “A Palavra manifesta em carne”

Antes de ter contato com Cristo, talvez você acredite que seu caráter tenha sido completamente transformado, que você seja um seguidor leal de Cristo, que ninguém é mais digno de receber as bênçãos de Cristo do que você e que, tendo percorrido muitas estradas, feito tanto trabalho e produzido tanto fruto, você certamente será um dos que recebem a coroa no final. Mas há uma verdade que você pode não saber: o caráter corrupto do homem, sua rebeldia e resistência são expostos quando ele vê Cristo, e a rebeldia e a resistência expostas em tal ocasião são mais absoluta e completamente expostas que em qualquer outra. É por Cristo ser o Filho do homem — um Filho do homem que possui humanidade normal — que o homem nem O honra nem O respeita. É porque Deus vive na carne, que a rebeldia do homem é trazida à luz tão completamente e em detalhes tão vívidos. Então Eu digo que a vinda de Cristo desenterrou toda a rebeldia da humanidade e colocou sua natureza em plena evidência. Isso é chamado de “atrair um tigre para que ele desça a montanha” e “atrair um lobo para fora da caverna”. Você se atreve a presumir que é leal a Deus? Você se atreve a presumir que demonstra absoluta obediência a Deus? Você se atreve a presumir que não é rebelde? Alguns dirão: “Cada vez que Deus me coloca em um ambiente novo, eu invariavelmente me submeto sem um murmúrio, e, além disso, não nutro concepções sobre Deus”. Alguns dirão: “Todas as tarefas incumbidas a mim por Deus, faço da melhor maneira possível e nunca sou negligente”. Nesse caso, Eu lhes pergunto: vocês podem ser compatíveis com Cristo quando vivem lado a lado com Ele? E por quanto tempo vocês serão compatíveis com Ele? Um dia? Dois dias? Uma hora? Duas horas? A fé de vocês pode muito bem ser louvável, mas vocês não têm tanto no que diz respeito à firmeza. Quando você viver de fato com Cristo, sua hipocrisia e autoimportância serão expostas por suas palavras e ações, pouco a pouco, e assim também seus desejos arrogantes, sua mentalidade desobediente e seu descontentamento serão naturalmente revelados. Por fim, sua arrogância se tornará maior ainda, até que você esteja tão em desacordo com Cristo quanto a água está com o fogo, e então a sua natureza será inteiramente exposta. Nesse dia, suas noções não poderão mais ser encobertas, suas reclamações, também, se revelarão naturalmente e sua humanidade degradada será completamente exposta. Mesmo assim, porém, você ainda se recusa a reconhecer a própria rebeldia, acreditando, ao contrário, que um Cristo tal como esse não é fácil de o homem aceitar, que Ele exige muito do homem, e que você se submeteria inteiramente se Ele fosse um Cristo mais bondoso. Vocês acreditam que a sua rebeldia é justificada, que vocês só se rebelam contra Ele quando Ele empurra vocês para longe. Nunca vocês cogitaram que não consideram Cristo como Deus, que carecem da intenção de obedecer-Lhe. Em vez disso, você insiste obstinadamente que Cristo opera de acordo com os seus desejos, e, assim que Ele faz uma única coisa que esteja em divergência com o seu pensamento, você acredita que Ele não é Deus, mas um homem. Não há muitos dentre vocês que têm rivalizado com Ele desse modo? Quem é, afinal, Aquele em que vocês acreditam? E de que maneira vocês buscam?

Extraído de ‘Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Vocês sempre desejam ver Cristo, mas exorto-os a não se manterem em tão elevada estima; qualquer um pode ver Cristo, mas Eu digo que ninguém está apto a ver Cristo. Porque a natureza do homem está até a borda de mal, arrogância e rebeldia, no momento em que vir Cristo, sua natureza irá destruir você e condená-lo à morte. Sua associação com um irmão (ou uma irmã) pode não demonstrar muito sobre você, mas não é tão simples quando você se associa com Cristo. A qualquer momento, suas noções podem criar raiz, sua arrogância começar a brotar e sua rebeldia a produzir figos. Como você, com tal humanidade, pode estar apto a se associar com Cristo? Você é de fato capaz de tratá-Lo como Deus a cada momento de cada dia? Você terá verdadeiramente a realidade da submissão a Deus? Vocês adoram o Deus grandioso dentro de seu coração como Jeová, mas consideram o Cristo visível como um homem. O seu sentido é inferior demais e a sua humanidade demasiadamente degradada! Vocês são incapazes de considerar Cristo sempre como Deus; só ocasionalmente, quando do agrado de vocês, se agarram a Ele e O adoram como Deus. É por isso que Eu digo que vocês não são crentes em Deus, mas um bando de cúmplices daqueles que lutam contra Cristo. Até os homens que mostram bondade aos outros são recompensados, mas Cristo, que fez tal obra entre vocês, não recebeu nem o amor do homem, nem sua recompensa e submissão. Isso não é algo desolador?

Extraído de ‘Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Pode ser que, em todos os seus anos de fé em Deus, você nunca tenha amaldiçoado alguém, nem cometido uma má ação, mas em sua associação com Cristo você não pode falar a verdade, agir com honestidade, nem obedecer à palavra de Cristo; nesse caso, Eu digo que você é a pessoa mais sinistra e maliciosa do mundo. Você pode ser especialmente afável e devotado para com seus familiares, amigos, esposa (ou marido), filhos e filhas, e pais, e nunca se aproveitar dos outros, mas se você for incapaz de compatibilidade com Cristo, se você não for capaz de interagir em harmonia com Ele, então, até se você se doar inteiramente para socorrer o seu próximo ou se cuidar meticulosamente bem de seu pai, mãe e membros da família, ainda assim Eu diria que você é perverso, e além disso alguém cheio de truques ardilosos. Não se considere compatível com Cristo simplesmente porque se dá bem com os outros e faz algumas boas ações. Você acredita que sua intenção caridosa pode dar um jeito de obter as bênçãos do Céu? Você acha que fazer algumas boas ações é um substituto para sua obediência? Nenhum de vocês é capaz de aceitar tratamento e poda e vocês todos acham difícil abraçar a humanidade normal de Cristo, não obstante à qual você esteja constantemente alardeando sua obediência a Deus. Tal fé como a de vocês trará abaixo uma retribuição adequada. Parem de se deixar levar por ilusões extravagantes e de desejar ver Cristo, pois vocês são pequenos demais em estatura, de tal forma que nem sequer são dignos de vê-Lo. Quando você tiver se despojado completamente de sua rebeldia e for capaz de estar em harmonia com Cristo, naquele momento Deus aparecerá naturalmente a você. Se você for ver Deus sem ter sido submetido a poda ou julgamento, então você certamente se tornará um oponente de Deus e estará destinado à destruição. A natureza do homem é inerentemente hostil a Deus, pois todos os homens foram sujeitados à mais profunda corrupção de Satanás. Se o homem tenta se associar com Deus em meio à própria corrupção, é certo que nada de bom pode vir disso; suas ações e palavras certamente irão expor a sua corrupção a cada momento, e, em associação com Deus, sua rebeldia será revelada em todos os aspectos. Inconscientemente, o homem vem opor-se a Cristo, enganar Cristo e renunciar a Cristo; quando isso acontecer, o homem estará em um estado ainda mais precário e, se isso continuar, ele se tornará o objeto de punição.

Extraído de ‘Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Atualmente, existem muitas verdades que o homem não entende. O que isso significa: o homem não entende? Significa que a humanidade, que é corrupta, tem pontos de vista e opiniões que, em muitos sentidos, não estão de acordo com os pontos de vista e opiniões de Deus encarnado; significa que os princípios e o fundamento a partir dos quais o homem lida com muitas coisas não estão de acordo com os de Deus encarnado. E onde está a raiz do problema? Que fator está afetando as relações entre Deus e a humanidade? É o caráter corrupto da humanidade. Isto é, a humanidade ainda está do lado de Satanás; o homem vive em dependência do veneno de Satanás, e são o caráter e a essência de Satanás que as pessoas manifestam na forma como vivem. A essência de Deus é a verdade; ela é imutável. Então, quem é que precisa mudar a fim de alcançar concordância com Deus? (A humanidade.) É claro que é a humanidade; isso é inequívoco. Como, então, a humanidade deve mudar? Ela deve vir para diante de Deus e aceitar a verdade; aceitar a verdade é a única senda do homem para alcançar concordância com Deus em como Ele vê as coisas e nos princípios segundo os quais Ele age. Quando você colocar o pé nessa senda, a atitude e a maneira como você vê as coisas, os princípios segundo os quais você age e todo o resto começarão, aos poucos, a estar de acordo com Deus. Dessa forma, os equívocos entre você e Deus se tornarão cada vez mais raros, não haverá mais contradições, e suas tentativas de submeter Deus a exame também se tornarão cada vez mais raras.

Extraído de ‘É importante corrigir as relações entre homem e Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

Ao buscar mudar seu caráter, você deve alcançar determinado estágio em seu entendimento de si mesmo por meio do qual você possa descobrir os venenos satânicos que se encontram em sua própria natureza. Você deve saber o que significa desafiar a Deus e também o que significa se rebelar contra Deus, e você deve aprender a se comportar em conformidade com a verdade em todos os assuntos. Deve também ganhar algum entendimento da vontade de Deus e de Suas exigências à humanidade. Deve possuir consciência e razão diante de Deus, não deve falar orgulhosamente ou enganar a Deus e não deve mais fazer qualquer coisa para resistir a Deus. Sendo assim, você terá mudado seu caráter. Aqueles cujo caráter foi transformado sentem reverência a Deus no fundo de seu coração e sua rebeldia contra Deus diminui gradativamente. Além do mais, ao cumprirem seus deveres, eles não precisam mais que outros se preocupem com eles, e o Espírito Santo também não precisa sempre fazer uma obra disciplinadora neles. Basicamente, conseguem se submeter a Deus, e a verdade está presente em suas opiniões sobre as coisas. Tudo isso equivale a ter se tornado compatível com Deus.

Extraído de ‘Somente buscando a verdade pode-se alcançar uma mudança no caráter’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 40. Os princípios para alcançar a salvação de Deus

Próximo: 42. Os princípios para o aperfeiçoamento do homem por Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro